30 de novembro de 2010

Faculdade oferece cursos superiores de Dominó e Churrascos

Ora só, amigos, acabei de ler a notícia que se instalou em João Pessoa (PB) uma faculdade que oferece cursos superiores de Habilitação em Dominó, Habilitação em Churrasco, e para quem quer algo mais extraordinário, é oferecido o curso de Sonorização Recreativa.

Lamento muito uma faculdade dessas não tenha se instalado ainda em Mato Grosso.
E por que não em Tangará da Serra...

Fica a sugestão para os diretores dessa instituição. Havendo interesse em trazer esses importantes cursos para essas terras mato-grossenses é só falar com este blogueiro.

Para conhecer detalhes da faculdade e seus cursos acesse AQUI

Silval desiste de criar secretaria em reunião com parlamentares

Imagem do Google

(Patrícia Sanches) - O governador Silval Barbosa (PMDB) apresentou nesta terça (30) o plano de alterações e ajustes que serão feitos nas secretarias para tornar a gestão mais dinâmica e eficiente. A surpresa do “pacote” foi o fato do governador ter desistido de criar a pasta de Agricultura Familiar. Conforme a proposta, neste caso seria mantida a secretaria estadual de Desenvolvimento Rural, sendo implementada a secretaria-adjunta de Agricultura Familiar. Leia mais AQUI

Buracos e crateras em vários bairros de Tangará da Serra

A TV Vale/Record exibiu reportagem na programação desta terça-feira (30) mostrando como Tangará da Serra está sendo tomada por buracos e até crateras.

Na oportunidade, o repórter Evandro Carlos até chegou a fazer comparação da situação de algumas artérias da cidade com uma peneira.

Exageiro à parte, mas a situação não está de brincadeira. Boa parte das pistas pavimentadas está ficando praticamente intrafegáveis. É certo que se uma ação não for adotada o quanto antes pela Sinfra, mais dias menos dias, ouviremos o clamor dos condutores de veículos automotores.

Como se não bastasse a buraqueira, temos visto ainda boa parte dos terrenos baldios sendo tomada pelo matagal. Causando enorme risco para a nossa saúde, uma vez que o caramujo africano se aloja e se reproduz mais facilmente nesses ambientes.

Como disse certo amigo, "a situação é de lascar o cano". Cruz credo!

Promotor de Justiça insiste para que Judiciário tome providências sobre o "Escândalo da Saúde"

O promotor de Justiça Antonio Moreira da Silva não está gostando nada da demora por parte do Judiciário que ainda não se manifestou sobre o chamado "Escândalo da Saúde" em Tangará da Serra.

Por ele, prefeito e vice-prefeito responsáveis direto pela negociação entre Poder Executivo e uma empresa do terceiro setor, conhecida por Idheas, e mais 5 vereadores que votaram favoralmente ao assunto, já estariam fora de seus cargos.

De ontem para hoje, esse ilustrado promotor já apareceu em pelo menos duas oportunidades na TV tangaraense cobrando mais agilidade por parte da Vara competente para julgar o caso em questão.

O promotor tem contato muito com a ajuda da imprensa de nossa cidade que não tem cessado um só dia de abordar o "Escândalo" e cobrar providências cabíveis.

Tangará da Serra esperando a chuva

Tangará da Serra passou praticamente toda essa terça-feira (30) com o céu nublado. Até agora não caiu uma gota sequer, mas é previsível que, a exemplo de ontem, à noite, tenhamos muita água caindo sobre nossa cidade lá para as tantas.

Eles não conferem seus contracheques

(Eduardo Militão) - Dos 12.400 servidores da Câmara que entraram sem concurso, 6.700 nunca pediram senha para verificar na Intranet suas informações pessoais, como, por exemplo, se entrou ou não seu pagamento. Tal desinteresse intriga a direção da Casa

Mais da metade, 60%, dos servidores comissionados da Câmara não se interessa em conferir seu contracheque. Por que será?

Cerca de 6.700 funcionários comissionados da Câmara que trabalham nos 513 gabinetes e escritórios políticos regionais dos deputados não têm em seu poder os próprios contracheques. Eles não têm o hábito de conferir o valor depositado em suas contas correntes e a discriminação das várias parcelas dos salários, com descontos e benefícios que podem variar de um mês para outro. Leia mais AQUI

26% do eleitorado tangaraense não votaram no segundo turno

O cartório eleitoral de Tangará da Serra divulgou nesta terça-feira (30) que 22% do eleitorado local não compareceram aos locais de votação no dia 3 de outubro. A quantidade de não votantes nas eleições de segundo turno foi ainda mais estrondosa: 26%.

Esperamos que esse alarmante número de abstenções não se repita nas eleições municipais de 2012.

O voto é grande arma nas mãos dos cidadãos e cidadãs e pode ser muito bem empregado para retirada de governos ruins e eleição de pessoas sérias, realmente comprometidas com o desenvolvimento do povo e da cidade onde reside.

Tangará da Serra tem confirmados mais de 380 casos de AIDS

Tangará da Serra tem confirmadas, atualmente, mas de 380 pessoas infectadas pela AIDS. Acredita-se que a quantidade de doentes seja bem maior. Isso porque haveria muita gente portadora do vírus sem ainda ter passado por exames médicos. A coisa é séria.

A cultura da sua empresa tende ao ambiente de tirania?

A pressão por resultados no curto prazo, o instinto humano de autopreservação e a necessidade de se provar melhor do que os demais podem ser alguns motivadores para que um colaborador desempenhe um papel “tirano” dentro de uma organização. Este perfil combinado com ironias, piadas e insultos no ambiente corporativo pode caracterizar o assédio moral. Leia mais AQUI

Se Henry entrar, Leitão perde para Ságuas por 6 votos; confira cálculos

(Romilson Dourado) - O resultado das urnas e os embaraços jurídicos produziram uma situação inusitada e intrigante, com três nomes na briga por duas das oito cadeiras na Câmara Federal, mesmo após as eleições. Pedro Henry (PP) obteve 81.454 votos, mas, como está enquadrado na Lei da Ficha Limpa, não foram validados, portanto, está fora. Ele ingressou com recurso. Se conseguir derrubar a decisão que cassou sua candidatura e tornar os votos válidos, será considerado reeleito. Nesse caso, quem perde a vaga é Nilson Leitão (PSDB) ou Ságuas Moraes (PT). Os três se mostram apreensivos. Leia mais AQUI

Câmaras municipais de MT ganharão mais 100 vereadores; Tangará ganhará mais 7

O presidente da União das Câmaras Municipais de Mato Grosso (Ucmmat), Aluízio Lima (PR), de Salto do Céu, afirma que o censo de 2010 deve fazer com que o Estado tenha já a partir da eleição de 2012 pelo menos 100 vereadores a mais. Atualmente, são 1.295.

Cuiabá passaria de 19 para 25 parlamentares.

Tangará da Serra que hoje tem 10 vereadores, passará a ter 17, a partir de janeiro de 2013.

Fraudes no vestibular de Medicina da Unic

A polícia já identificou 29 pessoas envolvidas nas fraudes do vestibular de Medicina da Unic, realizado em Cuiabá no último final de semana. Deste total, sete estão presas e são apontadas como fraudadoras, as responsáveis pela transmissão das respostas. Os demais, 22 envolvidos, são estudantes que pagaram entre R$ 10 mil e R$ 20 mil para receber as informações via telefone celular enquanto faziam as provas. Estes foram detidos, prestaram depoimento e ganharam a liberdade em seguida. Os demais são acusados dos crimes de estelionato e formação de quadrilha. Leia mais AQUI

Mato Grosso tem mais de 3 milhões de habitantes

Mato Grosso alcançou, em 2010, a população de 3.033.991 habitantes. É o que diz o Censo Populacional divulgado oficialmente ontem pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Nos últimos 10 anos, a população mato-grossense cresceu 21,15%, índice acima do registrado na região Centro-Oeste (20,74%). Isso representa, em números absolutos, um acréscimo de 529.638 pessoas.

Partido Republicano Progressista vai ganhar mais força

O presidente do PRP Tangará da Serra, professor Dorjival Silva, informou hoje no Programa Fatos e Notícias (Rádio Pioneira) que seu Partido chegará ao pleito de 2012 fortalecido e com ampla perspectiva de vir a conquistar assento na Câmara Municipal. Segundo ele, uma grande campanha de filiação foi lançada no sábado (27.11) e já existem muitas lideranças acenando com a possibilidade de ingressarem na sigla de olho no pleito de 2012. Da Assessoria

Saques no crédito têm juros de até 898%

(Ellen Dias) - Quem utiliza cartão de crédito já conhece seu principal inimigo: os juros. Além do rotativo, os cartões também cobram tarifas exorbitantes nas operações de saques, sendo que os juros podem chegar a até 898,88% ao ano.

A partir desses dados, o Banco Central e o Ministério da Justiça estabeleceram medidas para conter a cobrança de juros abusivos por empresas administradoras de cartões de crédito.

Alem dos encargos de mais de 898% ao ano, os clientes ainda pagam uma tarifa pela operação. Dessa forma, cada R$ 10,00 sacados custa R$ 100,00 ao ano.

Segundo informações do banco Central, as operações de saques com cartão são o principal motivo de inadimplência no segmento, tendo alcançado a casa dos 36,33% no último mês de setembro.

Atualização em Licitações Públicas

O Instituto Brasiliense de Direito Público - IDP abre inscrições para seu novo curso on-line: Atualização em Licitações Públicas: Inovações Legislativas e Jurisprudência dos Tribunais Superiores e de Contas, com a professora Aline Sueli de Salles Santos.

O curso tem por objetivo atualizar o aluno quanto à doutrina contemporânea e à jurisprudência do TCU e dos tribunais superiores, bem como refletir sobre questões polêmicas e atuais da disciplina jurídica das licitações públicas.

Os alunos podem assistir às aulas de qualquer lugar e a qualquer momento durante o período de duração do curso. As inscrições podem ser feitas no site do IDP: http://www.idp.edu.br/ . Início 10/12/2010.

