14 de junho de 2010

Wagner Ramos pede ao governo e à TIM telefonia móvel para Brianorte

Há dois anos, em reunião com a Anatel, operadora ficou responsável pela cobertura do serviço em Nova Maringá, mas não chegou ao distrito

O vice-líder do Partido Republicano na Assembleia Legislativa, deputado Wagner Ramos, pediu ao governador Silval Barbosa e à operadora TIM em Mato Grosso a implantação da telefonia móvel no distrito de Brianorte, em Nova Maringá. Ele destacou o crescimento populacional cada vez maior na região e a abrangência sempre crescente dos serviços de telefonia em todos os cantos de Mato Grosso.

Com o propósito de “fechar’” em 100% a cobertura da telefonia móvel no estado, há exatos dois anos e meio a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e as operadoras de celular que atuam na região definiram, em Brasília, quais empresas estariam nos 53 municípios com menos de 30 mil habitantes. Até então, esse grupo não contava com o serviço de telefonia móvel. “Na ocasião, a Tim ficou responsável por nove municípios, entre eles Nova Maringá – mas não chegou ao distrito de Brianorte”, lembrou o parlamentar.

Em janeiro de 2008, representantes da Anatel esclareceram que – para atender as regiões com população reduzida – as prestadoras poderiam utilizar infraestrutura própria ou compartilhar com outras que obtiveram lotes distintos. O cumprimento das metas de abrangência em todo o país é fiscalizado pela agência.

A universalização da telefonia móvel se tornou obrigatória por conta da implantação da telefonia celular de terceira geração. De acordo com a Anatel, só em abril passado, foram registrados quase 3,100 milhões de acessos à telefonia móvel em Mato Grosso – um crescimento de 19,87% na comparação com o mesmo período do ano passado. Da Assessoria (INFORME PUBLICITÁRIO)

A cara do PRP de Tangará da Serra XII

Concluinte do curso de Direito (UNIC) o futuro advogado Divaldo Ferreira assume importante posto político em nossa sociedade. É o secretário-geral do Partido Republicano Progressista – PRP local.

VEJA OUTRAS PESSOAS ILUSTRES DE NOSSA CIDADE QUE TAMBÉM FAZEM PARTE DO PARTIDO REPUBLICANO PROGRESSISTA - AQUI

"Campo" de futebol do Distrito de São Joaquim

Clique na imagem para melhor visualização
São essas as reais condições do campo de futebol do Distrito de São Joaquim do "Boche" em nosso município. Pior que isso é alguém dizer que está ajudando o esporte dessa estimada comunidade. Que belo incentivo esse para uma juventude cada vez mais carente de políticas públicas!

Encontrando o amigo Zied Coutinho

Com Zied Coutinho e esposa

Nas festividades juninas ocorridas neste final de semana na praça dos Pioneiros em Tangará da Serra encontrei o amigo Zied Coutinho, proprietário da TV Tangará (SBT). Momento importante para colocarmos os assuntos midiáticos de nossa urbe amada, em dia.

MARINA SILVA

Com uma história de vida tão impressionante e bonita como a de Lula da Silva, a ex-seringueira Marina Silva será uma das candidatas à presidência da República.

Foca suas promessas na preservação do meio ambiente. É terminantemente contra a construção de hidrelétricas e de usinas nucleares, no entanto, não tem consegue explicar de onde virá a energia necessária para o crescente desenvolvimento do país.

Evangélica, Marina Silva (PV) é pessoalmente contra o aborto e a união entre pessoas do mesmo sexo, no entanto, diz que estas questões devem ser resolvidas por plebiscito, não pelo presidente.

Vê-se que é uma candidata altamente idealista, que, diferentemente de Lula da Silva, não quer negociar seus princípios. Pretende chegar ao Planalto sem precisar alterar seu discurso.

MP quer fim de cartéis da licitação

O Ministério Público (RN) lançou na semana passada uma campanha intitulada "Jogando Limpo - Cartel em Licitações: Dê um cartão vermelho para esse crime".

A iniciativa tem por finalidade conscientizar servidores públicos e empresários sobre os prejuízos decorrentes da prática de cartel em licitações, bem como do prejuízo à imagem das empresas flagradas nessa prática de cartel considerada crime desde 1990 e se configura por acordos entre concorrentes para fixar preços, combinar resultados, dividir mercados e fraudar o caráter competitivo de compras públicas. Correto.

Teria imensa satisfação se o MP de Tangará da Serra me informasse se já fez, está fazendo ou virá a promover algo neste sentido em nossa urbe amada.

