23 de setembro de 2009

Tangará da Serra vive dia de demônios

Morte no trânsito, escoriações, tentativa de homicídio, assaltos e prisões de traficantes. Tudo isso e algo mais marcou o 22 de setembro em Tangará da Serra. Quem diria nossa urbe amada vivesse um dia tão cruel como este? É claro que estou preocupado com essa onda de coisas ruins que nos abate.

Encaminho votos de pesares à família de acadêmica morta por acidente

Minha esposa Franciele Caroline chora copiosamente deste ontem, por causa da morte prematura que atingiu sua colega de faculdade conhecida por Patrícia.

A formanda do curso de Ciências Biológicas da Unemat regional, perdeu a vida, ontem, por volta das 19h, ao chocar sua motocicleta com a traseira de uma carreta estacionada na rodovia, caminho da Universidade.

Patrícia, disse minha esposa, estava feliz da vida porque concluiria sua faculdade em novembro próximo. Êita vida cruel!

O corpo de Patrícia, 21 anos, será depultado nesta tarde na cidade de Campo Novo do Parecis. Lamento profundamente pelo triste ocorrido e encaminho votos de pesares à família enlutada.

Escola Municipal de Condutores de Veículos

Um dia Tangará da Serra terá também sua Escola Municipal de Condutores de Veículos. Uma autoescola grátis para facilitar o acesso à carteira de habilitação de pessoas de menor poder aquisitivo. Pode anotar isso em seu caderninho!

De pires nas mãos

Como Lula não cumpriu a promessa de recompor o FPM, deixando os municípios desamparados, os prefeitos vão invadir Brasília (DF) hoje. Querem garantias. Porém, é provável que voltarão para casa apenas com promessas. Nada mais.

Como para quem precisa...

No discurso de posse do primeiro mandato, 1º de janeiro de 2003, o presidente Lula sentenciou: se ao final do governo ainda existir um brasileiro que não tenha as três refeições básicas do dia (café da manhã, almoço e janta), a sua passagem pelo poder não teria valido a pena. Exagerou, é bem verdade. Ou jogou para a plateia, o que ele faz como ninguém.


Lula sabia, como qualquer cidadão inocente também, que seria impossível acabar a miséria num país que tropeçou nos próprios erros em 500 anos. Ele não tinha, como não tem, o poder da mágica. Pois bem. Continua imenso o universo de miseráveis nos quatro cantos da nação verde e amarela. Brasileiros que não têm direito ao prato de comer, num estado de humilhação que depõe contra a cidadania.


A própria Constituição esqueceu de amparar os filhos famintos, na ausência, em seu texto, da garantia de direito à alimentação. Falha que o Congresso Nacional mostra-se disposto a reparar.


A Comissão Especial da Câmara dos Deputados aprovou ontem a inclusão do direito à alimentação no artigo 6.º da Constituição, como um dos direitos sociais.


A PEC ainda precisa ser aprovada em dois turnos no Plenário do Senado, porém é praticamente certo que passará pelo seu crivo.


A partir daí, a alimentação passará a figurar ao lado de educação, saúde, habitação e outros direitos que se constituem em cláusula pétrea e não podem ser diminuídos ou eliminados. Aí, sim, será feita a justiça social, independentemente dos interesses políticos ou cores partidárias.


Quem sabe, um dia, o café da manhã, almoço e janta passarão a ser realidade na mesa de todos os brasileiros.

Presidente do TSE não acredita que PEC garanta a posse de suplentes

“Emenda não confere mandato a ninguém, apenas cria cargo”. A declaração foi feita pelo ministro Carlos Ayres Brito, presidente do TSE, em entrevista ao Jornal da Globo, referindo-se à PEC dos Vereadores, aprovada em segundo turno, e já apostando que antes de 2012, nenhum suplente ocupará uma cadeira no plenário da Câmara...

A quem interessar possa

"Se você não sabe para onde está indo, todo caminho te levará a lugar nenhum."

PRP estadual quer lançar candidatos de Tangará da Serra


O Partido Republicano Progressista (PRP/44) que ainda não tem assento na Câmara de Vereadores e nem ocupa nenhum cargo no atual governo, mesmo sendo da “base aliada”, não para de crescer.

De março para cá, seu crescimento em número de filiados cresceu 200%. A tendência de crescimento é favoravel no meio estudantil, entre educadores e agentes culturais.

O reflexo desse crescimento tem chegado ao conhecimento do comando nacional e estadual do partido, a ponto da executiva estadual querer lançar em Tangará da Serra, candidatos nas eleições de 2010.

O partido se estrutura ainda para está bem posicionado nas eleiçoes de 2012.

JORNAL DA CULTURA circulará no dia 1º de outubro

O número cinco do JORNAL DA CULTURA estará em circulação no dia 1º de outubro. O informativo traz uma entrevista exclusiva com o secretário de Estado da Cultura de Mato Grosso, Paulo Pitaluga. Imperdível.

Governador de MS perde a postura

Ontem pela manhã, irritadíssimo por conta da briga sobre a liberação para o plantio da cana na Bacia do Alto Paraguai, o governador do Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), disse que se o ministro do Meio Ambiente, Carlos Minc, fosse ao seu Estado "eu ia correr atrás dele e estuprar em praça pública" (sic).

O governador foi representado pelo empresário Eduardo Bottura, ao Ministério Público Federal, pelo crime de abuso de autoridade. Sobre o assunto, disse Bottura "Eu não tenho nada contra as preferências sexuais de André Puccinelli, mas ele não pode tratar um Ministro de Estado, pelo menos em público, nesse estilo tão selvagem."

Plano Nacional de Cultura

O projeto de lei que estabelece o Plano Nacional de Cultura (PNC) e a proposta de emenda constitucional que vincula recursos do orçamento da União (2%), estados (1,5%) e municípios (1%) para o setor cultural serão apreciados hoje na Câmara dos Deputados.

Vários artistas, produtores e gestores culturais prometem acompanhar as duas votações que ocorrerão na Câmara dos Deputados.

O PNC cria o Sistema Nacional de Informações e Indicadores Culturais (SNIIC) e define as diretrizes das políticas culturais no Brasil pelos próximos dez anos.

Indicação ao deputado Wagner Ramos

Indico ao deputado estadual Wagner Ramos (PR) que faça um projeto de Lei que garanta aos portadores de deficiências do Mato Grosso a utilização de placas especiais em seus veículos para garantir o direito ao estacionamento em local privilegiado.

Aguardo sua resposta caro Wagner.

Inclusão social para os jovens do campo

Começou ontem no município de Glória do Goitá, em Pernambuco, a terceira edição da Jornada Nacional do Jovem Rural.

O encontro reúne 800 jovens de todo os estados brasileiros a fim de promover a inclusão social dos mesmos e tem como tema central "Trabalho e Sustentabilidade do Campo".

A Jornada é fruto de um mapeamento que detectou que, no Brasil, há 1,8 milhão de jovens, entre 15 e 24 anos, em situação de extrema pobreza.

O projeto tem como objetivo principal de promover o desenvolvimento econômico e dar acesso às novas ferramentas de trabalho.

Além das discussões sobre o tema central, os jovens participam de minicursos e oficinas sobre os mais variados assuntos como Agricultura Orgânica; Agroturismo; Arranjos Produtivos; Beneficiamento de Frutas; Crédito Fundiário e Fontes Renováveis de Energia. Da Assessoria