Sessão tensa

A Câmara de Vereadores de Tangará da Serra teve uma sessão bastante tensa, ontem à noite.

Jornalista perseguido

São mais de 40 demandas judiciais da prefeita Fafá Rosado (Mossoró-RN) e de seus auxiliares contra o jornalista Carlos Santos (www.blogdocarlossantos.com.br ), o que evidencia um exagero sem tamanho, uma perseguição sem trégua e um desejo explícito de calar a boca daquele jornalista.

Não somos meros espectadores

Imagem Gustavo Rocha

É preciso que fique bem claro diante de todos nós no atual contexto da sucessão presidencial que já foi definida e que vem aí quando Lula da Silva passar a faixa presidencial para Dilma Rousseff, nós não somos meros espectadores nesse processo.

Nós também somos sujeitos dessa ação. Nesse diapasão, Dilma Rousseff pode estar preocupada em montar o seu governo, mas nós não podemos lavar as mãos achando que nós já cumprimos a nossa missão no dia da eleição em 30 de outubro. Nada disso.

Nós temos não só o dever, mas a obrigação de acompanhar tudo. Eu hoje até me recordo de uma pesquisa que foi publicada recentemente e empreendida pela empresa Marcondes Consultoria, onde esta realça os desejos dos brasileiros.

E nesse levantamento havia uma lista de 70 palavras que constituem valores básicos ressaltados pelos brasileiros dentre os quais se sobressaíam responsabilidade, respeito, corrupção, iniciativa, justiça, ética, etc.

Cada pessoa entrevistada foi chamada a dizer qual o item da pesquisa que se identificava com ela própria, quais os mais importantes para o Brasil e ainda como a pessoa gostaria de ver o Brasil no futuro?

Não houve surpresas quando definiram o Brasil, as palavras mais citadas foram corrupção, pobreza, crimes/violência, desemprego, analfabetismo, poluição ambiental, agressividade, incerteza para o futuro dentre tantas e tantas outras.

Como se observa seja em que for a região, o brasileiro demonstrou que sabe ordenar seus pensamentos. Ele dá valor à família, à honestidade, ao respeito, alegria, humildade, saúde, justiça, esperança e paciência.

As pesquisas nunca têm a última palavra, nunca têm necessariamente as últimas palavras, mas demonstram uma tendência. Então, em termos de futuro do Brasil pensemos em cima disso enquanto é tempo. Emery Costa

Plataforma Freire

O Ministério da Educação (MEC) abriu as pré-inscrições para o Plataforma Freire, programa que possibilita aos professores da rede pública de todo o Brasil participarem de cursos de formação inicial. Podem participar professores cadastrados na base de dados do Censo Escolar 2009 - Edicacenso.

Confiança no Judiciário

Pesquisa de opinião pública realizada pelo Instituto Sensus após as Eleições 2010 revela que a Justiça Eleitoral é uma instituição confiável para 73% dos eleitores entrevistados. O nível de confiança na Justiça Eleitoral foi o melhor comparado a outras instituições.

De acordo com os dados da pesquisa, o nível de confiança na Justiça Eleitoral é de 69,8%, enquanto o Poder Judiciário aparece em segundo com 61,8%. Em terceiro ficou o Ministério Público, com 60% e, em quarto, o Governo Federal com 58%.

Assim penso

A mediocridade está à solta na política, temos que mudar isso.

29 de novembro de 2010

DEU NO DIÁRIO DA SERRA: PRP abre período de novas filiações para enfrentar municipais de 2012

(LUCIANA MENOLI) - Na manhã do sábado, 27, os republicanos progressistas se reuniram no auditório do Posto Tanaka para fazer um diagnóstico da situação do Partido Republicano Progressista (PRP), em Tangará da Serra, com vistas às próximas eleições municipais de 2012.

Dorjival Silva, presidente da Comissão Diretora Provisória Municipal do PRP, que candidatou-se a deputado federal nas últimas majoritárias, conclamou os atuais 190 filiados a ampliar as fileiras do partido. “Estamos lançando uma campanha de filiação, com o objetivo de fortalecer o partido para as próximas eleições”, afirmou Silva.

Na pauta da reunião, o balanço geral das últimas eleições, informações sobre a situação do partido em Tangará e planejamento do futuro do partido nestes dois anos que antecedem às eleições.

Dorjival salientou que o PRP é um partido novo em Mato Grosso, sendo criado no estado em 2002 e, no município, em 2004. Em 2009, Silva se torna presidente, ampliando os filiados de 33 para os atuais 191, onde 80 deles são estudantes.

No estado, concorreu com seis candidatos a deputado estadual e um a federal, o próprio Dorjival Silva, tendo 51 municípios com comissões provisórias. No país, o PRP tem, atualmente, dois deputados federais eleitos, um senador e 13 deputados estaduais.

Dorjival salientou que as mulheres terão um papel importante no partido e serão lançadas candidatas à Câmara de Vereadores não só para cumprimento da cota obrigatória de 30%. “Se as companheiras tiverem uma base sólida, poderemos ultrapassar essa porcentagem”.

Durante a reunião, ainda, Dorjival declarou que o PRP não deve apoiar o candidato lançado pelo atual governo municipal, já que o partido deixou de fazer parte da sua base aliada. “Acredito que qualquer um que seja apoiado ou ande de braços dados com a atual administração para as próximas eleições municipais, não tem a mínima chance de ganhar, tal a quantidade de escândalos que recaem sobre esta administração por seus atos que estão desfalcando o município e prejudicando sobremaneira a sua população”, disparou Silva, que hoje faz oposição ferrenha ao governo de Júlio César Ladeia.

Finalizando a reunião, Silva salientou o crescimento do partido no município, dizendo que está entre os cinco maiores, mesmo com pouco tempo de criação. “Pretendemos ainda ampliar nosso partido e estamos convocando nossos filiados para isso. Lanço a partir de hoje uma ampla campanha de filiação ao PRP”, decretou.

Cidades de Mato Grosso estão entre as que mais cresceram na última década

(TVCA com G1) - No Censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgado hoje, municípios de Mato Grosso estão entre os que mais cresceram em número de moradores. Segundo o Censo, dezenove municípios do país mais que dobraram a população, desde 2000 nesta segunda-feira (29).

Na lista dos 19 municípios estão Sapezal, que pulou de 7.866 para 18.080; Nova Mutum passou de 14.818 para 31.633 e Juruena que saiu de 5.448 para 11.269 moradores. Esse aumento ocorreu entre 2000 e 2010.

O município que apresentou maior crescimento foi Balbinos, em São Paulo (199,47%). Em seguida, aparecem ainda Rio das Ostras (190,39%), no Rio de Janeiro, e Pedra Branca do Amapari (168,72%), no Amapá.

Confira os números que mostram o crescimento populacional dos municípios.

TSE: web ultrapassa jornal, revista e rádio nas eleições 2010

(Nara Alves, iG São Paulo) - A internet ultrapassou o jornal impresso, revista e rádio como principal meio de informação utilizado por eleitores para se informar sobre política e candidatos no último pleito, em outubro, de acordo com pesquisa do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Até as últimas eleições, em 2008, o uso da internet era limitado. Com a reforma eleitoral, pela primeira vez a legislação brasileira consentiu o uso de sites, blogs e redes sociais, como Orkut, Facebook e Twitter, ao longo da campanha, e até mesmo no dia da votação. Leia mais AQUI

Tentou matar filho com espeto e acabou preso pela PM

Reprodução

O PAI...


Nelson Carvalho, proprietário de um bar, no bairro Alto da Boa Vista, em Tangará da Serra, foi preso neste final de semana sob a cusação de ter tentado tirar a vida de um de seus filhos.

Para a prática do crime, o detido usou um espeto.

O FILHO...


À imprensa, ele que contou que espetou o filho de 24 anos, depois de acirrada discussão no interior de seu estabelecimento comercial.

"Meu filho, um bitelão, veio pra cima de mim. Antes dele fazer alguma coisa comigo, revidei", contou.

A vítima por pouco não perdeu a vida. Segundo testemunhas, a ambulância do SAMU não foi até ao local do crime para prestar o socorro. Ele teria sido conduzido no lastro de uma caminhonete particular até o atendimento médico.

E A ARMA DO CRIME.

"29 de Novembro" celebra 42 anos de história

A Escola Estadual "29 de Novembro" de Tangará da Serra está celebrando nesta segunda-feira (29) seus 42 anos de existência.

Para marcar a data, discentes e doscentes da unidade escolar promoveram pela manhã, passeata na Avenida Brasil, principal artéria da cidade.

É sem dúvidas, uma das melhores escolas públicas deste município.

À diretoria, coordenadores, professores e alunos, meus sinceros votos de prosperidade.

PRP é destaque na imprensa tangaraense nesta segunda-feira

Os dois impressos diários de Tangará da Serra: O Jornal e Diário da Serra destacaram na edição desta segunda-feira (29), a reunião promovida pelo Partido Republicano Progressista - PRP, na manhã de sábado (27), no auditório do Posto Tanaka.

Ambos informam sobre a nova campanha de filiação lançada pela sigla tendo como meta atingir 300 filiações até final de 2011.

O processo de filiação está aberto. Interessados em compor com o partido devem nos procurar pelo e-mail dorjisilva@hotmail.com ou fone 65-92444690.

Comportamento dos blocos

Muita expectativa quanto à postura dos vereadores dos Blocos Oposicionistas e Independentes nas últimas votações de projetos de interesse do executivo nesta reta final do ano.

Candidato geralmente nega que seja candidato

Faz parte da liturgia política o candidato negar que seja candidato. A negativa é apenas a forma de não se comprometer com os temas mais polêmicos e de dar sustentação a um discurso junto aos futuros aliados de que todos irão participar do processo de escolha do nome.

Reflexão para início de semana


MARIA E ANA

Maria foi à igreja num domingo de manhã. Estremeceu quando percebeu que a pianista tinha errado uma nota na introdução da música. Observou que uma adolescente conversava no momento em que todos deviam estar a orar.

