6 de maio de 2011

UNIC realiza 1º Fórum de Sustentabilidade em Tangará da Serra

No dia 21 de maio, a partir das 14h, estudantes de Tangará da Serra estarão reunidos no Bosque Municipal para promover um encontro de reflexão sobre um tema da atualidade e em voga no cenário mundial: a sustentabilidade. Durante o evento, os alunos buscarão por meio do intercâmbio de ideais soluções práticas em benefício da comunidade.

O primeiro fórum realizado na região contará com uma palestra ministrada pelo fundador do grupo Pensamento Verde, Felipe da Silva Denz, e um ciclo de debates. “O projeto oferece uma atividade complementar em que o acadêmico poderá, além de adquirir conhecimentos relacionados à administração responsável e sustentável, gerar integração com os pares e contribuir com ações estratégicas de sustentabilidade”, explica o coordenador do curso de Administração da UNIC, Julio Cesar Gomes da Silva.

Taques recebe documento que aponta baixo índice de IDH também em Tangará da Serra

Vários municipios da região médio norte de Mato Grosso vivem em situação de miséria por causa de vários fatores que vão da falta de oportunidades, investimento público e domínio do latifúndio. São cidades como Nortelândia, Alto Paraguai e Arenápolis, onde é crescente a prostituição infantil, o consumo de álcool e drogas, além de suícídio e transtornos mentais.

"Não aguentamos mais sermos explorados por grandes potências, enquanto o IDH da região é um dos mais baixos de Mato Grosso, o desemprego é alarmante, muita prostituição infantil, o consumo de álcool e outras drogas passa do limite e o índice de transtorno mental e de suicídio é um dos mais altos do país", relata documento elaborado por representantes de Nortelândia, Arenápolis, Santo Afonso, Novas Marilândia, Denise, Nova Olímpia, Barra do Bugres, Tangará da Serra, Alto Paraguai, Diamantino e Nova Mutum.

As aparições de Jolando na mídia tangaraense

O presidente da APAE de Tangará da Serra, Rubens Jolando, vem aparecendo sistematicamente em capa de revistas, colunas sociais, notas, notícias impressas e em reportagens de rádio e televisão.

Ainda não sei se é isso mesmo que ele quer: ter sua imagem difundida entre as massas. Se bem que nem todo veículo de comunicação chega a elas.

Mas, na hopótese de ser proposital essa quantidade de aparições na mídia, nós que a compomos no dia a dia sabemos para qual finalidade é feita. 

É praxi. Geralmente quando uma pessoa investe pesado em aparições, é porque tem a pretenção de disputar algum cargo político. E como nós sabemos, cargo público é ratificado pelo eleitor.

Ainda não ouvi de Jolando se ele abriga o desejo de disputar algum cargo público em nosso município. Mas se de fato pretende lançar nos dias vindouros o seu nome para 'julgamento' popular, está no caminho certo ao divulgar bastante sua imagem.

É pura ilusão pensarmos que somos totalmente conhecidos. Neste quesito, a mídia oferece grande janela para quem quer de alguma forma iniciar um diálogo com o povo.

Mas isso não é tudo. Dinheiro e Mídia até que ajudam. Mas numa eleição o que mais conta é o cheiro de povo. Da gente humilde que sonha por dias melhores para sua família.

É essa gente composta por D. Maria, Seu João, Miguezinho, etc; é a gente da periferia, dos distritos e que sabe o que é sofrimento, quem elege vereadores, prefeitos, deputados, senadores, governadores e presidentes.

Concluo dizendo que é importante as contantes aparições de um aspirante a algum cargo público nos meios de comunicação. No entanto, não se deve esquecer o contato diário com as pessoas mais simples de nossa sociedade. É o povão quem vota. Elege.

Primeira etapa do concurso “Musa da Copa Pantanal 2014” acontece hoje em Tangará da Serra

Em uma noite de gala no Médio Norte do Estado, 15 candidatas de Tangará da Serra, Barra do Bugres, Denise e Porto Estrela estarão na passarela para a disputa da primeira etapa do concurso “Musa da Copa Pantanal 2014”. O evento está confirmado para a noite desta sexta-feira (06) na danceteria Flyer em Tangará da Serra, onde acontecerá show nacional com a dupla João Marcelo e Juliano.

Promovido pela Associação dos Músicos e Artistas de Mato Grosso (Amarmat) com apoio da Prefeitura de Tangará da Serra, o evento definirá as duas finalistas da região Médio Norte para a final que acontecerá em 2013 em Cuiabá. A abertura do “Musa da Copa” foi inserida nas festividades do aniversário de Tangará da Serra e vai marcar o início do concurso que, ao final, elegerá a representante da beleza mato-grossense na Copa do Mundo de 2014.

Triplica quantidade de acidentes de trânsito em Tangará da Serra

Após visitar a cidade de Sorriso, onde as palestras da Campanha ‘Trânsito Consciente, pra vida seguir em frente’, do Governo do Estado, ocorrem esta semana por meio do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), as ações da campanha chegam a Tangará da Serra, nesta segunda semana do mês, onde os índices de acidentes têm preocupado as autoridades.

Enquanto no feriado de Páscoa do ano passado, a Polícia Militar registrou seis acidentes de trânsito, neste ano este número ocorreu em apenas um dia na cidade de Tangará da Serra; e esses são apenas os números de acidentes que envolveram motocicletas, cujas vítimas receberam atendimento na Unidade Mista de Saúde.

