6 de abril de 2010

Escola de Campo Novo do Parecis vai receber obras do governo

Confirmação foi feita pela Seduc ao deputado Wagner Ramos. Trabalho envolve construção de quadra poliesportiva e reforma geral da instituição

A Escola Estadual Argeu Augusto de Moraes, localizada em Campo Novo do Parecis, vai ganhar uma quadra poliesportiva coberta e reforma geral. A confirmação foi feita ao deputado Wagner Ramos (PR) pela Secretaria de Estado de Educação, por meio do Ofício nº 611/2010-GAB/SEDUC/SEE, de 29 de março último.

O anúncio sobre a obra vai atender as Indicações nºs 3301 e 3302, encaminhadas pelo parlamentar ainda em novembro do ano passado aos então governador Blairo Maggi e secretário de Educação, Ságuas Moraes. Nos documentos, Wagner Ramos justificou seus pedidos citando uma maior integração entre pais, alunos e escola, e a prática desportiva como “elemento primordial” para o desenvolvimento dos jovens estudantes.

“Além disso, aquela escola – situada nas proximidades da Fazenda Itamarati Norte e que atende centenas de alunos da região – vem enfrentando dificuldades por conta do seu mal estado de conservação”, completou o republicano. De acordo com o comunicado oficial, a Seduc aguarda apenas a “cessão de uso do prédio e dotações orçamentária e financeira”, para atender os pedidos. Da Assessoria

Para gestantes, saúde pública melhorou muito em Tangará da Serra

Mulher gestante sendo atendida em uma USF do município

No município de Tangará da Serra pelo menos uma vez por semana as enfermeiras-chefes das Unidades de Saúde da Família (USFs), juntamente com suas respectivas equipes ministram palestras informativas para as gestantes. Com temas diferenciados, as palestras repassam informações a respeito da saúde da mulher grávida, cuidados iniciais com o bebê, controle de vacinas, higiene pessoal, higiene bucal do recém-nascido, entre outros assuntos.

Na USF do bairro Vila Goiânia, 36 gestantes estão realizando, mensalmente, o pré-natal. De acordo com a enfermeira-chefe da unidade, Milena Angélica P.O. Pilger, o acompanhamento é de suma importância já que é através das consultas que os médicos conseguem saber se o bebê está se desenvolvendo normalmente, se as vacinas estão sendo realizadas, e se a gestante está dentro do pêso, entre outros cuidados.

Helen Cristina Guilherme Mendes (17) está no seu 8º mês de gestação e diz: “Faço consultas mensais com a médica Heloísa desde que recebi a confirmação que estava grávida. O melhor daqui é que sempre que sinto alguma dor diferente posso vir na hora que sou atendida.”

Esta jovem mãe, além de frequentar a unidade para realizar as consultas mensais, participa também das palestras realizadas pelos profissionais da saúde. “Sempre aprendo uma coisa nova, hoje mesmo, aprendi que é obrigatório fazer a higiene bucal no bebezinho. Eu achava que esse procedimento só seria necessário quando começassem a nascer os dentinhos na criança.”

As palestras abordam temas diferenciados e o objetivo vai além de informar as futuras mamães. “Elas acabam trocando experiências com outras gestantes e se sentem bem mais próximas de nós profissionais de saúde, diz Milena.

Maristela Ribeiro Batista, mãe de Ana de um ano e oito meses, fez todo pré-natal da filha na USF do Vila Goiânia e relata que após a administração IDHEAS sentiu a diferença no atendimento. “Hoje todas nós gestantes somos muito bem atendidas pelos médicos. A doutora Heloísa, por exemplo, é super atenciosa, explica tudo com muita clareza e assim a gente se sente bem mais tranquila; o atendimento de um mês pra cá melhorou muito mesmo, fico contente por isso e espero que continue dessa forma porque na verdade a gente merece, né?”

