14 de agosto de 2010

Justiça manda retirar placas publicitárias de ruas de Tangará da Serra

A Justiça Eleitoral mandou retirar as placas publicitárias de candidatos que há dias ocupavam canteiros das principais avenidas de Tangará da Serra.

Ontem, por exemplo, não estavam mais expostas a do candidato a deputado estadual Wagner Ramos (PR). Outras, dos candidatos a deputado estadual Airto Franchini (PP) e Vagner Gouveia (PTN) e dos federais Wellington Fagundes (PR) e Neri Geller (PP) até ao anoitecer, ainda permaneciam ao olhar da comunidade.

Não se entendeu bem a razão da decisão da retirada imediata dessas placas, uma vez que as mesmas não estavam ocupando como diz a lei “...árvores e jardins localizados em áreas públicas...”.

Os canteiros das avenidas, Brasil e Tancredo Neves, por exemplo, nunca foram jardins, espaço para passagem de pedestres. Nesta cidade, tem-se o hábito histórico de o pedestre utilizar a faixa como caminho seguro. Posto, que a cidade não tem sinalização eletrônica.

A propaganda política visual que vinha sendo feita pelos candidatos por Tangará da Serra, até o presente, não ultrapassou os limites impostos pela Justiça Eleitoral.

Até agora não se viu nenhuma foto em árvores, jardins e ou lugares comuns. E acredita-se, assim deva continuar. Para o bem da democracia e do eleitorado, cada vez mais consciente de suas responsabilidades.