23 de dezembro de 2008

Ex-candidata à prefeitura não gostou de publicação do blog

Ex-candidata à prefeitura de Tangará da Serra, a professora e advogada Azenate Carvalho (PMDB) não gostou de uma das publicações feitas por este blog no período da última campanha eleitoral.

Na sexta (19), em um evento social da cidade, a ex-candidata se dirigiu a este blogueiro e em rápidas palavras disse que iria enviar uma "foto melhor" para ser publicada.

Disse-lhe que esperei que sua assessoria encaminhasse fotos para a página. Coisa que nunca fez.

Sua resposta é que nunca fiz nenhuma solicitação de imagem à sua assessoria. Fazer o quê?

Penso que candidatos têm a obrigação de enviar fotos e notas informativas para os jornalistas, especialmente, os que cobrem Política.

Tangará ainda sem conhecer novos secretários municipais

Até meio dia desta terça (23), nenhuma informação oficial sobre o dia e hora do anúncio dos novos nomes que comporão o primeiro escalão do segundo governo de Júlio César Ladeia (PR).

Nas ruas e esquinas não faltam especulações. Pelos comentários que tenho ouvido, Tangará da Serra precisaria ter 100 secretarias para abrigar tantos nomes.

Mas o certo é que além das oito, apenas mais quatro superpastas serão criadas. Aguardemos pois, o que ocorrerá nas próximas horas.

Carlos Bezerra é "campeão" de projetos apresentados em 2008

A Assessoria de Imprensa do deputado federal Carlos Bezerra (PMDB-MT) informa ao blog que ele fecha o ano de 2008 como o parlamentar mais atuante da bancada de Mato Grosso – e de toda a Câmara Federal –, na apresentação de proposições.

Do "time" dos 11 mais atuantes, o deputado Bezerra é o primeiro, com 47 projetos no ano, seguido por Dr. Talmir (PV-SP), com 35; Valdir Colatto (PMDB-SC), 34; Sandes Júnior (PP-GO), 32; Vital do Rêgo Filho (PMDB-PB), 31, Rebecca Garcia (PP-AM), 29; Juvenil Alves (PRTB-MG), 26; Otavio Leite (PSDB-RJ), 22; e com 21 projetos, Cleber Verde (PRB-MA), Dr. Ubiali (PSB-SP) e Eliene Lima (PP-MT).

O levantamento é do Centro de Documentação e Informação da Câmara (Cedi), realizado no dia 16 deste mês de dezembro. Em 2007, Carlos Bezerra foi o segundo melhor colocado, com 40 projetos.

Charge do Dia

Autor: Erasmo do Jornal de Piracicaba

PSDB reúne os 6 eleitos em Cuiabá e debate gestão

Presidente do diretório regional do PSDB, o prefeito reeleito Wilson Santos coordenou ontem a reunião ampliada entre os chefes de executivos eleitos pela legenda nas eleições desse ano. A sigla elegeu seis prefeitos em Mato Grosso. Segundo a deputada federal Thelma de Oliveira, que participou da reunião realizada no Hotel Fazenda Mato Grosso, os debates em torno da estratégia de atuação dos gestores marcaram o encontro.

Prefeito de Alto Araguaia e mais duas pessoas são condenados por improbidade

O prefeito de Alto Araguaia, Jerônimo Samita Maia Neto, o ex-vereador Edinaldo Alves de Abreu e sua esposa Luiza Borges Mariano, foram condenados por crime de improbidade administrativa em ação civil pública que tramitou naquela comarca.

Eles também devem ressarcir o total dos valores indevidamente pagos a uma funilaria.

Segundo os autos, o prefeito desrespeitou os princípios constitucionais da administração ao celebrar contrato verbal de prestação de serviço de funilaria, não respeitando as normas da licitação.

MPF denuncia de novo ex-superintendente do Incra e outros 8 servidores

O Ministério Público Federal (MPF) ofereceu uma nova denúncia à Justiça Federal contra mais nove servidores do Incra que ainda não haviam sido citados por envolvimento nas acusações de fraudes milionárias promovidas pelo órgão, que culminou com a prisão de 14 pessoas sexta-feira passada.

Além dos funcionários, o ex-superintendente exonerado do cargo, João Bosco de Morais, também figura na nova denúncia.

As investigações do MPF apontam que o grupo realizava um esquema de sobreposição de títulos e desapropriação de terras públicas que, em seis áreas investigadas, rendeu a quadrilha mais de R$ 14 milhões. O Diário

PEC dos vereadores: alegria durou pouco

No último dia dos trabalhos de 2008 do Congresso, o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), recuou da defesa da criação de novas 7.343 vagas para vereador em todo o País.

Ele admitiu que a emenda constitucional aprovada pelo Congresso - que a Câmara se recusou a promulgar, e que foi parar no STF (Supremo Tribuna Federal) - valerá apenas nas próximas eleições municipais, em 2012.

O texto aprovado pela Câmara e pelo Senado, no entanto, diz que a emenda entra em vigor na sua data de publicação, produzindo efeitos a partir do processo eleitoral de 2008.

"A essa altura, até pela reação da própria opinião pública, isso só deveria ser implantado nas próximas eleições municipais, em 2012", afirmou.

NOTA DO BLOG: Ouvi falar que em Tangará da Serra alguns suplentes tinham até comprado a beca da posse. Que coisa! A decisão da Câmara e a palavra de Garibaldi, agora, são um balde de água fria nos pensamentos dos desejos de poder antecipado.