Também não pode deixar de notar que várias flores colocadas ao redor do púlpito estavam murchas e as suas folhas caídas. Achou que o diácono estava a olhar para o dinheiro que as pessoas colocavam na caixa da coleta, o que a deixou zangada. Além disso, reparou que o pastor durante a pregação cometeu, pelo menos, cinco erros gramaticais. Enquanto saía do templo pelo corredor lateral, depois do coro de encerramento, ela pensava:

- Que gente desatenta!

Ana foi à igreja num domingo de manhã e ficou emocionada ao ouvir a música de abertura. Ouviu uma adolescente ler o trecho bíblico da escola dominical, e isso deixou-a contente. Sentiu-se animada quando foi recolhida uma oferta para a missão em Angola. Através da pregação, recebeu a resposta para uma pergunta que a atormentava há algum tempo. Ficou radiante ao cantar o último coro. Saiu da igreja a pensar:

- Que bom ter estado aqui!

Maria e Ana foram a mesma igreja, no mesmo domingo de manhã.

A beleza está nos olhos de quem a vê.

Lei da 'Hora Certa' em Tangará da Serra

Promotor de Justiça, Renê do Ó Souza disse nesta manhã em entrevista à Rádio Tangará esperar que a Câmara de Vereadores discuta e aprove em acordo com a sociedade, o projeto de Lei enviado por ele, àquele poder.

Na oportunidade, elencou os nomes de várias cidades brasileiras, muitas delas do vizinho estado de Goiás, que já adotaram a referida Lei criada por suas respectivas Câmaras de Vereadores.

O promotor alegou em sua fala que muitos crimes registrados na cidade têm ligação direta com o consumo de bebidas alcoólicas.

Para o representante do Ministério Público, a criação dessa Lei, será de grande relevância para se combater, de forma especial, que estabelecimentos comerciais permaneçam em funcionamento em horário impróprio, facilitando a aquisição de bebidas alcoólicas por menores.

O promotor quer que a situação seja regularizada.

Camelôs poderão ser proíbidos de comercializar na Feira do Produtor

Deve chegar o quanto antes à Cãmara de Vereadores de Tangará da Serra proposta para se criar algum mecanismo que proíba os camelôs da cidade de comercializarem seus produtos na Feira do Produtor.

O assunto deverá ser bastante polêmico. Como outros que tem aportado no legislativo para apreciação dos nossos representantes.

PPS deverá formar "bloco" com o PV

(Agência Brasil) - O PPS vai propor ao PV formar um bloco de oposição ao governo na Câmara dos Deputados, segundo o deputado Raul Jungmann (PPS-PE). Mais de cem representantes do partido participaram de encontro encerrado hoje (27), que discutiu os rumos do partido. A união com o PV, que elegeu 15 deputados em outubro, visa a reunir número suficiente de parlamentares para conquistar lugares na Mesa Diretora e nas comissões da Câmara. O PPS elegeu 12 deputados federais nas últimas eleições.

MT ainda luta para manter cargos no governo federal

Li nesta manhã no jornal A Gazeta que o governador Silval Barbosa (PMDB) e o senador eleito Blairo Maggi (PR) vão levar para os demais membros da bancada mato-grossense na Câmara dos deputados e no Senado, uma estratégia conjunta para consolidarem a participação de Mato Grosso no primeiro, segundo e terceiro escalão do governo federal.

28 de novembro de 2010

Polícia ocupa Complexo do Alemão

Momento histórico esse, quando a PM carioca chega ao topo do Morro do Alemão. Não precisa ser dito que, quem manda agora, é o Estado. Foto: publicada em A Tarde.

Encontro de profissionais da imprensa local proporcionou grande descontração

Registro com muita alegria a presença da nata da imprensa tangaraense, em espaço de confraternização, anexo ao meu escritório de trabalho (Tarumã II), à noite desta sexta-feira (26).

Atendendo nosso convite, para vivenciarmos bom momento de descontração, compareceram ao escritório de nossa Agência Centro Oeste de Notícias, os profissionais:

Sérgio Roberto e esposa Jô - Diário da Serra

Diego Soares - O Jornal

Lauro Vaccari - Assessor de Imprensa do Legislativo

Renan Coelho e namorada - TV Cidade Verde - Band

Júnior Matam - TV Matão

Humberto Ferreira - Jornal de Domingo

Seli Rosa - Rádio Pioneira

Nossa gratidão a esses estimados colegas e amigos da imprensa tangaraense que sempre nos tem atendido quando precisamos divulgar algo de interesse da sociedade local e regional em seus respectivos veículos de comunicação.

Obrigado pela presença em nosso local de trabalho.

Dorjival Silva e Franciele Caroline

Veja destaca situação do sistema prisional brasileiro

A revista Veja desta semana traz em suas páginas principais uma reportagem intitulada “O Brasil por trás das grades”, que traça um perfil dos presídios brasileiros e aponta a falência das instituições penais, com grande acúmulo de presos, superlotando carceragens e desafiando o Estado na ressocialização dos detentos. Atualmente a população prisional do Brasil chega a quase meio milhão de detentos, entre sentenciados e provisórios, que enfrentam os problemas da superlotação. O Brasil tem a quarta maior população de presos do mundo, ficando atrás somente dos Estados Unidos, China e Rússia.

A quem interessar possa

SOBRE O TAL ESCÂNDALO - Agora, convenhamos seria ótimo ver os supostos ladrões indo presos. Seria uma imagem muito boa de se ver, pois quem errou tem que pagar. Erro cometido pena aplicada. É assim que as coisas deveriam funcionar.

Desejo aos envolvidos que porventura sejam culpados que tenham uma boa estada no sistema prisional, pois quem tiver culpa certamente será condenado, estou pedindo a Deus por isso.

Imagem do personagem João Plenário - do ator Saulo Laranjeira de a Pça é Nossa.

Reforma política, por onde começar

Por GAUDÊNCIO TORQUATO - O Estado de S.Paulo

O mantra volta a ser entoado: a "mãe de todas as reformas" será a bola da vez no jogo político de 2011, que terá no meio do campo o goleador Lula, com prestígio e tempo disponível de um ex-presidente da República para conseguir o gol que tanto se persegue. Dá para apostar na promessa? Em se tratando de reforma política, a distância entre discurso e prática equivale à que separa o Polo Norte do Polo Sul. Entre as razões para a descrença, aliás, as mesmas que justificam a tênue viabilidade de ampla reforma tributária, apontam-se as perdas dos atores envolvidos nos lances. A reforma não é feita porque ninguém quer perder. E por onde deve começar uma reforma política? Leia mais AQUI

27 de novembro de 2010

Blogueiro do RN é fustigado por quase 40 demandas judiciais


Do blog de Evânio Araujo

Segunda (29), no Juizado Especial Criminal de Mossoró (RN), a prefeita de Mossoró, enfermeira Fátima Rosado (DEM), participará de seis audiências consecutivas.

O réu é a mesma pessoa: o jornalista e blogueiro Carlos Santos.

As audiências serão presididas pela juíza Welma Duarte. São seis queixas-crimes a que Carlos responde por ser uma das raras vozes de opinião, crítica e jornalismo investigativo na segunda maior cidade do Rio Grande do Norte, com quase 250 mil habitantes e orçamento superior a 369 milhões para este exercício.

Carlos transformou-se em "inimigo público número 1" dessa facção política do clã Rosado, que desde o final dos anos 40 domina Mossoró, se digladiando e somando entre si, sem espaço para qualquer tipo de força alternativa. São governo, "oposição" e "alternativa".

Ao todo, Carlos Santos - que tem quase 26 anos de profissão, com atuação em jornal impresso, rádio, TV e mídias alternativas - é fustigado por quase 40 demandas judiciais, entre queixas-cimes, ações por danos morais e ações de interpelação, todas ingressadas nos últimos três anos.

Todas, sem exceção, são provocadas por membros do esquema da prefeita, familiares, aliados e até mesmo o próprio município, além de existirem ações de interpelações assinadas por todos os secretários municipais.

Só no dia 7 de maio de 2010 foram protocalados 10 processos.

Há outra particularidade nisso tudo: o escritório que patrocina todas essas ações é do presidente da OAB local, advogado Humberto Fernandes. Até aí, nada de estranho.

Estranho mesmo é que até o primeiro trimestre deste ano, esse escritório prestava serviço para o grupo da deputada federal Sandra Rosado (PSB), prima e adversária de Fafá.

Na campanha de 2008, por exemplo, Humberto e sua equipe de advogados patrocinaram ações que pediram a cassação da prefeita Fátima Rosado, por conduta vedada.

Esse mesmo escritório defendeu a então candidata Larissa Rosado (PSB), nome a prefeito contra Fafá em 2008, além do seu irmão e candidato a vereador Lahyre Rosado Neto (PSB) - que se elegeu vereador -, da montagem de uma farsa para torná-los inelegíveis.

Os irmãos foram inocentados em primeira e segunda instância no escândalo que ficou conhecido como "Caso Capitão 40". Foi atestado nos autos, que foram forjadas provas e depoimentos para incriminá-los.

Pessoas ligadas à facção de Fafá aparecem como envolvidas na manipulação.

Apesar da enxurrada de processos, o jornalista Carlos Santos continua firme e forte na sua maneira de praticar jornalismo. Critica o que tem que criticar na gestão municipal e elogia o que tem que elogiar. Ele acredita que outros processos virão, tomando como base o perfil perseguidor dos gestores da Prefeitura.

NOTA DO EDITOR - Conheci este profissional de comunicação do RN no início da década de 90 quando ensaiva meus primeiros passos no jornalismo. À época, ele já era um experiente, respeitado e admirado jornalista. Até chegamos a trabalhar juntos na Rádio Difusora de Mossóro. Lembro como suas opiniões eram (e ainda são) sempre bem abalizadas. Para mim, um estreitante, Carlos Santos, Canindé Queiroz, Nilo Santos, Gilberto de Souza, Amâncio Honorato, Aglair Abreu, Givanildo Silva, Emery Costa e César Santos, eram (e ainda são) os maiores e melhores jornalistas de Mossoró. Sempre me pautei no trabalho desses brilhantes e inesquecíveis profissionais de comunicação. Hoje, vendo Carlos enfrentando tantas demandas judiciais por escrever sobre aquilo que pensa, me fortaleço muito, porque como ele, também entendo que jornalismo tem que ser livre, sem amarras, cabrestos, subserviência, etc. Abraços Carlos!

