5 de março de 2012

Não houve assalto em campo Novo dos Parecis

Acabamos de receber uma informação de Campo Novo do Parecis, dando conta que não houve assalto algum naquela cidade mato-grossenses na manhã desta segunda-feira. Que lastimável, que alguém tenha plantado tal notícia falsa. Espero que as autoridades policiais que também foram prejudicadas tomem as devidas providências localizando e prendendo quem erronhamente procedeu.

Assaltantes armados invadem agência bancária em MT, fazem clientes reféns e deixam a cidade incomunicável

Por Julia Munhoz

Um bando fortemente armado invadiu uma agência do Banco do Brasil na cidade de Campo Novo do Parecís (398 km de Cuiabá), por volta das 10 horas desta segunda-feira (5). Os assaltantes cortaram cabos e deixaram a cidade sem comunicação de telefones fixos e celulares.

Equipes da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO), polícias Civil e Militar já se deslocaram ao município para auxiliar nos trabalhos. Ainda não há informações mais detalhadas devido à falta de comunicação.

A PJC informou apenas que os assaltantes invadiram a agência logo depois que ela abriu para atendimento aos clientes.

Esta é a terceira agência assaltada no estilo novo cangaço somente este ano. As primeiras ações ocorreram nos municípios de Nova Lacerda e Confresa.

O Banco do Brasil de Campo Novo já foi alvo de assaltantes pelo menos três vezes, sendo uma em outubro do ano passado e outra em dezembro de 2010, informou a Polícia Civil.

Pais encontram filha de 15 anos em orgia com 17 homens dentro de casa

Vírgula.UOL

Ao retornar do carnaval, o casal Amadeu Thomazini e Lorena Thomazini, ambos de 39 anos, tiveram uma surpresa nada agradável quando entraram em casa perceberam ruídos estranhos vindos da suíte do casal e flagraram uma cena digna das grandes orgias romanas. A menina de apenas 15 anos interagia sexualmente com 17 homens e aparentava estar plenamente sóbria e consensual naquela festa tão íntima.

Amadeu imediatamente expulsou aquela trupe de sua residência e foi conversar com a filha sobre o ocorrido e para sua surpresa a filha revelou que havia realizado um leilão virtual de uma noite de prazeres em uma rede social. Segundo apurou a mãe da menor os lances vencedores estavam empatados em R$ 3.500,00. Uma avaliação preliminar feita na caderneta de poupança da moça revelou neste final de semana depósitos na ordem de R$ 63 mil.

Em depoimento a 67ª DP em São Paulo a menor disse que o encontro havia começado as 19h da terça (21/02) e durou até as 9h da quarta-feira quando os pais interromperam abruptamente aquela ‘prestação de serviços’. A grande preocupação da menor seria a quebra de ‘contrato’, no entanto seus pais a confortaram dizendo que não devolveriam o dinheiro a nenhum dos contratantes.

O delegado Michel Carneiro Peçanha não registrou boletim de ocorrência em função dos pais não apresentarem queixa de abuso sexual. Dr. Peçanha afirmou que casos como este são mais frequentes do que se imagina. ‘A Twitcam virou uma espécie de Shop Time da pornografia’ onde meninas de 15 a 18 anos vendem sua intimidade em busca de seguidores ou dinheiro para alimentar seus desejos consumistas.

Os pais desconheciam o fato da menor já possuir em sua caderneta de poupança R$ 234.128,50. A caderneta de poupança fora aberta quando ela tinha 12 anos e os pais fizeram um único depósito no valor de R$ 50 no momento da abertura. A surpresa foi enorme diante da descoberta. Os pais estudam agora o que fazer com este montante. A hipótese mais provável é a compra de um imóvel em nome da filha.

PARA REFLETIR - ELE NÃO CONHECIA

Uma tarde, certa mãe muito atarefada, ao promover uma limpeza geral na casa apelou para o filho de 11 anos, pedindo-lhe ajuda nessa atividade. Coube-lhe, então, o dever de limpar os móveis, começando de cima para baixo, ainda com a responsabilidade de retirar todos os objetos acumulados sobre eles, para que melhor pudesse retirar toda a poeira ali amontoada desde a última faxina.

O garoto servindo-se de uma pequena escada de dois degraus, iniciou seu trabalho. Depois de algumas horas, estavam limpos os móveis das duas salas e dos quartos. Finalmente chegou àquele quarto onde eram colocados objetos mais antigos - alguns aproveitáveis e outros não. Havia realmente muito o que fazer ali.

Quando começou pôr abaixo tudo o que estava colocado em cima de uma velha prateleira, o garoto deparou-se com um volume grosso, já amarelecido, empoeirado e metido entre latas, ferramentas e tantas outras quinquilharias encostadas. Com o livro já nas mãos, o pequeno chamou a mãe e foi dizendo:

- Olha, mãe, achei essa coisa velha, empoeirada e até com cheiro de mofo. Veja só como está horrível... Posso jogar no lixo?
 
A mãe, que por um pouco havia deixado os seus próprios afazeres a fim de atender ao chamado do filho, vendo que aquilo que o garoto chamava de coisa era a Bíblia da família, disse-lhe em tom contrito:
 
- Meu filho, tome cuidado com este livro porque ele é sagrado, é o livro de Deus! Imagine, atirar ao lixo este volume...
 
- Livro de Deus, mãe? Então, antes que as traças o destruam, o melhor é devolvê-lo ao Dono, pois aqui em casa nunca o usamos e quem sabe Deus encontre alguém interessado nele...

CPIs vagas

A partir desta semana, depois de um longo e tenebroso inverno, estarão de volta as Comissões Parlamentares de Inquérito (CPIs) na Câmara dos Deputados. Serão instaladas as CPIs para investigar o trabalho escravo e a da criança e adolescente. Já está funcionando a CPI mista sobre o tráfico internacional de mulheres. Percebeu um detalhe? São todas sobre assuntos que não atingem diretamente o governo federal, são genéricas, digamos assim. Não é apenas uma coincidência. A CPI dos Correios no governo Lula traumatizou o PT.