11 de novembro de 2010

Tangará da Serra celebrará I Semana da Cultura

No começo do próximo mês será celebrada pela primeira vez em Tangará da Serra a Semana da Cultura. Fruto de um pedido do Conselho Municipal de Cultura, transformado em projeto de Lei de autoria do vereador Roque Fritzen e sancionada pelo prefeito Júlio César, a Semana da Cultura veio a se tornar oficial no município neste ano corrente. O encerramento das oficinas culturais promovidas pelo Departamento de Cultura ocorrerá dentro da Semana. Excelente.

Vereadores situacionistas discordam em plenário

Testemunhei na sessão extraordinária realizada pela Câmara de Vereadores na manhã desta quinta-feira 11, princípio de discórdia entre os vereadores situacionistas Haroldo Lima (DEM) e Vânia Ladeia (PR).

Já ao final da tarde um colega jornalista me disse que Lima estaria meio chateado com o prefeito Ladeia.

Daí entendi o porquê do parlamentar, defensor ao extremo do executivo municipal, está tão estressado durante a sessão.

O prefeito tangaraense estaria ouvindo mais sua irmã e líder na Câmara, Vânia Ladeia. Haroldo estaria cobrando tratamento igual.

Totalmente perdida

Alguém me disse hoje que a nova secretária de Educação de Tangará da Serra está mais perdida do que deficiente visual em meio a tiroteio. Viche.

Lula diz que aumento no salário de Dilma é "justo e necessário"

Do alto dos seus 80% de aprovação popular, o presidente Lula pode dizer o que bem quiser e entender.

E ontem ele disse achar justo o aumento de salário para a presidenta eleita Dilma Rousseff.

Mais do que justo, Lula considera o aumento no salário de Dilma, "necessário".

À sombra da declaração de Lula vale arriscar.

"Ninguém tratou disso comigo", disse o vice-presidente eleito e presidente da Câmara, Michel Temer, que pelo jeito, vai ter no governo Dilma, o papel de dizer "eu não vi, não sei, não ouvi"...

E pegando carona na declaração do presidente popular Lula, em torno do aumento salarial da presidenta, o presidente do STF, Cézar Peluso, foi beeeem longe:

Quer um reajuste de 56% para o judiciário.

Pode? Com Thaisa

Tiririca sabe ler e escrever

O deputado federal eleito, palhaço Tiririca, mostrou hoje a Justiça que sabe ler e escrever. Assim, ele será empossado no cargo.

Prefeitos fazem turismo em Brasília

Os prefeitos foram a Brasília (DF), jantaram com deputados e senadores, posaram para fotos e receberam do Governo Lula nova promessa de aporte financeiro para compensar as Prefeituras pelas perdas do FPM. Trocando em miúdos, os prefeitos nada mais fizeram do que “turismo” na capital federal, sem qualquer retorno prático. E o pior: tudo bancado pelo dinheirinho do povo.

CONTROLE DA MÍDIA: Entidade pede veto sumário

Téo Meneses
Da Redação A Gazeta

A Sociedade Interamericana de Imprensa (SIP) sugere a governadores brasileiros que vetem de forma "sumária" propostas que representem qualquer controle dos meios de comunicação. A sugestão foi aprovada durante assembleia internacional da instituição na qual foi discutida a criação de conselhos de comunicação em estados brasileiros, como pretende em Mato Grosso o presidente da Assembleia Legislativa, deputado Mauro Savi (PR).

A sugestão a governadores brasileiros é uma das resoluções aprovadas na assembleia da SIP realizada até terça-feira (9) no México. A decisão deverá ser encaminhada nos próximos dias aos estados. A Sociedade Interamericana defende o veto sumário a qualquer lei que estabeleça formas de controle dos meios de comunicação ou o chamado controle social. Alega que isso pode representar risco ao acesso à informação.

Ao defender o veto sumário às propostas, a SIP citou a Venezuela, Nicarágua, Bolívia, Argentina, Brasil, Equador e Uruguai como países onde a medida pode dificultar a circulação de informações. Por isso, a entidade decidiu declarar 2011 com o ano da luta pela liberdade de expressão.

As decisões da Sociedade Interamericana de Imprensa foram tomadas depois da instituição também cobrar do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) providências para revogar a decisão que proíbe o jornal "O Estado de S. Paulo" de publicar dados sobre investigação policial contra Fernando Sarney, filho do presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), e condenar o assassinato de 14 jornalistas no México, Honduras e Brasil.

