3 de dezembro de 2010

Vereador que poderá fazer parte de nova mesa diretora votará contra "Lei da Hora Certa"

Melquezedeque Ferreira Soares

Por Dorjival Silva

O vereador tangaraense Melquezedeque Ferreira Soares (PMDB) fez nesta sexta-feira (03) uma série de afirmativas sobre sua posição parlamentar. Em entrevista exclusiva ao Diário de Tangará, ele teceu comentários sobre vários temas.

Entre eles, o projeto “Lei da Hora Certa”, eleição da nova Mesa Diretora da Câmara, sua oposição ao executivo municipal e sobre a possibilidade de instalação de uma Comissão Especial de Inquérito (CEI) para apurar denúncia de possível desvio de conduta de alguns agentes públicos do município.

Zedeca, como é mais conhecido, declarou categoricamente que votará contra o projeto de lei de autoria do promotor Renê do Ó Souza. Ele entende que o mesmo seria desnecessário, uma vez que a Justiça já dispõe de muitos instrumentos legais para impedir a presença de menores frequentando bares e outros ambientes que funcionam exclusivamente à noite.

O parlamentar acredita que se o projeto for aprovado, poderá gerar enormes prejuízos para a classe empresarial que ganha o sustento familiar trabalhando à noite. Ele comunga com o que vem sendo defendido pelos presidentes Pedro Galli e Niversino Almeida, respectivamente, presidentes do Sindicato do Comércio Varejista de Tangará da Serra (Sincovatan) e Sindicato dos Bares, Restaurantes, Pizzarias, Boates e Similares (Sindecombares).

Sobre a eleição da nova mesa diretora da Câmara de Vereadores que ocorrerá nos próximos 15 dias, garantiu que seu voto será para o atual presidente da Casa, vereador Miguel Romanhuk (DEM), caso seja candidato à reeleição. Zedeca não citou que poderá fazer parte da diretoria, caso se confirme o registro dessa chapa. Mas é certo que o fará.

Eleito com maioria dos votos da comunidade evangélica Assembleia de Deus, o vereador Zedeca, desde o início tem se mantido em oposição à atual gestão municipal. “Tenho votado de acordo com minha consciência. Se o projeto é bom para Tangará voto favorável. Quando percebo que visa beneficiar alguém em particular, voto contrário” frisou.

O parlamentar soma com mais quatro vereadores, o chamado G-5, bloco formado por, Miguel Romanhuk (DEM), Luiz Henrique Matias (PTB), Roque Fritzen (PDT) e Celso Ferreira (DEM) que faz oposião declarada a atual administração municipal. A quem venha apostando que esse grupo será a Diretoria que comandará o legislativo em 2011.

Sobre a instalação de uma CEI para apurar denúncias do Ministério Público sobre possível desvio de conduta no atual governo municipal, o vereador Zedeca disse ainda está analisado o caso. “Hoje, estaria em posição neutra”, apontou. Essa CEI poderá ser instalada nas primeiras sessões legislativas ordinárias do ano que vem.

Finalizando, o peemedebista comentou que está trabalhando muito em favor do município para em 2012, novamente colocar seu nome para apreciação popular. “Se não for eleito, voltarei a viver minha vida normal”, brincou.

Advogado André Rossi ministra nova palestra no Distrito São Joaquim

Advogado André Rossi

Atendendo convite da Associação de Moradores do Distrito de São Joaquim, neste município, o advogado André Rossi retorna no próximo domingo (05) àquela comunidade para ministrar mais uma palestra.

O evento ocorrerá a partir das 14h, no salão da comunidade, ao lado da Igreja Católica.

Na oportunidade, Rossi falará para os moradores da localidade sobre o processo de regularização dos lotes urbanos do Distrito.

O Distrito São Joaquim vem se arrastando há mais de quarenta anos (dentro da Gleba Canta Galo) sem que até o presente, ninguém tenha se tornado proprietário legítimo de onde mora, por falta de escrituração.

Na palestra serão mostrados os passos que cada morador ou toda a comunidade deverá seguir para regularizar no cartório de registros os imóveis.

O advogado aproveitará ainda o ensejo para sanar outras dúvidas de pessoas com assuntos pendentes na esfera judicial.

Criminosos cariocas podem ser os autores do assalto em Campo Novo do Parecis

A bandidagem planejou minuciosamente o assalto realizado, ontem, a agência do BB de Campo Novo do Parecis.

Informações dão conta que eles teriam desligado a torre de celular da cidade. Ou seja, toda a população ficou sem acesso à comunicação.

Com isso, eles praticaram sem muitos problemas esse assalto que pode ter sido o maior já registrado na região médio norte de Mato Grosso.

Pelo nível de ação dos bandidos, há quem acredite que o crime pode ter sido praticado por criminosos foragidos dos morros cariocas.

