13 de janeiro de 2011

Diário de Tangará convida webleitores ao debate de ideias

Das duas, uma.

Ou nossos amigos tangaraenses e mato-grossenses são pacatos cidadãos "de mais da conta", como dizem os estimados goianos, ou detestam a arte da escrita.

Os assuntos abordados por esta e outras páginas on-line no dia a dia da notícia, mereceriam uma enxurrada de comentários: de apoios ou protestos.

Cidadãos e cidadãs que residem noutras regiões do País exercem esse direito muito bem.

Diferentes, nossos amigos internautas de Tangará da Serra e do Mato Grosso, sequer postam uma linha opinando sobre os variados assuntos discutidos diariamente.

Mas por que será que em nossa cidade não se criou ainda esse saudável hábito do debate...

Nossos estimados internautas, me parecem, pacatos de mais. Algo fora do que convecionaríamos como correto.

Não quero crer que essa ausência no debate seja porque nossos webleitores não apreciam o dom da escrita. Não creio nessa possibilidade porque até já elogiei nosso povo tangaranese como possuidor de muitos saberes.

Então, como justificar a questão em foco. Sinceramente não o sei. Queria saber.

Ultimamente esta página até tem recebido COMENTÁRIOS. Mas, lamentavelmente alguns textos são indignos de publicação. A maioria deles vem destratando o editor, e o pior, sem autoria.

Continuo questionando: que tipo de pessoa seria aquela que não se sentiria honrada e privilegiada em escrever e publicar um reconhecimento ou uma dura crítica a determinado assunto e depois, orgulhosamente assinar seu nome completo...

II CONVOCAÇÃO - Convoco a todos e a todas ao bom e saudável debate. Escreva, publique, expresse seu pensamento. Seja você!

Por que o preço do etanol está tão alto em Mato Grosso

Embora as cidades vizinhas: Campo Novo do Parecis, Nova Olímpia e Barra do Bugres sejam grandes produtoras de Etanol, o preço do produto em nossa região chega a ser mais alto que em outros centro comerciais do País.

Nesta quinta-feira (13) paguei R$ 1,82 por litro do Etanol não hidratado em Tangará da Serra. Mas há postos de combustíveis na cidade comercializando o produtor por preço maior.

Para mim, esse preço exagerado é um verdadeiro assalto ao bolso dos consumidores. Algo fora de nossa compreensão. Pois, se somos nós que produzimos em larga escala esse produto, por que não pagarmos preços menores por ele...

Para se ter ideia do tamanho do aburdo que vivemos nessa região de Mato Grosso, em São Paulo um litro do etano hidratado está sendo vendido nas bombas a R$ 1,70. E o da gasolina R$ 2.38.

Queria muito que alguém me explicasse o porquê somos obrigados a pagar preço tão alto pelos combustíveis. Sendo que somos produtores, do etanol, como disse.

MEC classifica como RUIM duas universidades de Mato Grosso

O Ministério da Educação acaba de classificar como RUIM 15 instituições de nível superior.

Entre elas, duas são do Mato Grosso.

O Centro Universitário Cândido Rondon (Unirondon) e a Universidade de Várzea Grande (Univag).

Essas duas instituições, e as demais, estão impedidas de aumentar o número de matrículas e abrir novos cursos.

A medida foi tomada com base no IGC (Índice Geral de Cursos), indicador que leva em conta a nota dos alunos no Enade (exame federal) e outros indicadores como infraestrutura e qualidade do corpo docente. Ela vale até a divulgação do próximo IGC, no ano que vem.

O índice tem notas que vão de 1 a 5. São consideradas insatisfatórias as médias 1 e 2.

