14 de janeiro de 2009

TRÂNSITO: proposta para o prefeito Júlio César

Proponho ao prefeito de Tangará da Serra Júlio César Ladeia (PR) a realização de uma acirrada campanha de conscientização pela valorização da vida no trânsito urbano.

Com o número alarmante de acidentes, alguns com vítimas fatais, nas vias públicas da cidade, não há mais como ficar apenas com os serviços básicos realizados pela coordenadoria municipal de trânsito.

Caro prefeito, entendo que a Secretaria Municipal de Educação precisa entrar em ação. A campanha que proponho precisa iniciar nos bancos escolares. Começando pelos alunos do Pré-I com sequência até final do ensino fundamental.

Auxiliando o trabalho dos educadores com apoio das famílias, entraria a coordenadoria de trânsito dando continuidade às palestras, em todos os espaços importantes desta cidade.

O auxílio dos religiosos atuando junto aos seus rebanhos também seria de fundamental importância.

A Associação Tangaraense de Imprensa - ATI mobilizaria seus filiados, jornalistas e radialistas no engajamento da causa.

O Município entraria ainda com o patrocício de uma sinalização adequada e o investimento de uma mídia em todos os veículos de comunicação por tempo indeterminado.

Senhor prefeito, imagino que em seis meses conseguiríamos grandes resuldados.

Caso precise de ajuda, estou pronto para auxiliar na campanha, mobilizando a sociedade para tal objetivo.

Moradores querem fim de eventos na Praça dos Pioneiros

Moradores das proximidades da famosa Praça dos Pioneiros, centro, Tangará da Serra, preparam um abaixo-assinado para entregar aos poderes, solicitando o cancelamento imediato da realização de eventos de qualquer natureza naquele logradouro.

Eles alegam que a tamanha perturbação patrocinada pelos eventos festivos ali realizados são insuportáveis. Além da desvalorização que vem sofrendo seus imóveis.

Um cidadão disse ao blog que o mercado que poderia pagar R$ 200 mil por seu imóvel, por ser nas proximidades da Praça, não estaria pagando mais que a metade no momento.

Entendo que esse assunto preciso ser levado à sério. O povo sabe o que diz e o quer.

Carnaval em Tangará da Serra

Faltando 40 dias para a grande festa de Carnaval, em Tangará da Serra, a população nem sabe ainda quem será seu secretário municipal de Turismo. Pasta responsável pela realização do evento na Praça dos Pioneiros.

Por falar nisso: teremos ou não carnaval na praça este ano? Será público ou mais uma vez cobrado?

Quem está cuidando da realização do evento (?)? Até agora não tenho visto nada neste sentindo. Gostaria de obter informações sobre.

Farsantes ou irresponsáveis

É bom o webleitor-cidadão ficar em alerta. Acompanhe a ladainha de prefeitos recém-empossados e o que ocorrerá durante o carnaval, em fevereiro.

Vai ser fácil identificar se todo esse chororô é real ou jogo de cena.

O comum é que as caudalosas queixas se transformem em folia, com altos investimentos no festim. Dinheiro público, lógico.

Das duas, uma: esses prefeitos são farsantes ou irresponsáveis.

Vamos esperar o "momo".

O futuro agora

Você que é fissurado em tecnologia, futurismo, vida que parece de outro mundo, precisa acessar um blog muito especial.

Vamos à dica.

Anote aí este endereço: http://www.techguru.com.br/.

É uma página que conta com o apoio da Microsoft.

Mosca Azul

A "mosca" azul é um bicho indócil. Depois de picar o sujeito... A quem interessar possar...

"Jornal Nacional" mostra a ineficiência de Luiz Pagot no comando do Dnit

O Jornal Nacional, exibido pela Rede Globo, desta terça (13) à noite exibiu uma reportagem em que ficou clara a ineficiência do atual diretor-presidente do Dnit (Departamento Nacional de Infra-estrutura), Luiz Antônio Pagot (PR/MT).

Na matéria, foi apresentado que 318 controladores eletrônicos de velocidade em estradas federais estão desligados há cerca de um ano pelo fato de que o Dnit não consegue fazer uma nova licitação para contratar uma empresa que realize a manutenção.

Sem radares, nos trechos das BR´s houve aumento do número de acidentes e consequentemente de mortos e feridos. Indicado pelo governador Blairo Maggi (PR) para a função, Pagot tentou explicar que a licitação para os radares não tem andado diante de decisões judiciais.

Segundo ele, o Dnit já buscou entrar com recursos nos tribunais para destravar o procedimento licitatório. Apesar de possuir um desempenho frustrante no Dnit, Pagot mantém o projeto de disputar o Governo de Mato Grosso, em 2010. Com informações do Documento

Senadores de MT "queimam" quase meio milhão em verbas indenizatórias

“Novato” no Senado, Gilberto Goellner (DEM) é o senador de Mato Grosso que mais recorreu à verba indenizatória em 2008.

Ele registra gastos na ordem de R$ 164.956,41 em seu primeiro ano de mandato.

O segundo em gastos na bancada de senadores de Mato Grosso, o senador Jayme Campos (DEM), totaliza despesas no valor de R$ 156.682,98, ao passo que Serys Slhessarenko (PT) lançou junto à verba indenizatória gastos totais de R$ 133.063,41.

O montante total, reunindo os três representantes, é de R$ 454.702,80 no período. Quase meio milhão.

Políticos ainda brigam pelo cargo de prefeito

A guerra de liminares e recursos na Justiça Eleitoral tem causado muita confusão na cabeça dos eleitores no Mato Grosso.

Os moradores elegeram no voto um candidato, mas por problemas na Justiça eles não puderam assumir o cargo de prefeito.

Em pelo menos três municípios mato-grossenses haverão novas de novas eleições.