A criação de conselhos de comunicação está mais avançada no Ceará, onde a proposta já foi aprovada pela Assembleia Legislativa daquele Estado e depende da sanção do governador Cid Gomes (PSB) para ser efetivada. O mesmo ainda é discutido na Bahia, Alagoas, Piauí e Mato Grosso.

O controle social da mídia voltou a gerar polêmica anteontem, quando foi divulgada declaração do ministro Franklin Martins (da Secretaria de Comunicação Social). Ele alegou, durante o seminário internacional "Comunicações Eletrônicas e Convergência de Mídias", que o governo federal vai discutir a proposta em clima de consenso ou mesmo enfrentamento. Alega que a proposta não representa risco à liberdade de informação. Segundo ele, essa tese seria fruto de fúrias mesquinhas.

Assim penso

"Há tão pouca distância entre a felicidade e a infelicidade, que apenas as separa uma pequena sílaba e diferem uma da outra em duas letras".

Sêneca

Creche caindo aos pedaços em Tangará da Serra

O programa Balanço Geral local apresentou hoje a situação de uma creche ainda em funcionamento na Vila Araputanga, nesta cidade de Tangará da Serra.

As cenas foram chocantes.

Com infraestrutura completamente comprometida, o prédio não oferece a mínima dignidade para as crianças que ali se amontoam no dia a dia.

Ministério Público deveria agir o quanto antes em favor daquelas crianças!

Escola pública de tempo integral pode ser a saída

A campanha terminou, elegeram Dilma presidente e não encontramos uma proposta consistente em relação à educação.

A educação publica no País faliu. O método atual não funciona mais diante do quadro social atual, com as opções e ‘opções’ da TV e internet.

As aulas não despertam mais o interesse dos estudantes.

Os maiores especialistas em educação do mundo não têm dúvidas. A saída é investir em escola em tempo integral.

Chico Clemente

Acho que o ex-secretário de Infraestrutura de Tangará da Serra, engenheiro Chico Clemente, está meio chateado com alguns colegas do seu partido, o PTB.

Tanta seria a insatisfação que ele nem de longe quer mais disputar uma eleição. Isso ele falou ao blog na manhã desta quinta-feira 11.

Tristão vence o Embratel de Fotografia


Somente hoje tive acesso a foto vencedora do Prêmio Embratel de fotojornalismo. A obra que venceu foi esta acima de Marcos Tristão, do RJ.

A imagem é triste, mas retrata com maestria o quadro social que vivemos. O nobre garoto da foto me fez chorar, Tristão me fez chorar.

Tem pessoas que não gostam de ver imagens assim, porém não faz nada para reverter este quadro social a não ser esconder o rosto.

Tristes são estas pessoas. Parabéns ao Tristão pela imagem que nos conduz a uma reflexão sobre nossa existência. Do Blog de Evânio

Cortesias

Almoços e jantares grátis, cortesia dos deputados, diversão são algumas das regalias dos prefeitos quando vão à Brasília.

Prefeitos em apuros

Diferente de 2009, quando o Governo Federal socorreu os prefeitos na vigésima quinta hora, este ano não há sinalização de que virá dinheiro extra.

Tangará da Serra deverá ganhar mais duas agências bancárias

Tangará da Serra deverá ganhar em breve, mais duas agências bancárias.

Uma do Banco do Brasil que deverá ser instalada ao final da Avenida Brasil, Vila Alta.

Outra do Santander. Esperemos só mais um pouco.

Salários baixos, altas regalias

A abordagem que a coluna fez ontem dos salários do presidente e dos ministros rendeu muitos e-mails dos leitores questionando os números. A maioria acha que o salário é baixo, mas as regalias são altas.

É preciso considerar que um salário pago a um ministro de Estado no valor líquido de sete mil reais é baixo sim. Virou faz de conta, porque duvido que um executivo de alto escalão sobreviva com um salário desses.

O presidente do Banco Central, por exemplo, com salário de oito mil reais. Basta só imaginar que o gerente de uma agência bancária de município do interior ganha melhor que ele. É puro jogo de faz de conta.

A quem interessar possa

"Ou você faz por merecer ou mereça por aquilo que não fez".

Os louros da vitória

Eu vejo como a coisa mais natural do mundo que aqueles que contribuíram com as vitórias dos seus candidatos reivindiquem seus espaços nos seus governos. Afinal de contas, o pleito eleitoral não consagrou uma só pessoa, um nome, seja ele qual for.

Consagrou, isso sim, um partido, consagrou ideias, propostas e essas não são privilégio de uma só pessoa, se presume.

