16 de outubro de 2009

Ser professor(a)

Por Soraia Aparecida

Falar da docência é falar das várias profissões que transpõem e se sobrepõem a esta.Enquanto professores...

Somos mágicos,ao fazermos malabares com diversas situações que atingem nossa imagem e avida pessoal.

Somos atores, somos atrizes,que interpretam a vida como ela é, sentimos e transmitimos emoções aoconviver com tantas performances.

Somos médicos,ao receber crianças adoentadas pela miséria, pela falta de tempo da família,pela carência de tempo de viver a própria infância.

Somos psicólogos,ao ouvir as lamentações advindas de uma realidade dura,que quase sempre nos impede de agir diante do pouco a se fazer.

Somos faxineiros,ao tentarmos lavar a alma dos pequenos,das mazelas que machucam estes seres tão frágeis e tão heróicos ao mesmo tempo.

Somos arquitetos,ao tentarmos construir conhecimentos, que nem sabemos se precisos, que nemsabemos se adequados.

É só parar para pensar que talvez seja possível encontrar em cadaprofissão existente um traço de nós professores.

Contudo, ser professor,ser professora é ser único, pois a docência está em tudo, passa por todos,é a profissão mais difícil, mas a mais necessária.

Ser professor é ser essência,não sabemos as respostas. Estamos sempre tentando. Às vezes acertamos, outras erramos, sempre mediamos.

Ser professor é ser emoção
Cada dia um desafio
Cada aluno uma lição
Cada plano um crescimento.
Ser professor é perseverar, pois, diante a tantas lamúrias“ não sei o que aqui faço, por que aqui fico?”fica a certeza de que...Educar parece latente, é obstinação.

Ser professor é peculiar,
Pulsa firme em nossas veias,
Professor ama e odeia seu ofício de ensinar
Ofício que arde e queima
Parece mágica, ou mesmo feitiço.

Na verdade, não larga essa luta que é de muitos.
O segredo está em seus alunos, na sua sala de aula, na alegria de ensinara realização que vem da alma e não se pode explicar.
Não basta ser bom... tem que gostar.

Soraia Aparecida de Oliveira, professora do Ensino Fundamental, Escola Municipal Nilza de Lima Sales, Brumadinho, MG.

Governo lança crédito para compra de computadores por professores

O Governo Federal abriu uma linha de crédito especial para a compra de notebooks por professores. O programa "Computador Portátil para Professores" está em vigor desde o último dia 15. Os equipamentos vão custar, no máximo, R$ 1.400,00.

Esse valor já inclui as despesas com o frete e o seguro para a entrega.Esse preço, abaixo do praticado no mercado para equipamentos com o mesmo porte e configuração, foi viabilizado por uma série de subsídios e redução na carga tributária, concedida pelo Governo Federal.

O professor tem a opção de pagar a vista ou financiar em até 25 vezes. Caso pague todas as parcelas em dia, a 25ª prestação é eliminada.Para comprar o computador, o professor deve acessar o site dos Correios, depois clica no link COMPUTADOR PORTÁTIL PARA PROFESSORES.

Escolhe o modelo que se encaixa na necessidade e preço e vai até uma agência dos Correios, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal para confirmar a compra. Será preciso apresentar os seguintes documentos: carteira de identidade, CPF, comprovante de endereço e contra-cheque recente e declaração da escola, atestando que está no exercício da sala-de-aula.

Um detalhe interessante é que esse programa estava sendo executado de forma experimental desde 2008 em apenas 64 cidades brasileiras.

Agora que começou em todo o Brasil, haverá uma campanha publicitária e támbém visitas às escolas públicas e privadas para apresentar o projeto aos professores.

Os computadores são entregues pelos Correios em no máximo 30 dias após a efetivação da compra.

SEMEC de portas fechadas

A Secretaria Municipal de Educação e Cultura – SEMEC está de portas fechadas nesta sexta-feira 16. folga para seus funcionários em razão do Dia dos Professores transposto nesta quinta-feira 15. Sem problemas!

Tarde nublada

Estamos sem ver o astro rei desde o meio dia desta sexta-feira 16. Por ocaso, choverá ainda hoje? Queira nosso bom Deus!

Celso Ferreira diz que continua na oposição

Essa de vereador de cidades interioranas ter uma tendência de correr para os braços do governismo, é a coisa mais ‘normal’ do Brasil.

Mas no caso do vereador tangaraense Celso Ferreira (DEM) essa tendência não o atingirá.

Ontem, no programa Tangará Urgente (sbt), Ferreira disse que continua oposição ao governo municipal. E que, jamais aceitaria qualquer cargo para ele ou um de seus aliados, indicado pelo Executivo.

O parlamentar frisou que manterá sua liberdade para votar no que entender ser bom para Tangará da Serra, independente de quem seja o governante.

Nesse caso, aquela estória de que ele estaria compondo com a bancada de sustentação política ao Executivo não passou de estória.

Salário do professor tangaraense é um dos maiores do Brasil

O salário do professor da rede municipal de ensino de Tangará da Serra está bem acima do que vem sendo pago na maioria dos estados brasileiros.

Neste município, um professor com licenciatura plena percebe por 40 horas semanais, mais de R$ 2.200,00 mensais, sem contar com os descontos.

