20 de março de 2009

Senadora chama atenção para crescimento da produção de alimentos em MT

O crescimento da produção de alimentos e a implantação de políticas públicas em Mato Grosso foram os destaques do pronunciamento da senadora Serys Slhessarenko (PT-MT), em sessão do Plenário nesta sexta-feira (20).

A parlamentar destacou atividades realizadas no estado entre os dias 12 e 16, como encontros que reuniram lideranças comunitárias e autoridades federais, estaduais e municipais, registrando ainda visitas a projetos locais. Serys ressaltou o avanço da ocupação do território de Mato Grosso e a disposição da população que lá vive.

- Lá encontramos brasileiros dos mais diversos recantos do Brasil, todos com a disposição firme de fazer do nosso estado um celeiro de produção de alimentos para o mundo. Sofre com a crise, pois produz muito para exportação, mas continua avançando celeremente - afirmou.(Com informações da Ag Senado)

CNI/Ibope: avaliação positiva do governo Lula tem queda de 9 pontos

Na tarde desta sexta-feira (20) CNI/Ibope divulgaram pesquisa mostrando queda de 9 pontos percentuais na avaliação do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Em dezembro, 73% dos entrevistados consideravam o governo bom ou ótimo, enquanto no levantamento realizado neste mês de março mostra avaliação positiva 64%.

O índice é o mais baixo registrado desde junho de 2008, quando a avaliação de Lula chegou ao patamar de 58%.

A aprovação do presidente registrada na última pesquisa, em dezembro, havia batido o recorde - ao atingir 73%-, que até então pertencia ao ex-presidente José Sarney, que, em setembro de 1986, obteve 72% de avaliação positiva.

Dia 28 o mundo vai apagar as luzes na 'hora do Planeta'

O ser humano nunca esteve tão preocupado com suas ações sobre o clima do planeta. Pensando nisso a WWF, uma ONG internacional de Meio Ambiente, propõem que no dia 28, às 18h30, todo mundo apague as luzes em uma ação conjunta e global.

O gesto individual parece simples, ficar no escuro por 60 minutos. Mas a proposta coletiva é ambiciosa. Várias cidades importantes já aderiram à ideia, como Sidney, Nova York e Paris. Em todos esses lugares, as luzes de monumentos e praças importantes serão completamente apagadas.

A Prefeitura do Rio de Janeiro já anunciou que as luzes do Cristo Redentor serão desligadas. A Prefeitura de Cuiabá informa que não tem nenhuma ação programada para o dia, mas você pode participar, pois segundo o site da WWF essa é uma ação coletiva, mas individual. Basta apagar as luzes às 18h30 do dia 28 de março.

O presidente do conselho diretor da ONG, Álvaro de Souza, diz que a ação é um gesto de engajamento. "Cada um deve fazer a sua parte para um futuro melhor. Será uma demonstração da nossa paixão pelas pessoas, pela solução, pela conservação do planeta, e principalmente, pelo futuro e pela vida".

NOTA DO BLOG: Estou feliz com a iniciativa desta ONG. Feliz também por tal fato acontecer justamente na DATA DE MEU ANIVERSÁRIO. Alegria dupla para o blogueiro.

Jornal tangaraense celebra dois anos de fundação

O 'O Jornal', informativo impresso diário de Tangará da Serra, celebrou nesta quinta-feira (19) seu segundo aniversário de fundação.

Aos diretores Ivo Tach e Sílvio Demondes e ao editor-chefe Diego Soares, parabéns pelo sucesso alcançado até o presente.

O 'O Jornal' já faz parte de nossas vidas. De maneira que não há mais como ficarmos um dia sequer sem ler suas notícias.

Em nome da Associação Tangaraense de Imprensa - ATI, faço votos que esse diário tenha vida longa.

As gerações futuras certamente saberão agradecer.

Charge do Dia

Autor: Erasmo (Jornal de Piracicaba)

Tião Vianna fez Senado comprar até guarda-roupa

Entregar seu telefone celular à filha, que viajaria ao exterior, para que ela pudesse se comunicar à vontade por conta do contribuinte, não foi a única nem muito menos a primeira esperteza do senador Tião Viana (PT-AC), recém-derrotado na disputa pela presidência do Senado.

Com pretensões de integrar uma certa "bancada da ética" no Senado, a cúpula do PMDB atribui a ele as denúncias contra o Casa, mas seu mandato tem feito o Erário sofrer muito.

Ele obrigou o Senado a indenizar-lhe até mesmo das consequências de um acidente doméstico. Um ferro de passar roupas danificado acabou provocando um pequeno incêndio que prejudicou um armário, por isso o senador não teve dúvida: fez o Senado comprar-lhe um móvel novinho em folha.

Ele desdenha da despesas. Ignorando a questão de princípio, como se ladrão de galinha fosse menos ladrão que o de banco, o senador disse que o guarda-roupas não foi tão caro assim. Fonte: Cláudio Humberto

Raio tira do ar TV Tangará

Um raio daqueles "loucos da gota serena" arrebentou ontem à tarde a antena de transmissão do sinal da TV Tangará (afiliada da Rede TV).

