31 de janeiro de 2012

Não se pode agradar a todos

Com o tempo aprendi que não adianta querer agradar a todos, pois, sempre terá alguém para te criticar;
Aprendi que de nada vale ser bonzinho se no final alguém sempre irá te magoar;

Aprendi que na vida há momentos em que o necessário é ignorar os acontecimentos, pois de outra forma acabaremos ficando loucos com tanta hipocrisia;

Aprendi que sempre terá "aquela pessoa" para te julgar errado, para dizer que é invejoso, maldoso, mentiroso...;

Aprendi que nunca, ninguém ficará totalmente satisfeito com o que você faz;

Aprendi que sempre existirá um indivíduo medíocre que se achará o melhor e fará de tudo para te deixar por baixo;

Aprendi que perdoar é difícil, mas não impossível e que assim estaremos nos vingando da forma mais doce;

Aprendi que amar verdadeiramente o próximo é uma tarefa difícil, mas não impossível;

Aprendi que tentar ser outra pessoa não leva a lugar nenhum, só te faz ser cada vez menor, mesquinho;

Aprendi que fingir felicidade é a pior mentira que você conta a si mesmo e no final só restará a incapacidade de amar;

Aprendi que se importar com o que os outros pensam de você, não o levará a lugar nenhum;

Aprendi que as coisas nem sempre são da forma como gostaríamos, e que devemos ser autênticos;

Aprendi que devemos amar e amar sem preocupação com o futuro, que a felicidade plena é o melhor remédio para a dor;

Acima de tudo aprendi que tudo na vida se supera, que nada é em vão e que tudo que desejares para o próximo volta para si, e isso é um fato.

Então ame, deixe-se amar e viva verdadeiramente cada segundo de vida que o Criador te deu.

O puxa saco está presente em todo lugar

 

Puxassaquismo - É o ato de bajular, palavra que vem do latin bajulare, que significa adular servilmente.
Não é difícil encontrar quem é, foi ou conhece alguém que pratica a bajulação, essas pessoas são denominadas de puxa-sacos. O melhor exemplo de bajulador é o funcionário de alguma empresa que, na tentativa de ganhar a confiança, crescer na empresa e/ou obter um aumento no salário, concorda com tudo que o chefe diz e é o primeiro a rir da piada contata pelo chefe. Há bajuladores conscientes, pois sabem que realmente são puxa-sacos.

Praticamente 6 entre 10 empresas contam com o famoso puxa-saco, há quem diga que os chefes gostam deles, caso contrário não haveria bajuladores. Para uns o ato de bajular é uma arte, algo que requer bastante empenho para ser realizado com sucesso. Por existir muitos puxa-sacos foi criada até uma data comemorativa para os mesmo, no dia 13 de Setembro se comemora o dia do bajulador. Assim como existe os 10 mandamentos na religião, há os dez mandamentos do puxa-saco:

1. Quando o chefe chegar seja o primeiro a dar bom-dia, com um grande sorriso nos lábios.
2. Toda vez que seu chefe espirrar diga “saúde”, não importa a quantidade de espirro.
3. Morra de rir das piadas que seu chefe conta, mesmo que seja a mais sem graça do mundo.
4. Cole um adesivo no carro com a seguinte frase: “Eu Amo Meu Chefe”.
5. Tente se parecer ao máximo com seu chefe.
6. Nunca saia do escritório antes dele.
7. Demonstre sempre muita eficiência.
8. Quando te passar uma tarefa, faça-a o mais rápido possível.
9. Se o chefe por acaso soltar um pum finja que não ouviu e nem sentiu nada.
10. Seja sempre muito atencioso com seu chefe, demonstrando sempre muito carinho por sua pessoa
.

“Não existe a tão aclamada neutralidade da imprensa”, diz diretor do Le Monde Diplomatique

Diretor de redação do jornal francês
Le Monde Diplomatique, Ignácio Ramonet

O diretor de redação do jornal francês Le Monde Diplomatique, Ignácio Ramonet, acredita que a mídia deveria se posicionar claramente sobre a linha ideológica e política que segue. Doutor em Sociologia e professor de Teoria da Comunicação, o jornalista, que comanda um periódico abertamente de esquerda, diz que não existe a tão aclamada neutralidade da imprensa.

"Um jornal que diz que é objetivo é um jornal alinhado à direita e que tenta esconder seu ponto de vista", explica.
Ramonet entende que os veículos de comunicação deveriam deixar claras as posições políticas e ideológicas que defendem.

"Não tenho nada contra um jornal ser de direita, acho interessante que existam. Mas que fique claro que representa o ponto de vista dos empresários, da burguesia e da classe conservadora", aponta.

O jornalista esteve em Porto Alegre na semana passada para participar das atividades do Fórum Social Temático e mesmo com uma apertada agenda encontrou tempo para conversar durante meia hora com a reportagem do Sul21.

Nesta entrevista, ele analisa também o papel das esquerdas na crise capitalista que assola a Europa e contrapõe a situação no velho continente ao momento vivido pela América Latina. "A América Latina está construindo o Estado de bem-estar social, enquanto na Europa ele está sendo destruído", compara.

O senhor escreveu o livro A tirania da comunicação. Quais os propósitos por trás da atuação jornalística dos grandes veículos e comunicação?

O jornalismo está vivendo várias crises. A primeira delas é a dominação pelos grandes grupos globais. Esses grupos são multimídia, detêm televisões, imprensa escrita, rádios e sites. E se comportam como atores da globalização, o que faz com que não tenham a mesma relação direta com os leitores. A segunda crise jornalística foi criada pela internet. Em muitos países, a imprensa escrita está desaparecendo, sendo substituída pelos meios digitais. E aí vem também uma crise econômica, porque o modelo de sustentação da imprensa escrita não funciona mais. Caíram a publicidade e as tiragens.

A internet não trouxe benefícios ao jornalismo?

O problema é que temos dois modelos - o impresso e o digital - e nenhum deles funciona. Provavelmente, o que vai prevalecer será o modelo digital, até porque a informática se aprimora cada dia mais nos países em desenvolvimento. Uma consequência do advento da internet é o que os cidadãos podem intervir muito mais do que antes. O público não é mais passivo, hoje existe a possibilidade de comentar e de difundir a informação. Isso também afeta o trabalho do jornalista, que acaba possuindo um papel diferente, não está mais num pedestal. Não é mais só o jornalista que fala. A relação hoje em dia é muito mais interativa. Por outro lado, isso gera uma crise de identidade: se todo mundo pode ser jornalista, o que é, de fato, ser jornalista? Onde está a especificidade de um jornalista, se qualquer pessoa pode sê-lo?

A internet, com a força das redes sociais, está se convertendo numa ferramenta efetiva contra o monopólio da informação pela mídia tradicional?

O panorama está mudando. A internet pode romper os monopólios? Sim, pode ser que seja possível. Mas não acredito que se deva pensar que se alcançará uma fase de democratização da informação. O que há é uma ilusão de democratização, já que hoje em dia todos podemos produzir e difundir informação. Há uma noção de que estaríamos nos auto-informando. Mas, na realidade, todos são auxiliados pelas fontes centrais de informação. Então há uma maior participação das pessoas, mas ainda existem os monopólios. E esses monopólios já integram o Facebook, o Twitter e possuem suas páginas digitais. A democratização existe, mas os monopólios não se enfraqueceram. No fundo, o que está mudando é a defesa das pessoas contra a tentativa de domesticação levada adiante pela mídia dominante. Do ponto de vista ideológico, o objetivo dos grandes meios de comunicação é domesticar a sociedade. Com as novas ferramentas digitais e com as redes sociais, surge um modo de se defender disso.
Ramonet: "Os leitores é que dão identidade a um jornal"

Aqui no Brasil a mídia se diz imparcial e desprovida de objetivos políticos. Nenhum jornal da imprensa tradicional se qualifica abertamente como de esquerda ou de direita. O senhor, como diretor do Le Monde Diplomatique, um jornal de esquerda, avalia que é necessário haver maior transparência quanto à posição ideológica da mídia?

Acredito que são os leitores que dão identidade a um jornal. O jornal não diz 'somos de esquerda'. Mas, sem dúvida, a neutralidade não existe. Um jornal que diz que é objetivo é um jornal alinhado à direita e que tenta esconder seu ponto de vista. Não tenho nada contra um jornal ser de direita ou de centro-direita, pelo contrário, acho interessante que existam. Mas que fique claro que representa o ponto de vista dos empresários, da burguesia e da classe conservadora. Não acredito que se possa dar a informação de maneira objetiva. Existem fatos objetivos, mas o comentário sobre eles será sempre diferente. E é importante que seja assim, desde que se jogue com as cartas na mesa.

O governador Tarso Genro disse num evento do FST que a esquerda precisa perder o medo da mídia e enfrentar temas que a imprensa “mastiga de forma negativa”. É exagerada a cautela dos políticos em relação à mídia?

