17 de abril de 2011

Deputado do PDT que rejeitou mordomias cria inimigos na Câmara


José Antônio Reguffe (PDT-DF)
"Eu quero falar sobre as minhas propostas. As propostas." Deputado proporcionalmente mais votado do país aos 38 anos de idade, José Antônio Reguffe (foto), do PDT-DF, quer evitar rótulos depois de já ter se tornado um incômodo para vários colegas. Novato na Câmara, abriu mão de uma série de benefícios, de forma irrevogável e sem precedentes. Defensor da austeridade no Congresso, onde é chamado de demagogo e de Dom Quixote por (muitos) adversários, ele cobra mais ousadia nos cortes de gastos públicos do governo da presidente Dilma Rousseff.

Com mais de 266 mil votos, ou 19% dos eleitores no Distrito Federal, o economista carioca ganhou destaque na Câmara Distrital durante o escândalo que levou à queda do então governador, José Roberto Arruda. Lá, tomou medidas semelhantes às que adotou no Congresso Nacional no início de seu primeiro mandato. Abriu mão dos 14º e 15º salários, rejeitou a cota de passagens aéreas, fixou em nove o número de assessores de gabinete –poderiam ser 25–, e descartou receber qualquer verba indenizatória até o fim do mandato.

Suspeito de integrar quadrilha de roubos de caixas eletrônicos é preso em Tangará da Serra

Fonte: Polícia Civil

Suspeito de integrar uma quadrilha de roubos a lojas e caixas eletrônicos, Junio Menino dos Santos Lira, 30 anos, foi preso na companhia de seu filho adolescente por policiais civis de Tangará da Serra, no sábado (16.04).

O suspeito fugia da cidade em um Golf preto. Ao ser abordado pelos policiais disse que se chamava José Eduardo Santana Lira, 32, e o menor que o acompanha era seu sobrinho. Em checagem aos dados da identidade apresentada, os policiais descobriram que se tratava de Junio Menino dos Santos Lira, e o menor seu filho legítimo.

Operação da Civil prendeu 80 acusados em Cáceres, Pontes e Lacerda e Tangará da Serra

Fonte: Polícia Civil

Em 10 dias de operações realizadas nas regiões Sul, Oeste e Médio-Norte de Mato Grosso foram efetuadas 167 prisões, de um total de 90 ordens judiciais (busca e prisão, cumpridos pelas delegacias da Polícia Judiciária Civil do interior. Os suspeitos foram autuados na maioria por tráfico de drogas, roubo, furto, receptação. Outros estavam com mandados de prisão em abertos, decretados durante investigações. Também houve prisões por latrocínio, exploração sexual infanto-juvenil, homicídio e crime ambiental.

Na operação denominada “Fronteira”, iniciada no dia 6 de abril e finalizada na sexta-feira (15) passada, nas regionais de Cáceres, Pontes e Lacerda e Tangará da Serra, os policiais prenderam 80 pessoas, sendo lavrado 47 autos de prisão em flagrante, e apreenderam 4,3 quilos de drogas, 10 armas de fogo, 11 veículos, R$ 1.165 em dinheiro e vários produtos.

É dramática situação da educação pública de Mato Grosso

Esc. Est. Antonio Hortolani
Tangará da Serra
é um exemplo
80% DAS ESCOLAS PÚBLICAS ESTÃO SUCATEADAS
Cerca de 80% das 730 escolas estaduais de Mato Grosso funcionam em prédios velhos e que precisam de algum tipo de manutenção. A rede elétrica é precária e não suporta a instalação de equipamentos eletrônicos como computadores e ar condicionados. Em alguns casos o produto fica encaixotado à espera de investimentos na estrutura física. Professores e alunos ficam expostos ao risco de curto-circuito e incêndios.

40% DOS JOVENS FORA DA ESCOLA
Quarenta por cento dos jovens entre 18 e 24 anos de Mato Grosso não frequentam a escola, apesar de não possuírem Ensino Médio completo. A distância do ambiente escolar aliada aos índices crescentes de mortes por causas externas (homicídio, suicídio, acidente de trânsito, envenenamento) jogam luz sobre esta importante parcela da sociedade, que também enfrenta dificuldades na inserção do mercado de trabalho. Levantamento realizado pela Secretaria de Planejamento (Seplan), e que será fonte para a redação do Plano Plurianual (PPA), documento balizador para o governo do estado no período entre 2012 e 2015, aponta que este retrato da juventude existe por falta de políticas públicas.

