15 de fevereiro de 2011

CEI é o assunto do dia em Tangará da Serra

A população tangaraense não comenta outro assunto desde ontem, senão a confirmação da abertura de uma Comissão Especial de Inquérito - CEI e a eleição de parlamentares na sessão desta segunda-feira (14) para conduzí-la nos próximos meses.

Hoje, ao meio dia, em entrevista a um canal de televisão local, o presidente da Câmara, Miguel Romanhuk, disse que a CEI expressa a vontade da maioria da população.

"De mamando a caducando, todos querem que as denúncias formuladas pelo Ministério Público estadual apontando suposto desvio de conduta de agentes públicos do município sejam devidamente apuradas", disse Romanhuk.

O presidente comentou ainda que a CEI não pode ser peça para impor medo a quem não deve. "Aqueles que não devem, não precisam temer", frisou.

De fato, a Comissão investigativa composta pelos vereadores - Pres. João Negão (PMDB), Relator José Pereira Filho (PT) e o membro Zedeca (PMDB) não deve ser motivo de preocupação aos possíveis inocentes.

Mas, em todo caso, os citados precisam preparar bem suas defesas para momento oportuno. Porque pelo jeito como nasceu essa CEI, ficou mais que provado que ninguém está de brincadeira.

Pelas ruas e avenidas tangaraenses há apostas diversas. Os mais precipitados até já creem que verão pelas costas os atuais ocupantes do poder executivo muito mais cedo que o esperado.

É claro que isso não é bem assim. Não se cassa um prefeto do dia para a noite. A Justiça não age apenas baseada em falácias. Sem contundentes provas ninguém será condenado.

Êis o grande desafio da CEI: provar de forma irrefutável quem é inocente e quem é culpado.

Boa sorte!

Silval e Daltro têm contas aprovadas pelo TRE

Por cinco votos a um, as contas da campanha à reeleição do governador Silval Barbosa (PMDB) foram aprovadas na tarde desta segunda-feira (14) pelo Pleno do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT). O único a votar contra foi o relator do processo, juiz Jefferson Schneider, que já havia emitido parecer contrário há vários dias, mesmo antes do julgamento ser adiado por várias vezes, até entrar na pauta desta segunda-feira. A Gazeta

Carnaval na Praça dos Pioneiros

A coordenadoria de Turismo de Tangará da Serra se mostrava bastante otimista nesta segunda-feira (14) quanto à realização do carnaval na Praça dos Pioneiros.

João Almeida disse à página que estava aguardando uma decisão judicial sobre solicitação protocolado no fórum ainda na semana passada.

Ainda nesta manhã, saberemos se teremos ou não a realização da festa de momo no referido logradouro.

Acho que paguei 'gato por lebre'

Desconfio que o combustível posto em meu carro nas duas útimas vezes em que o abasteci, em certo posto da cidade, não estava puro cem por cento. Em uma semana, o veículo não cessou de apresentar problemas.

Em tempo: queria muito saber se os órgãos responsáveis pelo setor fazem fiscalização sistemática nesses postos de combustíveis de Tangará da Serra.

Eleitores faltosos têm até 14 de abril para regularizar situação

Até o dia 14 de abril, os eleitores que não votaram e não justificaram a ausência nas três últimas eleições podem regularizar a sua situação perante a Justiça Eleitoral. Para isso, basta para comparecer ao cartório eleitoral mais próximo. Segundo levantamento da Justiça Eleitoral, no Estado mais de 15 mil estão nesta situação e podem ter o seu título cancelado, caso não busquem a regularização no prazo determinado.

Oposição promete brigar por mínimo de R$ 560

A votação do projeto que fixa o valor do salário mínimo para 2011 deve pautar as discussões na Câmara dos Deputados nos próximos dias. O Executivo encaminhou a mensagem com o projeto de lei sobre o salário mínimo, no valor de R$ 545 e a política de reajuste do mínimo, até 2014, com base na inflação do ano anterior e a variação do Produto Interno Bruto (PIB) dos dois anos anteriores. No entanto, a oposição promete brigar por uma quantia maior. Enquanto DEM e as centrais sindicais querem R$ 560.