Os meios de comunicação têm uma função absolutamente indispensável numa sociedade democrática. Mas não são partidos políticos e não devem pensar que o são. Se querem se transformar em partidos, que se apresentem nas eleições. O papel crítico da mídia é indispensável na democracia. Mas não podem confundir crítica com oposição. Na América Latina muitos veículos de comunicação que têm dominado a vida intelectual acreditam que são mais importantes que os partidos políticos. Nesse continente, os latifundiários da imprensa são os novos amos das consciências. Acreditam que podem domesticar a população e não aceitam a autonomia do poder político.

O senhor entende que a esquerda não está conseguindo propor alternativas ao capitalismo. A esquerda também é culpada pela atual crise do sistema?

Claro que sim. A esquerda europeia, por exemplo, não apenas não propôs nenhuma alternativa, como tem se prestado a legitimar as políticas impostas pelo Fundo Monetário Internacional e pelo Banco Central Europeu. A esquerda social-democrata, quando estava nos governos, deu provas de sua incapacidade, até mesmo teórica, de enfrentar essa crise. Não apenas é uma crise econômica, é também uma crise das esquerdas.

E qual a alternativa, já que a esquerda tradicional não está dando conta?

Existem outros partidos de esquerda que estão decididos a adotar políticas diferentes, por exemplo, mudando a relação com o Banco Central Europeu, que não permite ajuda aos países. Há partidos que dizem que se deve obrigar o Banco Central a ajudar, que é preciso adotar uma política de estímulo, não apenas para reduzir o déficit, mas para promover crescimento econômico. Mais ou menos como faz Barack Obama nos Estados Unidos, e ele não é nenhum revolucionário. Mas está promovendo uma política de estímulos, uma política neo-keynesiana e não conservadora. Existem forças propondo uma mudança efetiva, mas elas ainda não estão nos governos europeus.

Aqui no Brasil existem outros partidos de esquerda que propõem ações não previstas no programa do governo federal. Mas alguns deles defendem, inclusive, uma ditadura do proletariado. Até que ponto é possível buscar alternativas mais à esquerda sem incorrer no totalitarismo?

Não faz mais sentido falar em ditadura do proletariado. A história já passou por isso. Hoje, qualquer alternativa deve partir do respeito aos mecanismos democráticos. Quando eu falo de outras esquerdas, não estou falando de esquerdas fora da esfera democrática. A esquerda dentro da democracia é a única que interessa. É a única que pode ser realista e que pode trazer soluções num panorama totalmente democrático.

Como o senhor avalia o contexto político da América Latina, mais especificamente da América do Sul, onde a maioria dos países é governada pela esquerda?

Para muitas esquerdas no mundo, a América Latina é algo que está funcionando. Aqui implementam políticas originais. Não seguem os ditames do FMI, promovem políticas de integração continental, de inclusão social e não de exclusão. A América Latina está construindo o Estado de bem-estar social, enquanto na Europa ele está sendo destruído. E, lá, as esquerdas participam dessa destruição. A América Latina, pela primeira vez na história, aparece para toda a esquerda mundial como uma prática na qual podem se inspirar.

Pode surgir daqui uma saída para a crise capitalista?

A América Latina está num período de construção do Estado de bem-estar e de classes médias. É a mesma situação que viveu a Europa após a Segunda Guerra Mundial. A América Latina lembra a Europa que o Estado é um ator importante, não somente os mercados. Na Europa os mercados governam e os estados e a política não conseguem se impor. E a América Latina lembra o mundo inteiro que a política ainda vale, que os dirigentes políticos ainda valem e que, por consequência, a política e as eleições ainda têm sentido. Na Grécia, na Itália e na Inglaterra os jovens se revoltam. Estão indignados, porque consideram que os políticos não fazem nada e são cúmplices das soluções propostas pelos mercados. A América Latina mostra ao mundo que é possível o Estado se impor aos mercados.

Mas há diferenças entre as esquerdas que governam na América Latina. Venezuela, Bolívia e Equador intensificam reformas e mudanças anticapitalistas que países como Brasil, Argentina e Uruguai não parecem dispostos a implementar.

Essa suposta oposição entre as esquerdas na América Latina é muito mais uma invenção dos meios de comunicação ocidentais, que têm interesse em criar oposições artificiais. É evidente que cada país é diferente, mas globalmente todos estão fazendo políticas de inclusão social. Cada um com seus métodos, mas estão construindo o Estado de bem-estar e uma democracia participativa. Tudo isso tem muito mais semelhanças do que diferenças. É claro que há diferenças, mas não há oposição. Toda a América Latina vai pela primeira vez na mesma direção, isso é muito importante..

A Europa está dominada hoje por governos conservadores. Inglaterra, Alemanha, França, Grécia, Itália e Espanha são governados pela direita e implementam soluções reacionárias e autoritárias para sair da crise. Este ano tem eleições na França, se a esquerda vencer o país pode se tornar uma luz no fim do túnel europeu?

Se essa esquerda que tem possibilidade de ganhar as eleições se comportar de maneira diferente da esquerda que estava no poder na Grécia, na Espanha, em Portugal - se agir da mesma forma - não haverá nenhuma mudança. É bem provável que François Hollande (do Partido Socialista) possa ganhar a eleição. Fará uma política diferente? Muitas pessoas desejam isso. Mas será que ele poderá fazer algo diferente? Os mercados permitirão? A Alemanha permitirá? Não sabemos. O que é seguro dizer é que se a França muda sua política de maneira racional, mas atrevida, terá uma grande influência no mundo inteiro e na Europa. E isso pode mudar as coisas, inclusive numa aliança com a América Latina.

30 de janeiro de 2012

Entre tantas pré-candidaturas, apenas quatro mulheres


Diário da Serra Online
Se depender da vontade da maioria dos partidos políticos Tangará da Serra será governada por homens. Apesar do país ser governado por uma mulher, em Tangará da Serra apenas quatro partidos políticos apresentaram alternativas do sexo feminino: PMDB com Azenate Fernandes de Carvalho, o PSD com Ana Maria Monteiro de Andrade, o PRB com a professora Lourdes Fernandes, e do PTB com a ex-vereadora Clarice Terezinha Baron Grapéggia.

Entre presos e cassados, cidade de MT tem 42 pré-candidatos a prefeito


Edilson Almeida
Redação 24 Horas News


Tangará da Serra, no médio Norte de Mato Grosso, pode ser considerada uma cidade emblemática: a população local viu seus dois últimos prefeitos em duros embates  acabarem de um jeito pouco ortodoxos quando o assunto envolve a classe dos políticos. Jaime Muraro chegou a ficar preso sob acusação de promover fraude em licitação. Seu sucessor,  Júlio César Ladeia, que, entre outros causos, ficou paraplégico em virtude de um acidente automobilístico, não conseguiu completar  o segundo mandato aoser  cassado pela Câmara e pela Justiça, acusado de desvios milionários.

Na leva contra políticos corruptos, sobrou até para o vice-prefeito, José Jaconias,  e quatro  vereadores, Celso Ferreira, Haroldo Lima, Paulinho Porfírio e Genilson Kezomae, também cassados acusados de  integrarem o esquema de corrupção no setor de saúde e que resultou em enriquecimentos ilícitos de muita gente na cidade.

Apesar dessa situação, o quadro político na cidade é efervescente. Dos 19  partidos políticos constituídos no município, 16 garantem possuirem candidatos à disputa pela Prefeitura. Seis contam com pré-candidaturas únicas. Nos demais a disputa interna sempre envolve mais de um pré-candidato. No total, os partidos apresentaram 42 pré-candidaturas, um recorde. A conta é a seguinte. São três candidatos exclusivamente para o cargo de vice-prefeito, oito pré-candidaturas exclusivamente para o cargo de prefeito, e 31 pré-candidaturas flexíveis – que poderiam disputar tanto para prefeito quanto para vice.

Segundo o jornal “Diário da Serra”, principal veículo de comunicação da cidade, os 16 partidos que garantiram que terão pré-candidatos, três ainda não apresentaram seus nomes: PSDB, PSC e PRP. Os demais já indicaram quem são aqueles que estão disputando internamente a indicação para concorrerem nas eleições deste ano.

Os partidos que já decidiram não disputar o cargo de prefeito, mas apenas o cargo de vice-prefeito são o PV e o PSL. Já os que não abrem mão da disputa ao cargo de prefeito, e não aceitariam disputar na condição de vice-prefeito são: PMDB, PSD e o PC do B.

O partido com o maior número de pré-candidatos a vereador é o PC do B, com 33 nomes. Em seguida vem empatados o PDT, PSB e o PSDB cada um com 30 pré-candidatos ao Legislativo. Já o PMDB, DEM, PR, PPS e PSD contam com mais de 20 pré-candidatos. Enquanto isso o PMN e o PTN confirmam 22 pré-candidatos cada um, e o PRP confirma 21. Na sequência vem o PT com 17, o PSC com 15, o PRB com 13 e o PSL com 10.

