17 de novembro de 2010

Promessas de Dilma devem custar mais de R$ 140 bilhões

Para dar conta das promessas de campanha, reafirmadas no discurso de posse, o governo da presidenta eleita Dilma Rousseff terá de desembolsar ao menos R$ 141,3 bilhões ao longo dos próximos quatro anos.

Na estimativa, entram compromissos como tirar 21 milhões de brasileiros da miséria, construir 2 milhões de moradias, 6 mil creches, 371 escolas técnicas e 500 Unidades de Pronto Atendimento (UPAs).

O custo de erradicar a miséria, por exemplo, uma das mais fortes bandeiras da sucessora do presidente Luiz Inácio Lula da Silva, seria de R$ 14,3 bilhões ao ano, ou R$ 57,2 bilhões em quatro anos.

O cálculo é do economista da FGV, Marcelo Neri, e leva em consideração somente gastos que poderiam ser feitos por meio do Bolsa Família.

Este seria o montante necessário para complementar a atual base de beneficiários do programa, que hoje atende aproximadamente 50 milhões de pessoas com R$ 13,4 bilhões ao ano, de acordo com dados do Ministério do Desenvolvimento e Combate à Fome. (iG)

Pequenos articulam “super-bloquinho" para 2011

Por Fernando Rodrigues

Grupo que tem PSB, PRB e PC do B pode contar com PDT, PV e PMN no próximo ano

Após o anúncio, ontem (16.nov.2010), de um “blocão” liderado pelo PMDB, partidos do chamado “bloquinho” (PSB, PC do B e PRB) dão os primeiros passos para também crescer em 2011.

Segundo o líder do PRB na Câmara, deputado Cléber Verde (MA), há conversas para que PV, PDT e PMN se juntem ao grupo. Uma primeira reunião entre representantes dos partidos foi feita na manhã de hoje (17.nov.2010). Apenas PMN não foi representado no encontro. Leia mais AQUI

Dilma enquadra, mas PT e PMDB adotam lero-lero

Dilma acordou e, no melhor estilo rápido no gatilho, mandou chamar Temer para por fim ao mal-estar causado pelo anúncio do blocão.

Deu a Temer a missão de enquadrar o PT e o PMDB.

O vice que entrou calado e saiu mudo da Granja do Torto reuniu imediatamente líderes do PT e PMDB para cumprir a ordem de Dilma.

- Não houve dissenso. PT e PMDB estão juntos em todas as hipóteses: nas questões da Câmara e nas questões de governo, disse Temer ao deixar a reunião com as lideranças dos dois partidos.

Temer disse que o blocão é uma intenção que será formalizada no início da legislatura em 2011.

Para mostrar que absorveu o enquadramento, o líder do PMDB, Henrique Eduardo Alves (RN), saiu da reunião dizendo que a criação do blocão será para facilitar o apoio ao novo governo e para evitar brigas por mais espaço na nova composição política.

- A pior coisa para a Dilma é começar o governo com essa divisão, que pode causar ressentimentos, sequelas entre nós. Vamos nos respeitar e fazer um pacto de não apelação, ninguém querendo se meter na seara dos outros, disse o líder peemedebista.

No rastro de Alves, o líder do PT, Cândido Vaccarezza (PT) ponderou que a legenda poderá fazer parte do blocão no futuro.

-Não tem discussão no PT sobre esse assunto. Esse é um problema que vamos resolver nos próximos dias. Essa é uma manifestação de intenção de construir um bloco no futuro, disse.

Pelo visto, Temer, Alves e Vaccarezza cumpriram o script traçado por Dilma, mas deixaram nas entrelinhas um lero-lero bem ao gosto dos políticos.

