16 de janeiro de 2011

Mãe se enforca depois de matar também por enforcamento suas duas crianças

A dona de casa Ana Santana Luciana da Silva, 20 anos, que residia na cidade de Pedra Branca, sertão central do estado do Ceará, cometeu o pior de todos os atos contra sua própria vida e de suas duas crianças, no começo da noite da última sexta-feira (14).

Primeiro, enforcou seus meninos, um garoto de dois anos e uma menininha de quatro. Depois, ela mesma se enforcou.

A tragédia, primeiro foi vista pelo pai de Luciana que comunicou em seguida à Polícia Militar. Nem mesmo a PM acreditou na tenebrosa cena que viu, disse o soldado Júlio César Lima.

Há informações de que a mulher vinha sofrendo de forte depressão.

NOTA DO BLOG: Em Tangará da Serra foi registrado fato semelhante não muito tempo passado. A mulher tangaraense, disseram à época, enciumada do ex-marido, matou suas duas meninas e depois se envenenou.

A cena foi das mais tenebrosas já testemunhadas nessa região de Mato Grosso. Com informações de Sueldo Andrade.

Luiz Bassuma: "Dilma tem discurso contraditório em relação ao tema aborto"

(José Agripino) - O deputado federal Luiz Bassuma (PV-BA), presidente da Frente Parlamentar em Defesa da Vida e candidato derrotado ao governo baiano, disse hoje, em Fortaleza, que a candidata à Presidência Dilma Rousseff (PT) tem discurso contraditório em relação ao tema aborto. Segundo ele, Dilma mudou sua opinião no decorrer do processo eleitoral e por isso deve ser punida pelo partido.

Ano passado, Bassuma foi punido pelo PT por se posicionar contra a interrupção da gravidez. Ele teria que ficar um ano sem os direitos parlamentares, segundo a Comissão de Ética da legenda. Por conta disso, decidiu se filiar ao PV. “Para ser coerente, a Dilma também deveria responder à Comissão de Ética e ser punida. Porque eles me puniram por isso”, cobrou.

Leia mais AQUI

Diga-me quem você segue no Twitter, e eu te direi quem és

Texto de Monde.fr
Tradução do francês pelo autor deste blog

Daniel Gayo Avello, não é um profiler. O cientista da computação da Universidade de Oviedo, Espanha, está desenvolvendo um algarismo que consegue desenhar em linhas gerais, o perfil de um indivíduo (sexo, idade, religião, etnia, orientação sexual ...) com base nos dados das pessoas no site de microblogs Twitter.

"Esta experiência mostra que, qualquer que seja a sabedoria de alguém em particular da rede de dados, talvez seja saber informações pessoais sobre seus " vizinhos "(ou seja, aqueles que seguem)," diz o pesquisador.

Mais um tijolo ao edifício dos que pensam que, mesmo sem derramamento na Web, nossas próprias ações online, são projetadas com precisão suficiente para conhecer intimamente a nossa personalidade. Justificar

O pesquisador espanhol estudou quase 28 milhões de tweets Inglês publicados entre janeiro e agosto de 2009 por cerca de 5 milhões de usuários.

Sua "matéria prima" foi a minibiografia de cada indivíduo deixada no local do Twitter e da lista de pessoas que se seguiu e seus seguidores.

Ele descobriu que as informações coletadas on-line sobre as pessoas, que um indivíduo é "fã" , ou "seguidor" , permitem caracterização com bastante precisão estatística.

Leia AQUI texto original

13 mil e 400 petistas controlam postos de comando no governo Dilma

Deu no jornal Folha do Estado, Cuiabá, que 13 mil e 400 postos de comando e assessoria do governo Dilma Rousseff são "administrados" por petistas.

Isso prova o que sempre pensei sobre o PT.

Sem comentários.

