19 de novembro de 2008

A ressurreição de obras antigas de escritores mato-grossenses


Obra: História da Literatura de Mato Grosso - Século XX
Autora:Hilda Gomes
Em exposição na X Feira do Conhecimento, nesta quarta (19) na Escola João Batista em Tangará da Serra. Veja outras obras antigas AQUI

O encontro com a viola de cocho

Muito gratificante para este blogueiro, nordestino, acostumado a ouvir unicamente o soar da sanfona do zabumba e do triângulo, ter em mãos uma viola de cocho - símbolo da cultura cuiabana e uma das imagens mais fortes de Mato Grosso.
A viola de cocho é extraordinária. Quisera aprender a dedilhar suas cordas. Por um minuto imaginei tirar de seu belo som a 'Asa Branca' de Luiz Gonzaga.

O primeiro livro a gente nunca esquece...

A professora tangaraense Siurlanda Brito Lojol apresenta o livro "Mostre seu amor por Tangará da Serra - do sentimento à poesia" escrito por seus alunos da primeira fase do segundo ciclo (terceira série) do ensino fundamental da escola Prof. João Batista. A obra está em amortra na X Feira do Conhecimento iniciada hoje na escola.

Negros

Imagem do site Apenas Bahia

POR REJANE TACH

Quando as portas do mundo
Se abrirem
Tua voz em liberdade voará infinda
E os ecos do teu brio
Num grito profundo dirão – sou negro sim!

Negro sim!

Então,

Nossas peles fundidas num só estado de espírito...


Respeito!


Cantarão em vozes unas abençoadas com

Nosso sangue vermelho igual palpitando depois de tantas lutas...

Sou negro sim!
Negro sim!
Sim!

E
“ afogando a tosse seca no eco de uma voz mole
que se arrasta a custo pelo ar parado”

Nunca mais...

Preso no MS deputado que chefiava milícias no RJ


O deputado estadual Natalino Guimarães (sem partido/RJ) entregou ontem à tarde carta de renúncia ao mandato. O documento foi levado pelo advogado Roberto Vitagliano ao presidente da Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj), deputado Jorge Picciani (PMDB).

A decisão está publicada nesta quarta-feira, 19, no Diário Oficial. No lugar de Natalino assume o suplente João Pedro (DEM).

A suplência aberta será ocupada por Rafael de Freitas (DEM). Natalino está preso, junto com seu irmão, o vereador Jerônimo Guimarães, na Penitenciária Federal de Segurança Máxima de Campo Grande (MS).

Eles são acusados de liderar um grupo de milícia conhecido como Liga da Justiça. O grupo, segundo a polícia, controlaria clandestinamente diversos serviços na zona oeste do Rio, desde a venda de gás até a segurança privada.

NOTA DO BLOG: Que exemplo de homem público para nossa juventude! Digo: que vergonha para o Brasil!

Blogueiro visita Feira do Conhecimento da 'João Batista"

Nesta manhã de quarta-feira (19) visitei a X Feira do Conhecimento promovida pela Escola Estadual Prof. João Batista em Tangará da Serra. Nesta foto, momento em que fiquei ladeado por uma aluna e a professora Loide Coelho e fui convidado a experimentar Vatapá, comida típica da região Nordeste.

Vice-presidente do Centro de Tradições Nordestinas de Tangará da Serra, agradeço o carinho dos alunos responsáveis pelo projeto que mostrou parte da culinária do Nordeste brasileiro. Comigo as professoras Loide Coelho e Juliana Gonçalves.


Nesta imagem o jornalista pousa com professores. Lado direito, o professor e doutor em literatura brasileira Dante Gatto. De camisa azul, o biólogo Júnior, e de branco a professora Maria Elena e Cristiana de Jesus - grandes incentivadoras da cultura.
Doutor Dante Gatto mostra obras literárias de autores mato-grossenses em fase de resgate histórico.


Dante Gatto mostra banner do Núcleo de Pesquisas Vladimir Dias Pino da Universidade do Estado de Mato Grosso, onde é professor titular.

MPF/MT denuncia duas organizações criminosas por fraude em exportações

O Ministério Público Federal em Mato Grosso denunciou 30 pessoas envolvidas com o esquema de fraudes em operações de exportação realizadas pelo terminal aduaneiro de Cáceres (MT). Duas denúncias foram encaminhas na quinta-feira, 13 de novembro, para a Justiça Federal.

Uma denúncia contra os envolvidos em fraudes nas operações de exportação de pneus, e a outra denúncia contra as pessoas que atuavam em operações fictícias envolvendo a comercialização de insumos destinados à fabricação de cerveja.

As duas organizações criminosas são distintas, mas adotavam procedimentos parecidos e foram alvo da operação da Polícia Federal batizada de Operação Vulcano.

