4 de novembro de 2009

Jardim Califórnia corre risco de ser asfaltado em 2010

O deputado federal Pedro Henry (PP) garantiu uma emenda no valor de R$ 2 milhões para construção das galerias pluviais do bairro Jardim Califórnia em Tangará da Serra. A assinatura do convênio está previsto para acontecer ainda este ano. As galerias são o primeiro passo para este grande bairro receber sua tão sonhada pavimentação asfáltica.

Trecho Tangará/Unemat ainda sem melhorias prometidas

Pela manhã fui ao campus universitário da Unemat regional.

Fiquei indignado ao ver que nada foi feito até agora em atenção aos apelos dos universitários e servidores da Universidade com relação à melhorias na MT 358.

Como disse neste blog. Pelo visto ainda sepultaremos mais seres humanos vítimas da esculhambação dessa rodovia estadual.

A pista, além de estreita e sem acostamento não dispõe de sinalização alguma.

Transitar por esse trecho - Cristo Redentor/Unemat - é por a vida em perigo.

NOTA DO BLOG: Senhores, por favor, sem mais demora, iniciem as melhorias prometidas para esse trecho da rodovia! Ou vão deixar pra fazer esse serviço no tempo da chuvarada. Isso é brincadeira! De mau gosto, claro!

Atenção Professores

Encontra-se em andamento a segunda etapa da Formação dos Profissionais do Magistério da Educação Básica, com o início de novas pré-inscrições em cursos de formação inicial para professores em exercício das escolas públicas, por meio da Plataforma Paulo Freire (http://freire.mec.gov.br/).

Você professor que não possui licenciatura, ou que já tem, mas está fora da sua área de atuação, pode realizar sua pré-inscrição até o dia 30 de novembro de 2009.


Professor se qualifique, realize sua formação profissional, pois isso é requisito fundamental para se fazer avançar a qualidade da educação que queremos em todos os municípios brasileiros.

Notebook para professores

O governo federal, através do Programa um computador para todos - cidadão conectado está facilitando a aquisição de notebook. O objetivo é promover a inclusão digital dos professores em atividade da educação básica.

Para fazer a solicitação, vá até as agências dos Correios que opera com o Banco Postal ou a uma agência do Banco do Brasil ou Caixa Econômica, para fazer sua análise de crédito.

Os documentos necessários são: comprovante de rendimento, declaração da escola informando o vínculo empregatício, RG, CPF e comprovante de residência.

Autoridades políticas não comparecem a II Conferência Intermunicipal de Cultura

Tenho grande desconfiança de que boa parte das autoridades políticas de Tangará da Serra não dá a mínima para a cultura de qualidade que queremos ver implantada no Município.

Na II Conferência Intermunicipal de Cultura, que realizamos com muito sucesso no dia 29 passado, nas dependências do Centro Cultural Pedro Alberto Tayano Filho, prefeito e vice-prefeito não compareceram ao evento.

Só dois secretários municipais apareceram: Júnior Schleicher (Educação e Cultura) e Mário Lemos (Saúde).

Da Câmara Municipal, contamos com a presença do presidente, vereador José Pereira Filho.

Noutros municípios do interior de Mato Grosso, a classe política compareceu em peso. Os artistas se sentiram valorizados e apoiados em suas ideias e projetos.

Quanta inveja. Boa, claro!

Fundação de Cultura de Tangará da Serra

Não há razão para adiarmos mais a criação da Fundação de Cultura de Tangará da Serra.

Sem essa fundação, vamos perder muitos recursos que o Ministério da Cultura tem para investir nos municípios interioranos.

O dinheiro só será destinado para aqueles municípios que têm secretarias ou fundações de cultura organizadas.

Com essa coordenadoria tangaraense ligada à Secretaria Municipal de Educação e Cultura, permaneceremos patinando sem ver nada de concreto acontecer. Se liguem!

Políticos sem internet

"Político sem internet de agora por diante, vai engolir moscas em 2010".

