17 de maio de 2014

Coluna semanal de Dorjival Silva

DIRETO DA REDAÇÃO

15/05/2014



TRISTE REALIDADE EM NOSSO PAÍS

Uma "leve" estatística da capital do País da Copa: de janeiro até o final de abril foram registrados 870 homicídios e 14.037 roubos e assaltos. Domingo, um marginal cuja CNH já havia sido cassada por dirigir embriagado e participar de rachas, bateu violentamente na lateral direita de um carro próximo a estação do metrô de águas claras. Resultado: Mãe e filha de apenas três anos morreram no local da tragédia e o esposo foi hospitalizado com duas costelas quebradas. Na segunda-feira, dia 12, na Ceilândia, outro facínora, matou duas crianças, uma de 9 anos e outra de 13, por causa de dívida com o tio das crianças. Aproveitou-se do momento em que as crianças estavam sozinhas, entrou na casa, amarrou o menino e a menina na cama e ateou fogo na casa. Os inocentes morreram carbonizados. E enquanto isso a corja só vem se preocupando com a Copa da Máfia.

TRISTEZA
Escrevo a coluna tomado de tristeza pela morta prematura, na segunda-feira (12), do vereador tangaraense Odair José (PTB). Juntos, fomos conselheiros titulares da Saúde de Tangará da Serra, oportunidade em que partilhamos grandes momentos da história do município. Fica a saudade de um brasileiro muito descente que conheci em Mato Grosso. Adeus amigo!

PACTO
Insisto na necessidade de firmamos um pacto pelo município de Brasnorte. Cada um “atirando” para seu lado fica mais difícil para se construir o desenvolvimento e o crescimento que queremos. Nem preciso dizer que o momento é de calçarmos as “sandálias da humildade” e partimos unidos em busca de dia melhores para nossa população que já beira 17 mil habitantes.

GATO E RATO
Não colam mais para o povo aqueles antigos hábitos de grupo tal que perdeu as eleições ficar torcendo pela ruína do que está no poder. Nem vingam as atitudes negativas dos que estão no poder quando passam a falar mal e perseguir governos passados. O município precisa de cidadãos que trabalhem pelo bem coletivo. E não de gatos e ratos. Muito menos de raposas.

PEDRO COELHO
Presidente da Câmara de Vereadores de Brasnorte, vereador Pedro Coelho (PT) se portou como um verdadeiro conciliador de conflitos de ideias na sessão ordinária do dia 12. Usando a expressão “falo como vovô da Câmara” o edil aconselhou a dois colegas que se abstivessem de duelos imaturos e públicos por ocasião das sessões. “Vocês brigam aqui e depois querem levar isso adiante. Perdem os dois. Tudo passa nessa vida, inclusive nossos mandatos”, completou.


MOÇÃO DE APLAUSOS
A Câmara de Vereadores de Brasnorte aprovou na sessão ordinária do dia 12 de maio, Moções de aplausos para o jornal Gazeta do Noroeste, o promotor de Justiça Daniel Mattioni e o secretário municipal de Finanças Benjamim Prattes.  No caso do promotor, a homenagem feita pelo Parlamento, deu-se em razão dele ter peitado com bravura a luta em favor da conclusão das obras do frigorífico em andamento em Brasnorte.

FICHA SUJA
Na primeira eleição geral com a vigência da Lei da Ficha Limpa, o Ministério Público (MP) terá mais trabalho na tarefa de barrar os candidatos com pendências na Justiça.

FISCALIZANDO
Um dos mais importantes serviços que um vereador pode desenvolver é fiscalizando com sinceridade se os recursos públicos de seu município estão sendo bem investidos ou jogados pelo ralo da corrupção. Mas, sobre esse tema, nunca se ouve nenhum vereador questionar. E é por que foi eleito justamente para isso fazer. Chego a imaginar que alguns vereadores andam de olhos e ouvidos tampados para os fatos mais graves que acontecem no município.

FISCALIZANDO II
Fiscalizar é muito diferente de sair por ai em um veículo “olhando” o que os gestores, por obrigação, estão realizando por meio de suas respectivas pastas. Isso chama “passeio”, coisa pra quem não tem o que fazer. Fiscalizar significa verificar se verba tal destinada para tal serviço ou obra está sendo investida corretamente; se o material ou serviço prestado está condizente com os especificados em contratos, etc.

PRIORIDADES
Um parlamentar que se preza e respeita o contribuinte que paga seu salário e as verbas indenizatórias tem que trabalhar pelas prioridades do município. Seu município tem boas creches, Procon, Defensoria Pública, Delegacia da Mulher, Conselho Tutelar, boas estradas vicinais, bairros para serem asfaltados, Plano Diretor, Centro de Múltiplo Uso, espaços dignos para esporte e lazer de crianças, jovens e adultos? Etc.

Lula volta a defender marco regulatório para imprensa

lula juventude
O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva voltou a falar pela aprovação de um marco regulatório para os meios de comunicação. Em palestra do Encontro de Blogueiros, em São Paulo, Lula disse que o debate sobre o tema está “amadurecendo” e que colocará a discussão em todo evento público do qual participar daqui para frente.
Lula leu um texto que citou medidas de regulação do setor na Inglaterra, nos Estados Unidos, na Argentina e em Portugal, dentre outros. “Para não dizerem que sou socialista, citei apenas países que são símbolos da democracia ocidental. Então que não venham dizer que isso (proposta de regulação) é censura.” E citou a canção: “Liberdade, liberdade abre as asas sobre nós”. No início da sua fala, Lula criticou, em tom irônico, a atuação da imprensa. “A imprensa só me trata bem”, disse. Mas defendeu que a regulação seria importante para manter o equilíbrio no tratamento de informações.

Defesa de Dirceu recorre contra decisão de Joaquim Barbosa


dirceu folhaO Globo - A defesa do ex-ministro da Casa Civil José Dirceu, condenado no processo mensalão, apresentou recurso no Supremo Tribunal Federal (STF) para tentar reverter a decisão do ministro Joaquim Barbosa que o impede de trabalhar fora da prisão. Os advogados de Dirceu pedem que Barbosa, que foi relator do mensalão e é o atual presidente do STF, reconsidere sua decisão. Caso contrário, pedem que o caso seja analisado pelo plenário da corte, composta por 11 ministros. Chegam a dizer que proibir o trabalho de Dirceu “é um raciocínio que atenta contra o bom-senso”.
Na semana passada, ao negar o pedido de Dirceu, Barbosa citou o artigo 37 da Lei de Execuções Penais, que exige o cumprimento de ao menos um sexto da pena para a concessão do benefício a detentos no regime semiaberto. Dirceu cumpre pena de sete anos e onze meses de prisão no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília, desde 15 de novembro do ano passado. O direito, portanto, só poderia ser concedido depois que ele passar pelo menos um ano, três meses e 25 dias na cadeia.

Renan ameaçou renunciar à presidência

Renan
O senador Renan Calheiros (PMDB-AL), que tem demonstrado incomum nervosismo, chegou a ameaçar renúncia à presidência do Senado, durante reunião da Mesa Diretora, nesta quinta-feira (15). Discutiam-se temas como os cortes de funcionários terceirizados, mas a maioria dos integrantes da reunião se colocou contrária à sua posição e ele os pressionou ameaçando renunciar ao cargo na mesa.
MOTIVOS NÃO FALTAM
Governo em declínio, Petrobras sob investigação e a difícil decisão de não disputar o governo de Alagoas alteraram o humor de Renan.