10 de fevereiro de 2010

Justiça leiloa vários bens em Primavera do Leste

A Justiça Estadual de Primavera do Leste realizará um leilão para pagamento de dívidas por Execuções Diversas. O Leilão será realizado no dia 04 de Março, às 09:00 Horas, no Fórum, R. Benjamin Cerutti, 252, B. Castelândia, Primavera do Leste/MT.


Serão leiloados: GRANDES FAZENDAS, TERRENO, MÁQUINAS, EQUIPAMENTOS E DIVERSOS OUTROS BENS!


Todos com excelentes preços, destaque para:

· Fazenda 1.295 ha, terras de cultura, c/ 04 casas, sendo 350 ha em mata nativa e 945 ha em soja, entre o Rio das Mortes e Rio Cumbuco, cortada por Estrada Municipal, Primavera do Leste/MT. R$ 12.590.000,00 (Faça sua contraoferta)


· Fazenda 642 ha, sendo 42 ha em mata e 600 ha em soja, km 06, mais 45 km a esquerda, Rod. MT 130, Primavera do Leste/MT. R$ 321.482,00 (Faça sua contraoferta)


· Terreno 275m² (parte ideal), c/ casa, R. Arco Íris, 07, Lot. Jardim Milano, Primavera do Leste/MT. R$ 50.000,00 (Faça sua contraoferta)


· Lote c/ tanque de abastecimento, cap. 8.500L, c/ bomba d'agua; Lances de calhas e roscas, divs. polegadas; Descaroçador de algodão, Candeloro, completo. (Consulte-nos) R$ 69.060,00 (Faça sua contraoferta)


Os interessados deverão estar presentes no local com os documentos pessoais.


Informações:


Justiça Estadual de Primavera do Leste/MT: (66) 3498-1738

Leilões Judiciais Serrano: 0800-707-9272 ou (44) 2101-9272

O sujo e o mal lavado

Reduzido a uma referência histórica depois de uma péssima gestão de oito anos à frente da República brasileira, o sociólogo Fernando Henrique Cardoso bancou ontem o sujo que fala do mal lavado ao declarar à imprensa que a engenheira Dilma Rousseff, candidata situacionista à sucessão do presidente Lula da Silva, não é líder.

Ela, pelo menos, foi projetada legitimamente a partir de seu cargo, a chefia da Casa Civil da presidência da República, até os índices de intenção de votos que lhes indicam resultados de pesquisas eleitorais.

Em 1.994, Fernando Henrique praticamente usurpou a presidência da república ao legitimo ocupante da era, o mineiro Itamar Franco, ofuscando-o para figurar como o "pai" de um plano Real que só veio a conhecer na véspera do lançamento.

Ô povo bom

O festival de bondades com dinheiro público em ano eleitoral não tem limite. Para enfrentar o “pacote” do presidente Lula, o governador-presidente tucano José Serra decidiu socializar a riqueza do Governo de São Paulo. Anuncia reajuste de 10,89% para a primeira faixa de salário do servidor público. O piso ficará em R$ 560,00, superando os R$ 510,00 do piso nacional de salário.

O bom rosto do nosso SAMAE

Um clique especial para meus amigos, bióloga genislene Silva, engenheiro sanitarista Jeferson Luiz e a administradora de empresas Andrea Ribeiro. Equipe que faz pelo meio ambiente de Tangará da Serra. O bom rosto do nosso SAMAE.

Triunfo da pelegada

Quando o PT estava completando 29 anos, no ano passado, a jornalista Lúcia Hipólito mostrou com nitidez o perfil do Partido dos Trabalhadores. Do passado e de hoje.

O artigo irretocável com o título “O futuro do PT – a vitória dos pelegos” merece leitura na passagem dos 30 anos, hoje. Leia:
“O PT nasceu de cesariana, há 29 (30) anos.

O pai foi o movimento sindical, e a mãe, a Igreja Católica, através das Comunidades Eclesiais de Base. Os orgulhosos padrinhos foram, primeiro, o general Golbery do Couto e Silva, que viu dar certo seu projeto de dividir a oposição brasileira.