Bandidos podem ter levado R$ 7 milhões do BB de Campo Novo do Parecis

O assalto praticado ontem, à agência do Banco do Brasil de Campo Novo do Parecis, pode ter rendido para os bandidos algo em torno de R$ 7 milhões.

A informação ainda é extra-oficial.

A grande soma de dinheiro estaria no BB porque, de ontem para hoje, muitos pagamentos relacionados ao agronegócio, seriam feitos.

Polícias da região empenhadas para prenderem bandidos que assaltaram banco em Campo Novo

Imprecionantes as cenas registradas no assalto à agência do Banco do Brasil da cidade de Campo Novo do Parecis, ontem, pela manhã.

O poder de fogo dos bandidos era coisa inigualável. As armas eram semelhantes às usadas pela bandidagem dos morros cariocas e apreendidas pela polícia durante a ocupação realizada na semana passada.

Três pessoas ficaram feridas durante o desfexo do assalto. Uma delas, foi o delegado de polícia do município. Ele passa bem depois de receber cirurgia.

Agora a pouco, o chefe de Operações da Polícia Civil de Tangará da Serra, Juscemilson Nazário, disse ao blog que todo seu pessoal se encontra nas imediações de Campo Novo do Parecis atuando para prender os criminosos.

Nem um deles havia sido preso até esta manhã de sexta-feira (03).

VEJA UM VÍDEO PUBLICADO NA TV DIÁRIO DE TANGARÁ.

A quem interessar possa

"Não julgue cada dia pela colheita que você obtém, mas pelas sementes que você planta".

Novo alento para os municípios

Apesar da necessidade dos recursos ser para "ontem", há um alento para os municípios no ar. Na quinta-feira passada, a Câmara dos Deputados aprovou o projeto do Fundo Social e de partilha do pré-sal que trata da distribuição dos royalties.

O projeto, que rendeu mais de um ano de articulação das entidades representativas dos municípios em todo o País, institui o regime de partilha de produção na exploração do petróleo na camada do pré-sal e em demais áreas consideradas pelo governo como estratégicas.

O texto aprovado, sem alteração, é de autoria do senador Pedro Simon (PMDB-RS) e já havia sido votado pelo Senado.

A proposta aprovada redistribuiu a renda obtida com a exploração do petróleo, inclusive nas áreas já licitadas.

Inicialmente, o relatório do deputado Antônio Palocci (PT-SP) excluía a questão dos royalties, mas os deputados apresentaram destaque para que a questão fosse decidida em separado.

Após muita discussão, o destaque foi aprovado, reintroduzindo no texto do relator a questão dos royalties. Agora é torcer e pressionar para que o presidente Lula não vete o projeto.

Quem é quem na Câmara de Vereadores

As coisas agora na Câmara Municipal de Tangará da Serra estão bem delineadas. No dizer de certo "cientista político" da cidade, hoje a gente sabe quem é boi e quem é vaca, fazendo uso de um ditado popular.

Venda de antibióticos só com receita médica

Algumas farmácias e drogarias insistem em tentar desconhecer a proibição da venda de antibióticos a não ser com receita médica. A multa para quem for flagrado cometendo a irregularidade pode chegar à casa dos 1 milhão e 500 mil reais. Mas, muitos desses pontos de vendas desconhecem a determinação e seguem vendendo porque com o repasse para o consumidor eles ganham muito mais do que o valor dessa multa.

O grande lucro do Bradesco

No último trimestre verificado compreendido entre os meses de julho, agosto e setembro o Bradesco auferiu lucros que alcançaram a soma de 2 bilhões e 527 milhões de reais. Atentaram bem para os números? 2 bilhões e 527 milhões de reais. Essa é uma das anomalias da atual política econômica. Nós seguimos o raciocínio de Neno Cavalcanti, que banco é para dar lucro mesmo, mas nesse montante é inaceitável.

Ninguém morre por substituir alguns produtos de consumo

O que a gente está observando é que alguns produtos que comumente são consumidos no período natalino estão com seus preços aviltados. Tudo fruto da ganância desmedida de alguns comerciantes inescrupulosos. Então, ao consumidor não resta outra alternativa que não seja substituir esses produtos. Não vai morrer ninguém se não consumir esses produtos de preços especulados.

Concurso dos Correios

Os Correios publicaram no Diário Oficial da União edital de concurso público para cerca de 10 mil vagas em cargos de nível médio de escolaridade. Inscrições de 10 a 21 de janeiro. Se ligue!

Oito feriados nacionais e seis pontos facultativos em 2011

O Governo Federal divulgou ontem a relação de feriados nacionais e pontos facultativos de 2011. De acordo com o texto oficial, o próximo ano terá oito feriados nacionais e seis pontos facultativos. São feriados os dias 1º de janeiro (sábado), 21 de abril (quinta-feira), 1º de maio (domingo), 7 de setembro (quarta-feira), 12 de outubro (quarta-feira), 2 (quarta-feira) e 15 de novembro (terça-feira) e 25 de dezembro (domingo).