19 de julho de 2009

José Pereira Filho lança programa para retirar andarilhos das ruas de Tangará da Serra

O prefeito de Tangará da Serra José Pereira Filho (PT) trabalha uma maneira simples, porém, inteligente para retirar de uma vez os andarilhos das ruas da cidade.

Numa versão municipal dos programas de bolsas do governo federal, o prefeito vai subsidiar com R$ 200 mensais as famílias que mantiverem e cuidarem em casa dos seus dependentes com algum tipo de problema que os levam a perambular pelas vias públicas no dia a dia.

JPF acredita que com este incentivo, pais, parentes e/ou pessoas responsáveis envidarão esforços para manter seus entes queridos protegidos no seio familiar.

O problema de mendicância, meninos engraxates, deficientes físicos e mentais, alcoólatras e viciados em outros tipos de entorpecentes é antigo em Tangará da Serra.

Até que os governos já tentaram resolver a questão. Mas ele insiste e nunca desaparece.

A bolsa/pensão familiar paga pelo Município poderá, enfim, pelo menos estimular as famílias a protegerem melhor seus parentes.

A regra é a de que, quem não mantiver o "parente problema" em casa perderá a bolsa social. Mas, como o auxílio será de um importante valor, acredita-se, as famílias farão todo possível, para não perdê-lo.

Com isso ganharão o Município, as famílias beneficiadas pelo programa e os próprios dependentes.

Em sendo executado, penso que Tangará da Serra se tornará modelo neste quesito para outros municípios brasileiros. Esperemos pra ver.

Filhos melhores para o Planeta


"Todo mundo 'pensando' em deixar um planeta melhor para nossos filhos... Quando é que 'pensarão' em deixar filhos melhores para o nosso planeta?"

Essa pergunta foi a vencedora em um congresso sobre vida sustentável.

Uma criança que aprende o respeito e a honra dentro de casa e recebe o exemplo vindo de seus pais, torna-se um adulto comprometido em todos os aspectos, inclusive em respeitar o planeta onde vive...

Concordas?

Assim penso...

"A coragem não é a ausência do medo, mas sim uma boa gestão do medo."

Rudolph Giulliani

Justiça eleitoral de Mato Grosso já cassou 18 prefeitos este ano

A juíza eleitoral Helícia Vitti Lourenço cassou o prefeito Adair José Alves Moreira (PMDB), de Alto Paraguai, município a 219 km de Cuiabá. Com isso, subiu para 18 o número de cassações em Mato Grosso desde a eleição de outubro, o que representa 12,7% das 141 cidades do Estado.

Adair foi cassado no dia 02 com a então vice-prefeita Tânia Siqueira (DEM), já que foram detectadas irregularidades na prestação de contas da chapa. No lugar de ambos assumiu a candidata com a segunda maior votação, Diane Vieira de Vasconcellos Alves (PPS).

O prefeito já recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral (TRE) na tentativa de reverter a sentença. Apesar de reconhecer problemas na prestação de contas, ele alega que houve apenas uma irregularidade formal no preenchimento de um recibo de R$ 18 mil referente a serviços voluntários, o que não seria motivo suficiente para perda de mandato. Pelo menos uma ação cautelar já foi negada pela mais alta corte da Justiça Eleitoral do país.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) também aguarda julgamento de um agravo regimental interposto pela defesa.

Com a cassação de Adair e a vice Tânia, Mato Grosso conta com número recorde de cassação desde a eleição de outubro.

A maioria das sentenças se deve às denúncias de compra de votos na campanha, mas pelo menos seis prefeitos já conseguiram reverter as derrotas em instâncias superiores da Justiça Eleitoral.

A LISTA - Também foram cassados os prefeitos Júlio Ladeia (Tangará da Serra), Vilmar Giachini (Cláudia), Alcir Paulino (Juara), Vilson Pires (Paranatinga), Osmari Azevedo (Araguainha), Agenor Evangelista (Novo Horizonte do Norte), Juarez Costa (Sinop), Ricardo Henry (Cáceres), Erival Capistrano (Diamantino), Francisco de Assis (Ribeirão Cascalheira), Faustino Dias Neto (Santo Antônio do Leverger), Marcelo Ribeiro (Barão de Melgaço), Juracy Rezende (General Carneiro), Francisco Soares (Nova Olímpia) e Ronan Figueiredo (Poxoréu), Clóvis Martins (PTB) e Walter Faria (Canarana). Com a Gazeta

Senado continua com os mesmos gastos

Matéria veiculada pelo Correio Braziliense diz que os gastos do Senado não reduziram com os escândalos. Não podia ser diferente. Atingido por denúncias diversas, o presidente da Casa, José Sarney (PMDB), continua, no popular, com o pescoço engessado.

Não cedeu às pressões diversas para que peça para sair. Dificilmente ele deixará o cargo. A não ser que as denúncias cheguem a um patamar insuportável.

Até mesmo para Sarney, ex-presidente da República e com vasta experiência no Senado, é difícil conseguir se sustentar em caso de uma investigação aprofundada sobre todos os temas abordados.

Rejane Tach lança "A vida é boa" no Centro Cultural de Tangará da Serra

A escritora e poetisa tangaraense Rejane Tach, lançou às 21h, deste sábado (18), no ságuão do Centro Cultural 'Pedro Alberto Tayano' em Tangará da Serra, seu mais novo livro: A vida é boa. A obra foi prefaciada pelo professor-escritor Robério Pereira Barreto.

O prefeito José Pereira Filho com a primeira-dama Denea Regiane, secretário de Educação e Cultura Júnior Schleicher, vereador Gilcélio Peres, presidente do Conselho de Cultura Dorjival Silva; escritores, poetas, educadores, estudantes, músicos, atores, jornalistas, empresários... marcaram presença ao evento.

Destaque para a decoração, o buffer e a música clássica do pianista Flávio Lago, de São Paulo.

Foi um evento para entrar para a história da cultura de Tangará da Serra.

Vivam as gordinhas!

Há esperança para as mulheres normais. Na última semana, na Feira de Lingerie de Friburgo, no Rio de Janeiro, a grande novidade foi o lançamento de coleções extra-grande (até o manequim 54) de sutiãs e calcinhas. Tudo muito sexy, com rendas, transparência e até modelos fio dental. Será o fim da ditadura da magreza???

Concurso do CQC

O programa CQC, da Band, vai lançar um concurso para eleger o novo integrante da trupe. As inscrições podem ser feitas por homens e mulheres, maiores de 18 anos, desde que sejam irreverentes, divertidos e "caras de pau". Comandado por Marcelo Tas, no programa de amanhã, serão anunciados mais detalhes sobre o concurso.