27 de março de 2009

Unemat realiza evento para discutir gestão financeira

CONVITE
Prezados(as) Senhores(as),

A UNEMAT – Campus de Tangará da Serra, através da Coordenação Regional convida Vossa Senhoria para participar da reunião com a comunidade acadêmica e o Prof. MSc. Wilbum Cardoso – Pró-Reitor de Gestão Financeira da UNEMAT.
Pauta: Situação financeira e Orçamentária de 2009;
Local: no Campus de Tangará da Serra;
Data: 30/03 (segunda-feira);
Para melhor atender a comunidade acadêmica a reunião será realizada nos seguintes horários:
- 16:00 horas para atender a comunidade acadêmica do período diurno;
- 19:30 horas para atender a comunidade acadêmica do período noturno;
Desde já agradecemos a atenção dispensada ao nosso Campus.
Atenciosamente,


Prof. MSc. Ariel Lopes Torres
Coordenador Regional do Campus Universitário de Tangará da Serra
Portaria nº. 851/2007

Crianças deveriam ser transportadas em cadeirinhas em Tangará da Serra

Alô meus amigos vereadores...

Em tempos de trabalho para diminuir os variados tipos de violência na urbe amada por todos nós, tenho mais uma sugestão.

Que tal criarem uma Lei instituindo a obrigatoriedade do uso da cadeirinha, assentos de elevação ou com equipamentos, para o transporte de crianças em veículos automotores?

É claro, que para a Lei entrar em vigor, seriam necessárias ações de educação e fiscalização nas vias e nas escolas.

A penalidade recairia sobre aquele (a) condutor (a) que costumeiramente conduzem em seus veículos crianças menores de sete anos, inadequadamente.

Quem não pratica essa irregularidade em Tangará da Serra?

Pior é que todos sabem que na ocorrência de acidentes em vias gerais, não há como livrar a criança de sequelas e até de situações irreversíveis.

Então, antes que seja tarde de mais, ai está a contribuição sugestiva do blogueiro.

Chove forte há mais de hora em Tangará da Serra

Chove forte e ininterruptamente em Tangará da Serra, há mais de uma hora.

Algumas áreas críticas da cidade estão completamente cobertas por lençóis de água.

Moradores de alguns bairros lutam para impedir que a água entre em suas casas e lojas.

Diários Associados demite em massa no RN

O Jornal Diário de Natal (RN), que pertence ao Grupo Diários Associados, entrou em parafusos. Demitiu dezenas.

Seria reflexos da crise econômica mundial?

Existe quem defenda que não e quem defenda que sim.

Prefiro ficar com a teoria de que as plataformas de comunicação estão mudando com o avanço da tecnologia.

Ou se adapta ou quebra. E tem mais, tem que ser uma adaptação profissional.

Efeito "Marolinha" III

Mais de 130 prefeituras fecham suas portas

Quase todas as 139 prefeituras de Tocantins amanheceram ontem de portas fechadas em protesto contra a redução no repasse do Fundo de Participação dos Municípios (FPM).

Apenas serviços essenciais, como escolas e postos de saúde, funcionaram normalmente. Um estudo da Confederação Nacional dos Municípios mostrou que a queda no repasse já chega a 76% nas prefeituras do estado. Em março de 2008, o repasse foi de R$ 15 milhões. Este ano, de R$ 3,5 milhões.

Para a maioria dos municípios tocantinenses, o FPM representa 90% da receita. O presidente da Associação Tocantinense de Municípios, Valtênis Lino, disse que a redução no montante repassado pelo FPM foi causada pelas medidas adotadas pelo governo federal para conter a crise.

A isenção no Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) e no Imposto de Renda (IR) para indústrias mais atingidas mexeu no orçamento das prefeituras.

O FPM é formado por 23,5% da arrecadação do IPI e do IR.MEDIDASO governo deve anunciar, na próxima semana, uma ajuda emergencial às prefeituras.

A área econômica está fechando os dados de março, mas já sabe que a situação piorou em comparação a janeiro e fevereiro.

A intenção é anunciar medidas juntamente com a decisão de prorrogar a redução do IPI para a compra de automóveis. Com informações do jornal O Globo.

Jaime assume candidatura ao Governo e quer vice do PSDB e PP no palanque

O senador Jayme Campos (DEM) reafirmou, com todas as letras, nesta sexta-feira que será cabeça-de-chapa no pleito de 2010.

No encontro do Democratas nesta sexta (27) o parlamentar deixou claro que vai brigar para ser o próximo governador de Mato Grosso.

