18 de setembro de 2009

Deputado do castelo bota a imprensa no banco dos réus en Minas Gerais

O deputado federal Edmar Moreira, aquele do Castelo de R$ 25 milhões no interior de Minas Gerais, está processando todo mundo, todo mundo mesmo.

Veja AQUI.

Na pouca ninguém. Está no rol de processados jornalistas renomados, respeitados, famosos e nem tanto. Todos estão sendo citados pela Justiça para se defender.

Os veículos de comunicação grandes, pequenos, médios e sites pessoais também entraram no rol de processados pelo deputado federal Ednar Moreira.

Nas reportagens sobre o castelo, todo e qualquer jornalista ou veículo de comunicação que veiculou o termo corrupção ou fez qualquer chacota, foi processado. Êita!

Camioneta 4x4 com placas de Sorriso é abandonada em praia do RN

Uma camioneta Dodg, 4x4, prata e de placas NGR 0109, Sorriso, Mato Grosso, foi abandonada na orla marítima de Porto do Mangue (RN) há 3 dias.

Ontem, os moradores usaram um trator para retirar a camioneta de dentro d’água.

A polícia foi avisada e pede a quem souber qualquer informação, entrar em contato com o delegado de Porto do Mangue (3526-0109).

Crise de humanidade

Já escrevi algumas vezes que a crise mundial não é econômica e sim de humanidade e agora vou agora mostrar que estava certo.

O Programa Mundial de Alimentos, da UNO, informou em Londres no início desta semana que o mundo tem hoje 1,1 bilhão de famintos.

Hoje, bem cedo, a Globo mostrou uma matéria sobre um campeonato de jogar alimento (torta) na cara do outro em Nova Iorque.

Com as duas notícias, fiquei com a impressão que o ser humano é uma experiência de Deus que está dando errado.

Calendário cultural de Tangará da Serra

Vou apresentar ao Conselho Municipal de Cultura (CMC) de Tangará da Serra, por ocasião da próxima reunião ordinária, dia sete de outubro, um calendário de eventos culturais para acontencer em nossa urbe amada, a partir de 1010.

Trabalho com a ideia de que todo mês tenha na cidade, um festival de pequeno porte com perspectiva de um grande, durante a Semana da Cultura, a ser instituída.

A cultura de Tangará da Serra já perdeu muito tempo, fazendo apenas o feijão-com-arroz.

Agora é hora de coisas excelentes. Vou tentar dar minha contribuição para que esse "Sonho..." também "...Se torne realidade".

Alta Floresta recheada de cultura neste final de semana

A cidade de Alta Floresta (MT) vive um verdadeiro 'corredor cultural' durante este final de semana. Como gostaria que o mesmo ocorresse nesta urba amada por todos nós! Como sonho com algo grandioso para a cultura tangaraense... Algo que merecesse destaque nacional e internacional, como o que ocorrerá em Alta Floresta pelos próximos três dias...

Qual será o filme que representará o Brasil?

O Ministério da Cultura vai anunciar hoje o nome do filme escolhido para representar o Brasil na disputa por uma indicação ao Oscar 2010. Dez filmes brasileiros estão concorrendo a uma indicação para a categoria de Melhor Filme em Língua Estrangeira.

São eles: A Festa da Menina Morta, Besouro, Budapeste, Feliz Natal, Jean Charles, O Contador de Histórias, O Menino da Porteira, Salve Geral, Se Nada Mais Der Certo e Síndrome de Pinnochio - Refluxo.

O crescimento do PRP

O presidente da executiva estadual do Partido Republicano Progressista (PRP/44) bacharel Arkibaldo Junqueira, encaminhou e-mail ontem, para este escriba de província, também presidente da sigla em Tangará da Serra, parabenizando pelo crescimento do Partido neste município.

De fato, o PRP vem crescendo de forma gratificante.

Estudantes, professores, profissionais liberais, líderes comunitários, donas de casa, comerciantes e servidores públicos, têm assinado ficha de filiação nos últimos dias. Algo gratificante.