Agora veja em alguns estados:

No Rio Grande do Norte, em média, o professor percebe mensalmente R$ 1.232,00.

Abaixo do RN estão os estados do Ceará (R$ 1.146,00), Bahia (R$ 1.136,00), no Piauí (R$ 1.105,00), Paraíba (R$ 1.057) e Pernambuco (R$ 982,00).

Já os Estados que pagam melhores salários para os professores são, respectivamente, Brasília (R$ 3.360,00), Rio de Janeiro (R$2.004,00) e São Paulo (R$ 1.845,00).

Até mesmo o estado de Mato Grosso paga menos que Tangará da Serra pela mesma quantidade de horas trabalhadas: pouco mais de R$ 1.500,00 mensais.

Comprovadamente, é muito vantajoso ser professor do Município de Tangará da Serra. Com um detalhe super importante: nos últimos cincos anos, a prefeitura pagou o salário do pessoal da educação em todas as últimas sextas-feiras do Mês.

Olha que banana! No mês passado, por exemplo, no dia 25, meus vencimentos amanheceram em minha conta bancária.

Lamento muito que meus colegas professores tenham seus salários tão defasados por este Brasil afora. Em todo caso, ninguém pode perder as esperanças de que essa página negra também mudará dentre em breve para todos. Assim devemos aguardar.

Alô blogueiros de Mato Grosso!

Defendo com veemência a união dos blogueiros de Mato Grosso como meio de nos fortalecermos. Não é necessariamente uma busca por amparo, mas de apoio simultâneo.

Dia do Professor

"Há escolas que são gaiolas e há escolas que são asas.
Escolas que são gaiolas existem para que os pássaros desaprendam a arte do vôo.
Pássaros engaiolados são pássaros sob controle.
Engaiolados, o seu dono pode levá-los para onde quiser.
Pássaros engaiolados sempre têm um dono.
Deixaram de ser pássaros.
Porque a essência dos pássaros é o vôo.
Escolas que são asas não amam pássaros engaiolados.
O que elas amam são pássaros em vôo.
Existem para dar aos pássaros coragem para voar.
Ensinar o vôo, isso elas não podem fazer, porque o vôo já nasce dentro dos pássaros.
O vôo não pode ser ensinado.
Só pode ser encorajado."

[Rubem Alves, autor de Ao Professor, com meu carinho e de Conversas sobre Educação]

Tangará poderá ganhar mais um jornal diário

Opa! Chegando informações à página de que Tangará da Serra poderá ganhar nos próximos dias, mais um jornal diário. Conheço pelo menos duas pessoas que estariam trabalhando o projeto jornalístico. De minha parte, todo o incentivo.

JORNAL DA CULTURA

Ainda hoje começa a circular a 6ª edição do JORNAL DA CULTURA. Todas as informações sobre o Mestrado oferecido pela Unemat. Leia-o!

Assim penso...

"A adversidade leva alguns a serem vencidos e outros a baterem recordes".

William Arthur Ward

A quem interessar possa

"O amor nasce de quase nada e morre de quase tudo".

Conselho de Segurança da ONU

O Brasil foi eleito ontem para uma das dez cadeiras provisórias do Conselho de Segurança das Nações Unidas. A indicação vale para os anos de 2010 e 2011. Muito bom.

Marketing

Mulheres seminuas em cima de caixões. É assim que uma funerária italiana mandou preparar um calendário para 2010 para ser vendido entre possíveis clientes e divulgar seus produtos. "Caixão é uma mercadoria como qualquer outra", defende o proprietário da funerária.

Homenagem aos professores e professoras

Com a frase "Mestre não é quem sempre ensina, mas quem, de repente, aprende", do escritor Guimarães Rosa, continuo homenageando meus colegas professores nesta sexta-feira, dia 16.

Centro empresarial de Tangará da Serra

Sendo inaugurado mesta sexta-feira (16), o Centro de Atendimento Empresarial em Tangará da Serra. Evento ocorrerá às 16h na Secretaria Municipal de Indústria, Comércio e Serviços. Amém.

A gratidão de quem acompanha o dia a dia de Tangará por meio desta página

"Parabéns a este jornal e a você Dorjival por conceder este espaço ao pioneiro e homem honrado que é Ari Torres.

Trabalhei como contador do Legislativo e Executivo quando Ari desempenhava tais cargos nessa querida Tangará.

Sempre estou acompanhando os noticiários daí pelo seu site, sou um apaixonado por este municipio.

Hoje, moro em Terra Nova e tenho negocio no Pará, mas se Deus quiser devo ir visitar essa linda cidade e quem sabe agradecer pessoalmente por você nos ter proporcionado e vir nos proporcionando um Tangará mais perto de nós, pela sua sincera contribuição em está nos informando constantemente neste meio de comunicação.

Abraço a você e ao nosso amigo Ari Torres.

Amigo: Nilson Renato Antonietti
Jornalista e Contador"

NOTA DO BLOG: Caro amigo Nilson, poucas vezes imaginei que nosso trabalho jornalístico estivesse sendo tão útil assim, como o é para pessoas sinceras como você. Estou feliz por suas palavras incentivadores. Receba também nossa gratidão pelo reconhecimento!