Nossa cultura parece andar para atrás

Matéria publicada hoje no jornal Diário de Cuiabá, nos tira todas as dúvidas de que a cultura de nosso estado, de fato, anda para atrás. Leia:

Claudio de Oliveira
Da Reportagem

Em um país cotado para assumir a quinta economia mundial e em um estado também chamado de tigre brasileiro, em alusão aos asiáticos, com crescimento de até 10% anualmente, algum setor poderia andar para trás? Sim, a cultura. Mesmo contestado pelos números brutos de incremento de 50% no orçamento da LDO, a cultura caiu em relação ao total do PIB em porcentagem.

Apesar das inúmeras manifestações de apreço pela cultura mato-grossense, apesar deste segmento exportar hoje tecnologia de inclusão social, de envolver inúmeros empregos diretos e indiretos e atuar com áreas tão transversais como a saúde, o turismo e a educação o que vemos é um aumento da demanda e um comprometimento da receita com gastos como folha de pagamento e manutenção da secretaria que até alguns anos atrás não entravam na conta do Fundo de Cultura.

A Literamérica foi aposentada. O Salão Jovem Arte abandonado. O Festival de Cururu e Siriri e o carnaval em constante ten$ão. Resolvemos perguntar a algumas pessoas e ao secretário de Cultura estadual o que poderíamos esperar para 2011.

Este retrocesso que mencionamos está presente nos números, o orçamento da cultura continua na casa dos vinte milhões o que representa percentualmente apenas 0,21% do orçamento do estado. Em uma matéria “recente” (Jan/2009) analisamos os números da cultura no triênio anterior, quando MT investiu em 2005, 2006, 2007 respectivamente 0,45%, 0,54% e 0,59% do seu orçamento na pasta. Para arredondarmos e facilitarmos a conta 0,6% do orçamento corresponderia hoje aproximadamente a R$ 67 milhões.

Conversando com o maestro Fabrício Carvalho, que inclusive foi cotado para ocupar a SEC, vemos uma luz no fim do túnel. E esta de certa forma foi a percepção dos entrevistados. O maestro salienta que: “o momento é de organizar o sistema estadual de cultura, despersonalizando, não é o Malheiros, fulano ou sicrano. É preciso ter o Plano Nacional de Cultura (PNC) como referência e construir o quanto antes um Plano Estadual”. Para o maestro, o Conselho de Cultura não pode ficar reduzido a aprovar projetos, mas também deve sentar com o governador e o secretário para discutir metas e afinar as ações estaduais com o PNC.

Hoje, continua o maestro, “o BNDES e as estatais estão com recursos para investimentos culturais, deveríamos buscar uma aproximação com a Agecopa no sentido de viabilizar ações de formação e capacitação por meio da cultura utilizando-se destes recursos, por exemplo.”

Benedito Nunes, artista plástico consagrado, tem expectativas mais modestas e acredita que “se a SEC conseguir tirar o enorme acervo que tem em seu porão e colocar no Pavilhão das Artes (Palácio da Instrução) instituindo ali uma Pinacoteca, já seria um grande feito”.

O diretor de teatro, Flávio Ferreira, que há anos labuta na área e inclusive auxiliou na luta e na redação pela lei de incentivo à cultura acredita que houve avanços significativos de 1990 para cá. Para Flávio o estado cresceu e a cultura também. “É claro que ainda temos problemas. Cuiabá é a única capital do país que não possui um teatro municipal.” Flavio crê que a cobrança aos políticos deve ser mais eficiente e que os incentivos devem ser para àqueles que não têm condição de pagar pela cultura. Para o diretor a cultura através das artes (dança, teatro, música, etc.) deve adentrar as escolas.

O produtor cultural Paulo Traven esta entusiasmado com a movimentação do setor. Para Paulo as pessoas que fazem a cultura no estado estão mais maduras e pretendem sentar com o poder público para discutir um sistema estadual de cultura para Mato Grosso. “Vejo que os recursos são pequenos para a demanda, mas mais do que dinheiro falta método e conhecimento da área”. Paulo que já foi conselheiro no biênio 2006/2007 argumentou sobre a queda brutal do segmento audiovisual que ele trabalhou. “Em 2007, o segmento teve 1,180 milhões de reais, no ano passado foram 360 mil reais”.

