8 de abril de 2011

Handebol juvenil tangaraense participa de campeonato em Primavera do Leste

Começa hoje, em Primavera do Leste, o campeonato mato-grossense de handebol juvenil. Equipes de Tangará da Serra, Cuiabá, Sorriso, Rondonópolis, Campo Verde, Água Boa e de Primavera estão na disputa. As partidas começam, a partir das 19h, em dois ginásios.

Amanhã, haverá jogos entre 8h e 22h e, no domingo, até às 17h. Conforme anunciado, os times masculinos serão divididos em duas chaves, já as meninas jogam em um grupo único.

Hoje, a abertura deve ser feita entre Primavera e Campo Verde, pelo feminino e, entre os donos da casa e Água Boa, no masculino.

Lideranças do PRP se reúnem neste sábado na Câmara de Vereadores

O diretório municipal do Partido Republicano Progressista – PRP de Tangará da Serra promove uma reunião com suas lideranças políticas, neste sábado, 09, a partir das 9h30, no plenário Daniel Lopes da Silva, Poder Legislativo local.

De acordo com o vice-presidente estadual da legenda, professor Dorjival Silva, a reunião marcará o início de uma série de encontros que serão realizados mensalmente em Tangará da Serra e nas demais cidades pólos do interior de Mato Grosso.

“Começamos com as reuniões regionais por Tangará da Serra por ser a minha cidade e também pelo fato de respondermos pela sigla nesse município”, disse Silva.

Nesses encontros, de acordo com o republicano, o partido quer conhecer as lideranças dispostas a assumirem pré-candidaturas, especialmente nas proporcionais. “Sabendo quem colocará o nome para avaliação primeiro interna e depois externa, ficará muito mais fácil para iniciarmos a condução do partido rumo ao pleito eleitoral de 2012”, frisou.

Dorjival Silva garante que o PRP, por já ter assumido que atuará à medida do possível no processo eleitoral vindouro, após essa reunião do próximo sábado, não cessará mais o seu trabalho de estruturação partidária até chegar às eleições. Da Assessoria

Fim da prisão especial para portadores de diplomas de nível superior

O Plenário do Senado aprovou o fim da prisão especial para os portadores de diplomas de nível superior, a detentores de cargos e também de mandatos eletivos, entre outros. Com a mudança, a prisão especial só poderá ser concedida quando houver necessidade de preservação da vida e da integridade física e psíquica do preso, reconhecida pela autoridade judicial ou policial. O projeto segue para a sanção presidencial.

Dois em cada três senadores têm algum parente na política

Fiquei sabendo que dois em cada três senadores têm algum parente na política. Dos 85 parlamentares que exerceram o mandato este ano, entre titulares e suplentes, 56 são filhos, netos, pais, irmãos, sobrinhos, tios, primos, cônjuges ou ex-cônjuges de políticos. Em dez estados, todos os três senadores são familiares de políticos: Alagoas, Maranhão, Paraíba, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Sergipe, São Paulo e Tocantins.

Professor em sala de aula, não me sinto mais seguro junto com meus alunos

O caso do homem que entrou em uma escola do Rio de Janeiro e atirou contra alunos em salas de aula lotadas, deixando 13 crianças mortas e outras 13 feridas, gerou uma revolta nacional.

O episódio é mais um denunciante do quanto a vida está sendo desvalorizada. Atualmente, mata-se por qualquer bagatela, por uma briga à toa e até sem motivo algum, só por matar. É muito triste constatar essa realidade, que tende a piorar.

Horas após o assassinato coletivo, a presidenta Dilma Rousseff falou sobre o episódio e se emocionou. Eu também fiquei muito emocionado.

 Ela manifestou repúdio ao crime cometido contra crianças e decretou luto oficial de três dias pela morte das crianças da Escola Municipal Tasso da Silveira, em Realengo, na zona Oeste do Rio de Janeiro. As bandeiras em frente ao Palácio do Planalto ficarão hasteadas a meio-mastro.

Professor em sala de aula, não me sinto mais seguro junto com meus alunos. Até já pensei em ministrar minhas aulas de portas e janelas trancadas.

Estou revoltado com a insegurança em nossas unidades de ensino pelo Brasil afora. Que nossas autoridades começem a enxergar melhor o assunto.

Noutra postagem, defendi a instalação de câmeras de de vídeos em todos os cantos de nossas escolas, inclusive nas salas de aula.

Maria da Penha não se aplica aos casos de homens agredidos por mulheres

A Lei Maria da Penha não se aplica aos casos de homens agredidos por mulheres. Parece óbvio, mas recentemente um homem do Rio Grande do Norte que alegou ter sido agredido por sua ex-companheira, entrou com uma ação penal pedindo a aplicabilidade da lei no caso. No entendimento do Tribunal de Justiça, como a vítima é pessoa do sexo masculino, não se pode aplicar a Lei Maria da Penha. Nesses casos, as ações penais contra as mulheres agressoras são de competência do Juizado Criminal.