Capital do País sedia 'corrida contra a corrupção'

Leio no site de Cláudio Humberto que Será realizada amanhã (28), em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, uma corrida de rua em comemoração ao Dia Mundial de Combate à Corrupção. O objetivo do evento é fazer com que a sociedade participe da luta pela transparência da aplicação do dinheiro público, pela prevenção e pelo combate à corrupção. O evento é organizado pelo Movimento de Combate à Corrupção Eleitoral, Associação Contas Abertas, Instituto de Fiscalização e Controle e Comunidade de Inteligência Policial e Análise Evidencial. O início da corrida está marcado para a 9h.

NOTA DA REDAÇÃO - Bem que a população tangaraense deveria fazer algo nesse sentido também.

PRP reúne lideranças para discutir participação do pleito eleitoral de 2012

O Partido Republicano Progressita - PRP de Tangará da Serra realizou na manhã deste sábado (27.11) reunião com suas principais lideranças políticas no município. Sob o comando do presidente da sigla, professor Dorjival Silva (foto), o encontro ocorreu das 9h30 até às 11h35, no auditório do Posto Tanaka, localizado à Avenida Brasil, centro da cidade.


Participaram do encontro: o futuro administrador de empresas, Willian Victor, o bel em Direito Divaldo Ferreira, o agricultor Messias, o professor especialista Elissandro, o profissional de RH Givaldo Venâncio, o estudante Pedro Santos, presidente do Centro Acadêmico da Unemat-Tangará Moisés Passos, presidente do Sindicato dos Bares, Restaurantes, Pizzarias, Churrascarias, Lanchonetes, Boates e Similares do Estado de Mato Grosso - Sindecombares Niversino Santana de Almeida, pedagoga especialista e professora municipal Glória Custódio e a Bióloga Franciele Caroline - todos filiados há mais de ano ao PRP.

Na reunião, o presidente Dorjival Silva apresentou balanço da participação do partido nas últimas eleições em Mato Grosso e no País. Discorreu sobre a grande aceitação da sigla em Tangará da Serra, lançou nova campanha de filiação e convocou as lideranças para entrar com força total nas eleições de 2012.

Silva disse que o partido elegeu como meta chegar ao final de 2011 com pelo menos 300 pessoas filiadas. "Se atingirmos esse alvo poderemos lançar chapa própria em 2012", pontuou.

Ficou aprovado que em fevereiro de 2011 as lideranças voltam a se encontrar para elaborar o calendário de reuniões a serem promovidas em todos os setores, bairros e comunidades de Tangará da Serra até as proximidades das eleições.

"Vamos levar nossa proposta de um possível governo municipal do PRP e aliados para todas as pessoas de Tangará da Serra" completou o presidente. A Assessoria

Exemplo de impunidade

É o caso da máfia das sanguessugas. O processo tem todo o esquema revelado, as cópias dos cheques pagos como propina, o extrato das contas onde o dinheiro entrou e os depoimentos dos envolvidos confirmando a mutretagem.

Mesmo com tudo isso, com tudo apurado e provado, lá se vão cinco anos e nenhum dos envolvidos passou sequer em frente à porta de uma cadeia.

A quem interessar possa

"Não tenhamos pressa, porém, não percamos tempo".

Banditismo ou narcoterrorismo?

O Brasil inteiro e o mundo estão discutindo a situação instalada do Rio de Janeiro. Todos as nossas atenções e os nossos olhos estão voltados para a outrora Cidade Maravilhosa.

Segundo o analista Merval Pereira, o que vem acontecendo no Rio de Janeiro é violência explícita e indiscriminada e não terrorismo. E é ele mesmo quem explica: - "se fosse terrorismo teria uma conotação política, já o banditismo significa a luta pelo poder no submundo do tráfico de drogas & afins".

Agora, recorro ao encaixado jornalista Alberto Dines que se aprofunda mais analisando essa mesma situação do Rio de Janeiro.

Ele escreve que "falar em segurança é desagradável, cria insegurança". E acrescenta que "os nossos veículos de comunicação estão sendo treinados pelos anunciantes para apostar em futilidades, modismos, leveza.

Nas redações criou-se a convicção de que a questão da violência deixa de ser palpitante e crucial para se transformar em chata quando tratada por especialistas".

Realmente as milícias incrustadas no Rio de Janeiro são organizações paramilitares que disputam entre diferentes facções o controle de morros e favelas.

O que se está vendo são facções de bandidos que se unem contra as milícias e levam o terror ao Rio de Janeiro, escreveu Dines. E se essa situação se espalhar pelo Brasil inteiro?

Sabidamente o tráfico e uso de drogas estão se disseminando a passos largos nesse País. E não é privilégio apenas do Rio de Janeiro.

Daí que fica fácil concluir que mais dia, menos dia o que se vê hoje no Rio de Janeiro com o narcotráfico dominando, ele tem plenas condições de estar na nossa porta, de se espalhar pelo Brasil. Pensemos nisso enquanto é tempo. Emery Costa

Programa Justiça Plena é lançado pela CNJ

A Corregedoria Nacional de Justiça lançou esta semana o programa Justiça Plena, que vai monitorar o andamento de processos de grande repercussão social que estão com o andamento paralisado no Judiciário brasileiro.

Os processos monitorados serão incluídos em um sistema eletrônico que ficará disponível no site do CNJ (http://www.cnj.jus.br/ ). Pelo sistema, os cidadãos poderão acompanhar os avanços na tramitação das ações.

Vereador é assassinado por denunciar esquema de corrupção

O vereador de Guarujá Luís Carlos Romazzini (PT), 45 anos, foi morto na madrugada desta sexta-feira (26), após ter sua casa invadida, no distrito de Vicente de Carvalho. O crime ocorreu por volta das 2 horas, quando três homens armados e não identificados já chegaram atirando.

Romazzini também atuava como advogado na cidade. Ele teve participação ativa nas investigações do "Mensalinho do Guarujá", ocasião em que oito vereadores foram filmados recebendo propinas num suposto esquema de corrupção, com dinheiro que teria sido pago pelo então prefeito Farid Madi, para que aprovassem seus projetos no Legislativo, em 2006.

Naquela oportunidade, comentava-se até que a morte de três vereadores vinha sendo tramada.

26 de novembro de 2010

População tangaraense se despede de cabeleireiro assassinado

A população tangaraense se despediu com muita tristeza, nesta tarde, do cabeleireiro João Vicente da Costa, morto ontem, no começo da noite, por uma quadrilha formada por 4 jovens, sendo 2 menores.

O profissional morreu de graça.

Segundo relatos, ele estava no interior de sua residência e ao ouvir barulho estranho no seu salão de beleza, anexo à residência, foi até ao local deparando-se com seus filhos, um menino e uma menina, apavorados com uma tentativa de assalto praticada pelo bando.

Querendo saber quem eram os criminosos, saiu à rua e seguiu os indivíduos que se preparavam para empreender fuga numa motocicleta.

Como teria se aproximado deles, um dos maiores sacou da cintura um revólver cabibre 38 e efetuou 2 disparos que puseram fim à vida do cabeleireiro.

João ainda teria caminhado alguns metros, mesmo baleado. Chegou a ser socorrido por familiares até um pronto socorro da cidada, mas não resistindo aos ferimentos, um deles, à altura do coração, veio a falecer.

Muito querido na cidade e dono de uma recheada pasta de clientes de todos os níveis da sociedade local e regional, João até chegou a disputar uma das vagas na Câmara de Vereadores do município. Não obteve êxito.

Mesmo assim, nunca perdeu a alegria e o jeito próprio de contruir boas amizades.

Empresários tangaraenses temem prejuízos com aprovação de Lei

O Jornal da Diário da Serra destaca em capa, na edição desta sexta-feira (26) que se for aprovada a polêmica lei que estabelecerá horários de funcionamento de bares e similares em Tangará da Serra, trará consideráveis prejuízos para proprietários do setor.

O noticioso traduz o pensamento do Sindicato dos Empregados no Comércio de Bares, Restaurantes, Pizzarias, Churrascarias, Lanchonetes, Boates e Similares do Estado de Mato Grosso (Sindecombares), presidido na cidade, pelo empresário Niversino Santana de Almeida.

O líder sindical, à reportagem, declarou que "assassinatos e distribuição de drogas não acontecem nos estabelecimentos de médio e grande porte", como vem acusando até mesmo algumas autoridades locais.

Niversino é favorável que se cuide mais da segurança da população, sem necessariamente regular o horário de funcionamento do comércio noturno.

MP quer devolução de R$ 44 mi

(Laura Nabuco) - O Ministério Público ingressou com uma ação civil pública requerendo a devolução dos R$ 44 milhões empregados na compra de caminhões e tratores pelo Governo do Estado. Quem responde pela acusação de ter superfaturado a licitação é o ex-secretário estadual de Infraestrutura, Vilceu Marchetti. Além dele, o processo cita o nome do ex-superintendente da pasta, Valter Sampaio. A polícia pediu a prisão de ambos. Leia mais AQUI

SOBRE O ASSUNTO, VEJA VÍDEO PRODUZIDO PELA TV CENTRO AMÉRICA

Finalmente, chegou a sexta-feira

Hummm... que delíciaEm algum lugar de Tangará da Serra, hoje, a partir das 20h.

Parabéns doutor Julier

Por Dejair Soares

Em audiência pública que tratou da reforma da lei eleitoral, o juiz federal de Mato Grosso, Julier Sebastião da Silva, propôs em sua palestra rever os dispositivos que permitem a contratação de cabos eleitorais. Para o magistrado, estas contratações apenas legitimam a compra de votos.

