31 de maio de 2010

Anonimato na internet

De um blogueiro que se assina Coronel:

Hoje o decano dos blogueiros, Ricardo Noblat, investe, na sua coluna em O Globo, contra o anonimato na internet. Deveria, então, fechar a sua área de comentários que, aliás, era o que havia de melhor em seu blog, sem demérito ao seu bom trabalho de clipagem e aos raros posts da sua própria lavra, o que lhe rendeu o apelido de O Isento.

Sempre é mais fácil chamar um José Dirceu, acusado dos piores crimes contra o erário, cassado e com uma extensa folha corrida, para encher grande parte dos seus leitores de fúria e uns poucos de alegria, já que o blog do Noblat, pelos conceitos do Datafolha, publicados ontem, é majoritariamente de direita.

Ou chamar um Marcos Coimbra que, ontem, em artigo sobre o "discurso da oposição", falou uma única vez na "Dilma" e dez vezes no "Lula", mostrando o quanto é fraca a candidata da situação que ele já tem declarado eleita, sob os auspícios do blogueiro.

Difícil é, em cada post de um blog, colocar a sua opinião, o seu pensamento, já que o blog é assinado e, pela sua essência, deveria expor o que o dono pensa. O mais irônico é que o Noblat joga para cima dos "anônimos" ou das "falsas identidades" da internet a culpa pelo jogo sujo da campanha eleitoral.

Ele não está sendo oportunista, está sendo escapista. Ele, melhor do que ninguém,sabe que o jogo sujo vem sendo jogado pelos políticos e por alguns jornalistas claramente financiados pelo governo Lula, basta olhar os banners de patrocínio dos seus sites e blogs, os seus contratos milionários, a sua linha editorial.

Vem sendo jogado pelo próprio governo, que comete crime em cima de crime eleitoral, forçando a oposição a usar as mesmas armas sob pena de perder a eleição antes que a campanha, propriamente dita, comece. O jogo sujo vem sendo jogado pela máquina pública, que usa todo o seu poder econômico e político para alavancar uma candidatura oficialista e personalista.

O problema do jornalismo devidamente identificado em relação a internet dos "anônimos" é que ela incomoda. E incomoda muito. Neste blog, por exemplo e apenas como uma homenagem a todos os blogueiros anônimos, foi levantado o problema dos cartões corporativos, com a descoberta da compra da ministra Matilde no Duty Free.

Aqui foram denunciados os gastos pessoais da Família Silva, pagos com dinheiro público. Aqui foi informado em primeira mão que a candidata petista não tinha diploma de mestrado e doutorado. E foram dados uma série de "furos" que, posteriormente, foram apropriados pela grande imprensa como se fossem seus. Esta é a verdadeira bronca, pois não se tem notícia na internet de que "anônimos" ou "falsas identidades" tenham alguma vez destruído a reputação de quem tinha reputação.

Agora, contra quem tem o rabo preso, a internet anônima faz, sim, um estrago e tanto. A internet anônima e desinteressada rompe a blindagem de personagens da vida pública corruptos e desonestos, muitas vezes garantida por jornalistas amigos e companheiros. Este é o papel que os blogueiros anônimos assumiram, em tempos de uma imprensa cada vez mais aparelhada e venal.

Eles são anônimos por um motivo muito simples: não ganham dinheiro produzindo notícias e analisando os fatos, ao contrário de jornalistas, colunistas e blogueiros devidamente identificados, com os seus salários milionários, que vivem de reproduzir o que é melhor para sí, para sua imagem, para o seu business pessoal, pouco se lixando para a opinião pública.

O anonimato na internet é a proteção de muitos cidadãos brasileiros contra perseguições em suas atividades cotidianas em empresas, universidades e repartições públicas. Inclusive contra perseguições gratuitas e sem sentido promovidas por jornalistas e blogueiros oficiais. NOBLAT

Guerra com Pedro Taques faz PP vetar apoio a candidatura de Mauro Mendes

O episódio da Operação Jurupari e as constantes trocas de acusações entre o deputado federal Pedro Henry (PP) e o ex-procurador federal Pedro Taques (PDT) afastaram qualquer possibilidade de composição do Partido Progressista com a candidatura do empresário Mauro Mendes (PSB) ao Governo do Estado. Isso porque, o empresário terá na sua chapa Taques na disputa pela senatória.