Todavia, o secretário estadual de Cultura João Malheiros explica que na verdade o orçamento da cultura aumentou 50%. “No ano passado a cultura iniciou o ano com 16 milhões e este ano inicia com 24 milhões” disse Malheiros salientando que dentro deste valor estão todos os custos da secretaria como folha de pagamento, manutenção dos espaços culturais e ações.

Por isso mesmo o secretário afirma que mesmo valorizando a cultura com este incremento ainda é pouco dinheiro e a sua intenção é: “preparar os projetos aqui e buscar recursos em Brasília e junto com os deputados estaduais também.”

Outra necessidade imprescindível segundo Malheiros é a aproximação com a Agecopa (740 milhões de orçamento) onde estão amigos próximos como Yuri, Roberto França, Carlos Brito, Yenês, “gente nossa que temos facilidade no diálogo para aproveitar e alavancar a cultura no estado a caminho da Copa do Mundo de 2014.”

Riva será pela 5º vez presidente da Assembleia Legislativa

O jornal A Gazeta destaca hoje em seu caderno de política que o deputado re-eleito José Riva (PP) será pela quinta vez, presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Leia texto:

Após vários meses de negociação, o deputado estadual eleito para o 5º mandato, José Riva (PP), será eleito no dia 1º de fevereiro presidente da Assembleia Legislativa também pela 5ª vez. O parlamentar já conseguiu aval do Partido da República (PR) que tem 6 deputados e do próprio partido que controla 5 cadeiras.

Com 4 parlamentares, o PMDB do governador Silval Barbosa não oferece resistências ao nome de Riva e já decidiu apoiá-lo. O mesmo se repete com a bancada do DEM composta por José Domingos Fraga e Dilmar Dal Bosco, formando assim a vontade da maioria para ser conduzido ao posto máximo do Legislativo. Embora não seja confirmado oficialmente, nos bastidores já é dada como certa o retorno de Riva à presidência e à uma participação dos 8 novatos na Mesa Diretora.

Os republicanos Sérgio Ricardo e Mauro Savi, antes pretensos candidatos a presidência da Assembleia Legislativa, já aceitaram outras atribuições na Mesa Diretora.

Sérgio será 1º secretário, ou seja, vai ter a missão de ordenar as despesas do Legislativo juntamente com o chefe do Poder. Por imposição da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF), o Legislativo recebe mensalmente 1,73% das Receitas Correntes Líquidas (RCL) do Estado, o que corresponde a uma média de R$ 18 milhões.

...

Correios prorroga prazo para devolução de taxas

O prazo para candidatos inscritos no concurso aberto pelos Correios solicitarem a devolução dos valores referentes ao pagamento da taxa de inscrição foi prorrogado. Até 11 de abril, os candidatos devem comparece a uma agência dos Correios para receber o valor referente a inscrição do certame, que variava de R$ 30 a R$ 60.

Atenção: inscrições para o Prouni começam dia 19

Iniciam na próxima quarta-feira, 19, as inscrições para o Programa Universidade para Todos (ProUni). Os interessados em concorrer a uma bolsa em instituições privadas de ensino superior deverão se inscrever pelo site do MEC até o dia 21 deste mês.

Pagamos exatamente 85 tipos de impostos; pode, uma coisa dessas?

Muito se fala da enorme carga tributária brasileira, que é uma das maiores do mundo. Mas sabe quantos impostos, taxas e contribuições o brasileiro é obrigado a pagar? Exatamente 85. Dos 12 meses do ano, o cidadão trabalha cinco somente para pagar os tributos cobrados pelos governos federal, estadual e municipal.

Tangará da Serra perdeu quanto por falta de envio de projetos aos governos

Gostaria muito de saber quanto o município de Tangará da Serra deixou de receber dos governos federal e estadual nos últimos anos, por falta de elaboração e envio de projetos.

Minha curiosidade é por ouvir muitas pessoas comentando que nosso município não tem sido hábil quando o assunto está relacionado a envio de projetos que visam atrair recursos para investimentos em seus vários setores.

Queria muito que Educação, Saúde, Turismo e Meio Ambiente não tivessem sido prejudicadas por causa de relaxamento dos atuais gestores da municipalidade.