23 de agosto de 2011

Cigarro mais caro

A carga tributária sobre o cigarro sobe para 81%, em média, a partir de novembro. O decreto governamental foi publicado na edição de ontem do Diário Oficial da União. Atualmente, a carga é de 60%, com variação tributária de R$ 0,764% a R$ 1,30 por maço de cigarros. O preço final vai sorver o bolso do consumidor em forma de fumaça.

Sem reforma política

A reforma política se arrasta no Congresso, diminuindo a confiança da população e, também, da Justiça. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), ministro Ricardo Lewandowski, afirmou ontem que a reforma não deverá acontecer antes de 2012.

Ou seja, as eleições do próximo ano acontecerão com as mudanças pontuais a serem realizadas pelo próprio Tribunal. E só.

Então...
Quem sonhava com o fim das coligações proporcionais e do financiamento público de campanha, além de outras mudanças urgentes e necessárias, é bom esperar para 2014.

Tangará fica na "contramão" do Estado e demite mais funcionários

 Tangará da Serra teve cenário oposto de várias cidades pólos mato-grossenses e encerrou julho demitindo mais funcionários (1.121) do que contratando (956).

O saldo final foi de 165 trabalhadores desligados a mais de suas funções em diferentes setores da economia. Os números correspondem as contratações formais (carteiras assinadas) e foram divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged).

Em junho, o saldo foi de 132 empregados a mais por empresas e indústrias de todos os segmentos.

A indústria de transformação foi o setor que contribuiu para o resultado negativo, com 235 funcionários demitidos a mais. Já o serviço industrial de utilidade pública encerrou com duas demissões.

Por outro lado, os demais setores tiveram desempenho positivo. A agropecuária empregou 23 pessoas a mais, a construção civil, 20, o comércio, 11 e a prestação de serviços, 10. Por último aparece o extrativismo mineral, com 8 novos trabalhadores.

No Estado, foram gerados 4,5 mil novos empregos. Em Sinop, maior cidade do Nortão, foram criados 229 empregos e, em Sorriso, 72. Em Alta Floresta, o saldo foi de 46 novos postos de trabalho e, em Rondonópolis, 88.

No ano, Tangará registra a criação de 513 postos de trabalho, resultado obtido a partir da diferença entre 7.992 admissões e 7.479 demissões nos diversos setores.

ENSINO

A presidenta Dilma Rousseff informou que até 2014 o governo pretende abrir mais de 1,2 milhão de matrículas nas universidades federais. Para alcançar esses números, o governo deve abrir quatro novas universidades, 47 novos campi universitários e 208 unidades de institutos federais de educação, ciência e tecnologia.