Seli Rosa não foi demitido

O radialista Seli Rosa, que foi surpreendido na manhã desta segunda-feira (14), com o anúncio de que estaria de férias, levou um choque danado. A princípio até pensou que estaria sendo demitido de seu emprego.

Mas ainda no horário matutino, em conversa com um dos proprietários da emissora, recebeu a palavra de que retornará em breve às suas funções de apresentador.

O profissional presta há mais de ano seus serviços à Rádio Pioneira AM de Tangará da Serra.

Políticos tangaraenses participam de evento em Recife

Os vereadores tangaraenses Haroldo Lima (DEM) e Luiz Henrique (PTB) estão desde ontem, em Recife (PE). Juntamente com o secretário municipal de Agricultura e Abastecimento, Wellington Duarte (PT), participam de importante curso direcionado para o setor agrário. Muito bom.

Exclusivo: todos os parlamentares processados no STF

Veja aqui a lista completa de todos os 21 senadores e 147 deputados que respondem a ações no Supremo. Desses 168 parlamentares, o campeão de procedimentos na Justiça é o ex-governador de Roraima Neudo Campos. Mato Grosso figura na lista com cinco nomes. A matéria é do site Congresso em Foco.

Lula deve vetar reajuste de 7,7% para aposentados

Deu em O Globo

Luiza Damé:

O presidente Lula decidirá amanhã pelo veto ao reajuste de 7,72% às pensões e aposentadorias do INSS superiores ao salário mínimo, cedendo à pressão da equipe econômica.

A dúvida que persiste no governo é qual o instrumento jurídico será usado para garantir o aumento de 6,14% dos benefícios, que estão sendo pagos desde 1 de janeiro, e cumprir o acordo com as centrais sindicais e os representantes de aposentados.

"A tendência é respeitar o acordo com as centrais e fazer o veto. Essa é a tendência, mas o presidente só decidirá na terça-feira.

Vamos fazer algo que não prejudique os aposentados. Eles já estão recebendo os 6,14%" — disse o chefe de gabinete da Presidência, Gilberto Carvalho.

Para refletir - ARRISCANDO TUDO

Um homem estava perdido no deserto, prestes a morrer de sede. Eis que ele chegou a uma cabana velha, desmoronando, sem janelas, sem teto. O homem andou por ali e encontrou uma pequena sombra onde se acomodou, fugindo do calor do sol desértico.

Olhando ao redor, viu uma velha bomba de água, bem enferrujada. Ele se arrastou até ali, agarrou a manivela e começou a bombear, a bombear, a bombear sem parar. Nada aconteceu. Desapontado, caiu prostrado, para trás.

E notou que ao seu lado havia uma velha garrafa. Olhou-a, limpou-a, removendo a sujeira e o pó, e leu um recado que dizia: "Você precisa primeiro preparar a bomba com toda água desta garrafa, meu amigo. Depois faça o favor de encher a garrafa outra vez antes de partir.

O homem arrancou a rolha da garrafa e, de fato, lá estava a água. De repente, ele se viu num dilema. Se bebesse aquela água, poderia sobreviver.

Mas se despejasse toda aquela água na velha bomba enferrujada, talvez obtivesse água fresca, lá do fundo do poço. Ou talvez não. Que deveria fazer? Despejar a água da garrafa ou não ariscar e beber a água que já estava na garrafa?

Com relutância, o homem despejou toda a água na bomba. Em seguida, agarrou a manivela e começou a bombear...e a bomba pôs-se a ranger e chiar sem fim. Então, surgiu um fiozinho de água; depois, um pequeno fluxo e finalmente, a água jorrou com abundância. Para alívio do homem a bomba velha fez jorrar água fresca, cristalina.

Ele encheu a garrafa e bebeu. Em seguida, voltou a encher a garrafa para o próximo viajante. Encheu-a até o gargalo, arrolhou-a e acrescentou uma pequena nota: "Creia-me, funciona. Você precisa dar toda a água antes de poder obtê-la de volta."

DENUNCIANDO: Chuva de processos no “País de Mossoró”

BRUNO BARRETO - Jornal O'Mossoroense

Há 83 anos um grupo de mossoroenses se reuniu para impedir que o bando do cangaceiro Lampião invadisse a cidade de Mossoró. A história bem conhecida em todo o Rio Grande do Norte se transformou no espetáculo "Chuva de Bala no País de Mossoró".