Durante a reunião, o presidente da Assembléia Legislativa José Riva (PP) esteve presente manifestando sua satisfação com o lançamento da pré-candidatura de Jayme.

Riva insinuou que pode compor a chapa com Jaime sendo candidato a senador da República no próximo ano.

Famoso tangaraense locutor de rodeio põe fim à própria vida

Como ele mesmo se definia: MÁRCIO MARTINS, LOCUTOR COMERCIAL, DE RODEIO E STÚDIO - APRESENTADOR DE CAMPANHAS POLÍTICAS E EVENTOS EM GERAL.....

Tangará da Serra foi bombardeada há pouco mais de 90 minutos com a notícia envolvendo uma grande tragédia em família.

Márcio Martins teria posto, às13h, desta sexta-feira (27), fim à vida de sua esposa, de quem estava separado havia uma semana e, em seguida cometido suicídio. A cena foi vista pelo fiho do casal, uma criança de 10 anos de idade.

Os corpos acabam de ser conduzidos para o Instituto Médico Legal - IML.

Volto com mais informações a qualquer momento.

Auto-biografando I

Se estivesse viva, a costureira paraibana Alzenir Custódio da Silva (1948-1980), então casada com o agricultor paraibano Francisco Deoclécio (1939), comemoraria neste sábado, 28, o 44º aniversário de seu primogênito Dorjival Silva.

Dona Alzenir que tanto queria ver seus filhos bem-encaminhados na vida partiu prematuramente aos 32 anos.

Morena clara, cabelos pretos e compridos, olhos pretos e acentuados, corpo de moleca, mesmo depois de dar a luz cinco filhos, sendo quatro homens e uma mulher, passou para o outro lado da vida, vitimada pelo tétano.

Seria o grande presente que receberia neste sábado, por ocasião de celebração de nova idade, a presença de minha linda genitora.

Como é impossível a realização desse desejo, me contentarei em passar acompanhado de minha esposa Franciele Caroline Silva e de minha filha Sofia Katarine de Silva.

E claro, pela manhã, numa reunião com meus colegas de imprensa, às 9h, no plenário da Câmara de Vereadores, à tarde com colegas do curso de pós-graduação na ITEC, e à noite, com conterrâneos nordestinos no Centro de Tradicionais Nordestinas de Tangará da Serra.

Dia Internacional do Teatro sem comemoração em Tangará da Serra

No Dia Internacional do Teatro, a data passa em 'brancas nuvens' em Tangará da Serra.

Lamento que numa cidade com tantos talentos artísticos como nossa urbe amada, absolutamente nada esteja sendo feito, especialmente, pelos atores.

O poder público municipal precisa assumir compromissos com a classe artística.

E a instituição de uma Fundação Municipal de Cultura já seria de bom tamanho para demonstração de que em nossa urbe há respeito e consideração pelos que apreciam o mundo das artes.

EM TEMPO: desta página, estendo abraços e felicitações a todos os atores tangaraenses. Com o carinho do ainda presidente do Conselho Municipal de Cultura (em exércício).

Prorrogadas as inscrições para o Programa de Apoio à Cultura

A Secretaria de Estado de Cultura de Mato Grosso, informou que os editais do Programa de Apoio á cultura (PROAC), foram prorrogados até o dia 27 de abril.

Os projetos interessam diretamente aos produtores culturais da baixada cuiabana e do interior do estado, que deverão ser entregues nos Conselhos municipais de Cultura.

Para baixar os editais e formulários do PROAC basta acessar o site http://www.cultura.mt.gov.br/, link Editais do Conselho do Conselho Estadual de Cultura.

Paulo Pitaluga recebe representantes da Educação e Cultura de Tangará da Serra

Imagem: cedida
Da esquerda para a direita. Secretário municipal de Educação, Júnior Schleicher, secretário estadual de Cultura, Paulo Pitaluga, diretora de cultura Luciene Ferreira e socióloga Adilcima Scardini em recente encontro na capital do estado, Cuiabá.

Poucos políticos tangaraenses divulgam suas ações

Chega a ser engraçado como grande parte dos políticos tangaraense não gosta ou não daria tanta importância para divulgação de seu dia a dia.

Eles vão e vêm. Recebem autoridades estaduais. Conseguem melhorias para nossa urbe amada e sequer encaminham para nossos e-mails uma notinha.

Nunca havia visto algo parecido. Será que isso se dá pelo fato de nossa mentalidade ainda ser ocupada pela ingenuidade?

