11 de outubro de 2010

ABSTENÇÃO

O fantasma da abstenção ronda o segundo turno da eleição presidencial. Menos pelos candidatos na disputa e muito mais por conta dos feriados que cercam a data estipulada para o pleito. Essas datas são: 28 de outubro, Dia do Servidor Público e feriado nas repartições e 2 de novembro, Dia de Finados. A eleição está num imprensado.

Data esquisita

Hoje é dia 10.10.10. Enquanto hackers prometem algumas "travessuras" na internet, os esotéricos esperam um importante alinhamento espiritual e planetário e aproveitam o horário das 10h da manhã para que a "luz se faça presente no coração da humanidade".

HOMICÍDIOS

Ministérios Públicos de todo o país iniciaram na última semana um trabalho de levantamento dos inquéritos sobre homicídios instaurados até 31 de dezembro de 2007 e que ainda se encontram em andamento.

O objetivo é mapear quantos procedimentos existem para garantir a conclusão de todos eles até julho de 2011. Todas as informações, que embasarão ação proposta pelo Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP) com o intuito de agilizar a investigação e o julgamento dos crimes de homicídio, serão cadastradas pelos gestores estaduais da meta no portal do Conselho (www.cnmp.gov.br) até o próximo dia 31.

O levantamento permitirá dimensionar o volume de inquéritos ainda inconclusos, abrindo caminho para a definição de ações regionais e nacionais voltadas à agilização e maior efetividade nas investigações.

Assim Penso

"Não é suficiente ter um espírito bom, o essencial é bem aplicá-lo".

O tititi nos municípios

Ainda no calor das comemorações dos eleitos nas últimas eleições, nos municípios ferve o tititi político em direção à sucessão municipal. O problema em alguns municípios é a tal convivência de contrários que deu o tom em muitas cidades, às eleições gerais. Em Tangará da Serra não poderia ser diferente. Nesta cidade já temos pelo menos uns quatro pré-candidatos ao palácio Tangará. Vixe.

Para refletir: A FELICIDADE

Certo mercador enviou seu filho para aprender o segredo da felicidade com o mais sábio de todos os homens. O rapaz andou durante 40 dias pelo deserto, até chegar a um belo castelo.

Nele o jovem encontrou um sábio que conversava com todos e o rapaz teve que esperar duas horas até chegar sua vez de ser atendido.

O sábio ouviu atentamente o motivo da visita do rapaz. - Quero lhe pedir um favor - disse o sábio, entregando-lhe ao rapaz uma colher de chá, onde pingou duas gotas de óleo.

- Caminhe pelo meu palácio e enquanto você estiver caminhando, carregue esta colher sem deixar que o óleo seja derramado.

O rapaz começou a subir e descer as escadarias do palácio, mantendo sempre os olhos fixos na colher. Ao final de duas horas retornou à presença do sábio.

- Então - perguntou o sábio - você viu as tapeçarias do Pérsia que estão na minha sala de jantar? Viu o jardim que o Mestre dos Jardineiros demorou dez anos para criar? Reparou nos belos pergaminhos de minha biblioteca?

O rapaz, envergonhado, confessou que não havia visto nada. Sua única preocupação era não derramar as gotas de óleo que o Sábio lhe havia confiado.
Já mais tranquilo, o rapaz pegou a colher e voltou a passear pelo palácio, desta vez, reparando em todas as belezas que lhe apareciam. De volta à presença do sábio, relatou pormenorizadamente tudo que havia visto.

- Mas onde estão as duas gotas de óleo que lhe confiei? - perguntou o Sábio.

Olhando para a colher, o rapaz percebeu que as havia derramado.

- Pois este é o único conselho que eu tenho para lhe dar, disse o Sábio. O segredo da felicidade está em olhar todas as maravilhas do mundo, e nunca se esquecer das duas gotas de óleo na colher!