Daí que essas demarches para a constituição dos futuros governos a partir de janeiro, tanto em plano estadual ou em plano federal, repito, são vistas com a maior naturalidade. Certamente que cada um dos integrantes dessas forças tem lá as suas estratégias.

No plano federal, presentemente, o Partido do Movimento Democrático Brasileiro, o PMDB, na realidade uma força preponderante na eleição de Dilma Rousseff quando cedeu o nome do seu vice-presidente, Michel Temer, está montando as suas.

Há analistas políticos que identificam o PMDB como um partido com um evidente perfil fisiológico, ávido por cargos nos governos.

Eu não digo que sim, nem que não. Mas, acho que nesse momento é seu direito líquido e certo reivindicar. Qual a sua estratégia nesse instante?

Pelo que tenho lido o PMDB elegeu na presente conjuntura duas prioridades: a questão dos ministérios que vai ocupar e a preservação dos espaços no governo Dilma Rousseff.

E aí sim, virá a terceira fase, também de suma importância para a sua sobrevivência política e eleitoral, que é a eleição para presidente da Câmara dos Deputados.

Esse partido não lutou também pela eleição da Dilma, não botou até um nome para vice nessa chapa? Daí que é legítimo o seu direito de querer esses espaços. Emery Costa

Crack vira epidemia nacional

Com a epidemia de crack grassando em todo o país - estima-se que sejam 1,2 milhão de usuários -, já tem muito especialista médico advogando a volta de hospitais psiquiátricos para a contenção das crises de abstinência de quem resolver se tratar.

Essa questão e muitas outras de grande importância serão debatidas no I Seminário Nacional sobre Aspectos Médicos e Sociais Relacionados ao Uso do Crack, que será realizado no dia 25 deste mês, em Brasília. As inscrições são gratuitas e devem ser feitas pela internet: http://portal.cfm.org.br/

TURISMO RELIGIOSO

O Ministério do Turismo (MTur) vai selecionar, por chamada pública, cinco destinos turísticos do segmento Religioso.

O objetivo é estruturar a oferta de produtos de forma integrada e sustentável. Municípios de todas as partes do país poderão apresentar projetos, desde que tenham oferta turística e vocação para o segmento.

A iniciativa abrange todas as religiões sem qualquer restrição. A chamada está prevista para ser publicada até dezembro. A intenção do MTur é selecionar um destino por marcorregião, mas a escolha dependerá do atendimento aos critérios da chamada.

A vigência do projeto será de um ano. Nesse prazo, os destinos receberão apoio financeiro e técnico para formatar um roteiro turístico cada, além de produzir um catálogo em três idiomas - português, inglês e italiano.

Diário da Serra celebra 14 anos de história

Cumprimento com muita alegria toda equipe do Jornal Diário da Serra pela passagem de seus 14 anos de história em nosso município e região médio norte de Mato Grosso. Desejo aos meus amigos Mano Resk, Dona Silvana Tormes, Diego Tormes, Fabiola Tormes, Sérgio Roberto, Luciana Menoli, Lucélia Andrade, e demais, muita prosperidade. Desejo ainda ver o DS se superando sempre em sua boa qualidade editorial e coerência profissional. Parabéns!

Conselho de Cultura cobra prestação de contas à SEMEC

O Conselho Municipal de Cultura de Tangará da Serra em assembleia ordinária promovida nesta quarta-feira 10, aprovou encaminhamento de ofício à atual secretária municipal de Educação e Cultura, professora Valmira Vieira Souza Oening, solicitando prestação de contas referentes aos gastos com o setor nos dois primeiros quadrimestres deste ano.

O Conselho agiu assim, porque apesar de já existir documentos que obrigam a SEMEC a encaminhar sistematicamente relatórios apontando receitas e gastos nas atividades culturais do município, até a presente data, nenhuma informação chegou ao conhecimento dos conselheiros.

O Conselho quer saber qual foi o montante de recursos destinados para investimentos na cultura e onde os mesmos foram aplicados. Claro, com especificações nos gastos.

Vale lembrar que no ano passado o Conselho teve que esperar por quase seis meses para receber do então secretário da pasta Júnior Schleicher essas mesmas informações. E quando as mesmas chegaram, não estavam totalmente explícitas.

Escola do Antonio Conselheiro está caindo aos pedaços

Teto desabou há dias
Faltando telhas
Alunos expostos a muitos perigos
Diretor da Escola está revoltado com falta de atenção para o problema
Professora diz que situação está afetando rendimento dos alunos

Essa seguência de imagens foi reproduzida de reportagem exibida pela TV Centro América na manhã desta quinta-feira 11, no programa Bom dia Mato Grosso. Retrato do descaso.