Postagens

Mostrando postagens de Agosto 5, 2009

Assim penso

"Política não é só para ladrão. Também é para homens de bem". Eleazar Brito

Carta de Lula para Collor em 2060

O texto é do jornalista Felipe Pena. Merece leitura pela rara criatividade. E pelo fino senso de humor. “Querido Fernando, Como vai a morte aí embaixo? Rosane já se acostumou com o clima? Se tiver qualquer dificuldade é só me dizer. Tenho vários amigos morando na sua vizinhança. Eles me devem favores, não hesitarão em atender a um pedido meu, principalmente agora que inicio minha trajetória política aqui em cima. Uma coisa posso te garantir: nunca antes na história do Paraíso um operário esteve tão próximo do poder. Na semana passada, organizei a primeira grande greve do sindicato dos santos. Foi um sucesso. Paramos todos os milagres, ninguém atendeu a uma oração sequer. A imprensa estava toda lá. O exército de arcanjos cercou o estádio, mas nós ficamos unidos. O Francisco de Assis, que é líder da bancada da oposição, já me convidou para fundar um novo partido junto com uns intelectuais de esquerda. O ditador aqui é muito poderoso, vive baixando decretos que Ele chama de mandamento

A quem interessar possa

"A vida nunca está imobilizada, pois cada momento é sempre novo e original."

Sepultamento da sua vida pública

Não vou discutir a culpabilidade do senador José Sarney, até porque tudo que vem sendo divulgado por intermédio dos veículos de comunicação é extremamente grave e há nisso tudo fortes consistências. Digo isso porque todos ouviram os diálogos entre o filho e também um diálogo com a sua neta. Mas a verdade é que Sarney está visivelmente abalado, tanto fisicamente quanto moralmente. Por essas e por outras, acredito que todo esse escândalo tende a sepultá-lo da vida pública no país.

José Sarney se mantém resistindo

Constrangedora mesmo é a situação do presidente do Senado da República, José Sarney, que, com todos os defeitos e virtudes, tem uma biografia e acima de tudo o nome inserido na história contemporânea brasileira. Até o momento ele não conseguiu se explicar ou mesmo convencer a população brasileira de que não tem culpa na avalanche de denúncias contra ele. Segundo as informações que circulam na grande imprensa brasileira, os familiares do senador José Sarney são aqueles que mais defendem a sua renúncia, sob o argumento de que a esta altura de sua vida, não há como aguentar o constrangimento de ser alvejado diariamente com denúncias das mais tenebrosas. Agora, o apego do ‘rei do Maranhão’ ao cargo o impede de raciocinar e mesmo de seguir o conselho de seus familiares, que na verdade estão cobertos de razão. Acredito que se ele passar mais uns 15 dias no cargo e as denúncias se avolumarem, o senador José Sarney corre sérios riscos de bater as botas. Eita!

Ladeia e Jaconias retornam ao comando do Município

Júlio César Ladeia (PR) e Josè Jaconias da Silva (PT) estão de volta ao comando do poder executivo tangaraense. Aos dois políticos, meu desejo de boa sorte!