27 de abril de 2009

A reclamação de Maggi

"Não quero ter a obrigação de carregar o partido (PR) nas costas”.

“Eu não queria abandonar, mas não vou virar escravo político”.

Blairo Maggi por ocasião do último encontro regional do PR, hoje, pela manhã, em Cuiabá.

Abicalil admite candidatura a governador e reeleição ao diretório petista

O presidente estadual do PT, deputado federal Carlos Abicalil, afirmou ontem, durante encontro do partido em Cuiabá, que vai disputar mais um mandato a frente da legenda e encarar uma candidatura a governador em 2010 se esse for o projeto que propiciará o melhor palanque para a candidatura da ministra Dilma Rousseff a presidente.

4 candidatos que ficaram em 2º lugar hoje são prefeitos

Quatro dos 141 municípios mato-grossenses têm hoje no comando candidatos que não se elegeram nas urnas de 2008, mas que ganharam no chamado tapetão, como se diz na gíria esportiva em referência ao time que é derrotado no gramado e reverte a desvantagem no embate extra-campo. Em Cáceres, o prefeito é Túlio Fontes (DEM), que teve 20.821 votos.

Ele perdeu para o então prefeito Ricardo Henry (PP), que reconquistou o mandato com 522 votos de frente, mas foi cassado por crimes eleitorais.

Em Diamantino, Juviano Lincoln (PPS), mesmo com 418 votos a menos, também comanda o município. Sua coligação denunciou o prefeito eleito Erival Capistrano (PDT) por irregularidades na prestação de contas. O Ministério Público reforçou a acusação e a Justiça bateu o martelo. Conclusão: Capistrano perdeu a cadeira de gestor.

Juracy Rezende da Cunha, o Buchudo (PT), nem conseguiu participar da solenidade de posse de prefeito de General Carneiro, mesmo derrotando nas urnas Magali Amorim Vilela (PP) por uma diferença de 89 votos (1.041 a 952). Também por crime eleitoral, o petista perdeu o mandato. Com isso, desde janeiro Magali é a prefeita.

Também "dançou" o ex-vereador cuiabano Marcelo Ribeiro (PP), eleito prefeito de Barão de Melgaço com 2.098 votos. O progressista foi cassado em dois processos por crimes eleitorais. Quem comanda a prefeitura é o segundo colocado, o empresário Antonio Ribeiro Torres (PSB), que teve 491 votos a menos.

Em Araguainha, Osmari Cesar foi cassado. Enquanto a Justiça Eleitoral não realiza novo pleito, o então presidente da Câmara Municipal, vereador Valdenir Divino, responde como prefeito "tampão". Vilmar Gianchini (PMDB), de Cláudia, passou apuros até conseguir reverter a situação jurídica e ocupar hoje o cargo de prefeito. Ele foi cassado no final do ano, antes mesmo da posse. Depois obteve liminar e pôde ocupar a cadeira. Em Juara, Alcir Paulino (PP) recorreu da cassação e hoje atua como prefeito.

O TRE vai realizar nova eleição em Novo Horizonte do Norte em 31 de maio devido à cassação do prefeito eleito Agenor Evangelista. Os eleitores de Nova Olímpia, de Paranatinga e de Santo Antônio do Leverger também voltarão às urnas para eleger novo prefeito e vice.

Em Sinop, cidade-pólo do Nortão, o prefeito eleito com 70% dos votos válidos Juarez Costa (PMDB) se mantém no cargo graças a uma liminar. Ele teve o registro cassado por suposto abuso de poder econômico na campanha. Ronan Rocha teve o mandato cassado em Poxoréu e, depois de embates jurídicos, o reconquistou. (RDNews)

Os passos futuros do PR

“Que PR nós queremos? Aquele que vai desaparecer se o governador Blairo Maggi for pra casa?”

Do prefeito de Água Boa, Mauricío Tonhá, hoje pela manhã.