Por conta do incidente a emissora ainda permanece fora do ar.

Fontes revelaram que houve considerável prejuízo.

Sobre o "Fórum Tangará da Serra pela paz"

O "Fórum Tangará da Serra pela Paz", que sugiro seja encampado pela Câmara de Vereadores, assumiria como prioriodade o levantamento de impressões, experiências e sugestões dos mais diversos segmentos da sociedade e das instituições públicas envolvidas com a questão da segurança.

A partir daí o movimento teria um retrato da conjuntura.

O passo seguinte seria a complementação. O Fórum ofereceria caminhos. Saídas. Atenuantes.

Simplificadamente, continuo batendo na mesma tecla: a violência espraia-se por ausência de organização da sociedade e também da força repressora.

É como o jogo de gato e rato. Onde tem gato, rato não prospera.

Falta-nos, sim, poder de aglutinação e força concentrada na cobrança do que é nosso direito. Prospera muito blablablá, quase nenhuma ação.

"Fórum Tangará da Serra pela paz"

A Câmara de Vereadores de Tangará acertaria em cheio se puxasse para si, o papel de núcleo de discussão sobre a questão da violência no Município. Mais acertado seria ainda a criação do "Fórum Tangará da Serra pela Paz".

Venho dizendo isso há alguns dias, mas parece que estou escrevendo em grego. Ou as autoridades estão fingindo não entender meu raciocínio.

Quero só ver até quando. Até quando ficarão com esses eventos cheios de muita conversa e nada de concreto.

A cidade precisa de ações concretas e menos blá blá blá.

Tranquilidade no meio da adversidade

O prefeito Júlio César Ladeia (PR) e o vice José Jaconias da Silva (PT) eram só sorriso por ocasião de visitação ao fórum municipal no início desta semana. A expressão dos dois políticos está sendo entendida como a "face da tranquilidade", mesmo em meio à situação adversa que estão passando. Até dez de abril, a Justiça Eleitoral julgará, se são culpados ou inocentes, das acusações a que respondem.

A quem interessar possa

"Quando a carroça anda é que as melancias se ajeitam".

Política é máquina de triturar gente

Entrevistado pela TV Brasil, o ex-presidente da República e atual senador pelo Estado das Alagoas, Fernando Collor de Mello (PTB), disse que a política é a máquina de triturar gente.

Antes de Collor, este humilde escriba já havia escutado alguém dizer que a política quando não mata o sujeito, o deixa aleijado.

Mesmo escarrando no prato que come, Collor de Mello não abandonou a vida pública.

Esse fato nos faz pensar que Collor gosta muito de ser triturado ou gosta mesmo de triturar as pessoas.

População de Denise se mobiliza para instalar usina de álcool

Mais de duas mil pessoas participam da audiência pública realizada anteontem (18) no município de Denise (MT), em apoio a instalação de uma unidade industrial de álcool e açúcar da Companhia Energética Verde Norte – CEVN.

A grande expectativa da população é a geração de cinco mil empregos indiretos e 1.200 diretos.

O investimento inicial dos 33 sócios da Companhia Energética Verde Norte – CEVN, responsável pela instalação da indústria, está previsto em R$ 360 milhões.

Para atender a demanda da indústria serão necessários o plantio de 31 mil hectares de cana-de-açúcar, que prevê a produção de 3 milhões de toneladas de cana por safra, sendo 40% açúcar e 60% álcool.

Justiça torna inelegível ex-prefeito Aniceto Miranda

Ação ajuizada pelo Promotor Antonio Moreira da Silva em desfavor do então Prefeito Aniceto de Campos Miranda (PT) foi julgada procedente pela Justiça Eleitoral de Barra do Bugres (MT).

Em consequência dessa decisão, Aniceto teve cassado o seu registro eleitoral, e se tornou inelegível por três anos subsequentes à eleição municipal de 2008, não podendo participar das próximas eleições, e, ainda foi condenado a pagar multa de 20.000 (vinte mil) UFIRs.

Ademais, todos os votos recebidos pelo então prefeito no dia das eleições, foram declarados nulos pela Justiça Eleitoral.

Mudanças na Lei Rouanet irão a consulta pública

O Ministério da Cultura deve colocar em consulta pública segunda-feira (23) as mudanças na Lei Rouanet, de incentivo à cultura.

Entidades do setor, produtores culturais, empresas e artistas poderão sugerir mudanças durante a consulta, prevista para durar 45 dias.

A minuta do projeto que altera a lei de incentivo foi enviada à Casa Civil.

A Lei Rouanet estabelece regras para o financiamento de projetos culturais com recursos públicos. Abr

Assim penso...

"Para estar junto não é preciso estar perto, e sim do lado de dentro."

Leonardo da Vinci