“Em política água e óleo as vezes conseguem se unir, então nada é impossível” – escreve o jornal. Apesar disso, pelo menos por enquanto, as coligações que estariam impossibilitadas são do: PDT com o PSD, por força de orientação estadual do PDT; o PPS com o PT, por força de orientação nacional de ambos os partidos; do PT com o DEM, por força de orientação nacional do PT; e  PT com o PSDB, também por causa da orientação nacional do PT.  PSD e DEM é o único caso específico por condição da pré-candidatura de  Ana Monteiro de Andrade.

25 de janeiro de 2012

Bandas de Cuiabá farão shows no carnaval em Tangará da Serra

Duas bandas de Cuiabá ficarão encarregadas pela animação do público tangaraense durante cinco noites de carnaval e duas matinês, entre os dias 17 e 21 de fevereiro. A confirmação é da prefeitura. A festividade denominada "Folia e paz na terra dos Tangarás", será no estacionamento de uma casa de shows, próximo da avenida Tancredo Neves. Ainda não foi informado quantas pessoas são esperadas.

O ingresso custará R$ 3 nas noites de sexta, domingo e terça-feira e, R$ 5, no sábado e na segunda-feira. Para os camarotes, serão cobrados individualmente R$ 20 na sexta, domingo e terça e, R$ 25, no sábado e segunda-feira. Nas matinês (realizadas no domingo e na terça), o custo será de R$ 3. Já os camarotes, nos mesmos dias, custarão R$ 10. Não foi informado o destino do dinheiro arrecadado na bilheteria.

A festividade terá premiação de R$ 6 mil para os blocos inscritos, além de R$ 600 para a melhor fantasia nas matinês. No local, a infraestrutura será composta por telões, bares e praça de alimentação.

MP e Procon vão apurar falta de atendimento médico em hospitais


O Ministério Público Estadual (MPE) em ação conjunta com a Procuradoria de Proteção e Defesa dos Consumidores (Procon) em Tangará da Serra vai receber denúncias de pessoas que procuraram hospitais públicos ou privados e não receberam atendimento de urgência e emergência. O anúncio foi feito na manhã de ontem pelo promotor da Primeira Promotoria de Justiça Criminal, Renee do Ó Souza, e pela coordenadora do Procon de Tangará Adriana Gimenes da Silva. O objetivo é localizar pessoas que nos últimos dois anos não foram devidamente atendidas em quaisquer dos hospitais localizados em Tangará, sob a justificativa de que inexistiam médicos no local, seja pediatra ou não.

As denúncias poderão ser feitas diretamente no Procon, no MP, pelo telefone disque denúncia do MP, o 127, ou no link Ouvidoria do site http://www.mp.mt.gov.br/.

24 de janeiro de 2012

Cultura

Cultura
O Ministério da Cultura prorrogou até o dia 29 de fevereiro o prazo para os interessados se inscreverem no edital Prêmio Agente Jovem de Cultura: Diálogos e Ações Interculturais. Por meio da Secretaria de Cidadania Cultural, o MinC vai premiar 500 iniciativas de jovens entre 15 e 29 anos. As inscrições para a premiação foram abertas no dia 15 de dezembro de 2011.

Edital
O edital é uma parceria entre o MinC - que investirá R$ 2,9 milhões - e os ministérios da Saúde (R$ 1 milhão) e do Desenvolvimento Agrário (R$ 600 mil),além da Secretaria-Geral da Presidência da República/Secretaria Nacional de Juventude (R$ 500 mil).

Contemplados
Podem concorrer ao prêmio iniciativas existentes e já concluídas nas áreas de comunicação, tecnologia, pesquisa, formação cultural, produção artística, intercâmbio e sustentabilidade. Cada selecionado irá receber premiação no valor de R$ 9 mil. Os premiados poderão se inscrever de acordo com a faixa etária.

Luta contra a corrupção

O juiz da 4ª Vara Criminal de Natal, Raimundo Carlyle de Oliveira, condenou ontem 16 dos 21 réus denunciados pelo Ministério Público do Estado do RN por corrupção ativa e passiva durante a votação do Plano Diretor de Natal em 2007, quando foi deflagrada a Operação Impacto.

A condenação é tratada como um marco no combate à corrupção no Estado e envolve o pagamento de propina para a aprovação de projetos na Câmara Municipal do Natal.

A denúncia do MP sobre a Operação Impacto demonstrou que no curso da elaboração do novo Plano Diretor do Município de Natal, em 2007, os denunciados aceitaram vantagem indevida, para que, no exercício dos mandatos de vereador do município de Natal, votassem conforme os interesses de um grupo de empresários do ramo imobiliário e da construção civil.

As condenações implicam em devolução de recursos públicos, perda de mandato, penas que variam entre cinco e sete anos e nove meses de reclusão e multas que vão de 150 a 750 salários mínimos.

Contra a sentença ainda cabe recursos, tanto por parte dos condenados quanto do MP em relação às absolvições. Pelo menos é um começo. Emery

OPORTUNIDADE

Nesta semana, três universidades federais abriram um total de 83 oportunidades para a área da educação, com salários que chegam a R$ 7 mil. No Estado, a UFRN abriu seleção com 36 vagas, com salários que variam de R$ 1.536,46 a R$ 3.016,52. As inscrições podem ser feitas até o dia 1º de fevereiro na secretaria da Universidade.

RESSARCIMENTO

O Tribunal Superior Eleitoral firmou convênio com a Advocacia-Geral da União (AGU) para cobrar na Justiça, dos gestores cassados, os valores gastos com as eleições suplementares. Segundo a Corte, desde 2004, a União já gastou cerca de R$ 6 milhões com os pleitos suplementares.

AUMENTO

 O ministro da Previdência Garibaldi Filho afirmou que o aumento real da aposentadoria do INSS poderá ocorrer ainda este ano. A declaração foi dada em entrevista ao jornal O Dia. Conforme o ministro, existe a possibilidade de ser aprovada a correção acima da inflação para benefícios superiores ao piso nacional.

APROVAÇÃO

A demissão de sete ministros, sendo seis sob suspeita de irregularidades, não abalou a imagem da presidente Dilma Rousseff no primeiro ano de seu governo. A petista registrou índice de aprovação superior à de todos os seus antecessores neste mesmo período, com 59% da população considerando sua gestão ótima ou boa.

ESCOLARIDADE

 Segundo levantamento feito pela Datafolha, o que realmente distingue com clareza a classe social à qual o brasileiro pertence é a escolaridade. O estudo mostra que no topo da pirâmide social a maioria possui nível superior, sendo que descendo os degraus o nível de instrução reduz proporcionalmente. Desse modo, o levantamento conclui que estudar é o melhor passaporte para a mobilidade social.

DISCUSSÃO

A Câmara dos Deputados espera apreciar em Plenário o novo Código de Processo Civil (CPC) até o início de março. O novo texto foi aprovado no Senado e recebeu na Câmara 900 emendas, além de centenas de contribuições feitas pela internet por cidadãos em geral. 

Objetivo dos maus políticos

Os políticos desmoralizaram a política com um objetivo central.

Qual objetivo? Fazer com que as pessoas de bem tenham vergonha de fazer política, embora a vida partidária seja um direito constitucional assegurado a todos os cidadãos.

O que os maus políticos querem, no fundo, é reserva de mercado para que continuem comandando o show de maracutaias que vêm realizando há anos.

Não querem que ninguém ético atrapalhe os planos deles.

19 de janeiro de 2012

Quem deixou o partido pelo qual foi eleito e foi para o PSD, agora já pode ser cassado

O juiz da Segunda Vara da Comarca de Peixoto de Azevedo Tiago Souza Nogueira de Abreu, concedeu liminar em mandado de segurança e determinou ao presidente da Câmara de Peixoto de Azevedo que proceda em 48 horas a convocação e posse de João Manica (PP) no cargo de vereador.
De acordo com o magistrado, em resposta à consulta eleitoral de nº 1.398/2007, por seis votos a um, os ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiram que os partidos políticos e as coligações partidárias teriam direito de preservar a vaga obtida pelo sistema eleitoral proporcional quando tiver pedido de cancelamento de filiação ou de transferência de candidato eleito (entenda-se aqui também suplente) do partido pelo qual foi eleito para outra legenda. “Porque o mandato, no sistema proporcional, pertence aos partidos políticos, e não aos candidatos eleitos”, continuou o magistrado.
A decisão do magistrado é inédita no país. Os políticos que aderiram ao PSD inicialmente demonstravam tranquilidade pelo fato da legenda estar recém-criada. Todavia, o magistrado manteve a tese de que, em qualquer circunstância, o mandato é da legenda.
Somente em Mato Grosso, cerca de 300 parlamentares municipais e seis deputados estaduais e federais deixaram suas legendas e aderiram ao PSD, legenda comandada pelo presidente da Assembleia Legislativa, deputado José Riva (PSD). Todos, agora, correm risco de serem cassados.
Outro caso que vai dar o que falar é a briga entre o suplente de deputado federal Neri Geller do PP e deputado federal Roberto Dorner, que era do PP e que migrou para o PSD.
O diretório nacional do PP pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) que garanta a posse do suplente Neri Geller na vaga do deputado federal Pedro Henry. Apesar de estar na segunda suplência, ele alega ter direito à cadeira porque o primeiro suplente, Roberto Dorner, migrou para o PSD.
Em Porto dos Gaúchos teve 2 ou 3 vereadores que deixaram os partidos pelos quais foram eleitos e seguiram Riva para o PSD, no entanto até agora nenhum suplente manifestou interesse de pedir o cargo.

