15 de julho de 2009

A "janela" da angústia

Se o Congresso Nacional estabelecer o dispositivo denominado de "janela", para assegurar mudanças partidárias até setembro próximo, o MT terá verdadeiro alvoroço para 2010. O que tem de gente ansiosa já agora, não está no Gibi.

Por maioria, TRE reforma sentença que cassou prefeito de Paranatinga

Por maioria de quatro votos a três, o Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso deu provimento, na sessão plenária desta terça-feira (14), ao recurso contra sentença que cassou o diploma do prefeito de Paranatinga, Vilson Pires e do vice-prefeito Jaime Dias Pereira Filho, por gasto ilícito e captação ilícita de sufrágio no pleito de 2008, e multa de R$ 21,282 mil.

A decisão final, pela reforma da sentença, acompanhou o primeiro voto divergente da juíza Maria Abadia Aguiar, que pediu vista do processo na última sessão, após a relatora Adverci Rates Mendes de Abreu votar pela manutenção da cassação.

Adverci foi acompanhada pelo desembargador Rui Ramos Ribeiro e o juiz José Zuquim Nogueira.

Em voto-vista, a juíza Maria Abadia Aguiar disse não haver provas à demonstrar a alegada compra de voto ou gasto ilícito de recurso. A juíza foi acompanhada em seu voto divergente pelos juízes Renato Vianna e Yale Sabo Mendes, levando a decisão para o desempate em voto de minerva proferido pelo presidente, desembargador Evandro Stábile.

Conselho de Justiça pode afastar juízes e desembargadores em MT

A correição realizada pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), que teve início nessa quarta-feira no Tribunal de Justiça de Mato Grosso, já colocou pelo menos 12 magistrados (juízes e desembargadores) na lista de investigação da instituição, que poderá levar ao afastamento por irregularidades, como recebimentos de verbas irregulares.

A informação foi concedida pelo juiz auxiliar do CNJ, Ricardo Chimenti, que está em Cuiabá substituindo o ministro Gilson Dipp, para fazer as apurações administrativas no TJ, diante de inúmeras denúncias que estão sendo veiculadas tanto na mídia nacional como local. Kelly Martins e Lucas Bólico - Leia mais AQUI

De férias no RJ, Renato Gama encaminha comentário sobre o sonhado "Restaurante Popular"

Do Rio de Janeiro, o médico Renato Gama encaminha comentário à página sobre o RESTAURANTE POPULAR mencionado por humilde escrevinhador de província pela manhã. Gama aborda ainda outro assunto bem interessante: a utilização de bicicletas ao invés de carros em cidades de médio e grande porte. Por fim diz que assiste hoje no “Maraca” seu timaço jogar. Ao amigo, boas férias”

“Prezado Dorjival,

Já comi num destes restaurantes populares do Rio de Janeiro. Fiquei muito impressionado com a qualidade da refeição, bem como com a organização e limpeza.

Mais impressionante ainda é como um estado como o RJ sem qualquer tradição agrícola consegue fazer o restaurante funcionar a R$1,00 e, em MT, onde sobram produtos de agricultura familiar e de grandes propriedades a coisa é considerada um “sonho".

Aliás... outra realidade que percebo no meu período de férias no RJ é a utilização cada vez maior de bicicletas. Em SP já existem vagões de metrô específicos para passageiros com bike.

Em cidades com grandes distâncias e trânsito muito mais complicado as bikes são realidade, mas infelizmente em cidades pequenas onde o projeto seria de muito mais fácil execução, nada se fala sobre o assunto.

Falando em férias, terei o privilegio de assistir hoje Flamengo X Palmeiras aqui no Maracanã. Só pra matar a saudade.

Grande abraço

Renato Gama."

Vereador Dionardo Mendes busca alternativas de emprego e renda e preservação do meio ambiente


O vereador Dionardo Mendes esteve visitando a empresa Allata Reciclagem, em Tangará da Serra, juntamente com o secretário de desenvolvimento econômico de Campo Novo do Parecis, Diogo Dutra, oportunidade em que reuniram-se com o diretor da empresa Antônio Carlos Cabral.

A reunião fez com que possibilidades de desenvolvimento do Município com a fomentação de emprego e renda caminhem paralelamente a preservação do meio ambiente, fossem tomadas como idéia para serem implantadas em Campo Novo.

Antônio Carlos explicou que seu trabalho a frente da empresa visa exatamente isso. Um dos projetos apresentados pelo diretor que poderá ser implantado no município, que já funciona no município de Várzea Grande e nos estados de São Paulo e Minas Gerais, é o Bio Bike, que são bicicletas reformadas e adaptadas para coleta de óleo inaproveitável das cozinhas domiciliares e de lanchonetes e restaurantes do município. Da Assessoria

José Pereira Filho participa de reunião de prefeitos em Brasília

Em Brasília, o prefeito de Tangará da Serra, José Pereira Filho (PT), participa na tarde desta terça-feira (15) de reunião da Bancada Federal com os prefeitos do Estado de Mato Grosso. Seu retorno à Tangará da Serra esta previsto para a próxima quinta-feira, a noite.

Cliente precisa ser bem atendido

Estive em um hotel da cidade na manhã desta quarta-feira (15) em busca de uma informação comercial.

Pasmem os senhores e as senhoras!

O dono do estabelecimento, diga-se, bem sentando em sua poltrona, passou exatos 25 minutos para me perguntar o que desejava.

É claro que permaneci durante todo esse tempo, em pé naquele saguão, apenas para lhe dizer o quanto me senti mal por não ter sido de pronto atendido.

O empresário apenas comentou que precisaria contratar mais empregados.

Fui embora chateado, sem dizer que alguns amigos ‘turistas’ gostariam de se hospedar naquele hotel por dois dias.