Na verdade, eles empurraram com a barriga as divergências existentes para cumprir a ordem de Dilma. Por Chico Bruno

Projeto contra homofobia foi vetado em Barra do Garças

De Barra do Garças - Ronaldo Couto

O projeto contra homofobia, movimento discriminatório a preferência sexual das pessoas, que está sendo debatido pelo país afora virou polêmica em Barra do Garças, no leste de MT, onde a proposta apresentada pelo vereador Odorico Kiko (PT) foi rejeitada por 6 votos 2. Pastores de várias denominações que são contrários à proposta compareceram na sessão e pediram que o projeto fosse retirado de pauta ou rejeitado fato que ocorreu ao final. Leia mais AQUI

MP quer punição maior para ex-prefeito de Tangará

O Ministério Público Estadual protocolou recurso de apelação ao Tribunal de Justiça para reformular sentença referente a ação civil pública movida contra o ex-prefeito de Tangará da Serra, Jaime Luiz Muraro, por improbidade administrativa. A empresa Advocacia Bridi Advogados Associados também foi citada na ação. Leia mais AQUI

Artimanhas de um acusado de tráfico de drogas em Tangará da Serra

As autoridades policiais de Tangará da Serra prenderam nesta terça-feira (16) mais um indivíduo acusado de tráfico de entorpercentes na região.
No momento de sua prisão, de acordo com a polícia, ele estaria portando cerca de 400 gramas de maconha.
O que mais chamou a atenção das autoridades é que o acusado estaria conduzindo a droga dentro de pães franceses. Como se vê na primeira foto.

Tangará da Serra culpa laboratórios de demora na entrega de medicamentos

O secretário municipal de Saúde de Tangará da Serra, Adm. Júnior Schleicher, está culpando os laboratórios pela falta de medicamentos no posto central e unidades de saúde da família. Segundo disse nesta quarta-feira (17) sua pasta já efetuou a compra dos remédios, o problema está na demora de entrega dos laboratórios. Gostaria muito que os tais laboratórios se manifestassem nesse sentido.

Homem morto a tijoladas em Tangará da Serra

Um maior acompanhado de dois menores foram presos e autuados em flagrante nesta terça-feira (16) acusados de matar a tijoladas um homem que residia no bairro Jardim Califórina.

Outras pessoas, total de 6, também estavam no local do crime. Elas também poderão estar associadas ao homicídio.

Um dos acusados, de acordo com a PM, é figura carimbada na Delegacia de Polícia de Tangará da Serra.

Jardim Califórnia

O vereador João Negão disse em seu programa de TV nesta quarta-feira (17) que a completa pavimentação das ruas da Bairro Jardim Califónria em Tangará da Serra ainda precisarão de 10 anos para ser concluídas. Êita.

Ériko Suares retorna ao comando da Administração Municipal


O advogado Ériko Suares voltou a comandar a Secretaria de Administração e Controle Interno de Tangará da Serra nesta terça-feira (16). Ele substitue José Martinho Filho, que permaneceu apenas 10 dias à frente da pasta.

Edna Campos



Registro a aleição da empresária Edna Campos à presidência da CDL de Tangará da Serra. Boa sorte, presidente!

Bullying: sugestão para Wagner Ramos e Zé Pequeno

Vou sugerir ao deputado estadual Wagner Ramos (PR) que apresente um projeto de Lei, instituindo um Programa Estadual de Combate ao Bullying nas escolas públicas e privadas do nosso Estado.

Imagino que algo precise ser feito nesse sentido o quanto antes.

Cada vez mais ouço colegas professores, e sobretudo, alunos reclamando desse problema que não pára de crescer no interior de nossas unidades escolares.

Em Tangará da Serra, falarei sobre o tema com o estimado vereador José Pereira Filho (PT).

Não aguento mais ouvir minhas filhas, por exemplo, reclamando do problema em suas respectivas escolas.

Uma delas, deverá mudar de ambiente escolar.

Abordo esse assunto sabendo que muitos pais, como eu, estão sofrendo juntamente com seus filhos esse infame mal.

Pior: sem que diretores, coordenadores e especialistas possam fazer absolutamente nada para rever o quadro instalado.