18 de janeiro de 2012

Empresário morre afogado no rio Sepotuba

O afogamento do empresário Dagoberto Alves Martins, 51 anos, foi registrado no domingo (15), em Tangará da Serra, no Rio Sepotuba, acima da Estância Amazonas. De acordo com a guarnição do Corpo de Bombeiros, que atendeu a ocorrência, no momento do acidente haviam quatro pessoas em um barco a motor: dois adultos e duas crianças.

Três sobreviveram ao acidente, mas Dagoberto, que não usava colete de proteção, afundou e desapareceu. O corpo do empresário foi encontrado na manhã desta terça-feira (17).

O CISC de Tangará da Serra informou que o corpo do empresário foi encontrado pela equipe do Corpo de Bombeiros por volta das 8h30.

O rio Sepotuba fica a 20 Km da cidade e, segundo informações iniciais, o barco virou após bater em um tronco que estava no meio do rio.

Após 18 dias, trabalhador em Tangará da Serra reaparece e acusa PM de sequestro

Guilherme acusa policiais de o terem levado de casa e entregue a pistoleiros. PM diz que não há registro nem pedido de prisão e caso será apurado.


Trabalhador rural disse que fugiu de pistoleiros e se
escondeu em mata (Foto: Reprodução/TVCA)

Após mais de 15 dias, um trabalhador rural de 46 anos que estava desaparecido no município de Tangará da Serra, aprocurou a Delegacia de Polícia Civil da cidade para prestar queixa contra policiais militares. Guilherme Silva, de acordo com a família dele, recebeu voz de prisão por policiais militares no dia 30 de dezembro e foi levado de casa. Durante todos esses dias, Guilherme ficou desaparecido.

O trabalhador acusou ter sido levado por policiais do sítio onde mora, no assentamento Antônio Conselheiro, na noite do dia 30 de dezembro de 2011. Ele teria sido sequestrado a mando de pistoleiros da região.

"[Os policiais] perguntaram quem era o Guilherme. Falei que era eu. Fui dar boa noite pra eles, quando cheguei perto para dar a mão, já começaram a me bater", disse, em entrevista à TV Centro América.

Guilherme responde por homicídio no estado de Rondônia. Ele chegou a ser preso mas estava em liberdade condicional e esperava uma intimação da justiça. Segundo Guilherme, os policiais o levaram até uma ponte no rio Sepotuba, na MT-358, e ele foi entregue a pistoleiros.

"Quando eles estavam contando dinheiro e conversando, o policial falou: 'É bem mais fácil de ter pego ele e feito o serviço do que ter trazido esse cara vivo. Não deixa ele escapar, não. Se ele escapar, vai dar problema pra nós", detalhou.

Depois disso, Guilherme disse que foi amarrado e colocado no porta-mala de um veículo. Algum tempo depois ele teria conseguido se soltar e quando o bagageiro foi aberto, ele fugiu. Com medo, o agricultor passou horas no rio e só saiu da água quilômetros depois. Ele relatou que passou a noite na mata e no dia seguinte caminhou até conseguir chegar na casa dele, no assentamento.

Após ficar 15 dias escondido, ele decidiu procurar proteção e foi até a Delegacia Regional de Tangará da Serra. Guilherme prestou depoimento à Polícia Civil, Ministério Público e Corregedoria da Polícia Militar.

No entanto, a Polícia Militar nunca confirmou ter feito a prisão. "Vamos apurar intensivamente. Havendo a conclusividade na autoria, sendo policiais militares, será pedida imediatamente a prisão preventiva, e ainda posteriormente excluir da corporação tais policiais", garantiu o major Delvison Cruz, da Polícia Militar. Globo.com

BOMBARDEIO

Pré-candidato a prefeito de São Paulo pelo PT, o ministro da Educação, Fernando Haddad, é vítima constante de ataques de adversários. Agora, está sendo alvo de representação sob o argumento de que deixou de responder a requerimento de informação da Câmara dos Deputados sobre distribuição de preservativos em escolas.

MUDANÇAS

- Decreto sancionado pela presidenta Dilma Rousseff e publicado na edição de ontem, 17, do Diário Oficial da União (DOU) altera as regras de concessão de rádio e televisão no país. Entre as principais mudanças, estão os critérios de avaliação das propostas e o prazo de pagamento da outorga, que a partir de agora precisa ser feito em uma única parcela, e não mais em duas.

MUDANÇAS 2
Ainda de acordo com o decreto, a partir de agora a Presidência da República responde pelas concessões de televisão e o ministro das Comunicações, pelas de rádio. Antes, o presidente era responsável pela concessão de TVs, rádios OMs, OCs e OTs; e o ministro pelas concessões de rádios FMs e, excepcionalmente, OMs.

17 de janeiro de 2012

VETOS

A presidenta Dilma Rousseff vetou 15 dispositivos da lei que regulamenta a chamada Emenda 29, que fixa os gastos mínimos da União, dos estados e municípios com a saúde pública. Entre os dispositivos vetados, está o retorno da Contribuição Social à Saúde (CSS), imposto que foi derrubado durante a votação da regulamentação no Parlamento. 

16 de janeiro de 2012

EXPECTATIVA

Adiada várias vezes, a votação do relatório final da Comissão Especial da Reforma Política voltará à pauta de discussões na Câmara Federal em fevereiro. A votação, que deveria ter ocorrido em 2011, não foi realizada em virtude da falta de consenso em torno do financiamento público exclusivo de campanha e de mudanças no sistema eleitoral. 

14 de janeiro de 2012

Coluninha - assuntos gerais

Prouni
As inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni) começam hoje e podem ser feitas pela internet até o dia 19 próximo. O candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2011 e obtido nota mínima de 400 pontos.

Requisitos
Também é necessário que o estudante tenha cursado o ensino médio em escola pública. Caso o candidato tenha passado tanto por instituições públicas quanto privadas, é necessário provar que teve bolsa integral para cursar o ensino particular.

Bolsas
Serão oferecidas 195 mil bolsas, sendo 98 mil integrais e 96 mil parciais, que custeiam 50% da mensalidade. As bolsas integrais contemplarão os candidatos que tenham renda inferior a um salário mínimo e meio (R$ 933). Para quem tem renda até três salários mínimos (R$ 1.866), podem ser concedidas bolsas de 25% a 50%.

Inscrições
Encerrado o período de cinco dias de inscrições, o Sistema de Seleção Unificada (SiSU), do Ministério da Educação, registrou, às 23h59 de quinta-feira, 12, o total de 3.411.111 inscrições, feitas por 1.757.399 candidatos - cada estudante teve o direito de fazer até duas opções de cursos e de instituições.

Vagas
Nesta edição do SiSU, são oferecidas 108.552 vagas em 3.327 cursos de 95 instituições públicas de ensino superior. O número de inscritos superou em 62% o registrado no processo do primeiro semestre de 2011, quando 1.080.194 pessoas concorreram às vagas oferecidas.

QUEDA

De acordo com levantamento divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o emprego na indústria caiu pelo terceiro mês consecutivo. Em novembro de 2011, a taxa de ocupação no setor foi de -0,1%, comparada ao mês anterior. A redução do contingente de trabalhadores já tinha atingido taxas negativas em setembro (-0,4%) e outubro (-0,5%), na comparação mês a mês.

BOLSA

As inscrições no Programa Universidade para Todos (ProUni) começam hoje e vão até o dia 19 de janeiro no www.siteprouni.mec.gov.br. O candidato deve ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2011 e obtido nota mínima de 400 pontos. Também é necessário que o estudante tenha cursado o ensino médio em escola pública.

Propaganda do governo é o cacete!

Para que o Estado precisa de anúncios publicitários? Propaganda é para vender algum produto. A administraçao pública vende o que? A imagem do Estado omisso? A única obra dele foi dobrar o valor os impostos que pagamos. O contribuinte deve se lembrar, ou então tem memória curta. Esses recursos milionários gastos na mídia em horários nobres poderiam ser mais bem aplicados para minimizar o sofrimento das vítimas das enchentes que perderam tudo. Também poderiam ser destinados a obras de infraestrutura a fim de mitigar riscos nas próximas temporadas de chuvas. O Estado do RJ, por exemplo está abandonada Pobre Cidade Maravilhosa... Nossos vereadores são gananciosos e inúteis.  Infelizes munícepes! Para acabar de revoltar a população, os ausentes vereadores aumentaram seus salários na virada do ano. Os desabrigados pelas previsíveis enchentes que esperem pelo Dia da Feijoada.