O mundo é outro. Não sobra e nem deve sobrar nada para quem faltar com atendimento personalizado aos consumidores, clientes, etc.

Inclusão

Projeto de autoria da deputada federal Sandra Rosado (PMDB/RN) prevê a inclusão escolar de pessoas acima dos 18 anos, mesmo aquelas que têm alguma deficiência.

Interessante aqui se abrir um parêntese para comentar que as escolas da rede pública (de Tangará da Serra também) não estão preparadas para essa demanda, embora a Constituição garanta direitos iguais e a LDB preconize atenção especial aos que precisam.

NOTA DO EDITOR: Lecionando no Estado e em meu Município, conheço de perto essa realidade. E apesar de ser graduado em Pedagogia, não tenho vergonha em afirmar que abrigo bastante dificuldade em lidar com meus poucos alunos portadores de deficiências.

Plano Real chega aos 15 anos

Hoje o Plano Real está completando 15 anos.

O programa elaborado pela equipe econômica do presidente da época Itamar Franco, teve início em 1993 e foi concluído em julho de 1994.

A equipe econômica de Itamar tinha nomes como: Ándre Lara Resende, Edmar Bacha,Gustavo Loyola, Pedro Malan, Persio Arida, Gustavo Franco, FHC, entre outros.

Veja esse texto na íntegra no blog do professor Carlos Escóssia AQUI.

A bola da vez é a internet

A internet caminha para ser o diferencial na campanha eleitoral que se aproxima.

Em todo canto deste País, as maiores lideranças políticas já estão “no ar” e, cada uma na sua peculiaridade tentando chamar a atenção do eleitorado.

Em Tangará da Serra, a internet ainda parece coisa do futuro.

Veremos ate quando continuará tamanho desprezo por algo tão grandioso como a comunicação on-line...

Veremos...

"Restaurante Popular" de Tangará da Serra; só um sonho

Solicitei das autoridades políticas locais, via este espaço eletrônico, empenho no sentido de criarem o RESTAURANTE POPULAR de Tangará da Serra.

De lá para cá várias pessoas se manifestaram positivamente sobre o assunto.

Como frisei em meu texto: o RESTAURANTE POPULAR atenderia aos trabalhadores do comércio central, pessoas carentes, e como bem lembrou uma acadêmica da Unemat: "Para os estudantes universitários seria uma mão na roda".

Estudando em tempo integral, a maioria desses estudantes da Unemat, deixa a sala de aula às 11h30 para "pegar" carona. Na obrigação de chegar em casa e ainda cozinhar o próprio alimento.

O RESTAURANTE POPULAR com uma bandeja de alimentos pelo preço de R$ 1, de fato, seria uma grande contribuição social para os acadêmicos que residem em Tangará da Serra.

LAMENTO que nenhuma autoridade política local tenha dado mínima atenção para minha solicitação.

Lei antifumo em Tangará da Serra

Gostaria de saber em que situação se encontra aquela Lei Antifumo discutida recentemente na Câmara de Vereadores de Tangará da Serra. Afinal, está ou não vigorando?

A quem interessar possa

"Na escola, você recebe a lição e depois faz a prova. Na vida, você faz a prova e depois recebe a lição."

Transferência mensal de 25% do bolo tributário nacional

Ontem, o presidente da União Brasileira de Municípios (UBAM), Leonardo Santana, defendeu, durante a XII Marcha de Prefeitos, que, por direito, os municípios devem receber uma transferência mensal de 25% do bolo tributário nacional e que o tratamento desigual da União para com "esses entes federados" é um absurdo e pode levar milhares de cidades à ingovernabilidade, por conta das demandas com a saúde pública, educação, além da obrigatoriedade do pagamento do mínimo nacional e o piso salarial do magistério.

EM TEMPO - Mas sem o compromisso de respaldo, à candidatura de Dilma Rousseff à Presidência, não sai um real a mais. Anote aí.

CRISE - A verdade é que os municípios estão em crise e desde o princípio das atuais administrações, quase nenhum gestor encontrou o prumo.

O diploma é essencial

Leio mais uma palavra abalizada sobre o tema. Caio Túlio Costa a respeito dessa polêmica da exigência do diploma para jornalista exercer a sua profissão, sentenciou.

Ele diz que existem "duas coisas bem diferentes. Um diploma universitário é fundamental para exercer a profissão de jornalista.

Se a pessoa não se formou em jornalismo, ela deve ter outro curso, seja um mestrado ou um doutorado que a forme.

A discussão do diploma continua restrita ao diploma de jornalismo. Para mim, é preciso uma formação para exercer a profissão, só não acredito que essa formação precise ser especificamente no curso de graduação.

Acho que se a pessoa vem formada de alguma escola humanística, ou mesmo teológica ou técnica, ela tem todas as condições de exercer desde que se especialize e tenha vocação".

NOTA DO EDITOR: A própósito, estou indo de vento em popa no meu curso (Pós) em JORNALISMO POLÍTICO pela Universidade Gama Filho - Brasília/DF.

Retirada de processos dependia de autorização do juiz

Antiga reivindicação, os advogados ganharam o direito de retirar processos dos cartórios judiciais, pelo prazo de uma hora, para extração de cópias. A garantia está na Lei 11.969/09, sancionada este mês. Antes, a retirada dos processos dependia de autorização do juiz.

Microempreendedor Individual

A Receita Federal publicou Instrução Normativa que simplifica a inscrição no Cadastro Nacional das Pessoas Jurídicas (CNPJ) para o Microempreendedor Individual, com a dispensa da apresentação do Documento Básico de Entrada e do Protocolo de Transmissão da Pessoa Jurídica.