30 de julho de 2009

Prefeito em exercício estará em Denise nesta sexta-feira

REPÓRTER DO BLOG
Colaboração de Nelli Tirelli

Na manhã desta sexta-feira, 31, o prefeito em exercício, José Pereira Filho, o “Zé Pequeno”, estará na cidade de Denise, onde participará de um evento com objetivo de promover as ações da secretaria de Estado de Desenvolvimento Rural.

No local, serão apresentados os programas da Empaer, SEDER, Indea e Intermat. A reunião estará acontecendo no auditório da Escola São José.

Executivo realiza reunião com La Comuna para acertar detalhes do projeto Formando Cidadão

Imagem cedida

REPÓRTER DO BLOG
Colaboração de Nelli Tirelli

Depois de alguns problemas enfrentados pelo projeto “Formando Cidadão”, a sociedade Lá Comuna assumiu a responsabilidade de ser a mantenedora do projeto, que passa a ser coordenado pela Polícia Militar de Tangará da Serra, com apoio da Prefeitura Municipal.

Na manhã de ontem, representantes do La Comuna estiveram reunidos com o chefe do Executivo para tratar dos últimos detalhes para o projeto voltar a funcionar no município.

A reunião aconteceu no gabinete do prefeito. “Faltava nós acertarmos os últimos detalhes do projeto e na manhã de ontem, nós discutimos isso e o município irá repassar a cada semestre 30 mil reais para o La Comuna que irá manter o projeto funcionando”, disse o prefeito em exercício, José Pereira Filho.

Grupo debateu "Sala de Transparência" e como analisar as contas do município

Imagem cedida


REPÓRTER DO BLOG
Colaboração de Antonio Carlos Cabral Amaral

O curso sobre "Salas de Transparência" abordando a transparência na administração pública se encerrou ontem depois de muito trabalho realizado pelos participantes e instrutores. A animação foi tanta que o curso previsto para encerrar as 18h foi até as 20 no primeiro dia e até 19h no segundo. Leia mais AQUI

Café da Manhã na Casa da Criança de Tangará da Serra

Imagens cedidas
REPÓRTER DO BLOG

Evento aconteceu na manhã desta quinta-feira (30), sob a presidência da advogada Elaine Brinker. Sucesso total. À amiga, minhas descupas por não ter podido comparecer. Ministrava aulas pela manhã. Meus parabéns. Veja mais imagens AQUI

Seja repórter do Blog

Ajude a tornar ainda mais democrático e dinâmico este Blog.

Participe também.

Se você tem máquina à mão, boa vontade e focaliza algo que mereça ser destaque - coisa de interesse público -, não se faça de rogado.

Mande pra gente.

Para facilitar postagem, peço-lhe que mande fotos com no máximo 100k cada uma e horizontais.

Seja repórter e contribua para tornar nosso habitat melhor.

Assim penso

"A política é como a esfinge da fábula: devora todos que lhe não decifram os enigmas."


Antoine Rivarol

Dinheiro do FAT em benefício dos ricos

Todo roubo no dinheiro público, faz falta ao cidadão comum. Há situações que o roubo provoca mortes e prejuízos incalculáveis, quando se trata de saúde e estradas.

Mas há situações especiais. Alguém já ouviu falar aonde vai aquela montanha de dinheiro que o Governo chama de Fundo de Amparo ao Trabalhador (FAT)?

A Folha dá uma dica: R$ 12 milhões foram emprestados a TV Mirante, do filho de Sarney, presidente do Congresso Nacional.

Veja AQUI.

Sêlo identificará produtos da agricultura familiar

Portaria do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) publicada na edição de ontem do Diário Oficial da União institui o Selo de Identificação da Participação da Agricultura Familiar. Os produtos da safra atual já podem receber o selo, a partir da adesão voluntária dos agricultores familiares.

O Selo da Agricultura Familiar terá validade de cinco anos e identificará verduras, legumes, polpas de frutas e laticínios, entre outros.

Além de garantir mais informações ao consumidor, a expectativa do ministério é que o selo estimule a economia nacional a partir da ampliação da venda de produtos da agricultura familiar.

O principal critério para a concessão do selo é que 51% da principal matéria-prima do produto tenha origem na agricultura familiar, setor que responde por 70% dos alimentos que chegam diariamente à mesa dos brasileiros. Silvicultores, aquicultores, extrativistas e pescadores também serão beneficiados.