12 de janeiro de 2012

Cultura

O Ministério da Cultura informou ontem que terá este ano mais recursos do que em 2011. Segundo o ministro interino, Vítor Ortiz, a expectativa é de um total de pouco mais de R$ 2 bilhões. No ano passado, a pasta obteve R$ 1,07 bilhão executado (utilizado). Para ele, o salto orçamentário foi gerado pelo fato de 99% do programado para 2011 terem sido utilizados.

Reconhecimento
Para o ministro interino, o aumento nos recursos acontece em reconhecimento ao trabalho desenvolvido em 2011 pelo Ministério. O total bruto de R$ 2,3 bilhões previstos para 2012, segundo o ministro, não inclui os recursos da Lei Rouanet (de incentivo à cultura) - que permite que pessoas físicas ou jurídicas apliquem parte do Imposto de Renda devido em ações culturais.

Livros

O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) liberou nesta semana a quarta e última remessa de livros didáticos para o ano letivo de 2012. São 3 milhões de exemplares, que serão entregues pelos Correios.

Distribuição
Até o início das aulas, em fevereiro, todas as escolas públicas do Brasil terão recebido, no total, 162,4 milhões de livros, que serão usados por alunos do ensino médio e fundamental. Ferramenta indispensável para o bom aprendizado dos nossos estudantes.

RICAÇOS

A criação do Imposto sobre Grandes Fortunas (IGF) pode voltar a gerar polêmica no Senado em 2012. Previsto na Constituição de 1988, o tributo pode entrar em vigor por Projeto de Lei Complementar, que deverá ser discutido este ano.

EXPLICAÇÕES

O ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, falará à Comissão Representativa do Congresso Nacional hoje, às 14h30, antecipando-se à convocação pedida por parlamentares da oposição. O ministro deve esclarecer denúncias divulgadas pela imprensa nos últimos dias, entre as quais, de destinar a seu estado, Pernambuco, 90% das verbas do orçamento da Integração Nacional destinadas à prevenção de desastres naturais.

EDUCAÇÃO

Termina hoje a inscrição dos estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 no Sistema de Seleção Unificada (SiSU). Diariamente, o sistema divulga a nota de corte preliminar de cada curso com base na nota do Enem dos candidatos que pleiteiam as vagas. O endereço é www.sisu.mec.br.

11 de janeiro de 2012

Tangará da Serra permanece isolada geográfica e politicamente

Tangará da Serra permanece isolada geográfica e politicamente. Os destinos da cidade não estão bem claros. E isso tem evitado até mesmo que a classe política "superior" olhe para nossa terra e nossa gente. Não sabemos como esse chegará ao fim.

Tangará da Serra já registra cinco assassinatos em 2012

Em menos de 15 dias do ano em curso, cinco assassinatos foram registrados em Tangará da Serra.

Parabéns, seus incompetentes!

Depois de causar enorme repercussão negativa a notícia de que Tangará da Serra não será rota da Copa de 2014, a classe política dominante, envergonhada de sua tamanha incompência, tenta a todo custo passar para a sociedade que o município ainda poderá ser incluso na lista do Ministério do Turismo.

É pura Balela. Conversa prá boi dormir.

Tangará da Serra está fora. Não será rota turística nem aqui nem na China.

Parabéns, seus incompetentes!

Santo Afonso não registra um homicídio há cinco anos

O pequeno município de Santo Afonso, no interior de Mato Grosso, está há cinco anos sem registrar um só homicídio. De acordo com o prefeito Sílvio Souto (PSD), os mais de três mil habitantes de seu município nem mesmo se lembram o nome da última pessoa que teria sido assassinada.

Por outro lado, o consumo de drogas parece começar a perturbar as autoridades.

Prefeitura de Tangará sanciona lei que regulamenta transporte escolar na zona rural

Após a intervenção do Ministério Público Estadual (MPE), o município de Tangará da Serra sancionou a Lei nº 3.682, que dispõe sobre o transporte de alunos da rede pública de ensino que residem na zona rural. A operacionalização do transporte ficará a cargo da Secretaria Municipal de Educação e Cultura (Semec), que definirá as metas e diretrizes, a estrutura de funcionamento, os pontos de embarque e desembarque, o controle de bordo e a manutenção dos veículos.
 
De acordo com o promotor de Justiça Renee do Ó Souza, o MP encaminhou, em março de 2011, um ofício ao município para que regulamentasse a referida lei, já que a Lei Estadual nº 8469/96 dispõe sobre a necessidade desse tipo de previsão em lei municipal. “A atuação ministerial iniciou-se porque havia na Promotoria da Infância denúncias de desvio de rotas e de uso de ônibus escolares para finalidades distintas e sem ligação com a educação. Durante a investigação preliminar, constatou-se a ausência de norma capaz de inibir e de reprimir adequadamente este tipo de conduta. Daí a necessidade da norma municipal”, disse.
 

Com mais de 200 mortes, Aids em MT assusta; três cidades no “ranking das 100”

Eder Bevilaqua
de Barra do Bugres e Redação 24 Horas News

Mato Grosso tem três municípios que se encontram entre os 100 do Brasil com maiores índices de contaminação pelo HIV, trazendo desta forma o estado para a sétima colocação no ranking brasileiro de pacientes com AIDS.  Nos últimos 20 anos, foram registrados mais de 9 mil casos de soro positivo em todo Estado.

Sintep X SEMEC

Há um tremendo silêncio lá pelas bandas da Secretaria Municipal de Educação e Cultura de Tangará da Serra. Na cidade, há muita desconfiança de que o ano letivo não se inicie de acordo com o calendário escolar estabelecido.

Uma briga de mentirinha entre a SEMEC e o sindicato dos profissionais da educação seria o motivo para nossas crianças perderem alguns dias de aulas.

Cá de nossa redação pedimos a padre Cícero do Juazeiro para que os compadres (ambos do PT) com essa "lorota" e nossos milhares de alunos não sejam prejudicados.

9 de janeiro de 2012

Jornal O Tangaraense circulando

O Jornal O Tangaraense está nesta segunda-feira (09) circulando em Tangará da Serra, nas cidades vizinhas e capital do Estado. Boa leitura amigos e amigas.

Retornando ao trabalho

Prefeitura e Câmara de Vereadores de Tangará da Serra voltaram a atender ao público nesta segunda-feira. Bom trabalho para nossos estimados servidores!

RIGIDEZ

O Senado analisa um projeto que endurece a lei contra os usuários de drogas ilícitas. De acordo com a matéria, qualquer pessoa que comprar, guardar, transportar ou trouxer para consumo alguma droga ilegal poderá pagar uma multa que varia de R$ 200 e R$ 1.000.

VALIDADE

 Um ano e meio após virar lei, a discussão sobre a aplicabilidade da Ficha Limpa deverá chegar a um desfecho nos primeiros meses de 2012. Depois de adiar por duas vezes o julgamento sobre a validade da lei que proíbe a candidatura de pessoas condenadas por órgãos colegiados da Justiça, o Supremo Tribunal Federal (STF) trata como prioridade a conclusão da análise da norma.

Pedagogia I

Pedagogia II

Pedagogia III

7 de janeiro de 2012

SiSU

Desde a meia-noite de ontem, estudantes que participaram do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2011 podem se inscrever para disputar uma das 108 mil vagas em universidades públicas que serão oferecidas por meio do Sistema de Seleção Unificada.

Bolsa Família

Gestores de todo o país têm até o próximo dia 13 para informar sobre a saúde dos beneficiários do Bolsa Família. Registro do acompanhamento da agenda de crianças e mulheres, referente ao período entre agosto e dezembro de 2011, deve ser feito até a próxima semana.

Antecipação
Com essas informações, o governo monitora a eficácia das políticas sociais e garante direitos das famílias. É bom as equipes ficarem atentas. O problema no repasse das informações pode resultar no cancelamento do programa. Trabalhar o repasse com antecedência ajuda a evitar imprevistos.

REGULARIZAR

A partir deste ano, as empresas que possuem débitos referentes ao regime do Simples Nacional poderão parcelar a dívida em até 60 meses. O modo pelo qual as cerca de 600 mil empresas que se encontram inadimplentes com o Fisco podem regularizar a sua situação foi definido pela Instrução Normativa nº 1.229, de 29 de dezembro de 2011.

INADIMPLÊNCIA

Tramita na Câmara o Projeto de Lei 2.407/11, que garante ao consumidor igual direito de consulta por telefone ou pela internet dos cadastros que contenham informações de adimplemento (cadastro positivo) e dos que guardem dados sobre inadimplemento. A consulta gratuita sobre as informações de adimplemento já é prevista na Lei 12.414/11.

Bolsa blog: Trabalhe e pague imposto. O Governo Federal agradece.

Objetivo é sugerir financiamento de mídias como blogs e rádios comunitárias.
 
