15 de dezembro de 2009

PEC inviabiliza alguns concorrentes

De acordo com a Justiça Federal deste nosso paiseco sem futuro, mas que amamos de paixão, mais de dois terço dos 513 deputados federais e ainda 81 Senadores da República, respondem a mais de cinco processos, por crime eleitoral e improbidade administrativa. A PEC da ‘Ficha Suja’ impossibilitaria que parte dos representantes concorresse a eleição em 2010.

A quem interessar possa

"A altura das suas realizações será igual à profundidade das suas convicções."

A população já tomou a iniciativa

Está no parlamento brasileiro um projeto de lei de iniciativa popular com 1 milhão e 300 mil assinaturas, pedindo a proibição imediata da candidatura de políticos portadores de "ficha suja".

Quer dizer, o próprio povo já disse o que quer. O que está faltando é apenas os seus representantes seguirem aquilo que lhes pedem os cidadãos que os colocaram lá.

Pelas notícias que estão vindo lá de Brasília a Mesa Diretora da Câmara Federal até teria demonstrado boa vontade em colocar esse projeto na pauta das próximas votações em plenário.

Mas o emperramento de tudo veio de parte da objeção dos dirigentes partidários. Então, pelo que se conclui a manifestação das ruas (veja-se o caso José Roberto Arruda, em Brasília) não está tendo a devida ressonância política.

Os meios para depurar os candidatos comprometidos com um relato de vida incompatível com a ética política existem.

Mas, quem vai trazê-los para a prática? O Brasil continua aguardando que a chamada classe política se interesse e passe realmente este País a limpo.