6 de novembro de 2010

13º salário

Os trabalhadores brasileiros com carteira assinada devem receber até 30 de novembro a primeira parcela do 13º salário, equivalente à metade do valor total da gratificação. A segunda parcela deve ser paga até o dia 20 de dezembro, tomando-se por base a remuneração devida nesse mês.

GENÉRICOS

Vendas de genérico têm aumento de 32% no terceiro trimestre, segundo o resultado de um levantamento feito pelas empresas fabricantes dos medicamentos. Os brasileiros mais pobres estão impulsionando a venda de medicamentos genéricos no país.

Jornalistas dizem que Lula tentou cercear imprensa, mas só 21% acreditam que Dilma fará o mesmo

Izabela Vasconcelos

Os jornalistas brasileiros acreditam que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva tentou cercear, e em alguns casos até cerceou, a liberdade de imprensa. No entanto, a maioria está otimista em relação à presidente eleita Dilma Rousseff (PT) e acredita que a petista procurará garantir a liberdade de imprensa no Brasil. É o que indica uma sondagem feita pelo Comunique-se que, com metodologia científica, ouviu 100 jornalistas de Redações de todo o País.

Dos respondentes, 56% dizem que Dilma irá garantir o direito e apenas 21% dizem que a presidente eleita irá cercear a mídia. A sondagem indica que 13% dos jornalistas crêem que a petista será indiferente ao tema e 10% não souberam responder.

Governo Dilma melhor ou igual ao de Lula
Para 80% dos jornalistas, Lula fez um bom governo e a presidente eleita fará um governo melhor (32%) ou igual (31%) ao de Lula. Apenas 20% acreditam que o governo será pior. Já 18% não souberam responder.

No geral, os jornalistas têm boas expectativas para o governo de Dilma. Para 51%, a petista impulsionará a economia ou a manterá estável (41%). De acordo com 61%, Dilma diminuirá a pobreza no País. Apesar de um número pequeno, a crença de que a petista erradicará a miséria (9%) é maior do que os que dizem que ela aumentará a pobreza (6%). Outros 24% acreditam que a miséria se manterá no mesmo nível.

Propostas em último plano
Os jornalistas acreditam que os eleitores não votaram nas propostas de Dilma, mas na continuidade do governo Lula (71%), na figura do presidente (46%), contra a figura de Serra (21%) e do governo FHC (18%). Apenas 14% dizem que os brasileiros votaram na ideia de ter uma mulher na Presidência e nas propostas da petista (12%).