A Comissão de Ciência e Tecnologia, Comunicação e Informática instalou a subcomissão especial para analisar formas de financiamento de mídia alternativa.
 
A deputada Luciana Santos (PCdoB-PE), que sugeriu a criação do grupo e será relatora da subcomissão, afirma que a ideia é analisar propostas para o financiamento de diversas formas de comunicação, desde blogs até rádios comunitárias. Segundo ela, o próprio conceito de mídia alternativa será objeto de discussão na subcomissão.
 
Para a deputada, é preciso estimular a sociedade civil organizada a construir espaços de produção de informação, com a divulgação de conteúdos mais próximos de suas realidades.
 
O ponto de partida da relatora serão as diretrizes para o financiamento da mídia alternativa tomadas pela I Conferência Nacional de Comunicação, realizada em dezembro de 2009.
 
A parlamentar explica ainda que já existem projetos de lei em tramitação na Casa tratando do assunto, que serão elencados e estudados.

COMENTÁRIO: Na verdade muitos blogs e até grande jornais já recebem dinheiro público para falar bem do governo.
 
Governo federal do PT gastou R$ 16 bilhões em oito anos em publicidade e patrocínios
 
O governo do PT entrou para a história da publicidade governamental como o maior anunciante do país, com um desembolso de nada menos do que R$ 16 bilhões em anúncios pagos em emissoras de radio, Tvs e jornais, e em ações de patrocínio esportivos e culturais em que a marca do governo Lula esteve em evidência.

A compra de espaços publicitários nos meios de comunicação, nos oito da “Era Lula”, foram aplicados quase R$ 10 bilhões dos cofres públicos em publicidade। Os números são oficiais e integram o balanço realizado pela Secretaria de Comunicação Social da Presidência da República – Secom Federal.
 
Aqui abaixo um trecho de um blog de esquerda é isso que você vai patrocinar.
 
Para que fique bem claro, de uma vez por todas: quem somos “nós”, quem são “eles”. Nós somos os “militantes da utopia”, os “justos”, generosos, fraternos, humanistas; somos os guardiões e militantes de uma causa que preconiza mais distribuição de renda, mais Bolsa Família, mais empregos, Luz para Todos, mais Minha Casa Minha Vida,uma maior presença do Estado na economia, mais investimentos em infra-estrutura e saneamento básico, saúde, educação e segurança, mais cidadania.

Já eles, os perdedores, em sua esmagadora maioria, são/representam a “vanguarda do atraso”, o fundamentalismo religioso, o ódio, todo tipo de preconceito, o separatismo, a privatização, ou seja, a entrega do Estado a interesses privados, o cruel “higienismo” contra os desassistidos. Representam, pois, o destampatório de todo mal, a Pandora inesgotável – como bem registrou em artigo o meu valoroso conterrâneo Leandro Fortes. Eles simbolizam os “bichos escrotos” que solertes saíram dos esgotos, das sombras com a pretensão de arruinar a nossa festa e, por conseguinte, o nosso projeto de um país para todos os brasileiros.
* Movcc/Francisco Amado

5 de janeiro de 2012

Suplentes temem não retornar à Câmara Federal

Passada a aprovação do Orçamento Geral da União (OGU) para 2012 e a virada ano, os suplentes de deputado federal Roberto Dorner (PSD) e Neri Geller (PP) ainda não têm previsão de quando e nem se retornarão à Câmara Federal, onde legislaram praticamente durante todo o exercício de 2011 nas vagas de Pedro Henry (PP) e Eliene Lima (PSD), à época licenciados para assumir as secretarias de Estado de Saúde e de Ciência e Tecnologia, respectivamente.

Embora Henry já esteja de volta a Cuiabá desde a última semana de dezembro e até já responda novamente como secretário – apesar de ainda não ter sido reconduzido ao cargo oficialmente -, Dorner diz não ter sido informado sobre se poderá ou não reassumir a vaga no Congresso.

À frente de Geller na lista de suplência, o social-democrata chega a cogitar a possibilidade de Henry sequer retornar ao staff. “Respondendo como secretário, ele sempre esteve. O trabalho dele era três dias em Brasília e os outros três em Cuiabá. Como é um cara trabalhador, até agora ninguém reclamou da situação”, afirma.

Entre as referências que o suplente faz da atuação “extraoficial” de Henry como secretário está a estadualização do Hospital de Alta Floresta, realizada na última segunda-feira (2). Embora o secretário de Estado de Saúde, Vander Fernandes, ex-adjunto, estivesse na solenidade, Henry posou de titular o tempo todo.

Geller, por sua vez, garante não estar preocupado com a situação. Aparentemente o progressista está conformado, porque depende do retorno não apenas de Henry, mas também de Eliene. Além disso, ele diz ter conseguido dar continuidade a propostas e empenhos mesmo depois que os titulares reassumiram os cargos. “Estou tranquilo e não tenho feito pressão quanto a isso. Sinceramente, não sei se o Eliene vai ou não ficar na Câmara”, sustenta.

Ao contrário de Henry, que afirma estar aguardando apenas o retorno do governador Silval Barbosa (PMDB) das férias para reassumir a pasta, Eliene já pondera a possibilidade de permanecer na Câmara Federal. Ele argumenta ter recebido um convite para atuar numa comissão que debaterá as questões relacionadas à infraestrutura do país. A decisão deve ser tomada em conjunto com as lideranças partidárias.

Além disso, Eliene pode estar entre os barrados no staff pela Lei da Ficha Limpa. Ele foi cassado em 2010 sob acusação de compra de votos, mas ainda tem a seu favor um recurso tramitando no TRE. Diário de Cuiabá

RESTRIÇÃO

Desde o dia 1º de janeiro, a lei eleitoral já restringe programas sociais e publicidade institucional em ano de eleição municipal. Conforme o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), a administração pública está proibida de realizar a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios aos cidadãos, exceto em casos de calamidade pública ou de estado de emergência.

Pai que matou bebê com canivete está preso em Campo Novo do Parecis

Pai matou o próprio filho com 10 golpes de canivete
(Foto: Reprodução /TVCA)

O homem suspeito de matar o próprio filho de um ano e 2 meses com 10 golpes de canivete foi transferido nesta terça-feira (3) da delegacia de Tangará da Serra para a Cadeia Pública de Campo Novo do Parecis, a 397 km de Cuiabá.

O diretor da cadeia pública, Agno Sérgio Silva Ramos, afirmou em entrevista ao G1 que o suspeito está preso em uma área diferenciada por conta da revolta dos outros presos da unidade. “Ele está em uma cela que não tem convívio com as outras alas da unidade porque os presos ficaram revoltados com a atitude dele”, contou.

Ramos contou que não houve nenhuma ameaça por parte dos presos contra o suspeito, mas que por precaução, além de manter o homem isolado da maioria dos demais reeducandos, o restante dos detentos não têm acesso às notícias locais. “Como a revolta é visível, eles estão com os acessos limitados. Eles até podem assistir televisão, mas não pega a TV local”, explicou o diretor. Ainda segundo ele, não há previsão para que o suspeito possa ser liberado para o convívio com os demais detentos.

Preso em uma cela com mais cinco detentos, o homem de 29 anos fala pouco sobre assunto. “Ele não comenta nada e continua dizendo que não se lembra do ocorrido”, finalizou o diretor.

O caso
O crime aconteceu no último domingo (1º) quando o pai fez o próprio filho refém. De acordo com a Polícia Militar, o bebê foi atingido com 10 golpes de canivete desferidos pelo próprio pai.
 

Antes de assassinar o filho, o homem negociou com os policiais por cerca de quatro horas e foi preso em flagrante depois do crime. Segundo a PM, a criança foi feita refém após uma discussão entre o pai e a mãe do bebê.
Durante todo o tempo de negociação, o suspeito ficou trancado na casa, com a luz apagada. Só estavam na residência o pai e a criança, que ainda foi encontrada com vida pelos policiais. Em seguida, ela foi levada para um hospital da cidade, mas não resistiu aos ferimentos e morreu.

saiba mais
FONTE: G1

Deputado quer impedir divulgação de investigações sobre candidatos no período eleitoral

Um projeto de lei que pode ser votado pela Câmara dos Deputados ainda este ano impede a divulgação de investigações de crimes cometidos por candidatos no período eleitoral. O texto, proposto pelo deputado Bonifácio de Andrada do PSDB-MG, especifica que a restrição é relativa a crimes culposos - cometidos sem intenção - ocorridos nos quatro meses da campanha eleitoral.

O PL 2.301/11 determina a proibição de divulgação ou publicação de qualquer "sindicância, procedimento investigatório, inquérito ou processo, ou qualquer ocorrência de natureza penal" relativos a ilícitos cometidos por candidatos durante o período da campanha.

4 de janeiro de 2012

Tente entender

O PMDB, que é vice do PT no Governo Federal, caminha para se aliar em São Paulo com o DEM, que é odiado pelo PT. Ou seja, são aliados em Brasília e inimigos em São Paulo. Entende? Essa é a política brasileira de todos os dias.