“A conversa com Mauro Mendes só vai existir se o Pedro Taques estiver fora da composição”, frisou o deputado federal Pedro Henry, em entrevista ao Programa Cidade Independente (Rádio Cidade FM).

A decisão do PP em vetar apoio a Mendes enfraquece o projeto socialista. Até o momento, o empresário conta com apoio do PSB, PDT, PV e possivelmente o PPS. O empresário deverá ter o menor tempo nas propagandas e inserções na televisão durante a propaganda eleitoral. Documento

Wagner Ramos recorre ao governo por asfalto em Brianorte, Nova Maringá

Com a obra, parlamentar quer prevenção de acidentes e redução do alto índice de doenças das vias respiratórias – a 3ª causa de mortes no mundo

O vice-líder do Partido da República na Assembleia Legislativa, deputado Wagner Ramos, pediu ao governador Silval Barbosa (PMDB) e ao secretário de Estado de Infraestrutura, Arnaldo de Souza Neto, a pavimentação asfáltica das Avenidas Domingos Briante e Pedro Portilho, no distrito de Brianorte, município de Nova Maringá.

O objetivo do parlamentar, segundo indicação que encaminhou ao governo, é eliminar – de uma só vez – duas deficiências que vêm pondo em risco a saúde e a segurança da população local e de quem utiliza as duas vias: a falta de infraestrutura adequada e o alto índice de doenças das vias respiratórias.

Em sua justificativa, ele lembrou um alerta feito pelo geoquímico porto-riquenho José Centeno, do Instituto de Patologia das Forças Armadas Norte-Americanas. “A poeira carrega consigo uma série de elementos minerais e naturais prejudiciais à saúde, podendo penetrar profundamente nos pulmões”, alertou o geoquímico.

As doenças respiratórias são a 3ª causa de mortes no mundo todo, ganhando da Aids e só perdendo para as doenças cardiovasculares e os derrames. Segundo o Ministério da Saúde, a ingestão da poeira agrava problemas respiratórios, especialmente em crianças e idosos.

Ela é comparada a fumaça, gases e cigarro como agentes causadores da asma – doença crônica dos pulmões, que provoca estreitamento dos canais por onde passa o ar, causando dificuldade para respirar e chiado no peito.

“A saúde – por si só – já é uma justificativa importante, mas a pavimentação asfáltica das Avenidas Domingos Briante e Pedro Portilho, no distrito de Brianorte, também vai contribuir para desenvolvimento econômico da região e de seus moradores”, disse Wagner Ramos. Da Assessoria Parlamentar. (INFORME PUBLICITÁRIO)

Posse de mais um Secretário de Administração de Tangará da Serra

POSSE DO NOVO SECRETÁRIO DE ADMINISTRAÇÃO - Olhe com atenção para os rostos dessas autoridades presentes na posse de José Theorge Marinho (PP), na manhã de hoje em frente à prefeitura.

JACONIAS: Olhando por baixo com ares de desconfiado
KAREN LADEIA: Meio sorriso
MÃE DE LADEIA: Rosto virado
JÚLIO CÉSAR: Abrindo a boca (sonolência)
POPULAR: Cara virada
SECRETÁRIO: Discursando de cabeça baixa, microfone mal posicionado e mão no bolso
WAGNER RAMOS: Olhar disperso para o infinito
AUTORIDADES: Veja agora como as autoridades que estão por trás estão se portando nessa solenidade pública - Uns riem, outros divagam....

NOTA DO BLOG: Como dizia certo personagem de novela global: "Choquei".

Assim penso...

"O pior governo é o mais moral. Um governo composto de cínicos é frequentemente mais tolerante e humano. Mas, quando os fanáticos tomam o poder, não há limite para a opressão."