Veja abaixo a lista de instituições que não podem mais se expandir:

UniABC (Universidade do Grande ABC) - SP
UNIb (Universidade Ibirapuera) - SP
Unig (Universidae Iguaçu) - RJ
USU (Universidade Santa Úrsula) - RJ
Unirondon (Centro Universitário Cândido Rondon) - MT
UniverCidade (Centro Universitário da Cidade) - RJ
Unidesc (Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro-Oeste) - GO
Ciesa (Centro Universitário de Ensino Superior do Amazonas) - AM
Univag (Centro Universitário de Várzea Grande) - MT
Unorp (Centro Universitário do Norte Paulista) - SP
Unieuro (Centro Universitário Euro-Americano) - DF
MSB (Centro Universitário Moacy Sreder Bastos) - RJ
Uniplan (Centro Universitário Planalto do Distrito Federal) - DF
UniSantAnna (Centro Universitário SantAnna) - SP
Ceulm/Ulbra (Centro Universitário Luterano de Manaus) - AM

Com a FOLHA DE S PAULO on line

Líder de quadrilha que arrombava caixas eletrônicos é preso pela Polícia Civil

O jornal Folha do Estado publicou matéria hoje informando que Policiais da Gerência de Combate ao Crime Organizado, da Polícia Judiciária Civil prenderam nesta terça-feira (11), na região do CPA, em Cuiabá, Gilberto Silva Brasil, 29, o “Beto”, foragido da Justiça desde o mês de setembro de 2010. Ele é acusado de ser o líder de uma quadrilha que arrombava caixas eletrônicos na capital do Estado. Leia mais AQUI

NOTA DO BLOG: Será preciso investigar se os arrombamentos a caixas eletrônicos de Tangará da Serra são de responsabilidade dessa quadrilha.

Para refletir: A Natureza se revolta! Contra o quê? Contra quem?

A natureza se revolta! Contra o quê? Contra quem? Contra todos nós, mas quem paga talvez é o inocente que sempre se preocupou com o meio ambiente.

É culpa minha, é culpa de todos nós. A chuva não é culpada, a chuva é uma bênção, que vem sempre com data marcada, até famosa ficou nas “águas de março”, e janeiro já sabemos que é o “tempo das chuvas”. É algo anunciado, todo mundo sabe quando ela vem.

Se sabemos que ela existe e que tem data por que continuamos fingindo que podemos controlar tudo? Não respeitamos as matas ciliares, não respeitamos a cidade, jogamos lixo pela janela do carro, jogamos lixo reciclável no lixo comum, jogamos lixo nos rios!!

Temos a empáfia de achar brega o discurso ecologicamente correto. Achamos desnecessário quando nos dão lição de moral por causa de um papelzinho de bala que jogamos no chão. De papelzinho em papelzinho se faz o lixão. E aquela água toda que invadiu as casas e devastou o Rio e SP era toda feita de pequenas gotinhas. Com Dudu Próspero.

Dilma afia a faca e Ana fala de ‘reajustes’ na Cultura

(Josias de Souza) - O governo vive um conto de fadas às avessas.

Sob Lula II, tirou o gênio gastador da garrafa.

Sob Dilma I, tenta obrigar o gênio a entrar de novo.

Diariamente, as manchetes gritam previsões para o corte orçamentário.

As apostas começaram em R$ 20 bilhões. Já roçam os R$ 40 bilhões.

Foi contra esse pano de fundo que a ministra Ana de Hollanda, da Cultura, convidou os servidores de sua pasta para uma conversa.

Deu-se nesta quarta (12), num auditório do Complexo Cultural da Funarte, em Brasília. Ana franqueou os ouvidos aos presentes.

Foram ao microfone representantes de associações dos servidores de órgãos vinculados à pasta.
Entre outras coisas, pediram: plano de carreira, regulamentação de uma gratificação negociada em 2007 e melhoria dos contracheques.

Receptiva, a ministra deu razão aos oradores. Ex-funcionária da Funarte, Ana disse que conhece bem o drama salarial do ministério.

Prometeu encaminhar as reivindicações à colega Miriam Belchior, ministra do Planejamento.

“Preciso de funcionários satisfeitos, para a realização de um trabalho eficiente”, disse a ministra aos servidores.

De duas uma: ou Ana de Hollanda tropeçou numa lâmpada mágica ao chegar ao ministério ou tirou os pés da realidade.

Num caso ou noutro, conviria a Dilma Rousseff tocar o telefone para a irmã de Chico Buarque.