Misturada Tangaraense
Na eleição indireta ocorrida em 2011, para escolha de um prefeito para Tangará da Serra, o eleitor assitiu a mistura de siglas, com uma pitada a mais: o PT se aliou ao PSDB numa tentativa desesperadora para se manter no poder.

adversário ferrenho no país e em Mato Grosso, o PT se curvou aos tucanos tangaraenses em troca de algumas secretarias e de uma liderança na Câmara de Vereadores.

A sigla que chegou a assumir titularmente a vice-prefeitura e interinamente o comando do poder executivo, para não sumir de vez no município, optou por estar sob as penas do tucanato, porém, usufruindo da sobra e água fresca cedidas pelo poder.

É claro que todas as decisões tomadas pelos partidos serão julgadas pelo eleitorado nas eleições que se aproximam. E cada um receberá o seu quinhão.

Além dos números

Do jornalista Merval Pereira na edição de ontem do jornal O Globo: “Mais importante que definir que ter o sexto Produto Interno Bruto (PIB) do mundo não significa ter um país melhor – estamos em 84° lugar no Índice de Desenvolvimento (IDH); em 88° no Índice de Desenvolvimento Educacional; ainda somos um dos mais desiguais na distribuição de renda do mundo, apesar dos avanços recentes.”

OPINIÃO: Em 2012, serão apenas três meses de atividade

O Congresso Nacional produziu pouco em 2011, e em 2012 produzirá menos ainda. A previsão negativa é sustentada pelo ano eleitoral, que deve restringir a agenda na Câmara e no Senado.

Os parlamentares terão apenas o primeiro semestre para aprovar os grandes projetos, uma vez que a segunda parte do ano será dedicada às eleições municipais.

Os congressistas, candidatos ou não, ficarão boa parte do tempo em seus Estados, para ajudar a eleger correligionários. Como o Congresso volta a ganhar ritmo somente depois do Carnaval, em março, a agenda terá de ser cumprida em três meses.

É nesse curto tempo que os parlamentares prometem aprovar projetos importantes que foram jogados do ano passado para este ano.

 No topo das prioridades estão a Lei Geral da Copa, que sequer foi apreciada pela Comissão Especial da Câmara; Código Florestal, que em 2011 foi aprovado na Câmara, mas alterado no Senado, retornando à Casa para nova apreciação; Lei dos Royalties, que redefine a divisão dos recursos provenientes da exploração do petróleo, e que interessa ao Governo Federal e aos Governos Estaduais; Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público da União (FUNPRESP), que estava previsto para ser votado em dezembro de 2011, mas foi jogado para o início dos trabalhos de 2012; projeto do Voto Secreto, que prevê o voto aberto nas deliberações do Congresso, mas emperra na falta de vontade dos parlamentares; a tão sonhada Reforma Administrativa, prometida, mas que não saiu do papel em 2011; a proposta que prevê explicitamente o direito do Conselho Nacional de Justiça (CNJ) de investigar e punir juízes, que adormece no Senado e que espera ser colocado para aprovação; e a tão sonhada reforma política, que desafia o tempo e a todos.

É pouco provável que deputados e senadores limpem essa pauta, tão necessária quanto urgente.

Em 2012, são apenas três meses de atividade, apesar de o cidadão brasileiro pagar por 12 meses de trabalho dos parlamentares.

Polícia encontra 200 kg de pescado irregular em residência de Tangará da Serra

Um homem foi detido pela polícia com 200 quilos de pescado irregular, nesta segunda-feira (2), no município de Tangará da Serra. A apreensão ocorreu em uma residência localizada na cidade. O suspeito chegou a ficar detido, mas pagou fiança e foi liberado em seguida.

De acordo com a Polícia Civil, o homem confessou que pegou os peixes em terras indígenas e comercializava há muito tempo. O esquema de pesca e venda já estava sendo monitorado pela Polícia Ambiental há algumas semanas.

O pescado foi apreendido e encaminhado para a Secretaria de Estado do Meio Ambiente (Sema). O produto deve ser distribuído em entidades filantrópicas da cidade. O homem vai responder por crime ambiental, além de um processo administrativo.

Piracema
O período de proibição de pesca começou no dia 5 de novembro de 2011 nos rios das Bacias Hidrográficas do Amazonas e do Paraguai se estendendo até o dia 28 de fevereiro de 2012. Esse período corresponde à fase reprodutiva do ciclo de vida dos peixes e representa a renovação e manutenção dos estoques pesqueiros em nossos rios.

Unemat confirma novos cursos em Sinop, Alta Floresta e Tangará

Universidade do Estado de Mato Grosso ofertará a partir do segundo semestre nove cursos de graduação novos instalados em diferentes campi. Serão criadas 350 vagas no ensino superior gratuito, aumento de quase 20% no número de pessoas atendidas. Cáceres terá Medicina, Engenharia Elétrica no campus de Sinop, Direito está confirmado em Alta Floresta, Barra do Bugres e Pontes e Lacerda, Geografia em Colíder, Engenharia Civil em Tangará da Serra,  Administração em Juara e Nova Xavantina.

A implantação dos novos cursos foi feita de forma planejada a partir de pesquisa de demanda realizada pelos campi, em atendimento a áreas estratégicas para o desenvolvimento regional. "A ampliação está sendo feita de forma responsável, dentro do planejamento estratégico da Unemat e em parceria com Governo do Estado. Por isso asseguramos investimentos para os novos cursos e para os existentes, possibilitando ampliação de infraestrutura, qualificação docente e programas de bolsas", afirmou o reitor da Unemat, Adriano Silva.

Para o reitor, a sociedade de Mato Grosso será beneficiada pela expansão dos serviços oferecidos pela Universidade. "O Governo vem investindo na Unemat por entender o seu papel social e desenvolvimentista", disse.

As novas vagas serão disponibilizadas a partir do Vestibular 2012/2. Atualmente, a universidade oferece 1.800 vagas em cada vestibular semestral, para 44 cursos regulares instalados nos campi de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Colíder, Juara, Luciara, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra.

Criança cai da garupa de moto e acaba sendo atropelada


Uma criança de 12 anos de idade caiu da garupa da motocicleta que era pilotada pelo tio. A queda aconteceu após o piloto acelerar para se livrar de um suposto acidente. Entretanto, o garoto caiu no chão e foi atingido por um automóvel, causando vários ferimentos pelo corpo. O acidente aconteceu no bairro Dona Júlia, em Tangará da Serra.

De acordo com a PM, o motociclista não possuía Carteira Nacional de Habilitação (CNH) e se recusou a falar onde estava e a quem pertencia a moto que pilotava. A motorista do veículo que atropelou a criança prestou socorro às vítimas. 

Posteriormente,  plantonistas da Unidade Mista de Saúde tiveram que chamar de novo a Polícia. Éque os envolvidos na questão discutiam no corredor do hospital após se envolverem em um acidente de trânsito. Alexandre Rolin

CERTIDÃO

A partir de hoje, as empresas e os empresários só poderão participar de licitações públicas se estiverem em dia com suas obrigações perante a Justiça do Trabalho. Para isso, as empresas devem apresentar a Certidão Negativa de Débitos Trabalhistas (CNDT), que será emitida gratuitamente pelo Tribunal Superior do Trabalho (TST), no site http://www.tst.jus.br/

3 de janeiro de 2012

OPINIÃO: Pesquisas e pesquisas

A divulgação de pesquisa só com o registro na Justiça Eleitoral. A exigência entrou em vigor no primeiro dia do ano, domingo, em conformidade com o artigo 33 da lei 9.504/1997 e devidamente detalhada na resolução 23.190/2010 do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A norma estabelece um conceito que visa a uniformizar as pesquisas eleitorais, com propósito claro de evitar o uso dos institutos e seus números em prol de partidos e candidatos.

 Quase se define regras, evidentemente, espera-se o seu cumprimento. Agora, será que o registro de pesquisas impede o seu uso de forma criminosa? Essa é uma dúvida que a própria Justiça Eleitoral não consegue dirimir.

Tomando por base pleitos passados, com o surgimento de institutos e pesquisas sem qualquer procedência confiável, é improvável que a obrigação do registro estabeleça um ponto confiável.

Pode até atenuar o uso desse mecanismo, mas não resolverá o problema. Dentro dos limites da norma, os institutos têm como manipular os números, usando explicações permitidas pela própria lei.

Metodologia, margem de erro, direcionamento para áreas indicadas pelo contratante são alguns pontos que podem ser usados sem ferir a lei. O resultado final, para divulgação, sai de acordo com a vontade do instituto e do contratante. Não vai daqui a desconfiança gratuita. Esse quadro é baseado por exemplos recentes.

Há uma linha de raciocínio de que as pesquisas não definem uma eleição – e é verdade –, mas podem perfeitamente manipular a consciência do eleitor menos esclarecido. Os (maus) exemplos são muitos, não havendo necessidade para enumerá-los.

