11 de março de 2011

Presidente nacional do PRP vem a MT para discutir reestruturação do diretório estadual

Dr Ovasco Resente - Presidente Nacional do PRP

E Dorjival Silva se encontram
na próxima semana

Presidente há mais de dois anos da Comissão Executiva Provisória do Partido Republicano Progressista - PRP de Tangará da Serra, o professor Dorjival Silva tem encontro agendado com o presidente nacional da sigla, Dr. Ovasco Resende, na próxima semana.

A reunião entre ambos, que anteriormente estava prevista para acontecer em São José do Rio Preto (SP) foi transferida nesta sexta-feira (11) para Cuiabá.

Litro de gasolina está sendo vendido por R$ 16 em Colniza

Moradores do distrito de Guariba, em Colniza, a 956 km de Cuiabá, denunciaram a TV Record que pessoas da comunidade, ao constatarem o isolamento da localidade por conta dos atoleiros e pontes submersas, adquiriram e armazenaram gêneros alimentícios e combustíveis e que estariam sendo comercializados a valores absurdos. O litro da gasolina do diesel chegaria a R$ 16,00.

Tangará caiu 303 lugares no ranking nacional de desenvolvimento

11/03/2011 - 17h31
Diario da Serra

O Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM) de 2010, apontou que Tangará da Serra caiu 303 colocações em relação ao mesmo índice divulgado em 2009. O levantamento é coordenado pela Federação das Indústrias (FIRJAN) e tem como objetivo monitorar anualmente o desenvolvimento sócio-econômico dos municípios. Emprego e renda, educação e saúde constituem as três esferas contempladas pelo IFDM, todas com peso igual no cálculo para determinação do índice de desenvolvimento dos municípios brasileiros. Leia mais AQUI


Ladeia diz que não vai perder sono por auditoria da Câmara

Por Ana Adélia Jácomo

O prefeito de Tangará da Serra, Júlio César Ladeia (PR), garante que não vai perder "um minuto de sono" devido à Comissão Especial de Investigação (CEI), instaurada pela Câmara, que visa apurar supostas irregularidades na contratação do Instituto Idheas, que foi apontado como um dos operadores de desvios de recursos do Fundo Nacional da Saúde (Funasa), conforme levantado na operação Hygeia, desencadeada pela Polícia Federal.

Leia mais AQUI

Só 25% confiam no governo federal

A maior confiança da população brasileira é nas Forças Armadas (60%). 56% confiam na Igreja. A menor confiança é no Governo Federal, 25%.

STF vai decidir mérito

A expectativa é grande para que o STF decida sobre o mérito dos suplentes. O assunto deverá vir a plenário para uma decisão final. Caso a vaga pertença ao partido, nada menos que 22 deputados perdem os mandatos.

Governo de Israel oferece curso para policiais brasileiros

Colhi no site do Ministério da Justiça que integrantes da Força Nacional de Segurança Pública, policiais federais, rodoviários federais, civis, militares e bombeiros militares, dentre outros agentes de segurança pública, já podem se inscrever no curso Polícia e Comunidade, que está sendo oferecido pelo governo israelense e pela Organização dos Estados Americanos (OEA).

Não vale choradeira

A primeira parcela do FPM de março foi depositada nas contas das prefeituras com uma queda de 37% em relação ao primeiro decêndio de fevereiro. Mas, não é problema. Como quase todas as prefeituras do MT promoveram carnaval com dinheiro público, acredita-se que os cofres estão cheios e preservados.

Cinco pontos para quem fez primeira fase do exame da Ordem

O Ministério Público Federal (MPF) solicita ao Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) a concessão de cinco pontos para todos os candidatos que prestaram a primeira fase do Exame de Ordem realizado em fevereiro. A proposta é compensar a falta de questões relativas a direitos humanos previstas em resolução do conselho, mas que não foram incluídas na prova.


Preço dos medicamentos ficará até 6% mais caro.

A partir do próximo mês, o preço dos medicamentos ficará até 6% mais caro. O governo autorizou reajuste no valor dos remédios para o dia 31 de março. O aumento valerá para a maior parte dos medicamentos usados no país, como antibióticos e anti-inflamatórios.

Chega a 33 o número de recursos sobre a Lei da Ficha Limpa

Com o recurso impetrado pelo candidato Marcelo Miranda (PMDB-TO), chega a 33 o número de recursos sobre a Lei da Ficha Limpa a ser julgado pelo STF. Atualmente, tramitam na Corte 26 recursos especiais e três agravos contra decisões do TSE. Outros três casos que chegaram ao STF já tiveram desfecho, todos com o agravo negado pela Suprema Corte.