Destaco a filiação do filósofo Eduardo Rocha, graduado pela Universidade Federal da Bahia, residente há dois no município, professor universitário.

É só o começo, meu nobre presidente Arkibaldo!

Presidente do TSE comenta reforma eleitoral

Leio na grande mídia nacional que, em entrevista coletiva ontem, o presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Carlos Ayres Britto, comentou sobre a aprovação do projeto da reforma eleitoral pela Câmara dos Deputados.

A primeira observação do ministro foi no sentido de que a aprovação merece elogios, uma vez que "o Poder Legislativo saiu da inércia e se dispôs a ocupar um espaço de regulação que é dele".

No entanto, para o ministro a Justiça Eleitoral ficou "descontemplada" em vários aspectos de sua jurisprudência e expectativas.

Sobre a internet, Carlos Ayres disse que houve um avanço, pois não seria interessante que a internet passasse por censura prévia, por exemplo, ou recebesse um tratamento que dificultasse a participação dos internautas na vida política do país.

"Mas temos a lamentar que terminou prevalecendo a comparação, a analogia entre a internet e as emissoras de rádio e televisão", avaliou o ministro.

Para Ayres Britto, a "comparação da internet com mídias que dependem de concessão do poder público, para nós, freia esse dinamismo que queremos para o processo eleitoral". (Com informações da Assessoria do TSE)

Voto impresso

Em relação ao voto impresso, Ayres Britto acredita que foi um retrocesso. E lamenta que a decisão vai onerar a eleição, além de poder causar atrasos e o atolamento das máquinas impressoras, como foi observado em 2002.

Arrecadação

Sobre a arrecadação de recursos para partidos, comitês e candidatos e respectiva prestação de contas, o ministro acha que o trabalho da justiça ficou "extremamente dificultado". Ayres Britto esperava que a "lei investisse em mecanismos coibitivos de caixa 2 e de doações ocultas", disse.

Sucessão

Ayres Britto aproveitou para registrar que a nova legislação não modificou o processo de substituição, de sucessão dos governadores e prefeitos - convocando o 2º colocado- quando no segundo turno eles têm sua eleição anulada.

Voto em trânsito

O ministro Carlos Ayres Britto falou ainda que o TSE está na perspectiva de assegurar o voto em trânsito e dos presos provisórios e menores em casas de intervenção. A inovação poderá ser aplicada já nas próximas eleições em 2010.

Professor da Unemat lança livro enfocando "Economia Solidária"

Professor-mestre e doutorando, docente da Universidade do Estado de Mato Grosso, campus universitário de Tangará da Serra, Sandro B. Sguarezi, encaminha e-mail de agradecimento ao humilde escriba de província por publicar notícias suas quando apresentou trabalho científico em Buenos Aires, Argentina. Elogia o recém fundado JORNAL DA CULTURA, fala de lançamento de um livro e diz que me presenteará com um exemplar. Que nobreza, caro colega...

"Caro Dorjival

Recebi um exemplar do Jornal da Cultura - de 01 a 15/set/2009.

Fico agradecido por divulgar o nosso trabalho a UNEMAT e os parceiros no projeto DRS.

Parabéns pelo veículo de comunicação que não se limita a cobrir fatos prioritários (sensacionalistas) veiculados na mídia hegemônica.

Em anexo lhe envio dados do Livro organizado por nossa equipe.

O Livro educação e sócio economia solidaria processos organizacionais socioeconômicos na economia solidária. Terceiro Volume da Série Sociedade Solidária.

(Mandei um exemplar p Vossa Senhoria pela Professora Ana Maria de Lima).

O Evento ocorreu durante o V EMESOL-Encontro Matogrossense de Educação e Socioeconomia Solidária nos dias 07, 08 e 09 de setembro em Tangará da Serra - MT.

Um abraço fraterno e solidário
Prof. Sandro B. Sguarezi"