13 de junho de 2009

Alta sociedade no casamento do ten. Ferraz com a jornalista Nelli Tirelli

A nata da sociedade tangaraense compareceu ontem, à noite, na Cachoeira Salto das Nuvens, distante 35 KM de Tangará da Serra, para assistir a celebração de casamento do tenente PM Almir Ferraz com a jornalista Nelli Tirelli.

O evento foi um dos mais organizados e belos já realizados no Município.

Lideranças políticas, autoridades militares, religiosas e profissionais de diversas áreas marcaram presença.

O bom gosto na decoração, o jantar servido e a boa música tocada tiveram destaque de grande qualidade.

Veja algumas imagens colhidas por este blogueiro:

Tenente Ferraz, jornalista Nelli Tirelli, Prof. Dorjival Silva e o advogado Ériko Suares

Esq. para dir: Arquiteta Iluska Carvalho Dias, Adv. Ériko Suares, prof. Dorjival Silva, prof. Eduardo Suares, Engenheiro Jeférson Luiz de Lima e sua esposa Angélica Lima.

Secretário de Saúde Mário Lemos, colunista social Osmir Bardelli, ten. Ferraz e o adv. Ériko Suares

Arquiteta Iluska Carvalho e namorado Adv. Ériko Suares

Eng. Jeférson e esposa Angélica Lima

PEC dos Vereadores

Tudo indica que está mais perto do que longe, uma definição sobre a badalada Pec dos Vereadores. Além de tanto trâmite, os líderes da câmara e do Senado fizeram acordo para aprovar a Pec. Ou vai ou racha.

Campanha eleitoral

Para as próximas campanhas eleitorais os nossos políticos vão logo se acostumando com a proibição quanto ao uso de outdoors, back light (painéis eletrônicos) e outbus (propaganda em coletivos). Decisão emanada do TSE.

Refletindo sobre a profissão que escolhi

No rádio já estou há quase 20 anos. Comecei na Rádio Libertadora Mossoroense nos idos de 199o. No jornalismo impresso desde 1994. Neste, lá se vão... 15 anos.

No jornalismo on-line em 2005.

Durante esse tempo não acumulei riquezas. E pode ter sido mesmo pela minha incompetência para tal.

Mas, posso lhes afirmar que não me arrependo de nada do que fiz até agora falando ao microfone ou escrevendo.

Tenho a consciência tranquila de que nunca pratiquei o jornalismo para me arrumar, subir na vida, fazer fortuna. Assumi essa profissão como uma missão.

E assim pretendo seguir até o dia em que Deus me permitir.

Depois de tanto tempo atuando na área e de ter concluído duas faculdades noutros campos do conhecimento, agora resolvi fazer um curso de Jornalismo.

Para dar uma satisfação aos meus amigos e à sociedade que em grande parte só aceita como Jornalista quem dispõe de um canudo? Talvez sim, talvez não.

Neste estágio de minha vida, pouco importa um canudo a mais ou a menos.

E depois de tanto tempo praticando o bom jornalismo, de experiências vividas no campo de trabalho, e já reconhecido profissionalmente pelo Ministério do Trabalho e Emprego desde 1998, quando assinalou o registro em minha Carteira de Trabalho, ainda seria necessário cursar Jornalismo?

Curso pós em Jornalismo Político à distância pela Universidade Gama Filho de Brasília - DF porque quero aprender mais. Está mais atenado com o que há de mais atual. Simplesmente por isso e nada mais.

Mas, aos meus amigos e colegas que ainda não estudaram Jornalismo recomendo-lhes que o façam. Aprender é muito bom. E ser bom naquilo que se faz penso ser melhor ainda.

O editor.

Medalha Paulo Freire

Estão abertas até 15 de julho as inscrições para a Medalha Paulo Freire, que premia as melhores experiências em educação de jovens e adultos.

O objetivo da premiação é identificar, reconhecer e estimular projetos educacionais que promovam experiências relevantes para a educação de jovens e adultos.

Segundo o Ministério da Educação, podem participar secretarias de educação, universidades, movimentos sociais e ONGs.

As experiências relatadas devem ter tido início antes de dezembro de 2008, e poderão estar em andamento. Mais informações no site http://www.mec.gov.br/

'O amor é cego'

E como ontem foi Dia dos Namorados e hoje é do casamenteiro Santo Antônio, uma informação importante e que muitos já desconfiavam: o amor é cego.

Pelo menos é o que afirmam importantes cientistas reunidos no V Congresso Brasileiro do Cérebro, Comportamento e Emoções, que termina hoje em Gramado-RS.

Segundo os especialistas, pesquisas recentes mostram que, quando a pessoa está apaixonada por alguém, seu cérebro desativa estruturas responsáveis pelo julgamento crítico e por nos manter alertas contra ameaças do ambiente e dificilmente consegue ver defeitos e desconfiar da pessoa amada.

Dilma

Segundo informações da imprensa do Centro-Sul, o tratamento quimioterápico que a ministra Dilma Rousseff vem fazendo contra um linfoma está melhor que o esperado. Mesmo com o mal-estar apresentado pela ministra, os medicamentos estão surtindo efeito e os médicos já pensam inclusive em reduzir o número de sessões de quimioterapia de seis para quatro. Saúde!

A violência contra a pessoa idosa

Segunda-feira, 15 de junho é o Dia Mundial de Conscientização da Violência contra a Pessoa Idosa. A data foi instituída em 2006, pela Organização das Nações Unidas (ONU) e pela Rede Internacional de Prevenção à Violência à Pessoa Idosa.

O objetivo da data é, segundo o Conselho Nacional dos Direitos do Idoso (CNDI), criar uma consciência mundial, social e política da existência da violência contra a pessoa idosa, e, simultaneamente, disseminar a ideia de não aceitá-la como normal.

Com mais de 19 milhões de idosos, no Brasil o idoso é discriminado no ambiente familiar, no transporte coletivo, nos bancos, em pequenos ou grandes atos - quando o ônibus não para no local indicado, pelo atendimento incorreto no SUS e filas, por exemplo e ainda faltam políticas públicas que assegurem dignidade a essa faixa da população.

NOTA DO BLOG: Assunto sério que precisa de mais atenção em Tangará da Serra. Quer ver grande desrespeito aos idosos, compareça em horário intenso nos maiores supermercados da cidade. Idosos sofrem nas filas sem que ninguém fale nada por eles.

Supremo marca julgamento do diploma para o dia 17/06

O Supremo Tribunal Federal marcou para a próxima quarta-feira (17/06) o julgamento do Recurso Extraordinário 511961, que trata da obrigatoriedade ou não do diploma de graduação em jornalismo para o exercício da profissão. É a terceira vez que o processo é incluído na pauta.

Em duas oportunidades o julgamento foi adiado por falta de tempo. É possível que isso volte a acontecer, já que o recurso é o quinto tema da pauta. Nesta quarta-feira (10/06), o alongamento na análise dos casos Goldman e Mensalão foi o motivo do adiamento.