H.L Mencken

IMPOSTOS

Desde ontem os brasileiros começaram a embolsar o dinheiro que ganham com o suor do trabalho. Até o dia 28 passado foram 148 dias dedicados ao pagamento da carga tributária, uma das mais altas do mundo. O Brasil só perde para a Suécia e para a França neste quesito.

Como não tem a contrapartida do Estado em relação a serviços essenciais como saúde, educação, segurança, além de pagar seus tributos, a classe trabalhadora ainda precisa suar bastante com o objetivo de destinar parte de seus rendimentos para contratar particulares.

VERTICALIZAÇÃO

O Congresso Nacional aprovou e promulgou, em 2006, emenda constitucional que acabava com a regra da verticalização das coligações partidárias. Este ano, os partidos podem fazer coligações a nível federal e estadual com qualquer outra legenda - independentemente de programas partidários ou tendências ideológicas - nas eleições de outubro deste ano. Mesmo assim, a tendência é tentarem reproduzir as coligações majoritárias.

Ficha limpa

A cidadania deve ser exercida em toda sua extensão neste País, por isso, apoiamos o projeto Ficha Limpa.

Tabaco

O número de fumantes no mundo e no Brasil assusta as autoridades da saúde. Veja levantamento para refletir no Dia de Combate ao Fumo, que transcorre amanhã: existem cerca de 1,25 bilhão de fumantes no mundo, mais de 30 milhões são brasileiros e 16% mulheres. As leis restringindo o consumo do tabaco e as campanhas educativas têm obtido resultados modestos.

Em defesa do consumidor

A Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara dos Deputados aprovou projeto que isenta o consumidor dos custos de instalação dos equipamentos para a medição e controle da energia elétrica. O Projeto de Decreto Legislativo, de autoria do deputado federal Betinho Rosado (DEM), corrige injustiça contra o bolso do consumidor, repassando as despesas para as concessionárias.

‘Heróis’ milionários"

A Seleção Brasileira ocupou quase todo noticiário da semana. Emissoras de televisão e rádio, jornais, revistas e a internet disputaram a melhor notícia, ao mesmo tempo em que ofereceram ao telespectador-ouvinte-leitor manchetes idiotas, do tipo: “Daniel Alves de barba fura a fila para comprar bilhete” ou “videogame tem Júlio Baptista X Felipe Melo”.

Porém, nada grave para uma massa popular que parece anestesiada em ano de Copa do Mundo. Faz parte do show. Gosto de futebol.

Mais do que isso: sou louco por futebol. Teria seguido a carreira de jogador de futebol se o jornalismo não tivesse me conquistado. Melhor assim. Assisto a um jogo no subúrbio com a mesma atenção que vejo a um clássico brasileiro, europeu ou a Copa do Mundo. A emoção surge de acordo com a disputa.

Sabia que tem partida de futebol amador que mexe com a gente? Loucura à parte, não me permito a idiotice de alterar comportamento ou atitude por um evento que acontece a cada quatro anos, onde o capitalismo da bola, por 30 dias, substitui a verdadeira essência do futebol.

Noutro dia, diante das câmeras, o auxiliar técnico da Seleção Brasileira, ex-jogador Jorginho, incomodado com uma pergunta do jornalista, bradou que os jogadores da Canarinha mereciam todo o respeito da imprensa, pois iriam para a Copa do Mundo por amor à pátria e respeito à nação.

Discurso politicamente correto, afinal, num País de dependentes do Bolsa Família, o surgimento de heróis parece simples. Que o diga Pedro Bial e o seu BBB. O que Jorginho não falou, nem poderia, nem vai falar, é que os heróis da amarelinha, mais do que correr pela nação, estarão de olho na bolada milionária.

Pasme: se o Brasil conquistar o hexa, cada “herói” receberá um prêmio de R$ 1 milhão. Vou repetir: R$ 1 milhão. Um tapa na cara da pobre massa alienada que corre atrás do ônibus da seleção, vai a treinos e a hotéis para tentar, pelo menos, vê ou pegar na mão de um herói de chuteira. Essa é a parte do futebol que não gostaríamos de assistir.

