8 de janeiro de 2011

Mais de 19 mil enfrentam concurso público da prefeitura de Tangará da Serra

(Luciana Menoli) Neste domingo têm início as primeiras provas do concurso público da Prefeitura Municipal de Tangará da Serra, que dependendo o cargo pretendido começam às 8h ou às 14h. No total, foram feitas 19.782 inscrições, sendo que 7.767 foram feitas por candidatos de outras cidades mato-grossenses e de outros estados brasileiros. 56 estabelecimentos de ensino, entre escolas estaduais, municipais e faculdades receberão os candidatos em suas dependências neste domingo.

Desde a manhã deste sábado, estão chegando a Tangará cerca de 5 mil concurseiros de várias localidades, que estão apostando no concurso público pela estabilidade e pelos salários que vão de R$ 523,74, para cargos que peçam nível fundamental de escolaridade, até R$ 6.263,90, nos caso dos médicos, por exemplo. Lembrando que muitos se inscreveram para mais de um cargo, devido as provas serem em horários e dias diferenciados, pois no final de semana que vem, também no domingo (16), a maratona do concurso continua.

Das 19.782 inscrições, 19.086 são de municípios localizados em Mato Grosso, sendo 12.015 inscrições provenientes de Tangará da Serra e 2.072 de municípios da região. Dos municípios da região que mandaram candidatos, destacam-se Barra do Bugres, com 625 inscrições, seguido por Nova Olímpia, com 351, e Campo Novo, com 276. Entre os maiores municípios mato-grossenses, da capital vieram 1.763 inscrições, de Cáceres, 859, de Várzea Grande, 479, e de Rondonópolis, 241.

Tangará ainda terá a visita de candidatos dos estados de Goiás, Pará, Sergipe, Alagoas, Acre, Rondônia, São Paulo, Paraná, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Distrito Federal, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Amazonas, Ceará, Bahia e Tocantins. Os estados que enviaram mais inscrições foram Mato Grosso do Sul (205), Rondônia (141), Goiás (112) e Paraná (109), os primeiros por serem estados próximos e fronteiriços a Mato Grosso, e o quarto devido à colonização sulista e a existência de parentes na cidade ou na região. Paraíba e Sergipe concorrem com apenas uma inscrição cada um.

Compras pelos sites coletivos

Atrás de preços mais em conta, a onda agora é fazer compras pelos sites coletivos. Para especialistas a tendência veio para ficar. Já existem mais de 240 sítios de compras coletivas, desde que foi lançado o primeiro, em março de 2010.

PERIGO
O Idec faz um alerta: antes de dar o último clique e passar o número do cartão de crédito nesses sites de compras coletivas verifique se a página do sítio é segura e se o endereço começa com "https", em vez de apenas "http". O "https" evita que as informações fornecidas pelo cliente sejam visualizadas por terceiros.

Preço da comida está cada vez mais caro

Quem vai ao supermercado regularmente já percebeu que o preço da comida está cada dia mais salgado. Agora o IBGE, que monitora os preços através do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) identificou em números o problema: a inflação em 2010 foi de 5,91%, a maior desde 2004 (7,6%). Os alimentos ficaram em média 10,39% mais caros, mas o feijão subiu 51,49%, e a carne 29,64%.