Após o término das palestras, as gestantes ainda recebem da equipe das Unidades uma lembrancinha. “É uma forma de agradarmos ainda mais as futuras mamães” diz a enfermeira-chefe do Vila Goiânia. ”É muito bom sentirmos que elas se preocupam mesmo com a gente”, finaliza. Helen Cristina. Da Agência Centro Oeste de Notícias com Fernanda Delmondes

UNIGRAN NET: matrículas abertas para 12 cursos de pós-graduação

Da Agência Centro Oeste de Notícias

O pólo tangaraense da UNIGRAN NET está com matrículas abertas para 12 cursos de pós-graduação na modalidade à distância. São cursos de excelente relevância para a vida dos que se candidatam a fazê-los. Todos, reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) pela portaria 4070 de 2005.

Instituição com experiência de mais de 33 anos de atuação na educação superior presencial e a cinco, na modalidade à distância, a UNIGRAN NET oferece seus cursos totalmente via internet. Situação que facilita excepcionalmente a vida dos estudantes em muitos aspectos.

Um deles é quanto à oportunidade que se dá ao aluno para que ele mesmo organize seu tempo de estudos. Alternativa excelente para quem dispõe de pouco tempo ou reside distante de uma instituição de ensino superior.

Além do mais, os pós-graduandos da UNIGRAN NET têm à disposição, uma plataforma virtual de onde se pode “baixar” para impressão, todo conteúdo didático necessário para reforçar seus estudos.

Em Tangará da Serra, os interessados na matrícula, podem se dirigir pessoalmente até a UNIFÁCIL/ESTÁGIO FÁCIL, localizada no Tangará Shopping Center, podendo ainda manter contato pelos fones (65) 3326-3288/0677 ou pelo site da Instituição http://www.unigran.br/.

Através deste portal, pode-se preencher a ficha de inscrição e, na hora, gerar o boleto para impressão e pagamento em qualquer banco ou lotérica até a data do vencimento.

As avaliações são feitas a cada duas disciplinas estudadas no pólo escolhido pelo pós-graduando. Os cursos são desenvolvidos por módulos e têm a duração de 13 meses, com mais dois meses para o desenvolvimento do Trabalho de Conclusão de Curso – TTC.

Veja quais cursos são oferecidos:

Educação à Distância
Educação de Jovens e Adultos
Educação Especial
Estudos de Linguagem
Gestão Ambiental
Gestão do Setor Sucroalcooleiro
Gestão Empreendedora de Negócios
Metodologia do Ensino Superior
Psicopedagogia
Sistemas de Informação
Comunicação e Marketing
Direito Eletrônico e Tecnologia da Informação

OBS: Cursos destinados a capacitação de profissionais de várias áreas do conhecimento. Carga horária:360 horas/aulas e com isenção de taxa de inscrição. A matrícula será efetivada após o pagamento da primeira mensalidade.

Assessoria Jurídica do Samae explica cobrança por “economias”

A assessora jurídica do Samae doutora Edjane Freitas explicou a cobrança do serviço de água por economias. Ela explica que anular o sistema faria o consumidor pagar mais. “A cobrança por economia na verdade beneficia o imóvel como um todo, porque se ele fosse considerado apenas uma única unidade autônoma consumidora tudo o que consumisse acima de 10 metros cúbicos seria enquadrado na tarifa progressiva”, explica a doutora Edjane.

A diretora comercial do Samae Ednéia Gonçalves cita dois exemplos reais. O primeiro é de um imóvel localizado na Vila Alta com 5 (cinco) kit-nets. Cada kit-net é considerada pelo Samae uma “Economia”. São cinco economias, o que equivale a cinco taxas de consumo mínimo.

Atualmente a conta mensal deste imóvel é de R$ 64,00 (50 metros cúbicos x R$ 1,28 – sem direito ao fator de dedução). Se o cálculo por economia deixasse de ser feito, a conta deste mesmo imóvel – gastando a mesma quantia de água – seria de R$ 158,20 (50 metros cúbicos x R$ 5,80 – R$ 135,80).