Da árvore frondosa do MDB nasceram o PMDB, o PDT, o PTB e o PT. Foi um dos únicos projetos bem-sucedidos do desastrado estrategista que foi o general Golbery.

Outros orgulhosos padrinhos foram os intelectuais, basicamente paulistas e cariocas, felizes de poder participar do crescimento de um partido puro, nascido na mais nobre das classes sociais, segundo eles: o proletariado.

O PT cresceu como criança mimada, manhosa, voluntariosa e birrenta. Não gostava do capitalismo; preferia o socialismo. Era revolucionário. Dizia que não queria chegar ao poder, mas denunciar os erros das elites brasileiras.

O PT lançava e elegia candidatos, mas não “dançava conforme a música”. Não fazia acordos, não participava de coalizões, não gostava de alianças. Era uma gente pura, ética, que não se misturava com picaretas.

O PT entrou na juventude como muitos outros jovens: mimado, chato e brigando com o mundo adulto. Mas, nos Estados, o partido começava a ganhar Prefeituras e Governos, fruto de alianças, conversas e conchavos. E assim os petistas passaram a se relacionar com empresários, empreiteiros, banqueiros. Tudo muito chique, conforme o figurino.

E em 2002, o PT ingressou finalmente na maioridade. Ganhou a presidência da República. Para isso, teve de se livrar de antigos companheiros, amizades problemáticas. Teve de abrir mão de convicções, amigos de fé, irmãos camaradas.

A primeira desilusão se deu entre intelectuais. Gente da mais alta estirpe, como Francisco de Oliveira, Leandro Konder e Carlos Nelson Coutinho, se afastou do partido, seguida de um grupo liderado por Plínio de Arruda Sampaio Júnior.

Em seguida, foi a vez da esquerda. A expulsão de Heloísa Helena, em 2004, levou junto Luciana Genro e Chico Alencar, entre outros, que fundaram o PSOL. Os militantes ligados à Igreja Católica também começaram a se afastar, primeiro aqueles ligados ao deputado Chico Alencar, em seguida Frei Betto.

E agora, bem mais recentemente, o senador Flavio Arns, de fortíssimas ligações familiares com a Igreja Católica. Os ambientalistas, por sua vez, começam a se retirar a partir do desligamento da senadora Marina Silva do partido. Afinal, quem do grupo fundador ficará no PT? Os sindicalistas.

Por isso é que se diz que o PT está cada vez mais parecido com o velho PTB de antes de 64. Controlado pelos pelegos, todos aboletados nos ministérios, nas diretorias e nos conselhos das estatais, sempre nas proximidades do presidente da República.

Recebendo polpudos salários, mantendo relações delicadas com o empresariado. Cavando benefícios para os seus. Aliando-se ao coronelismo mais arcaico, o novo PT não vai desaparecer, porque está fortemente enraizado na administração pública dos Estados e municípios.

Além do Governo Federal, naturalmente. É o triunfo da pelegada.”

CPI do MST mira repasse de verbas a entidades

Deu em o Estado de S. Paulo

De Roldão Arruda:


A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) destinada a investigar as atividades de movimentos e organizações não-governamentais envolvidas com a reforma agrária pode se transformar em mais uma dor de cabeça para o governo federal nas próximas semanas. Programada para iniciar suas atividades hoje à tarde, a CPI vai se debruçar especialmente sobre o repasse de verbas públicas para entidades ligadas ao Movimento dos Sem-Terra (MST), que aumentaram durante o governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva. LEIA MAIS AQUI

Charge do Dia


Charge de Néo Correia

A quem interessar possa

Em período de carnaval uns botam máscaras, outros tiram e de outros ela cai.

Clima alegre na prefeitura

Ontem, à tarde, clima de muita alegria no gabinete do prefeito de Tangará da Serra.

Inicialmente não entendi o que se passava ao ver um telefone móvel passando de mãos em mãos.

Foi ai que um segurança me disse que aqueles funcionários falavam ao telefone com o prefeito licenciado Júlio César Ladeia.

"Eles estão conversando com o prefeito", disse. "O prefeito voltou a falar normalmente", completou.