 De qualquer forma, com ou sem registro, as pesquisas são instrumentos importantes numa campanha eleitoral, principalmente aquelas contratadas e realizadas para consumo interno, que servem, tão somente, para orientar e desenvolver a batalha eleitoral. Então, que venham as pesquisas, com ou sem registro.

Depósito

O INSS iniciou ontem os depósitos para quem recebe acima do piso previdenciário (um salário mínimo). Receberam ontem os segurados que ganham acima do mínimo e possuem cartão com final 1 e 6, desconsiderando-se o dígito.

Central
Dúvidas sobre as datas do pagamento podem ser esclarecidas com os operadores da Central 135. A ligação é gratuita de telefones fixos ou públicos e custa o preço de uma ligação local, quando originada de um celular.

Programação
A programação de pagamentos do INSS para 2012 já está disponível no site da Previdência Social. Assim, os beneficiários podem se informar com antecipação e programar o pagamento de contas e compras por meio do calendário. Para acessá-lo, basta consultar a Agência Eletrônica Segurado no site e clicar na tabela de pagamento de benefícios.

Transição

Desde ontem, os segurados do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) que recebiam o benefício pelo Banco Postal serão pagos pelo Bradesco. O atendimento será feito em agências, postos de atendimentos e estabelecimentos identificados com a marca Bradesco Expresso, em endereços próximos aos das agências dos Correios.

Mudança
A mudança foi realizada porque as mais de seis mil unidades do Banco Postal instaladas em todo o país passam a atuar, a partir de janeiro de 2012, como correspondentes do Banco do Brasil. Os segurados que estiverem com dúvidas devem procurar agências do Bradesco ou dos Correios. Informações podem ser encontradas também na Central 135.

Convênios

A Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp), do Ministério da Justiça, e as secretarias de Segurança Pública de dez estados firmaram 15 convênios com o objetivo de estruturar academias de polícia e bombeiros para oferecer cursos de capacitação voltados para a Copa do Mundo Fifa Brasil 2014.

Publicação
Segundo o Ministério da Justiça, o investimento publicado foi de R$ 35,5 milhões, de um total previsto de cerca de R$ 148 milhões até 2014. Os convênios foram publicados no Diário Oficial da União do dia 28 de dezembro.

Reestruturação
Os centros que serão reestruturados - institutos de ensino de segurança pública (academias, centros de formação, etc.) de cada uma das instituições (Polícia Militar, Polícia Civil e Bombeiro Militar) dos estados-sede - receberão 20 cursos presenciais para preparar a atuação durante o Mundial.

Extensão
A Senasp também deverá ter um centro de capacitação, em virtude da atuação da Força Nacional de Segurança Pública. Os estados que não serão sedes de jogos da Copa também serão contemplados com vagas nos cursos de capacitação, uma vez que seus efetivos poderão ser mobilizados para atuarem na Força Nacional de Segurança Pública.

Dimensão
A intenção do Ministério da Justiça, por meio da Senasp e da Secretaria Extraordinária de Segurança para Grandes Eventos (Sesge), é capacitar 53 mil policiais militares, civis, federais, rodoviários federais, bombeiros e outros profissionais de segurança pública para atuarem no Mundial e demais eventos que o Brasil sediará, como os Jogos Olímpicos, em 2016.

Cursos
Ao todo, serão 40 cursos, realizados até dezembro de 2013. Os instrutores responsáveis pela formação serão profissionais com notório conhecimento nas áreas temáticas. No primeiro semestre de 2014, todos os capacitados passarão por atualização que vai conferir a Certificação Copa 2014.

Sepultado em Tangará da Serra bebe assassinado com 13 golpes de canivete pelo pai


Um bebê de apenas um ano e dois meses,  foi assassinado pelo próprio pai com golpes de canivete. O sepultamento ocorreu nesta segunda-feira (2), em Tangará da Serra.

O pai do bebê  foi preso em flagrante sendo acusado de ter desferido 12 golpes de canivete contra a criança, na noite do primeiro dia do ano de 2012. O homicídio ocorreu na casa onde eles viviam, na cidade de Campo Novo do Parecis.

O pai da criança tem 29 anos de idade e  deve responder pelos crimes de ameaça, homicídio qualificado e resistência à prisão. Se condenado, o suspeito pode pegar mais de 30 anos de prisão caso seja condenado pela Justiça.

O crime aconteceu depois de uma discussão entre os pais do bebê . A mulher, que teria sido agredida, fugiu para a casa de um vizinho e depois chamou a polícia. Em seguida, o suspeito fez o próprio filho refém. Foram necessárias cerca de quatro horas de tentativa de negociação com a Polícia Militar e familiares até o homem ser preso.

Nessas quatro horas, o homem ficou trancado na casa com a luz apagada. No interior da casa só estavam pai e a criança, não tinha visibilidade alguma da parte de fora da casa , o que restou a Policia ter que conversar com o homem sem ver ele. O bebê  foi encontrada vivo pela policia. A criança ao chegar no hospital não resistiu aos ferimentos e veio a óbito.

Segundo informações, a  mãe da criança, contou que o marido planejou o assassinato do próprio filho. “Ele já vinha planejando isso há dias. Ele queria me matar e os dois filhos e dizia que ele ia se matar depois”, disse a mãe em lagrimas. A mãe também conta que após fugir de casa não conseguiu retornar. “Eu só escutava ele (o bebê) gemendo. Eu me desesperei e corri. Os policiais me pegaram e não me deixaram nem entrar mais na casa”, explicou. Ela completou dizendo que depois disso só viu o filho sendo carregado pelos policiais. “Quando eles saíram de lá, já vieram com o bebê morto”.

Atualizada nesta terça-feira 03.01

LEIA A REPERCUSSÃO DO CASO NO PAÍS

Pai que matou bebê de 1 ano queria exterminar a família

Midia News - ‎há 1 hora‎
A delegada municipal de Campo Novo do Parecis (369 km a Noroeste de Cuiabá), Cinthia Gomes da Rocha Culpido, responsável pela prisão Rosenildo Prado, 29, acusado de assassinar o filho Tiago da Silva Prado, de um ano e dois meses, com 13 golpes de ...

Bebê de um ano foi assassinado pelo próprio pai com golpes de ...

AN Alagoinhas Notícias - ‎há 10 horas‎
Um bebê de apenas um ano e dois meses, foi assassinado pelo próprio pai com golpes de canivete, o sepultamento ocorreu hoje no final da tarde(2), em Tangará da Serra, a cidade fica a 242 km de Cuiabá. O pai do bebê foi preso em flagrante sendo acusado ...

Sepultado corpo de bebê morto com golpes de canivete pelo pai em MT

G1.com.br - ‎há 13 horas‎

Pai é preso em flagrante após matar bebê com vários golpes de canivete

CenárioMT - O cenário da notícia em Mato Grosso - ‎há 17 horas‎
A monstruosidade do assassinato de uma criança de um ano de idade assombrou a população de Campo Novo do Parecis (a 380 km de Cuiabá) neste domingo (1º). O pequeno Thiago da Silva Prado foi atacado com golpes de canivete pelo próprio pai, ...

Pai é preso em flagrante após matar bebê

Circuito Mato Grosso - ‎há 18 horas‎
O atendimento da ocorrência, que mobilizou as polícias Militar e Civil, começou às 19 horas e só acabou por volta das 21horas, com a prisão de Rosenildo Prado, 29, que mantinha reféns dois filhos, um de 10 anos eo bebê, dentro da residência da família. ...

Pai mata filho de 1 ano com 13 golpes de canivete em Mato Grosso

Só Notícias - ‎há 19 horas‎
A polícia prendeu RP, 29 anos, acusado de matar o próprio filho, de 1 ano e 2 meses, com cerca de 13 golpes de canivete, ontem à noite, em Campo Novo do Parecis (396 km de Cuiabá). Ele foi preso em flagrante e indiciado pelos crimes de homicídio doloso ...

Pai mata o filho de um ano com 13 golpes de canivete

Midia News - ‎há 19 horas‎
Rosenildo (dest.) matou o filho de um ano e dois meses, na casa da família, em Campo Novo do Parecis A Polícia Civil autuou em flagrante Rosenildo Prado, 29, por assassinato e resistência à prisão, após matar o filho Tiago da Silva Prado, ...

Pai mata bebê com mais de 10 golpes de canivete em MT, diz polícia

G1.com.br - ‎há 21 horas‎

Mãe diz que pai 'planejou' assassinar bebê com golpes de canivete ...

G1.com.br - ‎há 17 horas‎

Pai é preso em flagrante após matar bebê de 1 ano com 13 golpes de ...

O Documento - ‎há 18 horas‎
A Polícia Judiciária Civil indiciou pelos crimes de ameaça, homicídio doloso e resistência à prisão o pai que matou o filho de 1 ano e 2 meses, com cerca de 13 golpes de canivete, na noite de domingo (01.01), no município de Campo Novo do Parecis (396 ...