O doutor Julier está corretíssimo em defender com muita coragem o fim deste malefício da lei, que serve apenas para legitimar a compra de votos. A Justiça Eleitoral tem conhecimento dessas contratações por serem feitas entre o candidato e os cabos eleitorais. Na prática, quando o doutor Julier defende esta tese, a Justiça Eleitoral está tornando o processo democrático num balcão de compra de votos. Os candidatos que dispõem de mais recurso financeiro podem contratar maior quantidade de cabos eleitorais.

Objetivo dessas contratações é fazer a “divulgação do candidato”, mas na verdade, a sua grande missão está em cadastrar o maior número de eleitores, entre eles os seus familiares e amigos. Eles nada mais são do que a oficialização do boca de urna, sistema em que todos os cabos eleitorais têm uma meta de cadastro e no dia das eleições tem que garantir esses votos para o seu candidato. A grande maioria dos políticos começa as eleições contratando aqueles “líderes de bairros” com maior potencial eleitoral na certeza que farão grandes contratações e terão maior quantidade de votos.

Já no século 19, o pensador liberal John Stuart Mill dizia que o representante é consequência do voto dos eleitores, ou seja, talvez não adiante usar camisetas do tipo "tenho vergonha do Congresso Nacional". O Congresso não está separado de nós. Mesmo que sejamos parte de uma minoria, também integramos a sociedade que conduziu esses políticos aos cargos e pagamos os tributos que os sustentam. Para Fernando Sabino, "democracia é oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Quanto ao ponto de chegada depende de cada um”.

O doutor Julier foi muito feliz quando criticou, na reforma eleitoral, esta legitimidade da compra de votos. No seu ponto de vista jurídico eleitoral ele está defendo o princípio de Fernando Sabino, que é de oportunizar a todos o mesmo ponto de partida. Enquanto uns candidatos têm o poder aquisitivo de fazer mais de 5 mil contratações, com o compromisso de “divulgar a sua campanha”, fato que não passa de pura hipocrisia eleitoral quando alegam estar gerando emprego, na verdade, fortalecem cada vez mais o que disse Bertolt Brecht.

"O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, os preços do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio. Dependem das decisões políticas. O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe, o imbecil, que da sua ignorância política nasce à prostituta, o menor abandonado e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais”

Para muitos brasileiros talvez seja mais fácil não ter posição, submeter-se ao poder, fingir que nada vê e nada ouve. Mas sua postura é uma armadilha perigosa. No fundo, os governantes respeitam mesmo os que militam, por isso, empenham-se tanto em destruí-los. O não militante é como um outdoor velho, perdido na paisagem. Ninguém liga para ele, embora ocupe espaço. É apenas um nome a mais na folha de contratações dos políticos. Um dia após as eleições todos estão demitidos.

O “militante” (de contrato eleitoral) que não tem compromisso costuma fazer o jogo dos outros. Ele vende a sua fala sem se aperceber disso. É um ingênuo porque acredita que está contribuindo para o progresso da sociedade. Torna-se um mero porta-voz de políticos. Muitos desses “militantes”, especialmente os que se proclamam não políticos, sem ideologia, não sintonizados com a verdade e a objetividade, costumam repudiar a verdadeira militância política, como se o compromisso com ideias ou causas fosse um equívoco.

A maioria deles praticam a militância (de contrato eleitoral) mesmo estando neutro. Esta é uma condição absolutamente militante. Não se pode ficar neutro quando se contempla a injustiça social, quando se depara com políticos corruptos e ficha suja. É muito difícil ver e ouvir alguém comentar nas mesas de bares, universidades e até nas vizinhanças, sobre a votação dos projetos de lei, das manobras políticas, nas relações de poder, do trabalho do seu parlamentar e avaliando os chefes dos poderes Executivo estadual e municipal.

O doutor Julier está certo em defender com garra o fim dessas contratações. Mesmo contrariando a classe política, esse assunto é extremamente importante e ignorá-lo é um delito contra a integridade do país onde vivemos. É querer o enfraquecimento da democracia brasileira.

Dejair Soares é publicitário, pós-graduado em gestão pública e ambiental e ex-diretor Comercial da Companhia de Saneamento de Cuiabá (Sanecap)

Deputado descobre a ‘cura’ para o homossexualismo

A melhor maneira de comprovar o bom senso de certos personagens é acreditar que o bom senso não existe.

Tome-se o exemplo de Jair Bolsonaro (PP), que acaba de ser devolvido à Câmara pelo eleitorado do Rio.

O deputado encontrou uma fórmula mágica para “curar” o homossexualismo. Consiste no seguinte:

"Se o filho começa a ficar assim, meio gayzinho, [ele] leva um couro e muda o comportamento dele".

Não acredita que o deputado tenha proferido a tolice? Pois pressione aqui e assista com esses seus olhos que a terra haverá de comer. Do blog de Josias de Souza

O Rio de Janeiro não é o Brasil

Desde o último domingo, a cidade do Rio de Janeiro se tornou um campo de guerra entre polícia e bandidos. Os marginais, que estão perdendo espaço por causa da ocupação da PM nos morros, realizaram vários ataques incendiando carros e ônibus. Várias pessoas foram mortas.

Não é de hoje que o Rio de Janeiro enfrenta essa situação com a criminalidade. O caos é antigo, mas sempre que esse problema volta à tona, com maior densidade, se torna manchete nos jornais do Brasil inteiro. Leia mais AQUI

Justiça libera 43 presos em Tangará da Serra

Repercute negativamente em Tangará da Serra, o fato de a Justiça ter liberado da prisão no início desta semana, 43 indivíduos para passarem o período de Natal em "casa".

Dois desses "liberados" podem estar envolvidos com o latrocínio do cabeleireiro João Vicente, ocorrido nesta quinta-feira (25), por volta das 18h30, na área central da cidade.

A imprensa está alertando a população a manter constante vigilância.

Pesar

Registro com pesar o latrocínio do cabeleireiro tangaraense Jõão Vicente, conhecido como João Mão-de-tesoura, ontem, por volta das 16h30, no seu salão de beleza, localizado numa das ruas mais movimentadas do centro de Tangará da Serra.

Sem quórum, TRE adia sessão que julgaria cassação de Silval

(Sissy Cambuim) - Com a ausência de quatro membros do Pleno, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) teve que adiar a sessão ordinária desta quinta (25). Estava prevista para esta sessão a apreciação das representações contra o governador reeleito, Silval Barbosa (PMDB), que chegou a entrar na pauta desta quarta (24), mas acabou sendo adiada.

Duas representações movidas pela coligação “Mato Grosso Melhor pra Você”, encabeçada pelo empresário Mauro Mendes (PSB), derrotado por Silval, pedem a cassação do mandato do governador, juntamente com o de seu vice, Chico Daltro (PP). Ambas receberam o pedido de vista do juiz membro Jefferson Schneider. Leia mais AQUI

Prefeitos pedem socorro e Silval pode adotar PAC

(SONIA FIORI) - O governador Silval Barbosa (PMDB) deve assumir o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC I) de Cuiabá e Várzea Grande. Numa reunião a portas fechadas, realizada ontem à tarde no Palácio Paiaguás, os prefeitos da Capital, Chico Galindo (PTB) e da cidade vizinha, Murilo Domingos (PR), pediram “socorro” ao Executivo estadual para assegurar a execução do programa que soma aproximadamente R$ 400 milhões entre os dois municípios. Temendo a perda da verba federal, Galindo admitiu que o Estado deve se tornar a principal peça no quebra-cabeça da gestão e execução do PAC. Leia mais AQUI

Antibióticos só com receita médica a partir de domingo

(Raquel Ferreira) - A venda de antibióticos começa a ser controlada nas farmácias e drogarias, conforme determinação da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), em combate à automedicação que pode ocasionar resistência de microorganismos, dificultando seu combate.

A exemplo do que ocorreu com a Klebsiella Penumoniae Carbapenemase (KPC), a superbactéria, que fez vítimas em vários estados, inclusive com mortes. Em Cuiabá, ocorreu somente um caso suspeito, mas foi descartado por exames laboratoriais.

A venda controlada começa a valer no domingo para todo o Brasil. A determinação foi publicada no Diário Oficial da União no dia 28 de outubro com prazo de um mês para entrar em vigor.

Na Capital mato-grossense, segundo a Secretaria Municipal de Saúde (SMS), todas as unidades de saúde estão recebendo orientações sobre o procedimento de venda dos antibióticos. E já prevê a dificuldade em colocar em prática as determinações.

As receitas serão emitidas em 2 vias. A primeira via ficará retida no local de venda e a segunda será devolvida ao paciente com carimbo, comprovando o atendimento.

A norma definiu, também, novo prazo de validade para as receitas, que passa a ser de 10 dias, devido às especificidades dos mecanismos de ação.

Maluf é indicado para chefiar a Saúde em MT

(Marcos Lemos) - A Assembleia Legislativa deve indicar nos próximos dias o deputado Guilherme Maluf (PSDB) como futuro secretário de Saúde do governo do Estado, uma das áreas mais problemáticas e onde o Executivo tem encontrado o maior volume de reclamações. A proposta para os deputados teria partido do presidente da CPI da Saúde, Sérgio Ricardo (PR), 1º secretário do Parlamento estadual que explica ser necessário se ter uma pessoa de credibilidade e da área para contornar uma série de questões e entraves, tanto políticos quanto profissionais. Leia mais AQUI

Assim penso

Os vereadores são representantes do povo e têm a responsabilidade de aprovar aquilo que é o melhor para a cidade.

G-5 tangaraense cada vez mais fortalecido

O G-5, grupo formado pela bancada de oposição na Câmara de Vereadores de Tangará da Serra tende a comandar a mesa diretora da casa, no ano vindouro. O presidente seria o democratas Miguel Romanhuk, tendo como seu vice, o petebista Luiz Henrique Matias.

A quem interessar possa

"Acredita que vale a pena viver, e a tua convicção ajudará a criar esse fato".

Sobre as motocicletas

As motos paradas ocupando parcela da via que bem poderia servir para escoar o trânsito estão, pelo contrário, atravancando-o e ameaçando a integridade das pessoas e fatos provocadores de acidentes de grande monta. Alô Tangará, passa da hora de resolvermos esse problema.

