15 de outubro de 2009

Quatro partidos políticos ficam sem apresentar suas novas listas à Justiça Eleitoral

Pelo menos quatro partidos políticos de Tangará da Serra ficaram sem apresentar nesta quarta-feira (14), a nova lista de seus filiados no cartório local.

Um problema no site do TSE, deixou a comunidade tangaraense sem direito a acessá-lo durante os dois últimos dias para apresentação da referida lista.

A situação está gerando transtornos não só para os partidos, mas também para os funcionários do cartório.

Pior: não há nenhuma informação do cartório dando conta se o TSE prorrogará a data para as siglas partidárias prejudicadas entregarem suas listas.

Faixas e rotatórias não são mais respeitadas em Tangará da Serra

Tão respeitada e reverenciada em passado recente, a faixa de pedestre não serve mais para nada em nossa urbe amada.

Condutores de veículos simplesmente não param mais nas faixas dando a prioridade para os pedestres.

A faixa é completamente ignorada pela grande maioria. Causando enormes riscos de atropelamento para quem se aventura a atravessar uma rua ou avenida por ela.

A situação não é diferente nas rotatórias. Embora existindo a faixa com letras grandes lembrando aos condutores para pararem, ninguém obedece.

Não sei mais o que dizer do caos instalado no trânsito de minha querida cidade de Tangará da Serra. Já fui vítima pelo menos duas vezes nas ruas dessa urbe amada por todos nós.

Moro no residencial Jardim Mirante há mais de cinco anos. Nessa localidade não temos testemunhado mais acidentes por pura proteção divina.

Neste importante bairro de Tangará da Serra não há sequer uma placa sinalizadora em nenhuma rua.

Meu Deus bondoso. Até quando viveremos com tamanho medo de se tornar vítima novamente do nosso trânsito de cada dia?

Suplente de vereador perde a vida em acidente

O primeiro-suplente de vereador pelo DEM de Tangará da Serra, Nilton Cordeiro, faleceu por volta das 11h desta quinta-feira (15), vitima de acidente automobilístico.

Segundo informações chegadas à página, ele estava vindo conduzindo seu carro de sua propriedade rural, quando teria sofrido um capotamento.

Um canal de televisão local noticiou que a vítima ainda chegou a ser socorrida, porém teria chegado ao pronto socorro da Unidade Mista de Saúde, já sem vida.

Cordeiro era membro da Assembleia de Deus desta cidade.

Fui professor neste ano de sua filha, a jovem Camila.

Lamentamos muito pelo ocorrido. À família enlutada nossas condolências.

Senadora Serys visita nove municípios do Médio Norte

A senadora Serys Slhessarenko (PT) participa, nesse fim de semana, da inauguração de dois Centros de Atendimento Empresarial (CAE), em Nobres e Arenápolis.

Ao todo, a senadora percorrerá nove municípios da região médio-norte em três dias.

A viagem pela região, começa às 8h30, dessa sexta-feira (16), em Nobres, com a inauguração do CAE.

O centro é uma iniciativa da Secretaria de Indústria, Comércio, Minas e Energia (Sicme) do Estado, que está abrindo centros de atendimento em 32 municípios do Estado.

NOTA DO BLOG: É pra gente dizer: "quanta inveja desses municípios".

AMO O QUE FAÇO

Por Rejane Tach

Sou professora e é com maior orgulho que digo isto...

Considero os meus colegas de trabalho VERDADEIROS HERÓIS! Somos por vezes descriminados com palavras descabidas acerca de capacitações, desconhecimentos e falta de preparo.

Convenhamos... somos sim, todos os dias psicólogos, amigos, pais, companheiros conselheiros, educadores e por fim...PACIENTES!

E afirmo que, a liberdade que se emprega hoje em sala é confundida com libertinagem. LIBERTINAGEM SIM, (isso é culpa de quem?) porque o professor das escolas públicas, além da falta de recursos recebe diariamente alunos que não conhecem seus deveres como cidadãos participantes de um estabelecimento de ensino. Apenas uma minoria reconhece...e cada um sabe onde se insere.

É sabido que, existem professores cansados... E pergunto – cansados de que? Poderíamos enumerar aqui uma lista...

Façamos uma reflexão então, se o ensino vai mal e defasado, qual seria a base para mudanças?

Amo o que faço, e

PARABENIZO MINHA CLASSE COM LETRA MAIÚSCULA, SOMOS HERÓIS SEM RECURSOS MODERNOS E JAMAIS ABANDONAMOS NOSSA LUTA!

Câmara aprova o Vale-cultura

O plenário da Câmara conclui nesta quarta-feira (14) a votação do projeto que cria o Vale-cultura. Mais cedo, nesta quarta, os parlamentares aprovaram o texto-base da proposta. Na votação de destaques foram incluídos no programa até aposentados da Previdência Social.

O projeto foi lançado em julho pelo presidente Lula, em São Paulo. De acordo com a proposta, trabalhadores terão direito a um benefício no valor de R$ 50,00 mensais que poderão ser gastos em ingressos de cinema, teatro, shows, museus e na compra de livros, CDs e DVDs, entre outros bens culturais.

O Vale-cultura será distribuído, preferencialmente, em meio magnético e não pode ser convertido em dinheiro.

O programa também prevê que as empresas que concederem o cartão Vale-cultura aos seus funcionários terão direito a deduzir até 1% no Imposto de Renda. A adesão das empresas não é obrigatória.

O Ministério da Cultura espera aumentar em até R$ 600 milhões por mês o consumo cultural no país. Com o G1

A quem interessar possa

"Tudo o que foi prazer torna-se um fardo quando não mais o desejamos."

Dia dos Professores

"Se a educação sozinha não transformar a sociedade, sem ela tampouco a sociedade muda".

A frase do educador Paulo Freire resume a importância do professor na sociedade e nas mudanças que este profissional é capaz de promover, quando engajado na proposta de disseminar o conhecimento.

Na data em que se comemora o Dia dos Professores, a categoria tem pouco a festejar diante da baixa remuneração e baixo incentivo do poder público para o desenvolvimento do ofício.

No entanto, permanece a esperança. Pessoalmente, creio que um dia essa página será virada.

JORNAL DA CULTURA no forno

O JORNAL DA CULTURA circula nesta sexta-feira (16) em Tangará da Serra, e apartir de segunda-feira, nas cidades vizinhas e capital. Mais uma edição com excelentes textos para leitura.

Trânsito tangaraense

Nosso trânsito tangaraense precisa de ruas melhor sinalizadas, de guardas orientando o tráfego, de sinais luminosos, de mais faixas de pedestres, de mais placas indicadoras, etc. etc. etc. De mais conscientização de condutores de veículos e pedestres. É uma questão de Cultura e Educação.

De professor pra professor