21 de janeiro de 2010

Charge do Dia

Autor: Néo Correia

OSCIP tem mais dois meses para prestar seus serviços a Tangará da Serra

O secretário de Saúde de Tangará da Serra, Mário Lemos de Almeida, disse pela manhã, quando se realizava reunião do Conselho Municipal de Saúde, que se o vínculo com a OSCIP fosse quebrado hoje, a saúde do município entraria em colapso.

O apelo do velho Mário foi drámatico. Todos nós percebemos. Mas valeu apenas, pelo menos para a OSCIP que terá mais dois meses para prestar seus serviços ao município até que poderes executivo e legislativ criem uma lei específica para regularizar o assunto.

A reunião desta manhã foi tomada de muitos comentários, acusações, lavagens de roupas sujas, enfim, o que ja se esperava: o poder executivo se esperniaria até a exaustão para a manutenção do contrato com a OSCIP. E deu certo.

É bom lembrar que a aprovação da continuidade dos serviços que vêm sendo prestados pela citada empresa, no entendimento do Ministério Público Estadual, não tem base legal.

O prefeito em exercício José Jaconias da Silva (PT) e o secretário de Saúde, Mário Lemos entendem que não estar se fazendo nada na ilegalidade.

Esse assunto ainda dará muito caldo. Grosso, por sinal.

Comentário político do dia

Assim penso...

"O tempo não para! Só a saudade é que faz as coisas pararem no tempo..."


Mário Quintana

Agora vai bombar

As bancas de pirataria já dispõem de “Lula, o filho do Brasil”, com precinho de R$ 2,00. Será que vai “bombar”?

Povo criativo

Frase em parachoque de caminhão: “Não votei no cara, nem votarei na coroa”. Criatividade popular.

Ano de bondades

O presidente Lula sancionou a Lei de Tarifa Social de Energia Elétrica, que vai beneficiar cerca de 22,5 milhões de famílias com renda de até três salários mínimos. Esses brasileiros pagarão tarifas subsidiadas pelo Governo Federal. A tarifa social faz parte do pacote de bondades do ano eleitoral.

A quem interessar possa

"Aquele que nunca viu a tristeza, nunca reconhecerá a alegria."

Descentralizar é a solução

Com o primeiro ano de governo do presidente americano Barack Obama, é possível ver que pouco mudou no contexto mundial.

A esperança de americanos e do resto do mundo esbarrou em contextos enraizados que dificilmente sofrerão mudanças drásticas a partir dos ideais revolucionários de andorinhas solitárias.

O mundo passa por um processo de revolução, mas movido por forças que não se limitam a pensamentos isolados.

A grande crise mundial é o outdoor que externa a impotência gerada pela concentração indiscriminada de riquezas.

O exemplo aplicado pelo presidente Lula deixa claro, é preciso descentralizar as riquezas, mesmo que em nível primário, e com efeito quase que imperceptível a curto e médio prazos.

Obama só conseguirá encerrar sua careira política como o salvador, se conseguir convencer o Primeiro Mundo a diversificar o investimento de suas riquezas.

Caso contrário, encerrará seu mandato como o homem eleito para salvar o mundo, que terá como marca, apenas o fato de ter mantido sua cor de origem, mas com cabelos pra lá de esbranquiçados. Realidade nua e crua.

PROPAGANDA

PSDB, DEM e PPS protocolam hoje uma representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com pedido de aplicação de multa à ministra Dilma, pré-candidata à Presidência pelo PT, e ao presidente Lula.

A oposição acusa os petistas de propaganda eleitoral antecipada durante inaugurações realizadas em Minas Gerais.

Esta é a quinta vez que os partidos de oposição recorrem ao TSE para questionar o comportamento da ministra e do presidente em eventos oficiais. Em nenhuma delas houve condenação.

PRÉ-CANDIDATO

O PSOL lançou ontem o ex-deputado João Batista Araújo Babá a pré-candidato à Presidência. Ele deve disputar a indicação do partido com o também ex-deputado Plínio de Arruda Sampaio. Já a ex-senadora Heloisa Helena, que disputou a Presidência pelo partido em 2006, deve tentar voltar ao Senado por Alagoas. As informações do blog do jornalista Cláudio Humberto.

Eleitor ignora governantes

Pesquisa do Instituto Ipsos realizada em 70 municípios e nove regiões metropolitanas do Brasil aponta que o brasileiro desconhece quem são os seus governantes.

Apenas 34% citaram algum ministro corretamente; para deputados federais, foram somente 38%; e para senadores, o número foi ainda menor: 31%.

Os dados mostram ainda que quanto mais alto o grau de escolaridade e a classe social, maior o número de respostas positivas: a porcentagem de pessoas que souberam citar algum ministro corretamente, por exemplo, varia entre 20% (classes DE) e 52% (Classes AB), e entre 21% (analfabetos, primário incompleto e primário completo) e 59% (pessoas com superior incompleto, completo ou mais).

Talvez por isso que boa parte das decisões dos governantes seja tomada sempre de acordo com os seus próprios interesses.
Os anseios do povo ficam em segundo plano.

Questionamento do webleitor

Boa Tarde

Sou leitor assíduo do DS ONLINE mesmo morando em Cuiabá gosto de acompanhar as noticias e de TS, e não poderia de deixar de me manifestar acerca da declaração do Superintendente Municipal de Transportes Aéreos e Viários, o Senhor Jadilson Reis, com relação a nova sinalização a ser implantada em Tangará (materia dia 19/01/2010)

Referente a pintura tudo bem, será ótima mas a instalação de tachões está proibida conforme resolução 336 de 24/11/09 e publicada em 25/11/2009.

Creio eu que quando elaborado o projeto pela engenheira Ana Lúcia de Almeida e Almeida, ainda não havia sido publicado tal Resolução, E agora como fica isso ?? Favor alerta a Secretaria

Gustavo Luiz de Morais
(65) 8118-5666