Dengue: desafio constante

O ministro da Saúde, José Gomes Temporão, admitiu que a dengue no Brasil é e será um desafio permanente para o país enquanto não existir uma vacina. Ele acredita que a vacina só esteja disponível no prazo mínimo de quatro anos.

Mesários faltosos

Os mesários que não compareceram nos dois turnos da eleição 2010 devem procurar os cartórios eleitorais para justificar a ausência. O prazo de justificativa, para quem não compareceu no dia 31 de outubro vai até a próxima terça-feira, 30.

A multa para o mesário que faltou e não justificou a ausência varia de R$ 17,57 a R$ 35,14. Nos casos em que a mesa receptora deixou de funcionar, devido a ausência do mesário, a multa pode ser de R$ 35,14 a R$ 70,28.

25 de novembro de 2010

PRP convoca filiados para reunião neste sábado


Médico reclama de serviços prestados por Ciretran de Tangará da Serra

"Prezado Dorjival,

Venho por meio desta comunicação, expressar minha insatisfação com os serviços prestados pelo Ciretran em Tangará da Serra.

Recentemente o veículo de nossa empresa foi autuado pela guarda municipal. Recebi a notificação de que deveria entrar em contato com a autoridade de transito local para informar quem seria o condutor, para que este recebesse a penalidade em seu prontuário. Quando lá comparecemos com os documentos do condutor, recebemos a informação de que não seria ali o local para informar aqueles dados. Sem saber onde fazê-lo, recebi, dias depois, outra multa pela não notificação do nome do condutor.

Nos últimos dias, fui algumas vezes ao órgão na tentativa de pagar IPVA dos veículos da firma e particular. Enquanto em vários estados do Brasil isto é um procedimento simples, bastando que o cidadão compareça ao banco estadual, retire o boleto no caixa eletrônico e pague a fatura, recebendo em casa o documento final, em Mato Grosso (um dos maiores IPVAs do Brasil) o sistema depende da PRESENÇA PESSOAL do cidadão para todas as etapas. É necessário ir pessoalmente para dar entrada, pagar, protocolar e retirar o documento. E isso nunca é feito no mesmo dia. Para cada etapa desta é preciso que o cidadão vá PESSOALMENTE, e faça o procedimento.

As informações prestadas são confusas e incompletas. Para pagar o IPVA do veículo da firma, foi solicitada cópia do contrato social da empresa. Voltei lá novamente por causa desta exigência e não fui atendido pois a cópia precisava ser AUTENTICADA. Veja meu amigo, eu não estava lá retirando documentos, nem requerendo direitos. Estava TENTANDO CUMPRIR MINHA OBRIGAÇÃO DE CIDADÃO. No entanto, A BUROCRACIA DO SISTEMA ESTAVA ME IMPEDINDO DE CUMPRIR MEU DEVER DE PAGAR.

Isso sem falar do sistema de informática sempre fora do ar. Numa destas vezes, tentei fazer o pagamento no caixa ao lado do CIRETRAN. A atendente informou que a leitora do código de barras não estava funcionando. Perguntei se ela não podia fazer o pagamento digitando os números, a resposta foi negativa.

Daí se multiplica as necessidades de cópias xerográficas, deslocamentos a bancos ou correspondentes bancários para pagamento de taxas que poderiam ser pagas no próprio local, idas aos cartórios, múltiplos retornos ao estabelecimento, pois o documento final só fica pronto em 5 dias úteis...

Fala-se tanto sobre a necessidade de aumento de arrecadação no Estado. No entanto, este é um grande estímulo para que as pessoas que têm família em outros estados emplaquem seus veículos em outros lugares, onde a burocracia é menor e o IPVA é mais baixo. Isso sem falar aos estímulos que se oferece fora: no Rio de Janeiro, o IPVA dos veículos com Kit Gás Natural sofre redução significativa, estímulo que parece não existir neste Estado, que sofre tantos questionamentos a respeito de sua política ambiental.

Obrigado por franquear este espaço aos cidadãos comuns, que só podem contar com a imprensa para ser sua voz.

Renato Gama
CRM-MT 4217

Charge do Dia


Autor: Jornal do Commercio

Um dos dramas da PM de Tangará da Serra

A Polícia Militar de Tangará da Serra vive um verdadeiro drama.

Hoje, segundo o comandante do VII Batalhão, coronel Ribeiro de Moraes, o município conta com 12 viaturas policiais.

O problema é que apenas 4 desses veículos estão nas ruas. As demais estão estacionadas no Batalhão por falta de efetivo policial.

Entenda: tem viaturas, mas falta policial para conduzí-las.

É ou não, o fim da picada...

Pagot deve ser substituído no DNIT


O jornal Diário de Cuiabá traz em notas na coluna Cuiabá Urgente desta quinta-feira, 25.11, informações de que a presidente eleita, Dilma Rousseff (PT), não deve manter Luiz Antônio Pagot como Diretor Geral do Dnit na sua gestão.

Estudantes cuiabanos defendem passe livre e prioridade para Educação. Bom exemplo para acadêmicos tangaraenses

Da página do enock

Sindicato diz que prefeitura impôs plano de previdência a servidores

(Laura Nabuco) - O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) convocaram uma assembleia em Tangará da Serra nesta terça (23) para discutir uma contraproposta ao regime de previdência própria que a prefeitura, sob Júlio Ladeia (PR), criou para os servidores municipais. De acordo com o sindicato, o plano foi imposto pela administração da cidade sem que houvesse qualquer participação dos funcionários em sua elaboração.

O Sintep reclama ainda que a prefeitura tem se negado a fornecer documentos sobre as receitas, despesas e tempo de serviço dos profissionais da educação, para que a categoria aprofunde os estudos que tem realizado, há mais de um ano, para a reestruturação do Plano de Cargos, Carreiras e Salários e do regime de previdência. Por este motivo, o sindicato recorreu ao Ministério Público, mas ainda não teve uma resposta.

Em 1999 o regime de previdência dos servidores da educação da cidade foi extinto por uma lei municipal durante a gestão de Jaime Muraro. Segundo a categoria, havia em caixa mais de R$ 5 milhões que não foram repassados aos profissionais com o fim do fundo.

Membro da "Frentona", Baltazar reclama do abandono de Silval

(Sissy Cambuim) - O presidente do diretório regional do PTN, Baltazar Ulrich, que durante a campanha eleitoral coordenou a chamada “Frentona”, coligação composta por PTN, PRB, PRP, PTC, PSC, PHS e PCdoB, que apoiou a reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB), se mostrou decepcionado com a ausência do grupo nas discussões para a composição de sua equipe de governo. “Ele nos esqueceu, mas isso não é novidade”, lamentou, em referência à reeleição do ex-governador Blairo Maggi (PR), em 2006. Leia mais AQUI

Distritos precisam com urgência de Núcleos da PM

Marechal Rondon, Currupira, Assentamento Antonio Conselheiro e Progresso precisam com urgência de núcleos de Polícia Militar. O crescimento desses distritos tem sido proporcional ao aumento da violência.

Foi-se o tempo em que a violência era realidade apenas no perímetro urbano de Tangará da Serra. Problemas sérios na esfera da segurança pública têm sido registrados também na zona rural, com acentuação nos distritos.

A necessidade da presença da PM nessas localidades esbarra na falta de efetivo. No comando regional VII, teríamos, atualmente, 165 homens.

Isso para assistir 16 município com aproximadamente 250 mil habitantes.

REGULAÇÃO DE HORÁRIOS: Empresários tangaraenses temem prejuízos

Vários empresários do ramo de restaurantes, pizzarias e boates de Tangará da Serra estão preocupados com a possibilidade de aprovação de uma Lei sugerida pelo Ministério Público que regula o horário de funcionamento de seus respectivos estabelecimentos.

Um deles, teria questionado o coronel PM Antonio Moraes, de que não saberia o que fazer doravante, depois de ter investido R$ 2 milhões na estrutura física de seu comércio.

Para esse empresário, a redução do horário de funcionamento de seu estabelecimento (noturno) traria enormes prejuízos.

NOTA DA REDAÇÃO - Pelo visto tem muita gente em nossa cidade sem entender ainda como funcionará a fiscalização, caso a Lei venha a ser aprovada pela Câmara de Vereadores. Por isso mesmo, a Câmara realizará audiência pública nos próximos dias para debater e sanar qualquer dúvida dos envolvidos.

Coronel PM é contra comercialização de bebidas alcoólicas em postos de combustíveis

O coronel PM Antonio Ribeiro de Moraes disse agora a pouco ser contra a vendagem de bebidas alcoólicas em postos de gasolina. Esse parece ser um problema não só de Tangará da Serra, mas em todo Brasil.

O oficial citou o exemplo do Posto Tanaka que não vende bebidas e por isso, nunca foi registrado problema de ordem policial nesse estabelecimento comercial.

Moraes reclama que a PM não pode entrar em áreas particulares (dos postos) para retirar pessoas alcoolizadas.

E quando uma viatura é solicitada pelo proprietário do posto, para resolver algum problema provocado pelo uso exagerado de alcool, é já em situação extrema.

"Muitas vezes quando chega uma viatura policial nesses estabelecimentos, é recebida com vais pelos presentes", reclamou.

Tirando Lula de 2014

A oposição ao Governo Lula quer modificar o texto da lei que trata da reeleição de presidente da República. Quer impedir que um presidente possa voltar após ter sido reeleito para o cargo. Na verdade, a oposição teme uma coisa: a volta de Lula em 2014. E por isso tenta a todo custo fechar a porta.

Romanhuk deverá ser reeleito presidente do legislativo tangaraense

O vereador Miguel Romanhuk (DEM) deverá ser reeleito presidente do Legislativo tangaraense. O parlamentar deverá receber 6 votos, além do seu. O vereador Luiz Henrique Matias (PTB), deverá ser eleito vice-presidente. Excelente.

A quem interessar possa

"Uma língua afiada é capaz de cortar a própria garganta".