“O candidato que não usar a internet na própria eleição vai perder muito”.

Empresário-publicitário Flávio Salles

MT volta a liderar ranking de desmatamento da floresta em setembro

Em setembro, os satélites do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) registraram 400 km² de desmatamento na Amazônia. Em relação a setembro de 2008, quando o desmate atingiu 587 km², houve queda de 31,8%.

Os dados são do Sistema de Detecção do Desmatamento em Tempo Real (Deter), divulgados nesta quarta-feira. Apesar da tendência de queda, a área desmatada em setembro ainda equivale a um terço da cidade do Rio de Janeiro.

Com 134 km² de novos desmatamentos, Mato Grosso retomou a liderança do ranking de Estados que mais desmataram, depois de meses de liderança do Pará, que registrou 133 km² no mesmo período.

Em Rondônia, o Inpe observou 71 km² de novas derrubadas, no Amazonas, 31 km² e no Maranhão, 14 km². O Acre aparece em seguida, com 9 km², Roraima com 7 km² e Tocantins com 1 km². Por causa da cobertura de nuvens, o Amapá não pôde ser monitorado adequadamente, de acordo com o Inpe.

Em toda a Amazônia Legal, a área livre de cobertura de nuvens foi de 82% da região, o que permitiu boa visualização dos satélites. Terra

Para veiculação de anúncios neste blog

O Blog lembra que para fechamento de contratos para anúncios e releases comerciais com empresas privadas, instituições públicas e agentes políticos o contato deve ser feito pelo fone(65) 9244-4690 ou e-mail: dorjisilva@hotmail.com

Notícias do setor produtivo

O Blog informa a assessorias empresariais, que este espaço está à disposição para informar ações diversas do setor produtivo no Mato Grosso, sem qualquer ônus. Basta enviar release para este endereço: dorjisilva@hotmail.com

Projeto social

A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) do Senado aprovou ontem o fim da exigência de “ficha limpa” às pessoas que ganham até um salário mínimo na hora do financiamento habitacional de interesse social. A lei em vigor é dura e não dispensa sequer o visto no SPC. O projeto de alcance social precisa ainda ser aprovado em plenário.

Assim penso...

"É o medo o mais ignorante, o mais injusto e cruel dos conselheiros."

Edmund Burke

A quem interessar possa

"O sonho é para o espírito o que o sono é para o corpo."

CLAUDE LÉVI-STRAUSS

No último sábado, aos 100 anos, morreu o antropólogo Claude Lévi-Strauss, um dos intelectuais mais importantes do século 20. Ele sofria de mal de Parkinson. O antropólogo viveu durante três anos no Brasil e fez várias excursões para o Centro-Oeste e o Norte do país, onde em contato com índios começou a esboçar as bases do estruturalismo, corrente que revolucionaria a antropologia em meados do século 20.

Inovação tecnológica

De acordo com o ranking de inovação tecnológica feito pela Organização para a Cooperação e o Desenvolvimento Econômico (OCDE), o Brasil ocupa o 42º.

Numa lista de 48 nações desenvolvidas e emergentes, está à frente apenas do México, África do Sul, Argentina, Índia, Letônia e Romênia.

O pódio no ranking da organização é ocupado por Suécia, Suíça e Finlândia. Os Estados Unidos, a maior economia do mundo, estão em 6º lugar.

O baixo investimento público e privado em pesquisa, as deficiências nas políticas de incentivo e a qualidade ruim da formação profissional atrapalham a inovação.

Segundo dados do Ministério da Ciência e Tecnologia, o Brasil investiu R$ 32,57 bilhões em pesquisa e desenvolvimento de novos produtos e processos produtivos (P&D;) no ano passado, o equivalente a 1,13% do Produto Interno Bruto (PIB). É o maior percentual nos últimos 10 anos, mas não representa um crescimento significativo em relação a 2007 (1,10%).