18 de junho de 2011

Uma farra a menos

Nenhum celular funcional pode ter conta mensal acima de R$ 300,00. O limite de crédito acaba com a farra de alguns gestores, quando algumas linhas chegavam a ultrapassar a casa dos R$ 10.000,00.

O Tangaraense começou a circular neste sábado

O jornal O tangaraense deste domingo 19, começou a circular na tarde deste sábado em Tangará da Serra. É facil encontrá-lo. Nos supermercados, hotéis, farmácias, padarias, casas de carnes, salão de beleza, etc. Neste domingo, será distribuído também na feira do produtor. Na segunda-feira, a partir das 7h, chega a todas as repartições públicas da cidade. Está bem apreciável. Tendo uma bonita capa sobre a violência contra a mulher.

Entrando numa fria

Estresse e diálogos para lá de ásperos que marcaram nos últimos dias o relacionamento do idealizador do PSD, prefeito Gilberto Kassab, de São Paulo (SP), mostrados pela imprensa de São Paulo e Brasília (DF), estão levando alguns candidatos mato-grossenses a integrar a legenda à conclusão de que entrarão numa fria se migrarem das agremiações onde estão. Suspeitam de que o PSD não conseguirá seu registro definitivo na Justiça Eleitoral em tempo hábil para viabilizar candidaturas em 2.012

Troféu Destaque Empresarial da ACITS

A Associação Comercial e Empresarial de Tangará da Serra - ACITS entrega nesta noite o Troféu Destaque Empresarial para mais de 120 empresários locais. A festa acontece no Clube Campestre. Agradeço convite.

Contratos de aluguéis pela prefeitura de Tangará da Serra

Não são poucas as pessoas que querem que a Câmara de Vereadores de Tangará da Serra investique também os contratos de aluguéis assinados pela gestão do prefeito afastado. Veremos até onde essa desconfiança por alguns será levada a sério.

RDNEWS: Ladeia faz "estardalhaço", mas não entrega todos documentos para o Gaeco

Por Patrícia Sanches

Ao que tudo indica o estardalhaço feito pelo prefeito afastado de Tangará da Serra, Júlio César Ladeia (PR), teve apenas a intenção de tirar o foco das 27 acusações que pesam contra ele. Ocorre que o republicano não entregou, até agora, sequer uma página do calhamaço de documentos que exibiu durante entrevista a jornalistas no final do mês passado.


     O coordenador do Gaeco Paulo Prado disse que no final do mês passado manteve apenas uma conversa informal com o prefeito afastado, que se comprometeu em protocolar toda a documentação, por meio de uma representação em 48 horas. Até esta sexta (17), no entanto, Ladeia não protocolou as provas, que supostamente comprovariam que ele foi vítima de um esquema montado por empresários do setor da Comunicação e ex-funcionários da prefeitura, que tentam “assassinar” o seu nome.

     O republicano foi afastado pela Câmara após lideranças da sociedade organizada oferecerem 27 denúncias contra ele, por atos de improbidade administrativa. Desde então, a cidade é comandada pelo vice, José Jaconias (PT). Na época, Ladeia afirmou que o grupo se revoltou contra ele porque passou investigar um esquema de uso de "notas calçadas", onde os valores recebidos pelas empresas de comunicação eram maquiados.

     Paralelo a essa investigação, Ladeia encontra-se novamente na berlinda devido às investigações sobre irregularidades na contratação do Instituto de Desenvolvimento Humano, Econômico, e Ação Social (Idheas). Nesta segunda (20), os vereadores, que já abriram nova Comissão Processante contra Ladeia, Jaconias e quatro vereadores, decidem se vão afastá-los dos cargos, durante as investigações. Eles são acusados de tráfico de influência, atos de improbidade administrativa e recebimento de propina.

     Os parlamentares investigados são: Celso Ferreira e Haroldo Ferreira de Lima, ambos do DEM, e os republicanos Paulo Porfírio e Genilson Andra Kezomae. Diante da avalanche de acusações, a situação política do município é delicada e a população tem acompanhado cada ato dos parlamentares, cobrando lisura e apuração das denúncias.

Núcleo de inteligência de Tangará da Serra prende 14 pessoas em investigações

Policiais do núcleo de inteligência da Regional de Tangará da Serra prenderam, nesta sexta-feira(17.06), Juliana Gonçalves Leite, 28, por mandado de prisão decretado pelo crime de tráfico de drogas. A mulher era investigada há dois meses.

Entre o mês de abril e início de junho, a Polícia Civil efetuou a prisão de 14 pessoas, sendo 9 em flagrante por tráfico de drogas. Todas as prisões foram feitas pelo núcleo de inteligência.
 

Ciclista é morto por atropelamento próximo a Tangará da Serra

Um ciclista de Mato Grosso morreu atropelado na rodovia MT-358, próximo à Tangará da Serra.

O ciclista Donizete Porette, de 32 anos, foi atropelado na sexta-feira (17), às 18h30, por um carro de passeio. Ciclistas realizam passeata nesta tarde para homenagear o colega Donizete. Eles vão aproveitar a oportunidade para pedir mais segurança no trânsito.

De acordo com o motorista Antônio Carlos Zanetti, o ciclista seguia em sentido contrário da pista. O motorista comentou que o ciclista estava pedalando no meio da rodovia e que por isso não foi possível evitar a batida. 

A homenagem ao ciclista deve começou às 14h30 deste sábado (18), na Praça dos Pioneiros, seguindo depois pelas principais avenidas da cidade. O corpo do ciclista está sendo velado no bairro Jardim Paulista e o enterro está previsto para às 18h30, no cemitério da cidade.

Em abril, Donizete participou de uma reportagem do TVCA Esporte que mostrou uma prova de ciclismo em Tangará da Serra. Por Ericksen Vital Cic