Mas... O esporte da mutidão também tem suas deformidades. Infelizmente.

Secretário diz que São Joaquim do "Boche" precisa ser reintegrado a Tangará da Serra

Assessor da Sinfra, Paulo Porfírio e o presidente do PRP Dorjival Silva

Atendendo solicitação formulada por este blogueiro-colunista, o secretário municipal de Infraestrutura Paulo Porfírio (PR), esteve na manhã de sábado, em viagem de serviço em minha comunidade, Distrito de São Joaquim (distante 23 km de Tangará da Serra).

Na oportunidade, “in loco” mostrei para o secretário os muitos problemas infra-estruturais da localidade, cobrando ao mesmo tempo providências urgentes.

De imediato Paulo Porfírio se comprometeu em levar parte do maquinário até ali, para fazer o que for preciso para melhorar a face do Distrito.

Assim, ficou combinado que será realizado nesta semana, a melhoria das estradas de acesso e as ruas da comunidade, limpeza geral e pintura do meio fio das artérias.

No sábado mesmo, as estradas de acesso foram aplainadas, melhorando muito o trânsito na região.

SÃO JOAQUIM – Esse distrito de cerca de mil moradores esteve completamente abandonado pelas autoridades municipais nesses últimos anos. Esperamos que a partir deste trabalho que a Sinfra vai realizar, outras secretarias de mobilizem e comecem a desenvolver ações positivas em favor de nosso povo, tão sofrido e esquecido por décadas.

Sob as bençãos de pastor luterano, Júlio volta ao Poder

O prefeito de Tangará da Serra, Júlio César Ladeia (PR) licenciado desde dezembro de 2009, por causa de grave acidente que sofreu, retornou na manhã desta segunda-feira (31) ao comando do poder executivo municipal.

A solenidade de posse ocorreu no paço da prefeitura municipal com presença de todos os secretários, boa parte dos servidores, vereadores, dirigentes políticos, deputado estadual Wagner Ramos e a imprensa.

O pastor luterano Damir Louret fez uma oração acompanhado por todos os presentes, invocando o poder de Deus sobre Júlio César e sua equipe de governo.

Para refletir: A GLÓRIA DO ESFORÇO

Existiu no tempo de David um grande artista que se especializara na harpa com tamanha perfeição que várias pessoas importantes vinham de muito longe, a fim de ouvi-lo.

Grandes senhores com as suas comitivas descansavam, de quando em quando, junto à moradia dele, cercada de arvoredo, para escutar-lhe as sublimes improvisações.

O admirável mestre fez renome e fortuna, parecendo a todos que ninguém o igualaria na Terra na expressão musical a que se consagrara.

Em seus saraus e exibições, possuía em seu serviço pessoal um escravo aparentemente inábil e atoleimado, que servia água, doce e frutas aos convivas e que jamais conversava, fixando toda a atenção no instrumento divino, como se vivesse fascinado pelas mãos que o tangiam.

Muitos anos correram quando, certa noite, o artista volta, de inesperado, ao domicílio, findo o banquete de um amigo nas vizinhanças e, com indizível espanto, assinala celeste melodia mo ar.

Alguém tocava magistralmente em sua casa solitária, qual fora um anjo exilado no mundo.

Quem seria o estrangeiro que lhe tomara o lugar?

Em lágrimas de emoção por pressentir a existência de alguém com ideal artístico muito superior ao dele, avança devagar para não ser percebido e, sob intraduzível assombro, verificou que o harpista maravilhoso era o seu velho escravo tolo que, usando os minutos que lhe pertenciam por direito e sem incomodar a ninguém, exercitava as lições do senhor, às quais emprestava, desde muito tempo, todo o seu vigilante amor em comovido silêncio.

Foi então que o artista magnânimo e famoso libertou-o e conferiu-lhe a posição que por justiça merecia.

- A aquisição de qualidades nobres é a glória infalível do esforço.