As investigações da Polícia Federal e do Escritório de Inteligência da Receita Federal do Brasil descobriram uma sólida organização criminosa, composta por transportadores, supostos importadores, intermediários e agentes públicos, que fraudou operações de exportação que não foram realizadas na prática. Assessoria

Índios libertam reféns em Canarana

Os 12 funcionários da Fundação Nacional de Saúde (Funasa), do município de Canarana(MT), que eram mantidos reféns foram libertados durante a noite de ontem.

Cerca de 135 índios de cinco etnias do xingu protestavam contra a não renovação do contrato da Funasa com a Universidade Federal de São Paulo (UFSP), que mantinha médicos e profissionais de saúde nas aldeias.

Além da criação da Secretaria Especial de Saúde Indígena vinculada ao ministério. O contrato irá terminar em março.

A Funasa informou que vai abrir licitação para que outras universidades possam participar do programa.

Os índios pedem a presença do Ministro da Saúde no local para negociar que o ministério seja responsável pela saúde indígena no Xingu.

Trabalhadores nordestinos são atraídos por falso emprego em Usina de MT

Quarenta e um trabalhadores, dos Estados do Maranhão e Piauí, foram atraídos por falsa promessa de emprego em uma fazenda no Estado de Mato Grosso.

Dois aliciadores teriam informado ao grupo que a suposta contratação já estava acertada com uma usina.

Foi cobrado R$ 190 de cada trabalhador, a título de pagamento para o transporte até Mato Grosso.

Desse valor, R$ 150 teriam sido repassados à uma empresa de ônibus.

Apesar de contar com 200 vagas abertas, a usina não contratou as vítimas do golpe por entender tratar-se de crime de aliciamento, sujeito à pena de um a três anos e multa, segundo o Código Penal Brasileiro.

Sem emprego e sem condições de retornarem as próprias cidades de origem, os trabalhadores ficaram instalados de forma precária em um salão cedido pela proprietária de um hotel em Várzea Grande.

Auditores fiscais da Superintendência Regional do Trabalho e Emprego no Mato Grosso (SRTE/MT) foram ao local e providenciaram a passagem de volta para os trabalhadores aliciados.

NOTA DO BLOG: Até quando meus conterrâneos continuarão sendo vítimas desses criminosos? Penso que os governos dos estados nordestinos deveriam encetar campanha esclarecendo o que geralmente ocorre com os que deixam suas famílias e se arriscam em busca de "empregos" no campo em Mato Grosso.

Infidelidade partidária deixa mais um vereador sem mandato em MT

Em decisão unânime, o pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso cassou o mandato do vereador Marcos Aurélio da Silva, de Alto Araguaia, que se desfiliou do Partido Progressista em 28 de agosto de 2008 para ingressar no Partido da República. O pedido de perda de mandato foi protocolado pela 1ª suplente, Luciene de Souza Freitas. A relatora do processo, juíza Adverci Rates de Abreu, entendeu que não ficou comprovada a grave discriminação pessoal alegada na defesa do vereador.

Fim do nepotismo na AL de Mato Grosso

A Mesa Diretoria da Assembléia Legislativa de Mato Grosso exonerou 28 pessoas por causa do nepotismo, que é o favorecimento de parentes através de nomeação no serviço público sem a realização de concurso. Na lista aparecem familiares dos deputados Roberto França (sem partido), José Riva (PP) e Chica Nunes (PSDB). As exonerações foram publicadas na edição do dia 14 do Diário Oficial do Estado. A maioria dos exonerados ocupava cargos de assessores nos gabinetes ou nas diversas secretarias da Assembléia Legislativa. A Gazeta

3,8 mil servidores de MT podem ter salários cortados

Termina hoje (19) o prazo estipulado pelo governo Blairo Maggi para o recadastramento geral dos servidores ativos de Mato Grosso, o primeiro realizado no Estado. Quase 4 mil funcionários públicos que ainda não haviam se cadastrado correm o risco de ter os salários cortados na folha de janeiro próximo. A suspensão imposta como retaliação pelo Estado é o último alerta para que os servidores em exercício procurem um posto autorizado de recadastramento ou acessem a internet para efetuar o recenseamento. Diário

PPS promete neutralidade na gestão Pátio em Rondonópolis

Presidente estadual do PPS, o deputado Percival Muniz afirmou que o partido manterá posição de independência em relação à gestão do deputado e prefeito eleito de Rondonópolis, Zé Carlos do Pátio (PMDB). Muniz, que apoiou o prefeito Adilton Sachetti (PR) na disputa pela reeleição nas eleições municipais deste ano, disse que torce pelo bom desempenho do próximo prefeito do município. Entretanto, ressalta seu total desprendimento com a possibilidade de manter laços mais estreitos com o próximo gestor de Rondonópolis. Diário