Após oito décadas, já na condição de segunda cidade mais importante do Rio Grande do Norte, Mossoró volta a viver um clima belicoso. Desta vez as armas não jorram sangue, mas também têm o objetivo de intimidar como há 8 décadas. Ao todo são quase 50 processos acionados seja por advogados particulares ou pela Procuradoria-Geral do Município.

Em tempos em que a informação não tem mais como ser controlada ou censurada devido ao surgimento da Internet, a prefeita Fafá Rosado (DEM) tem apelado para outros métodos. Se não existem meios legais para exercer controle sobre a notícia como em outros tempos, a atual administração tem imposto um sistema em que só recebem verbas publicitárias as empresas que não criticam a administração municipal.

Assim, a FM 93, reconhecidamente a de maior audiência, aguarda pagamento de despesas desse porte desde junho de 2007. A emissora e o jornal O Mossoroense, mesmo ocupando posição de destaque em todas as pesquisas, são excluídos das verbas publicitárias.

Na mídia ligada ao Palácio da Resistência é clara a defesa aos interesses dos gestores municipais. Jornalistas ou políticos de oposição têm todos os passos vigiados e no primeiro deslize são agredidos ou tem o assunto superdimensionado.

Um exemplo disso aconteceu com o vereador Genivan Vale (PR) no ano passado. Conhecido por ser bem-humorado, ele fez uma brincadeira com um colega de parlamento sobre a sua sexualidade. Foi tachado de "homofóbico".

O líder da oposição Lairinho Rosado (PSB) é alvo de processo, a prefeita exige que ele explique o que significa o termo "claque".

Em ano eleitoral, a prefeita adota a estratégia de processar os veículos de comunicação que fazem críticas ao governo municipal.

Em 2008 foram mais de 40 processos contra a 93 FM e a TV Mossoró. O quantitativo foi considerado tão exagerado, que em fevereiro de 2009 o juiz da 33ª Zona Eleitoral de Mossoró, Cornélio Azevedo, condenou a coligação "Força do Povo", encabeçada por Fafá, de cometer litigância de má-fé.

Este ano já são 9 processos e 30 notificações extrajudiciais, sendo 18 em apenas dois dias, através dos programas "É Hora de Falar", "FM 7 Horas" e "Observador Político" (que também é transmitido pela TV Mossoró).

A estratégia inicial foi a de provocar a Justiça, mas a direção da emissora disponibilizou o dobro do espaço solicitado e até programas inteiros para que a prefeita ou qualquer auxiliar pudesse dá a sua versão sobre os fatos. Em nenhum momento eles compareceram.

O espaço tem sido ocupado pela leitura de notas lidas pelo locutor oficial do Palácio da Resistência, o que pode configurar improbidade administrativa. Em nenhuma das oportunidades foi expressa de maneira clara qual teria sido a crítica nem feita a desconstrução do discurso dos radialistas por meio de argumentos. Em três deles, a nota se limitou a atacar a honra dos radialistas.

Parte dos processos movidos contra a rádio tem o argumento de que o direito de resposta fora negado, o que não condiz com os fatos. A prefeita tem se negado a conceder entrevistas à rádio que a convida constantemente. Todos os auxiliares dela já usaram os microfones para falar sobre as ações do Executivo municipal.

O radialista Otávio Lopes, o "Otavinho", é alvo de processo por ter questionado a prefeita a respeito do que foi feito com o dinheiro dado pelo Bradesco em troca de ser o banco responsável pela folha de pagamento. "Entre outras obras prometeram uma na Lagoa do Mato, onde moro, e até agora não vi nada", frisou.

Outro alvo é o jornalista Carlos Santos, editor do blog www.blogdocarlossantos.com.br. O blogueiro afirma já ter pedido as contas de quantos processos responde. Em um único dia, 7 de maio, foram dez intimações. Conforme dados do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, são 23 ações.

Em texto divulgado no seu blog, Carlos analisa o problema: "No tocante aos inquilinos do Palácio da Resistência e seus asseclas, o dignóstico é de asnice natural, com contaminação por osmose. Ser burro é credencial à ascensão. "Invejo a burrrice, porque é eterna", dizia o jornalista e dramaturgo Nelson Rodrigues.

Nos processos que move contra o editor deste blog, por exemplo, Gustavo (Rosado, chefe de gabinete do Palácio da Resistância e irmão da prefeita), sua mana e alguns outros "iluminados" não aceitam ser tratados como "patota".

