7 de junho de 2011

Quinze suspeitos de fraude na saúde em Londrina (PR) são denunciados; prefeito e primeira-dama são citados

A investigação sobre um esquema de corrupção que envolve verbas da saúde pública em Londrina, no norte do Paraná, rendeu hoje denúncia criminal contra 15 pessoas; entre elas, ex-funcionários do Executivo e conselheiros municipais.

Fora do rol de denunciados, mas citado ante "indícios de responsabilidade" nos crimes apurados, o prefeito Homero Barbosa Neto (PDT) terá a situação analisada pelo TJ-PR (Tribunal de Justiça do Paraná), para onde o caso foi em parte remetido pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) devido à detenção de foro privilegiado. Além dele, eventual denúncia contra a primeira-dama do município, Ana Laura Lino, também ficará sob análise do tribunal a pedido da 3ª Vara Criminal de Londrina.

Jaconias, Wellington Bezerra e Júnior Schleicher desobedecem intimação do MP para firmar TAC com Distrito São Joaquim

O prefeito em exercício de Tangará da Serra, José Jaconias da Silva, do Partido dos Trabahadores, e os secretários municipais, Wellington Bezerra (Esportes) e Júnior Schleicher (Saúde) do Partido Republicano, DESRESPEITARAM ao final da tarde desta terça-feira (07), INTIMAÇÃO do Ministério Público Estadual, representado pelo promotor de justiça Antonio Moreira da Silva, não comparecendo à sede do MP para assinarem um Termo de Ajustamento de Conduta - TAC com o Distrito São Joaquim.
A audiência aconteceu às 17h, na sala do promotor Antonio Moreira da Silva, apenas com as presenças do secretáio municipal de Infraestrutura, Clovis Batista, e o presidente da Associação de Moradores do Distrito, professor Dorjival Silva.

Jaconias da Silva e os dois secretários FALTOSOS à INTIMAÇÃO, sequer encaminharam justificativa oficial ao representante do Ministério Público.  

O promotor disse que o secretário Clóvis Batista não poderia representar o prefeito em exercício por falta-lhe uma procuração do mesmo.

Mediante a constatação desse ato de DESOBEDIÊNCIA, o representante do MP designou nova data, 16 de junho, às 17h, para que prefeito e secretários compareçam para o devido propósito, ou seja: a firmatura do TAC com a comunidade São Joaquim.

NOTA DO BLOG: O prefeito do PT, a exemplo do prefeito afastado Júlio Ladeia, destila seu desprezo pela comunidade São Joaquim. Insiste em negar atendimento básico a esse gentil e bondoso povo tangaraense. Quanto ao ato de desobediência, em nada me surpreendeu. Conheço essa gente muito bem. Sei o quanto se imagina superior aos homens, à Justiça e até ao próprio Deus.

Prefeitura deve assinar TAC com o MP para resolver problemas do Distrito São Joaquim

Promotor de justiça da comarca de Tangará da Serra, Antonio Moreira da Silva espera que o prefeito José Jaconias da Silva (PT) e os secretários Wellington Bezerra (Esportes), Júnior Schleicher (Saúde) e Clóvis Batista (Sinfra) compareçam à sede do Ministério Público às 17h, desta terça-feira (07) para firmar um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o Distrito de São Joaquim. Estará presente para representar o Distrito, seu presidente, o professor Dorjival Silva.

O Ministério Público quer que o poder executivo municipal atenda aos moradores do São Joaquim que vêm cobrando melhorias infraestruturais há meses.

O Distrito está um verdadeiro caos, conforme já anunciado nesta página e pela imprensa local e estadual.

Os moradores clamam por melhor atenção com a saúde pública, limpeza e conservação das ruas e ações na área esportiva. E para não esquecer, querem ainda que a escola estadual Antonio Hortolani seja urgentemente reformada, uma vez que suas paredes rachadas ameaçam cair a qualquer momento.

Dorjival Silva comenta situação de caos no trânsito tangaraense

Após forcinha da PGR, "presidente-consultor" manda o poste que elegeu manter Palocci

Num parecer de 27 páginas, o procurador-geral da República, Roberto Gurgel, arquivou nesta segunda-feira a representação da oposição que pedia abertura de inquérito contra o ministro-chefe da Casa Civil, Antonio Palocci. Mas a presidente Dilma Rousseff estudava pelo menos duas alternativas: tirar o ministro e conter a crise política ou mantê-lo no cargo, como recomendou o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. (Foto: ..COMO FRAUDAR CONTAS DE INIMIGOS, GANHAR MILHÕES DE REAIS DE FORMA SUSPEITA E CONTINUAR NA BOA.. Apoiado pelo procurador-geral, por José Serra, pelo presidente que continua fazendo as vezes do poste que elegeu, etc., Palocci tem muito a comemorar: Não precisará explicar sua fortuna adquirida da noite para o dia e pode faturar ainda mais. Esse Palocci é o cara do Brasil da Corrupção!) Do blog Brasil da Corrupção - Leia mais AQUI

Proibida a nomeação de pessoas consideradas inelegíveis pela Justiça Eleitoral

Tramita na Câmara Federal a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) que proíbe a nomeação de pessoas consideradas inelegíveis pela Justiça Eleitoral para os cargos de ministro de Estado e de secretário-executivo de órgãos da administração direta. A mesma proibição se aplicará às nomeações para funções de confiança ou cargos em comissão.

800 mil famílias no Bolsa Família

A presidenta Dilma Rousseff anunciou que pretende incluir 800 mil famílias no Bolsa Família até o final de seu governo, em 2014. A expansão no número de beneficiários, segundo ela, faz parte das metas do "Brasil sem Miséria", que objetiva tirar da miséria 16 milhões de brasileiros que vivem com renda per capita inferior a R$ 70.

Capa de O Mossoroense destaca o registro da 100ª morte por execução somente este ano

O município de Mossoró (RN) atingiu uma marca histórica ontem, na área policial, com o registro da 100ª morte por execução somente este ano. Considerado pelas autoridades em segurança o ano mais violento de toda a sua história, a cidade vive num cenário de "guerrilha urbana". Os assassinatos aconteceram em menos de seis meses, colocando autoridades e população em alerta, levando a uma reflexão quanto ao destino de tanta violência. Leia mais AQUI