PM vai retirar veículos irregulares das ruas de Tangará da Serra

O coronel PM Antonio Moraes disse agora a pouco, num programa de rádio local, que em poucos dias serão realizadas briltzs para retirada de todos os automóveis em situação irregular que permanecem trafegando pelas ruas de Tangará da Serra.

Radialista alfineta vereadores tangaraenses

O radialista Sílvio Sommavila criticou a Câmara de Vereadores no seu programa matutino, hoje pela manhã.

Em sua fala colocou que o Legislativo não tem se posicionado diretamente em alguns assuntos de interesse da sociedade.

O programa abordava a questão da retirada de menores das ruas da cidade, em horário impróprio.

"Alguns vereadores permanecem em seus 'mundinhos' trancados", alfinetou

Proerd livra jovens das drogas

95% dos jovens que passram pelo PROERD (Programa da Polícia Militar), não entraram para o mundo das drogas, disse agora a pouco numa rádio local, o coronel PM Moraes.

Violência contra a mulher


Segundo o Mapa da Violência 2010, realizado pelo Instituto Sangari, uma mulher é assassinada a cada duas horas no Brasil, o que faz do país o 12° no ranking mundial de assassinatos de mulheres.

40% dessas mulheres têm entre 18 e 30 anos. A maioria das vítimas é morta por parentes, maridos, namorados, ex-companheiros ou homens que foram rejeitados por elas.

Em dez anos (de 1997 a 2007), 41.532 meninas e adultas foram assassinadas, segundo o Mapa da Violência 2010, estudo dos homicídios feito com base nos dados do SUS.

A média brasileira é de 3,9 mortes por 100 mil habitantes. Segundo pesquisa realizada pelo Ibope e Themis - Assessoria Jurídica e Estudos de Gênero, em parceria com o Instituto Patrícia Galvão, 68% dos entrevistados declararam conhecer a Lei Maria da Penha (Lei nº 11.340/06).

Apesar disso, 42% diz que as mulheres não costumam procurar algum serviço ou apoio em caso de agressão do companheiro (Ibope/Themis)

NOTA DA REDAÇÃO - A lei nº 11.340/06, denomina Lei Maria da Penha, sancionada em 7 de Agosto de 2006, pelo Presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva é uma das mais importantes conquistas para a sociedade e das mulheres brasileiras, tornando-se um direito das mulheres e dever do Estado. Esta lei cria e estabelece mecanismos para coibir a violência doméstica e familiar contra as mulheres, a sua criação cumpre também a determinação da convenção sobre a eliminação de todas as formas de discriminação contra as mulheres e da convenção Interamericana para prevenir , punir e erredicar a violência contra a mulher.

Cuiabá: 42% dos vereadores respondem a algum tipo de processo

O site da Transparência Brasil tem um dado importante em seu conteúdo. A informação diz respeito aos procedimentos judiciais e outros tipos de processos, a que respondem os vereadores da capital.

A câmara de Cuiabá, infelizmente se tornou uma casa de escândalos horríveis e vergonhosos que acabam por refletir a mediocridade de alguns parlamentares municipais que não merecem ocupar o cargo de vereador da cidade verde.

Tem escândalo para qualquer gosto. Desde envolvimento com travesti até pagamento de cirurgia plástica para esposa com recurso público. É uma bandalheira só, e salvo raríssimas exceções, a Câmara Municipal da capital, hoje é uma casa com uma composição que tem uma produtividade pífia, posto que, de suas atribuições pouco se tem falado, o que mais temos notado é que, ao invés de bem comum a Câmara Municipal de Cuiabá tem produzido somente escândalos.

Sendo assim não me assustei ao ver que 42% dos vereadores respondem a algum tipo de procedimento, conforme consta do site da ong Transparência Brasil.

Veja a lista e nas próximas eleições tomara que mudemos o cenário do legislatico municipal, pois não merecemos essa composição em sua maioria medíocre.

Segue relação dos processados abaixo:

Chico 2000 (PR/MT)
TRE-MT Recurso Eleitoral Nº1385/2009 - Recorre da decisão que desaprovou sua prestação de contas da campanha de 2008.

Deucimar Silva (PP/MT)
Dívida Ativa do INSS - Consta como devedor ao INSS de quantia superior a R$ 1 milhão.

Domingos Sávio (PMDB/MT)
TRE-MT Recurso Eleitoral Nº1384/2009 - Recorre da decisão que desaprovou sua prestação de contas da campanha de 2008.

Everton Pop (PP/MT)
TRE Petição Nº267/2009 - Recorre da decisão da zona eleitoral que desaprovou sua prestação de contas da campanha de 2008.

Júlio Pinheiro (PPS/MT)
TRE-MT Processo Nº1408/2009 - Recorre contra a desaprovação das contas de sua campanha de 2008.
TCE-MT Acórdão Nº2751/2007 - Multado em R$ 990,00 (valor de agosto de 2010) por atraso no envio, ao TCE, de balancetes do exercício de 2006 da Agência Municipal de Habitação Popular de Cuiabá.

Lueci Ramos (PSDB/MT)
TJ-MT Comarca de Cuiabá Cível - Vara Especial de Ação Civil Pública e Ação Popular - Ação Civil Pública Nº352/2008 - Improbidade admnistrativa. Corre em primeira instância.
TRE-MT Recurso Eleitoral Nº1388/2009 - Recorre da decisão que desaprovou sua prestação de contas da campanha de 2008.

Pastor Washington (PRB/MT)
TRE-MT Recurso Eleitoral Nº1399/2009 - Recorre da decisão que desaprovou sua prestação de contas da campanha de 2008.

Totó César (PRTB/MT)
TRE-MT Recurso Eleitoral Nº1382/2009 - Recorre da desaprovação de suas contas da campanha de 2008.

24 de novembro de 2010

Corrupção: 2,5 mil servidores expulsos desde 2003

Até 2010, o total de expulsões chega a 2,8 mil, por vários motivos, segundo relatório da Controladoria-Geral da União

De janeiro de 2003 a outubro de 2010, foram expulsos do serviço público federal 2.802 funcionários, segundo relatório da Controladoria-Geral da União (CGU). O motivo mais freqüente para as expulsões é o uso indevido do cargo (uma forma de corrupção), que provocou 1.471 demissões, cassações ou destituições.

O ranking das 5 principais causas de expulsão inclui outras 2 formas de corrupção: improbidade administrativa (817 expulsões) e recebimento de propina (257). Somados, os 3 tipos de corrupção resultaram em 2.545 expulsões.

A lista ainda destaca 2 motivos não relacionados à corrupção: abandono de cargo (406) e desídia (que é a falta de cuidado no trabalho, 243 expulsões). Motivos não especificados respondem por 1.052 expulsões.

Abaixo, quadro divulgado pela CGU em seu Relatório Mensal sobre Punições Expulsivas referente a outubro de 2010:




A CGU existe desde 2001, criada por Fernando Henrique Cardoso, mas o relatório sobre expulsões no âmbito federal começou a ser produzido em 2003. Só a partir de 2003, portanto, pode-se saber que o total de funcionários que receberam essa punição aumentou. Não há estatísticas a respeito para o período que vai de 1500, quando o Brasil foi achado oficialmente por Portugal, até 2002.

O quadro abaixo mostra a sequência de dados (para 2010 o relatório é preliminar, com informações colhidas até outubro):



A CGU afirma que os dados do relatório se referem ao n° de funcionários que recebem pena de expulsão (com demissão, cassação ou destituição do cargo). Mas, depois de receber a pena, podem recorrer à Justiça e voltar a trabalhar. Atualmente, a taxa de readmissão está em torno de 10% dos expulsos, segundo a assessoria de imprensa da CGU.

Procedimento
Expulsão de funcionários públicos resulta de processo que ocorre, basicamente, de 2 formas.

A 1ª forma ocorre no próprio local no qual o servidor público trabalha. O órgão abre então uma sindicância (conduzida por seus próprios funcionários), que pode recomendar a expulsão. Se esse for o caso, segue-se um processo administrativo disciplinar (também movido por seus funcionários). Se o processo terminar em expulsão, a chefia do órgão toma as providências para executar a medida. O condenado administrativamente pode recorrer à Justiça.

A 2ª forma é quando a CGU promove o processo disciplinar. Isso só ocorre se o envolvido tem cargo de chefia ou posição que possa inibir a ação dos colegas que devem investigá-lo. Também ocorre quando o “réu” é um grupo e não apenas um indivíduo ou se o caso assume grandes proporções (o que também pode constranger os incumbidos do inquérito).

O Brasil tem hoje, segundo o mais recente Boletim Estatístico de Pessoal, 536.321 servidores públicos civis no Poder Executivo e 328.087 militares. Há também 19.458 funcionários no Poder Legislativo (Câmara e Senado) e 80.932 no Poder Judiciário. Ou seja, no âmbito federal, o país tem no momento um total de 964.798 trabalhadores na ativa.

Essa estatística de pessoal do governo federal também é bem recente. O sistema de boletins mensais foi criado apenas em 1996 pelo então ministro Administração Federal e Reforma do Estado, Luiz Carlos Bresser Pereira.

Antes de 1996 havia apenas registros precários sobre a administração pública federal. Ou seja, o Brasil foi descoberto em 1500. Mas só passou a saber detalhadamente quantos servidores públicos emprega a partir de 1996. E só a partir de 2003 quantos de fato foram punidos. Do Blog de Fernando Rodrigues

Comissão aprova itens rejeitados na minirreforma eleitoral

(Renata Camargo) - A Comissão de Ciência e Tecnologia (CCT) do Senado aprovou nesta quarta-feira (24) um projeto de lei que restabelece mais de 60 artigos rejeitados pela Câmara na minirreforma eleitoral, realizada pelo Congresso no ano passado. A proposta, segundo o autor da matéria, senador Eduardo Azeredo (PSDB-MG), tem o objetivo de "desburocratizar o processo eleitoral" e incluir demandas que foram necessárias durante as eleições deste ano. Leia mais AQUI

Blairo quer cargos no governo Silval

A imprensa noticiou que na próxima semana, o senador eleito Blairo Maggi (PR) ira se reunir com o governador reeleito Silval Barbosa (PMDB), sendo que a pauta de assuntos da reunião seria discutir o espaço que o Partido da República terá no segundo mandato do peemedebista, no Palácio Paiaguás.