Noutras cidades iguais a nossa, as caixas postais dos jornalistas, blogueiros, colunistas sociais, editores de políticas, etc, vivem sempre abarrotadas de informações.

Na urbe amada por todos nós isso não existe.

Há profissionais de imprensa que correm feito loucos no dia a dia para captar mesmo uma simples informação da maioria dos políticos locais.

Que, quando estão diante de repórteres ainda se negam a responder algumas perguntas. E quando as respondem, o fazem de cara feia.

Essa mentalidade precisa mudar e acompanhar a evolução dos tempos.

Nesse ponto, o presidente Lula está coberto de razão quando anuncia até mesmo aquilo que apenas sonhou em suas enfadonhas madrugadas palacianas.

Honestamente, não saberia ser secretário de comunicação ou mesmo assessor de imprensa desses políticos que preferem o silêncio. Sou repórter por natureza. Gosto de noticiar até mesmo aquilo sem muita importância para alguns.

Prefeitos no limite do estresse

Acompanhando o noticiário sobre o quadro de saúde de políticos como o deputado federal Clodovil Hernandes (falecido recentemente) e do prefeito de Várzea Grande, Murilo Domingues (PR), fico imaginando como o poder tem um efeito devastador na saúde psíquica e emocional de quem dele participa.

E os casos estão mais próximos do que imaginamos.

Prefeitos de nossa região já teriam baixado em hospitais não menos de duas vezes desde que assumiram suas respectivas prefeituras em janeiro.

Tem prefeito fazendo até angioplastia.

É assim mesmo: além de jogo de cintura e engolidor de sapos, o político deve ter um equilíbrio emocional quase inimaginável.

A quem interessar possa

"Na vida, quem não sabe escrever sessenta é sempre obrigado a preencher dois cheques de trinta".

Tuberculose cresce em Mato Grosso

Durante algum tempo nós alimentamos a ideia de que, se não nos tínhamos visto livres da tuberculose, no entanto a havíamos enxotado para bem longe daqui. Ledo engano. A doença está voltando nesses momentos e com redobrado ardor. Ainda bem que pelo menos agora sem aquela auréola de doença incurável. A tuberculose tem cura, sim.

A "burrocracia" permanece emperrando em todos os níves de governo

A "burrocracia" que emperra muita coisa no Brasil tem nome. Ou, melhor, tem número. E este é o 8666.

Esse é o número da Lei que trata das licitações.

Dizem que ela foi elaborada pelo setor jurídico das grandes empreiteiras brasileiras que por sua vez pressionaram o Congresso Nacional e este aprovou uma legislação que hoje até o limite da participação das pequenas empresas nas concorrências públicas está nela prescrito.

A constatação a que se chega é que o Brasil funciona mal por causa dessa "burrocracia", e a Lei 8666 é a mesma "burrocracia" elevada à quinta potência.

Essa é a reclamação generalizada em todos os níveis de governo.

Crescimento de público nas plenárias da Câmara de Vereadores

Ainda não se conseguiu aquilatar o motivo pelo qual tem crescido o quantitativo de público nas plenárias da Câmara Municipal de Tangará da Serra. Cálculos menos otimistas estimam que em relação à legislatura passada a presença de público nesses primeiros dias cresceu em torno de uns 30 por cento. Que ótimo.

Uma catástrofe nos ameaça

As previsões mais otimistas estão mesmo reduzindo o tempo que nos separa da escassez de água no planeta Terra.

Até bem pouco isso se daria no ano 2060, mas isso caso o homem não adotasse outra postura perante a mamãe natureza. O alerta de hoje já nos diz que essa escassez d'água vai se dar, sim, mas no ano de 2025 e não mais no ano de 2060.

E o alerta é feito pela insuspeita Organização das Nações Unidas (ONU) dirigindo-se aos três bilhões de pessoas que habitam esse planeta.

E isso vai acontecer de forma inapelável se as atuais tendências se mantiverem. Quais são essas tendências?

Elas são o aumento populacional, a crescente urbanização, as mudanças climáticas, a produção de lixo e a não-administração dos recursos.

Caso esse cenário persista o mundo se dirigirá para uma catástrofe. Esses problemas estiveram na agenda do Quinto Fórum Mundial de Água realizado em Istambul, na Turquia e que tem no horário apenas uma semana atrás quando da comemoração do Dia Mundial da Água.

Pensemos nisso enquanto há tempo.

Assim penso...

Algumas pessoas estão fazendo uma preparação tão minuciosa para os dias de chuva que eles não estão aproveitando o brilho do sol de hoje.

William Feather