80% DOS JOVENS NÃO ENTRAM NAS UNIVERSIDADES
Apenas 20% dos jovens de baixa renda estão aptos a candidatar-se à uma universidade no Estado. A expectativa reduzida de ascensão é o que termina por "matar" a juventude, na opinião do gestor governamental da Seplan e mestre em economia, Edmar Vieira. Responsável pelo levantamento de dados, afirma que o trágico desenho é atrelado à ausência de políticas, principalmente educação. Para o promotor da Infância e Juventude, José Antônio Borges, o ensino médio não atende a demanda da juventude. A falta de professores em disciplinas e a desmotivação explícita deles, são "ingredientes" do desprestígio do setor.

Fonte: A Gazeta

Nilson Leitão assume comando regional do PSDB

Ex-prefeito de Sinop, Nilson Leitão, será homologado presidente regional do PSDB em convenção do partido, hoje, a partir das 9h, no Hotel Paiaguás, em Cuiabá. Ele substitui a ex-deputada federal Thelma de Oliveira. A legenda, que integra o Movimento Mato Grosso Muito Mais, junto com os idealizadores do grupo, o PDT, PPS, PV e PSB, lançará bandeira pela intensificação da "oposição ao governo Silval Barbosa".

Trinta e sete mil eleitores de Mato Grosso terão o título de eleitor cancelado

Trinta e sete mil eleitores de Mato Grosso terão o título de eleitor cancelado por não votar nas últimas 3 eleições e nem justificar a ausência. O prazo encerrou na quinta-feira (14), período em que apenas 1,8 mil pessoas atenderam convocação da Justiça Eleitoral.

Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas

Devido à popularização do termo “bullying” e seus efeitos, o deputado federal Artur Bruno (PT) apresentou projeto de lei instituindo o Dia Nacional de Combate ao Bullying e à Violência nas Escolas. Pela proposta, o dia 7 de abril seria dedicado às discussões e debates sobre o tema. A data foi escolhida em alusão ao episódio da morte de doze crianças ocorrido no referido dia.

Fim da contratação de funcionários terceirizados na administração pública

Um projeto de lei proposto pelo senador Walter Pinheiro (PT) pede o fim da contratação de funcionários terceirizados na administração pública direta e indireta. As exceções, segundo a matéria, seriam obras, serviços de natureza eventual e coleta e processamento de lixo reciclável, unicamente no caso de existência de cooperativa formada em benefício dos trabalhadores.

Falso filho do dono da Gol é inocentado de crime por juiz criminal de Tangará da Serra

Magistrado não viu materialidade
 na participação
 de acusado no carregamento de droga
flagrado em MT

Por ADILSON ROSA

Considerado um dos maiores estelionatários do Brasil e que já virou “celebridade”, Marcelo Nascimento da Rocha foi inocentado da acusação de associação ao tráfico de drogas pelo juiz criminal de Tangará da Serra, Marcelo Sebastião de Moraes. O caso ocorreu em setembro de 2001 em Barra do Bugres quando a polícia apreendeu cerca de 180 quilos de cocaína. Na ocasião, Marcelo foi preso em Rio Branco (AC) acusado de fazer o transporte da carga de entorpecente. A decisão foi proferida na última sexta-feira à tarde.

Marcelo ficou conhecido nacionalmente devido o fato de ter se passado pelo filho do dono da Gol Linhas Aéreas no famoso carnaval fora de época Recifolia enquanto estava em um dos camarotes de maior status do evento. Com tantos golpes aplicados, Marcelo escreveu o livro “Vips Histórias Reais de um Mentiroso”, que foi adaptado e virou filme. A vida do golpista é relatada no filme Vips que esteve em cartaz em todos os cinemas do Brasil, inclusive em Cuiabá, estrelado pelo ator Wagner Moura no papel principal.