Se Ana tem um gênio particular, talvez se disponha a reservar um dos três pedidos de praxe à resolução da encrenca fiscal de todo o governo.

Do contrário, a presidente da República pode oferecer à sua ministra uma idéia do tamanho da faca que está prestes a descer.

MT: assaltos a caixas eletrônicos cresceram 250% em 2010

O jornal a Gazeta traz uma matéria em sua edição desta quinta-feira comentando que o número de arrombamentos em caixas eletrônicos em Mato Grosso aumentou 250% em 2010, em relação a 2009, quando foram registradas 29 ocorrências. No ano seguinte ocorreram 118 casos em 44 municípios do Estado. Cuiabá e Várzea Grande concentram o maior número dos crimes com 54 e 8 registros, respectivamente, porém a Polícia Civil alerta que a modalidade de assalto está se alastrando no interior e outros estados, por meio de "intercâmbio" entre quadrilhas de várias partes do país.

Bandidos invadem e roubam documentos da Câmara de Vereadores de Cuiabá

O blog de Romilson (RDNews) divulgou agora a pouco que durante a madrugada desta quinta (13) bandidos invadiram a Câmara de Cuiabá e levaram apenas documentos armazenados em computadores do gabinete do presidente Júlio Pinheiro (PTB). Entre os dados que se perderam estão informações sobre as contas do ex-presidente da Casa Deucimar Silva (PP). O curioso é que o furto ocorre justamente quando esses balancetes passavam por uma auditoria, iniciada em janeiro.

Vai começar a troca do RG pelo RIC

Começa na próxima segunda-feira (17) a troca da cédula de identidade (RG) pelo novo cartão do Registro de Identidade Civil (RIC) com chip e que terá um número único de registro de identidade civil disponível por meio de um cartão magnético com a impressão digital. Um só documento que deverá valer por outros como carteira de identidade (RG), CPF, título de eleitor e PIS/Pasep. O investimento do governo no processo de substituição é de R$ 90 milhões.

Vereadores são convocados às pressas para aprovar projeto de lei do executivo

A mesa diretora da Câmara de Vereadores de Tangará da Serra convocou à tarde desta quarta-feira (12) os parlamentares para uma sessão extraordinária na manhã desta quinta-feira (13).

Alguns parlamentares que estão em período de férias, e se encontravam fora do município, tiveram de retornar às pressas, como foi o caso do democrata Celso Ferreira que se encontrava em Nobres.

Ele foi comunicado por telefone por volta das 15h, sobre essa sessão. Pôs o carro na estrada e chegou à cidade às 22h. "Foi uma correria", disse em uma rádio local.

Em rápidas palavras, Ferreira comentou que a sessão teria a finalidade de aprovar, "meio a toque de caixa" projeto de lei do executivo que previa a doação de um terreno para o governo do estado.

Ele disse que o projeto até que é importante para Tangará da Serra. Mas criticou o fato de o mesmo ter chegado da forma como chegou para ser votado pelo Legislativo.

Raras informações dizem que a aprovação urgente desse projeto pelo Legislativo teria sido meio que imposta pelo executivo estadual, que teria dado prazo para receber o terreno só até nesta sexta-feira (14).

Ou seja: não recebendo a doação dessa área, até sexta, não teria como canalizar recursos para as necessárias construções, como creche e escola.

O que nos chama atenção nesse assunto é que o poder executivo tangaraense teve todo tempo do mundo para fazer esse projeto e encaminhar com mais tempo para análise dos vereadores.

Mas como já se tornou regra em Tangará da Serra, as coisas importantes também são deixadas para a última hora.

Encaminhar assim, às pressas, ficou meio inexplicável.

A puxação de saco continua

O ex-presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, foi convidado para desfilar na escola de samba Tom Maior, cujo enredo é uma homenagem à cidade de São Bernardo do Campo, palco da militância sindical do político. Conforme o presidente da escola de samba, Lula deverá ser destaque no último carro alegórico do desfile deste ano, acompanhado do prefeito de São Bernardo do Campo, Luiz Marinho, e de seu vice, Frank Aguiar.