Crescimento da violência é preocupante em Tangará da Serra

É preocupante como cresce a quantidade de práticas criminosas em Tangará da Serra.

Homicídios brutais, assassinatos à luz do dia, roubos e assaltos a estabelecimentos comerciais e residenciais têm sido registrados com frequência.

O tráfico de drogas não fica por menos. Situação mais complicada ainda pelo fato de estarem envolvidos mulheres e até adolescentes.

Raro é o dia em que nossas polícias não põem acusados atrás das grades. No entanto, o problema persiste. A violência cresce e cada vez mais tira nossa tranquilidade.

Isso é muito lamentável. Pois quem diria uma cidade pacata, civilizada e de gente ordeira como a nossa chegaria a esse estágio. 

Cidade hospedeira

Pelo menos 60 cidades brasileiras serão selecionadas pela Fifa para receber as seleções e os turistas na fase anterior à Copa de 2014. As chamadas hospedeiras. As candidatas terão de se qualificar e preencher algumas exigências, como ofertar rede hoteleira e serviços de boa qualidade.

Tangará da Serra não será uma delas. Que pena!

Crime hediondo

O senador Paulo Davim (PV) levantou bandeira no Congresso Nacional contra o descalabro com o dinheiro destinado à saúde pública. Ele apresentou projeto de lei que propõe a classificação de hediondo todo crime cometido contra a saúde pública no Brasil, envolvendo patrimônio, bens, valores e recursos destinados à saúde.

O senador justificou: “Diuturnamente, o país posta-se, ao mesmo tempo, estarrecido e impotente diante de tanto descalabro em relação aos recursos destinados à saúde pública, que são criminosamente apropriados, contando os delinquentes, geralmente, economicamente aquinhoados, quando, em remota hipótese, eventualmente condenados, com a blandícia da legislação tocante à execução da pena, que lhes confere um verdadeiro status de privilégio ante a hediondez dos delitos perpetrados.”

Jovem, negro e nordestino

Brasileiros que vivem em situação de extrema pobreza são negros, ou pardos, jovens e vivem na região Nordeste. O levantamento é do próprio governo federal com base no Censo realizado em 2010 pelo IBGE e complementado com estudos do Ipea.

Com base nesses dados o governo brasileiro passou a considerar que famílias que vivem com renda de apenas 70 reais são consideradas extremamente pobres. Esse parâmetro será usado pelo próprio governo na execução do plano "Brasil sem Miséria" a ser lançado brevemente.

A se considerar esses dados então vivem na situação de extrema miséria nesse País nada menos de 16 milhões e 200 mil brasileiros, o que equivale a 8,5 por cento do total de nossa população.

E desses se constatou que quase 71 por cento são pardos ou pretos e quase 51 por cento deles têm, no máximo, 19 anos de idade. E mais um dado esclarecedor dessa pesquisa: 60 por cento destes vivem na região Nordeste.

Pelos planos da presidente Dilma Rousseff vai ser possível erradicar a extrema pobreza no Brasil nos próximos quatro anos.

Trata-se como se vê de algo ousado e de um esforço que será empreendido pelo governo federal com apoio nos governos estaduais e municipais. A isso se pode chamar de luta titânica na qual deve se engajar toda a sociedade brasileira.

Demagogia à parte, nosso País tem que se unir nesse esforço que visa melhorar os padrões daqueles que estão em permanente situação de desvantagem. (Com texto de Carolina Pimentel, da agência Brasil, e que me foi remetido por Itamir Vieira). 

INGLÊS

Young, Black and Northeast

The majority of Brazilians who live in extreme poverty is black, or brown, young and live in the Northeast. The survey is the federal government itself based on the census conducted in 2010 by IBGE and IPEA complemented with studies.

Based on these data the Brazilian government began to consider that families living with real income of only 70 are considered extremely poor. This parameter is used by the government in implementing the plan "Brazil without Poverty" to be released soon.

In considering these data so live in extreme poverty in this country no less than 16 million 200 thousand Brazilians, which equates to 8.5 per cent of our population.

And these are found almost 71 percent are black or brown and almost 51 per cent have at most 19 years old. And one further clarifying this survey: 60 percent of these live in the Northeast.

By the plans of President Rousseff will be possible to eradicate extreme poverty in Brazil over the next four years.

This is how you see something daring and an effort will be undertaken by the federal government support in state and local governments. But one may call a titanic struggle in which he must engage all of Brazilian society.

Demagoguery aside, our country must unite in this effort to improve the standards of those who are in permanent disadvantage. (With text by Carolina Pimentel, Brazil agency, and I was referred by Itamar Vieira).

Mapa da violência juvenil

Segundo pesquisa Mapa da Violência, 73,6% das mortes entre jovens são provocadas pelas chamadas causas externas (homicídios, acidentes ou suicídios), com destaque para os homicídios, que representam 39,7% do total. Os estados com maior índice são Espírito Santo e Paraná.

Presos dois suspeitos de latrocínio em Tangará da Serra

Policiais do Centro Integrado de Segurança e Cidadania de Tangará da Serra cumpriram na manhã desta quinta-feira (05), dois mandados de prisão, contra Roberto Pereira dos Santos, 31, e Moises Gomes, 34, ambos presos na zona rural do município.

Os dois são investigados em crime de latrocínio (roubo seguido de morte), ocorrido no mês de abril deste ano, em um sitio na área de rural de Tangará. A vítima, Osvaldo Nogueira, 45, foi executado com dois tiros.

Leia ainda:

Acusados de latrocínio trabalhavam 'normalmente'