28 de outubro de 2008

SIMOLIVE em completo abandono

O SIMOLIVE, entidade dirigida por grupos evangélicos de Tangará da Serra, está em completo abandono. O que houve?

Quando administrada pelo pastor luterano Damir Louret dava gosto aos visitantes.

Localizada a pouco mais de seis quilômetros do perímetro urbano, sentido Deciolândia, a chácara estava sempre limpa e não faltava alimentação para os moradores.

Nas duas visitas que fiz, conferi a existência de uma dúzia de pessoas ali residindo com a finalidade de se libertarem de dependência química.

Depois que Damir deixou a presidência da entidade, a situação se agravou.

Assim, intercedo junto às autoridades políticas locais para adoção de revitalização do lugar. Dada a sua importância social.

Por onde anda Ladeia...

Não vejo o prefeito reeleito de Tangará da Serra há mais de mês. No período da campanha eleitoral ainda o via pela TV. De lá para cá, nem mais sua voz ouvi. Por onde andas, Ladeia?

Gostaria de saber quem serão seus novos secretários a partir de janeiro e qual nome o alcaide trabalhará para a presidência do legislativo tangaraense.

Quem sai e quem fica, eis a pergunta.

Tucanos de plumas novas

Com a vitória de Wilson Santos (PSDB) na capital do Mato Grosso, os tucanos tangaraenses foram revitalizados. Uma fonte disse ao blog que o lançamento de candidatos para deputados estadual e federal nas eleições de 2010 é coisa certíssima. Imagino que esse seja o pensamento da tucanada de todo Estado.

Feriado esvazia Tangará da Serra

Tangará da Serra vive está terça-feira (28) com cara de domingão por conta do feriado do Dia do Funcionalismo Público. Ruas e comércio estão completamente vázios. Que coisa!

Charge do Dia

Autor: Zope

Vereadores buscam espaço na Nova Horizonte FM

Dois vereadores tangaraenses procuraram o líder comunitário Sebastião de Oliveira (Tatão), também presidente da Nova Horizonte FM (98.9), para reservas de horários para apresentação de programas radiofônicos a partir de janeiro.

Aos poucos a emissora comunitária pousa no gosto popular e no alto índice de credibilidade.

É bom lembrar que essa comunitária trouxe mudança radical para a cultura do rádio tangaraense.

Antes dela, a população só ouvia som em AM. Ela foi a grande novidade dos últimos tempos na radiofonia local. Isso ninguém pode negar.

Vânia poderá ser secretária de Educação

Não reeleita em cinco de outubro, a vereadora Vânia Ladeia Trettel (PR) poderá ser a nova secretária de Educação e Cultura de Tangará da Serra, a partir de janeiro que vem.

Ouvi algo neste sentido. Mas apesar de a vereadora ser educadora, aliada e irmã do chefe do executivo tangaraense, ainda estou sem acreditar na "informação".

É fato para aguardamos seu desenrolar.

João Negão quer a presidência do Legislativo

Reeleito em cinco de outubro, o vereador tangaraense João Batista Neri (PMDB) luta para ser eleito presidente da Câmara Municipal. Vem fazendo importante trabaho neste sentido.

João Negão, como é popularmente conhecido na cidade, conta com simpatia de alguns vereadores da base aliada do prefeito Júlio César Ladeia (PR).

Se o apoio de Ladeia for decisivo, Negão será mesmo presidente do Legislativo no próximo ano.

Pedrinho se prepara para assumir vaga em Janeiro

O vereador tangaraense Pedro Francisco da Silva (PTB) que não recebeu votação suficiente para sua reeleição em cinco de outubro, poderá continuar no Legislativo a partir de primeiro de janeiro. Tem gente mexendo na engrenagem para que isso aconteça.

Na hipótese do vereador assumir a vaga como titular, quem perderia a vez seria o vereador eleito pelo DEM, Haroldo Lima.

Essa alteração ocorreria na hipótese de a candidata do DEM, Olga Muraro, não ter deferimento de seu pedido de registro de candidatura nas instâncias superiores da Justiça como vem aguardando.

Caso Olga tenha confirmado seu registro, o quadro legislativo não será alterado em nada.

TSE: Candidato mais votado tem registro negado

Apesar de ser o candidato mais votado ao cargo de prefeito em Lagoa Grande (PE), no primeiro turno das eleições de 2008, Jorge Roberto Garziera (PMDB) não conseguiu obter registro junto ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O ministro Arnaldo Versiani (foto) negou recurso do candidato, mantendo as decisões do juiz de primeira instância e do Tribunal Regional Eleitoral de Pernambuco.

O peemedebista teve o registro negado por ter suas contas rejeitadas pelo Tribunal de Contas do estado, e não ter obtido liminar na justiça para suspender a inelegibilidade.

Garziera alegava, contudo, que não teria ficado caracterizada a insanabilidade das irregularidades, conforme determina a Lei Complementar 64/90.