Preferem ser vistos como "falange" ou "facção"? É só escolher essas opções, mas grupo político não tem como ser. Não são do ramo. Nas petições, os seus advogados pinçam o vocábulo em textos desta página e procuram vender à Justiça a tese de depreciação moral e "psíquica" dos demandantes. O gênero musical "Bossa Nova" produziu "Patota de Ipanema", parceria de Vinícius de Moraes e Toquinho. Virou sucesso atemporal. Com os Rosado de agora, não cai bem. Não tem "sonoridade" adequada".

Outro blogueiro, Herbert Mota, foi acionado por conta de um comentário feito por um leitor criticando a atual administração. O presidente do Sindicato dos Agentes de Trânsito de Mossoró Vinícius Magnos é processado por conta de artigo de autoria dele em que faz críticas ao Executivo municipal.

Além disso, a categoria que ele representa foi alvo de uma lei municipal em que ficariam proibidos de fazer críticas na imprensa e até mesmo de assoviar em locais públicos. A Justiça suspendeu a validade da lei. O sindicalista Gilberto Diógenes, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Mossoró (Sindiserpum), também é alvo de ação na Justiça movida por Fafá por críticas à administração pública.

Procurador-geral do município justifica ações de Fafá

O procurador-geral do município Anselmo de Carvalho justificou as ações movidas pela Prefeitura de Mossoró como necessárias e democráticas.

Ele não soube precisar o quantitativo exato de ações movidas pela prefeita.

De acordo com Anselmo de Carvalho, o objetivo das interpelações judiciais e pedidos de direitos de resposta tem como objetivo "repor a verdade". "Não existe nada de errado em procurar o Judiciário na busca pelos seus direitos. Isso faz parte do estado democrático de direito", acrescentou.

Questionado sobre o volume de ações, Anselmo disse que elas são proporcionais ao que tem sido divulgado na imprensa local. "Pode ter havido exagero nas informações e o município não ser procurado para dar a sua versão dos fatos", justificou. Sobre esse último aspecto, ele reconheceu a atuação do O Mossoroense. "Todas as vezes que tem um assunto polêmico O Mossoroense nos procura para pegar a nossa versão e prestar esclarecimentos", destacou.

NOTA DO BLOG: Como cidadão mossoroense, estou passado de vergonha com essa situação perseguidora aos profissionais de comunicação. Graças a Deus e ao exaltado espírito democrático de nossa classe política mato-grossense, em 10 anos, quase não ouvi comentário de um profissional de impressa que tenha sido perseguido por usar de sua liberdade de expressão.

Arraiá da Serra foi sucesso de público e de organização

Multidão concentrada na Praça dos Pioneiros

Aconteceu durante todo o final de semana em Tangará da Serra a maior festa junina da região Médio Norte. O IX arraiá da serra, festa já tradicional na cidade foi sucesso total, tanto com relação ao público como na organização da festa.

Para a realização da feste deste ano, a secretaria contou com o apoio cultural do Instituto Interamérica e também do governo federal, através do Ministério do Turismo, o que deixou a festa com uma dimensão ainda maior, além de que as pessoas que compareceram puderam assistir o tradicional concurso de quadrilha e também se deliciar com as barracas com comidas típicas da época.

Durante as três noites de festa, se apresentaram diversas bandas, entre elas, Banda MDO – Mundo D Oeste, Trio Virgulino, Banda Forró Trânsito Livre, dupla Fábio e Fernando e Trio Chapahall’s. Da Assessoria

Site ficou um show

O site da coluna semanal "DESTAQUE SOCIAL", assinada por este blogueiro no Jornal Guia de Negócios, ficou um luxo.

Veja AQUI

Capacitação profissional para 300 tangaraenses

A prefeitura municipal, através da secretaria de Assistência Social em parceria com o Instituto Ágape Brasil e uma loja de móveis da cidade, estará realizando de 16 a 19 de junho, diversos cursos profissionalizantes, entre eles, secretariado, recepcionista, atendente, telefonista, operador de caixa, balconista, crediarista, primeiro emprego, vendedor lojista, telemarketing e técnico de atendimento.

De acordo com o organizador dos cursos, Vanderlei Relíquias, podem participar jovens a partir dos 14 anos de idade. Para se fazer a inscrição, o candidato deve levar dois quilos de alimentos não perecíveis, com exceção de fubá e levar todos os documentos pessoais. Não será exigido grau de escolaridade do candidato.

Segundo ainda os organizadores, as aulas estarão acontecendo no Centro Cultural da cidade e para os interessados em participar, as inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia do curso.