Boa notícia. Também fique feliz em saber que o prefeito se recupera rapidamente do acidente que por pouco não teve consequencias mais graves com ele.

SALÁRIO

Pra se ver como nesse Brasil velho de guerra a gente sempre é levado a viver num mundo de ficção. O salário mínimo que é pago hoje em dia aqui é de pouco mais de 500 reais. Mas, segundo o Dieese, deveria ser de 1 mil e 987 reais. Quase 2 mil.

ÁLCOOL

O álcool anidro, que é aquele que nós usamos como combustível a mover os nossos carros, está a apenas pouco mais de 10 por cento de diferença do preço da gasolina. Daí que os donos de veículos do tipo Flex estão correndo para a gasolina. Não percamos de vista que há pouco tempo, apenas no final de 2009 para o começo de 2010, essa diferença de preço era de 30 por cento.

RODOVIÁRIA

Já se disse com muita propriedade que uma estação rodoviária é um cartão postal de uma cidade, é a sua sala de visita. Mas, da nossa não se pode dizer isso. Além de suas estruturas desgastadas pelo tempo, aquele equipamento se mostra abandonado ou malcuidado.

Fusquinha abandonado

Não sabemos quem abandonou um fusquinha branco na Avenida Tancredo Neves, altura do centro municipal de ensino Ayrton Senna, em Tangará da Serra. O "bichinho" que já foi o xodó de muita gente, está estacionado nesse local desta o último sábado à tarde. procura-se o proprietário para que tenha mais cuidados com o "fafazinho", que por sinal está à venda.

IMPOSTO

Nós não devemos nos enganar a nós mesmos. Ora, o cidadão comum paga imposto, sim. Muitas pessoas que estão inseridas naquela faixa salarial de isenção, imaginam que não pagam imposto. Ledo engano. O grosso da arrecadação advém exatamente do imposto indireto que está embutido nos preços de todos os produtos.

FRATERNIDADE

"Vocês não podem servir a Deus e ao dinheiro". Com esse lema mais do que oportuno, a CNBB lançará, na quarta-feira de Cinzas, a Campanha da Fraternidade 2010.

BOA IDEIA

Segundo o jornalista Ancelmo Góis, de O Globo, "o TRT-RJ encomendou 4 mil canecas de louça para distribuir aos servidores e magistrados. A ideia é acabar com o uso anual de 2 milhões de copos plásticos. A caneca, patrocinada pelo Banco Real, terá esta frase estampada: "Mudar hábitos para preservar."

NOTA DO BLOG: É bom lembrar que o Serviço Autônomo Municipal de Águas e Esgotos de Tangará da Serra sob a gestão do engenheiro sanitarista Jeferson Luiz, fez o mesmo no Natal do ano passado. Verdade que nossas canecas não chegaram a ser de louça. Mas mesmo de plástico reciclável valeu muito a intensão.

NOTA DO BLOG II: Não seria uma boa se grandes e pequenas empresas tangaraenses adotassem a mesma postura em favor do meio ambiente? Está lançada a ideia!

NOTA DO BLOG III: E por que prefeitura e Câmara Municipal não começarem com esse bom exemplo?

AVANÇO

Em decisão inédita, STJ reconhece direito de companheiro do mesmo sexo a previdência privada complementar .

Comprovada a existência de união afetiva entre pessoas do mesmo sexo, é de se reconhecer o direito do companheiro sobrevivente de receber benefícios previdenciários decorrentes do plano de previdência privada no qual o falecido era participante, com os idênticos efeitos operados pela união estável.

A decisão inédita - até então tal benefício só era concedido dentro do Regime Geral da Previdência Social - é da Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça, em processo relatado pela ministra Nancy Andrighi.

Em minucioso voto de 14 páginas no qual abordou doutrinas, legislações e princípios fundamentais, entre eles o da dignidade da pessoa humana, a relatora ressaltou que a união afetiva constituída entre pessoas de mesmo sexo não pode ser ignorada em uma sociedade com estruturas de convívio familiar cada vez mais complexas, para se evitar que, por conta do preconceito, sejam suprimidos direitos fundamentais das pessoas envolvidas. (Com informações da Assessoria de Comunicação do STJ).