Segundo li no site Midia News "Maggi, segundo as informações, articula para que o seu grupo político ocupe bastante espaço no Executivo, com secretarias e cargos de segundo escalão".

Enquanto não são definidos os cargos e a participação do PR, Maggi assegurou espaço para dois apadrinhados no Governo de Silval Barbosa que são o coronel PM Alexander Maia na Secretaria de Meio Ambiente (Sema) e o major PM Eumar Novacki numa das inúmeras e muitíssimo bem remuneradas assessorias especiais que constam da relação de cargos da Casa Civil.

Blairo parece que ainda não percebeu que não é mais governador e que não dá mais as cartas com tanta força quanto antes. Carlos Frederick

Sema já apreendeu 300 quilos de pescado ilegal em Tangará da Serra

Balanço da Diretoria Descentralizada da Sema em Tangará da Serra, informa que, até o momento, as apreensões na região já ultrapassam os 300 quilos de pescado. Na última operação de fiscalização, realizada segunda-feira, 22, a equipe da unidade regional, em conjunto com a Polícia Militar de Proteção Ambiental, apreendeu cerca de 40 quilos de peixes às margens do Rio Paraguai, no município de Barra do Bugres. Leia mais AQUI

Votos de Fabris vão tirar Barreto da AL e abrir vaga para Satélite

(Romilson Dourado) -A decisão do TSE de acatar recurso de Gilmar Fabris não só o mantém de vez no cargo de deputado estadual neste resto do atual mandato, como o exclui da lista de candidatos fichas-sujas. Isso deve alterar a dança das cadeiras na Assembleia e resultar na saída de Jota Barreto (PR) e na entrada do suplente Pedro Satélite (PPS), embora ambos sejam de coligações diferentes. Leia mais AQUI

Wellington e Farias recebiam propina, afirma contador a PF

(Laura Nabuco) - O deputado federal Wellington Fagundes (PR) e o prefeito de Barra do Garças Wanderley Farias (PR) foram acusados de receber propina de membros da suposta quadrilha que fraudava licitações na região do Araguaia. Conforme depoimentos dos envolvidos a Polícia Federal, que deflagrou a Operação Atlântida na última sexta (19), a título de propina a empresa Assessoria e Construções LTDA destinava 20% dos contratos para Wellington e Farias.
Leia mais AQUI

Câmara de Vereadores de Tangará da Serra

As bancadas na Câmara Municipal de Tangará da Serra a essa altura estão bem delineadas: a situação composta de três vereadores, na oposição eles são cinco e independentes eles são dois.

Pedagogia do Oprimido - resumo de Dorjival Silva

Pedagogia do Oprimido
Autor: Paulo Freire
Resumo de Dorjival Silva

O livro mostra que por falta de conscientização, as camadas mais pobres da sociedade são oprimidas ao extremo, chegando mesmo a acatar sem discussão o que lhes é imposto pelas classes dominantes. Assim, os “esfarrapados do mundo”, obra para quem é dedicada pelo autor, vivem uma verdadeira opressão social, e especialmente, no universo educativo no campo educação/alfabetização de adultos. Desconhecedoras de seus direitos, nunca lutam pela chamada Pedagogia da Libertação.

O autor compara essa libertação necessária às classes menos favorecidas com um “parto”, onde elas precisam definitivamente abandonar a condição servil em que vivem. Ele menciona que por conta do medo imperante essas classes se submetem a todo tipo de “ordens” sem ao menos questioná-las.

O autor propõe que neste universo sombrio de opressão e domesticação seja trabalhada a conscientização como forma de resgatar essas pessoas da condição de aceitação em que vivem. Fazendo uso do pensamento marxista quando se refere à relação dialética subjetividade-objetividade – o que implicaria numa transformação total – teoria e prática, Freire enfatiza a necessidade da conscientização com objetivo de libertar os oprimidos da violenta opressão a que estão submetidos. É a busca de uma restauração completa do homem, o conduzindo para um viver generosamente autêntico, crítico, humano e não “humanista” comprometido com seu mundo, que se propõe ‘Pedagogia do Oprimido’.

Freire enfatiza que é usada uma concepção “bancária” como instrumento de opressão às classes menos favorecidas, condição da qual somente seriam libertas, mediante o fundamental papel da educação. Por esse prisma, o estudante é visto como indivíduo que não sabe de nada, alguém que recebe “conhecimento” daqueles que se julgam sabedores de tudo. O aluno é aquele que recebe “depósitos” na mente e os armazena daquele que se diz professor. O autor chama esse processo de alienação, uma vez que não há criatividade, nem tampouco saber transformador. Impera mesmo, a “cultura do silêncio” pelo fato de o professor detentor da palavra, criar no aluno a condição de sujeito passivo que não participa do processo educativo.

Para denunciar toda opressão contida na educação, Freire escreveu a bombástica frase: “ninguém educa ninguém, ninguém educa a si mesmo, os homens se educam entre si, mediatizados pelo mundo”. O autor expõe as vísceras da educação “bancária” quando denuncia que ela torna possível a continuação da condição de opressora. Para reverter essa cruel realidade, seria necessário trabalhar a educação como prática da liberdade, o contrario da “bancaria”, que produz saber sem significação, incompleto e desassociado de senso crítico. Aponta ainda que para construir a libertação deveria ser trabalhada uma educação problematizadora, valorizando o diálogo, a reflexão e a criatividade.

Para se alcançar uma educação mais humana e revolucionária deve entrar no cenário, o diálogo. “... não é no silêncio que os homens se fazem, mas na palavra, na ação reflexiva”, diz Freire. Assim, antes “proprietário” da palavra, o professor também é obrigado a aprender a ouvir.
O conteúdo repassado em forma de doação ou impositivo é substituído por um processo de educação organizada, sistematizada, acrescida de elementos bem estruturados. Assim, é pautado o trabalho do educador-educando, dialógico e problematizador.

O trabalho a ser feito deve ter conteúdo programático, construindo temas geradores, metodologicamente, pautado na realidade do aprendente. (...) “o pensar dos homens referido à realidade, seu atuar, sua práxis”, enfatizando-se o trabalho em equipe de forma interdisciplinar. Para a alfabetização (de adultos) o destaque é feito através de palavras geradoras, já que o objetivo é o letramento, porém de forma crítica e conscientizadora.

A que se trabalhar a teoria dialógica, contrária à manipulação das classes menos favorecidas pela “cultura” através dos meios de comunicação. As massas precisam ser conduzidas ao dialogo, canal de libertação da harmoniosa opressão imperante. Freire diz ainda que uma das principais características da ação antidialógica das lideranças é a divisão para manutenção da opressão. A teoria da ação dialógica pautada pela organização e síntese cultural é forte arma de combate à manipulação se usada pela liderança revolucionária.

Por isso, a que se ter compromisso no processo de libertação das classes oprimidas, vistas como “mortos em vida”, devido às condições precárias em que vivem. Essas massas convivem com, além da miséria e as enfermidades físicas, as injustiças, vítimas de um regime que as mantém em condições indignas.

Paulo Freire destaque que nessa situação, os educadores devem assumir uma postura revolucionaria passando a conscientizar as pessoas da ideologia opressora. Trabalho sério com o objetivo de motivar as massas para a organização e o aprendizado da pronúncia do mundo, onde todo cidadão e/ou cidadã pode falar usa própria palavra. O autor observa que essa organização não pode ser autoritária.

Deve ser aprendida nos moldes pedagógicos, onde povo e lideranças aprendem a fazer juntos, buscando instaurar a transformação da realidade que os mediatiza.
O autor enfoca que se o opressor precisa de uma teoria para manter a ação dominadora, os oprimidos igualmente, precisam também de uma teoria para alcançar a liberdade. Uma liberdade baseada na confiança nas pessoas e na fé em todos os cidadãos e cidadãs, para que “seja menos difícil amar”.

Dorjival Silva - jornalista, téologo, Pedagogo. Pós-graduado em Pedagogia Empresarial. dorjisilva@hotmail.com - Reside em Tangará da Serra - MT.

O mínimo que não satisfaz

(Emery Costa) -As notícias que procediam de Brasília no dia passado indicavam que havia oito governadores, tidos como poderosos, influentes, pressionando os parlamentares para que não aprovem o salário mínimo nas bases em que estão sendo anunciadas. E por que isso?

Eles alegam que simplesmente não têm como arcar com essa despesa. E, se formos para os municípios, a coisa se configura cada vez mais precária. Estes é que não terão condições de pagar um salário mínimo condizente com a realidade e necessidades do nosso trabalhador.

Mas, fica sempre a interrogação: e se o candidato do PSDB, José Serra, tivesse sido o eleito para a Presidência da República, como é que a coisa ficaria com os prometidos 600 reais de salário mínimo? Aí é que a coisa se complicaria.
O que fica bem claro diante da cidadania é que um salário mínimo digno é mais do que necessário para assegurar o bem-estar dos cidadãos e dos seus familiares.

Mas, isso deve ser decidido de forma responsável e mediante trabalho conjunto dos gestores públicos, com as empresas e os próprios trabalhadores. Exatamente porque na maioria dos casos não é nem o nível do salário mínimo, mas os seus gastos adicionais, tais como: PIS, Pasep, Previdência Social, etc.

Presentemente o que se tem é o governo propondo 540 reais para o salário mínimo, as centrais sindicais reivindicando 560 reais e o relator da proposta orçamentária no parlamento admitindo que este poderá chegar à casa dos 570 reais.

O equilíbrio das contas públicas é uma necessidade inadiável. Essas contas sendo equilibradas possibilitarão mais realizações vindas de volta em benefício da população.

Ademais, diante de tudo isso, ainda existe a Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) que diz que os passos dos governantes não podem ser maiores do que as suas pernas. Essa é uma senhora equação. Quem vai resolvê-la?