Assista a este vídeo em inglês sobre o tema e veja como o problema precisa ser levado a sério.

Para refletir

PEDRA NA ESTRADA

Havia um rei muito rico e sábio que não poupava esforços para ensinar bons hábitos a seu povo.

Uma noite, enquanto todos dormiam, ele mandou por uma enorme pedra na estrada. Pediu ao seu auxiliar para ver o que acontecia.

Primeiro veio um fazendeiro com uma carroça carregada de sementes que ele levava para moagem na usina.

Ele desviou sua carroça e contornou a pedra reclamando dos preguiçosos que deixaram a pedra ali. Logo depois, um jovem soldado veio cantando pela estrada. Tropeçou na pedra e se estatelou no chão poeirento. Enfureceu-se com os preguiçosos que insensatamente haviam largado uma pedra imensa na estrada.

Assim correu o dia. Todos que por ali passavam reclamavam e resmungavam por causa da pedra colocada na estrada, mas ninguém a tocava.

Finalmente, ao cair da noite, um jovem vinha do seu trabalho e vendo a pedra, pensou:
- Já está quase escurecendo, alguém pode tropeçar nesta pedra à noite e se ferir gravemente. Vou tirá-la do caminho.

E tentou arrastar dali a pedra, até que com muito esforço conseguiu retirá-la do lugar. Para sua surpresa, encontrou uma caixa debaixo da pedra. Havia na tampa os seguintes dizeres:
"Esta caixa pertence a quem retirar a pedra".

Ela abriu a caixa e descobriu que estava cheia de ouro. O jovem foi para casa com o coração feliz.

Com frequência encontramos obstáculos e fardos no caminho. Podemos reclamar em alto e bom som enquanto nos desviamos deles se assim preferirmos, ou podemos erguê-los e descobrir o que eles significam. A decepção é normalmente o preço da preguiça.

Assim penso

"A criatividade é o poder de conectar o aparentemente desconectado."

Devedor de serviços essenciais não terá nome incluso no SPC

A Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania da Câmara dos Deputados aprovou ontem , em caráter conclusivo, o Projeto de Lei 2986/08, do deputado Vinícius Carvalho (PTdoB-RJ), que proíbe a inscrição do nome do consumidor inadimplente de água, luz, gás, energia elétrica e telefone em cadastros de devedores como o Sistema de Proteção ao Crédito (SPC).

A medida restringe-se apenas aos consumidores de baixa renda, incluídos nos critérios da tarifa social de energia elétrica. O relator, deputado Regis de Oliveira (PSC-SP), explicou que o projeto está de acordo com a tendência moderna de não restringir o acesso à prestação de serviços essenciais.

Liberação de novas rádios comunitárias

O Ministério das Comunicações publicou na última sexta-feira, no Diário Oficial da União, aviso de habilitação para que 77 localidades, distribuídas em 18 estados brasileiros, possam receber novas rádios comunitárias.

Podem se habilitar as associações e as fundações comunitárias, legalmente constituídas, que possuam sede na região onde pretendem prestar o serviço. O prazo de inscrição e entrega de toda a documentação exigida é de 45 dias contados a partir do dia 12 de novembro.

Os formulários necessários para o cadastro estão disponíveis no site http://www.mc.gov.br/ , no item "Rádio Comunitária". A taxa de inscrição custa R$ 20,00. Mais informações pelo e-mail ssce.atendimento@mc.gov.br ou telefones (61) 3311-6294 ou (61) 3311-6592.

Portal corporativo da ANS

A Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) está desenvolvendo um novo portal corporativo e quer contar com a colaboração de todos nessa construção. Para isso, está sendo formado um cadastro de usuários que passarão a integrar um grupo de avaliadores e serão convidados a participar de pesquisas internas. Para colaborar, basta fazer a inscrição no formulário disponível no sítio eletrônico da Agência (http://www.ans.gov.br/) e aguardar contato, que acontecerá em breve.