14 de março de 2009

Após criticar PMDB, Jarbas apóia José Serra

O senador Jarbas Vasconcelos (PMDB-PE) negou hoje que possa sair candidato a vice-presidente numa chapa encabeçada pelo governador de São Paulo, José Serra (PSDB), na disputa pela Presidência da República em 2010, em uma eventual aliança PSDB-PMDB.

Apesar de declarar apoio ao tucano em uma possível candidatura, Jarbas disse não ter nem 10% de apoio dentro do PMDB e "nem se quisesse" seria candidato a vice.

Além disso, apesar das pesadas críticas que tem feito ao seu partido, que acusa de ser fisiológico, descartou a possibilidade de deixar a legenda, a despeito de se sentir desconfortável dentro dela.AE/DT

Em blog, jornalista diz que Copa pode não vir para o Pantanal

Em seu blog, o jornalista esportivo Juca Kfouri afirma que Campo Grande e Cuiabá, que disputam para receber jogos da Copa de 2014, poderão ficar de fora da escolha.

Conforme Kfouri, a falta de estrutura e as pressões políticas seriam as principais causas das duas cidades não serem escolhidas para sediar os jogos.

“A famosa sede do Pantanal, por exemplo, está seriamente ameaçada: nem Cuiabá, nem Campo Grande foram consideradas aptas pelos inspetores da Fifa — que se mostram especialmente incomodados com as mais variadas pressões de políticos para eleger esta ou aquela cidade”, escreveu o jornalista em seu blog.

Serys percorre interior para fortalecer 2010

Disposta a colocar em prática seu projeto de reeleição, a senadora Serys Slhessarenko (PT) intensifica, neste final de semana, o cronograma de visitas ao interior de Mato Grosso. Serys descarta a possibilidade de disputar o governo do Estado nas próximas eleições, mas não abre mão de estar próxima das bases da legenda.

Principal projeto do PP é lançar Riva para o Senado

Presidente estadual do Partido Progressista, Chico Daltro afirma que o principal projeto da legenda é o de lançar o presidente da Assembleia Legislativa, José Riva (PP), ao Senado nas próximas eleições. Daltro destaca ainda que o partido ainda não possui um caminho a ser seguido quando o assunto é composição. No entanto, Chico integra grupo do PP que torce pela continuidade da aliança com o PR.

Governo paga pesquisa sobre mulher na política

A Secretaria Especial de Políticas para as Mulheres destinou R$ 102 mil para subsidiar uma pesquisa que diz que a população vê com bons olhos a presença de mulheres nas esferas de poder, seja como presidente, governadora, prefeita ou parlamentar.

A pesquisa feita pelo Ibope em fevereiro e divulgada esta semana foi encomendada pelo Instituto Patrícia Galvão, entidade sediada em São Paulo voltada a projetos sobre direitos da mulher.

Segundo a pesquisa, poucas pessoas (24%) conhecem a lei que prevê que os partidos devem reservar 30% da lista de candidatos para mulheres.

No entanto, entre os que conhecem, não só a aprovação é alta (75%) como a maioria (83%) afirma que a presença da mulher no poder melhora a política. Dos entrevistados, 73% acham que o País ganha com a eleição de um maior número de mulheres. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Bezerra quer fortalecer alianças para 2010 e lançar Silval ao governo

Pensando numa aliança forte e consistente para 2010 e na possibilidade de lançarcandidato próprio para o governo do Estado de Mato Grosso, o presidente do Diretório Regional do PMDB, deputado federal Carlos Bezerra, se encontra com lideranças do PP na segunda-feira (16).

Este é o segundo encontro com líderes de outros partidos, o primeiro ocorreu na sexta-feira (6), com o PR.

Em princípio, a estratégia será através dos encontros regionais que o PMDB realizará no Estado fortalecer o nome de Silval Barbosa e depois articular com os demais partidos. A definição, porém, ficará mesmo para o próximo ano.