Outro exemplo real toma como base a conta de água de um edifício residencial localizado no centro da cidade. O imóvel tem 28 unidades autônomas de consumo (28 apartamentos, ou economias).

O consumo do imóvel é de 499 metros cúbicos de água por mês. Com o cálculo atual, a conta do imóvel é de R$ 759,17 (280 metros cúbicos x R$ 1,28 + 219 metros cúbicos x R$ 1,83). Se o sistema de economias fosse anulado e a cobrança fosse normal, o mesmo imóvel ao consumir os mesmos 499 metros cúbicos, pagaria uma conta de R$ 2.798,32 (499metros cúbicos x R$ 5,80 – R$ 135,80).

Somente neste caso, os moradores deste edifício teriam um prejuízo de R$ 2.039,15 na conta de um único mês. “Sem sombra de dúvidas a conta ficaria alta com essa mudança e quem pagaria por isso é o próprio consumidor”, explica Ednéia Gonçalves.

SOLUÇÃO IMEDIATA – De acordo com a assessora jurídica do Samae doutora Edjane há uma solução imediata que pode ser tomada pelos proprietários de kit-nets ou condomínios com imóveis não-habitados.

Eles têm a opção de solicitar ao Samae a individualização dos hidrômetros. Assim, cada unidade consumidora poderia ser desativada quando não estiver habitada, e ativada quando estiver em uso. Com a unidade desativada não há fatura e consequentemente não há como ser cobrada a taxa mínima.

“Temos orientado os proprietários de imóveis com unidades consumidoras, as chamadas economias, a requererem a individualização dos hidrômetros. Esta é uma tendência inclusive vem sendo orientada pelo Judiciário, com várias decisões neste sentido no Estado de São Paulo”, explica a advogada ao reafirmar que o Samae vem obedecendo a Legislação à risca.

LEGISLAÇÃO – A cobrança progressiva cumpre o objetivo de forçar a economia da água. É prevista no artigo 30, inciso I da Lei Federal 11445/07, no artigo 13 da Lei Federal 8987/95 e no artigo 91 da Lei Municipal 1618/00. Quanto maior o consumo, maior o valor cobrado pelo metro cúbico da água, estimulando, assim, os usuários a reduzirem o consumo de água .

“A cobrança por economias tem como objetivo considerar o número de unidades consumidoras para equilibrar a tarifa progressiva. Por isso as contas, caso a cobrança por economias seja cancelada, tendem a aumentar”, explica a doutora Edjane. Da Assessoria

A quem interessar possa

"A saúde e o prazer são para o homem o que o sol e o ar são para as plantas."

R$ 39 milhões

Como ninguém fez a seis dezenas anteontem, o concurso 1.167 da Mega-Sena anuncia para amanhã um prêmio de R$ 39 milhões.

Calendário eleitoral

O eleitor tem 30 dias para requerer inscrição eleitoral ou a transferência de domicílio. O prazo dado pela Justiça Eleitoral termina no dia 5 de maio. Nesse período, o eleitor que mudou de residência dentro do município pode solicitar alteração no seu título eleitoral.

Chico Xavier x Lula

O filme “Chico Xavier” levou 590 mil espectadores na estreia no final de semana. Arrecadou em três dias R$ 6,2 milhões. Quase quatro vezes mais do que “Lula, o filho do Brasil”. Aliás, o filme chinfrim do presidente alcançou um recorde no feriadão: nenhum brasileiro pagou ingresso para assisti-lo.

PAU-DE-ARARA

A Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados aprovou projeto do deputado Paulo Lustosa (PMDB/CE) que proíbe o uso de veículos de carga ou mistos ("pau-de-arara") como transporte escolar.

NOIVADO

A pré-candidata do PT à Presidência da República, ex-ministra Dilma Rousseff, confirmou ontem que o PMDB será vice na chapa PT e elogiou a provável indicação do deputado federal Michel Temer (PMDB-SP) para o posto.