Maggi surpreende a política de MT e anuncia que não disputará Senado, em 2010


O governador Blairo Maggi (PR) anunciou que não pretende disputar nenhum cargo eletivo nas eleições de 2010.

O governador era cotado como o principal nome da base aliada para disputar uma das duas vagas ao Senado e até a vice-presidência da Republica, na chapa da ministra Dilma Roussef. “Não quero virar escravo da política”, disse.

Ele citou o desgaste causado pelos 8 anos a frente do Palácio Paiaguás e a necessidade de cuidar dos negócios para não disputar a cadeira de senador.

O governador também descartou sair do cargo antes do final, em 31 de dezembro de 2010.

TSE: julgamento contra presidente Lula e Dilma deve sair essa semana

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) deve julgar nesta terça-feira a representação contra o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e a ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) por suposta propaganda eleitoral antecipada no encontro de prefeitos, em fevereiro, organizado pelo governo federal, em Brasília.

O DEM e o PSDB alegam que o clima do evento era eleitoreiro e que o encontro serviu para impulsionar a candidatura de Dilma.

"O clima eleitoreiro do evento era tão evidente que os participantes do encontro poderiam até mesmo levar de recordação fotografias digitalmente montadas com as 'estrelas' do evento", dizem os dois partidos.

Os partidos de oposição sustentam também que mesmo sem pedido de voto expresso para Dilma, o encontro com 5.000 prefeitos "consegue levar ao conhecimento de todos o nome de um agente público que, se depender da vontade do presidente da República , será oficialmente anunciado como candidata à sucessão presidencial".

Charge do Dia

Autor: Elvis (Correio Brasiliense).

Enteado poderá adotar nome de padrastro (madrasta)

O enteado interessado em adotar o nome de família do padrasto ou da madrasta poderá fazê-lo oficialmente. A medida provém do Projeto de Lei 206/2007 que foi aprovado pelo Congresso Nacional e enviado à sanção presidencial para ser transformado em Lei.

O projeto é de autoria do deputado federal Clodovil Hernandes (PR-SP) – morto no último mês de março vítima de um AVC – e foi relatado pela deputada federal Sandra Rosado (PSB-RN) na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania da Câmara dos Deputados.

A deputada emitiu parecer favorável ao texto que agora será regulamentado em Lei.

Em sua origem, o projeto autorizava somente o enteado a adotar o nome de família do padrasto. Como relatora, Sandra Rosado propôs ainda que o sobrenome a ser recebido pelo enteado possa ser também estendido à madrasta.

Independente do desejo do enteado, a medida é válida somente quando houver comum acordo entre os interessados.

Assim penso...

"Não é o crítico que importa, nem aquele que mostra como o homem forte tropeça, ou onde o realizador das proezas poderia ter feito melhor. Todo o crédito pertence ao homem que está de fato na arena; cuja face está arruinada pela poeira e pelo suor e pelo sangue; aquele que luta com valentia; aquele que erra e tenta de novo e de novo; aquele que conhece o grande entusiasmo, a grande devoção e se consome em uma causa justa; aquele que ao menos conhece, ao fim, o triunfo de sua realização, e aquele que na pior das hipóteses, se falhar, ao menos falhará agindo excepcionalmente, de modo que seu lugar não seja nunca junto àquelas almas frias e tímidas que não conhecem nem vitória nem derrota."

Theodore Roosevelt

Insegurança

Falar em PT, é indiscutível que o governo do presidente Lula, apesar dos percalços, tem imprimido sua marca através de ações diversas de alcance social.

No entanto, o que não tem avançado, pelo contrário, é o item segurança. Esse não é um problema localizado, mas generalizado.

AÇÕES - Se há ações que visam tirar o povo da miséria e da pobreza educacional e se a violência seria originada desse dueto, como justificar o aumento da violência e da insegurança?

A quem interessar possa

'Para obter algo que você nunca teve, precisa fazer algo que nunca fez'.