19 de maio de 2014

Ana Paula Padrão declara: “Essa história de jornalismo isento é uma falácia”


Há mais de um ano fora da TV, a ex-âncora Ana Paula Padrão, 48 anos, falou ao Morning Show sobre a função que mais reina em seu currículo: a experiência em bancadas de telejornal. Ana Paula disse que recusou alguns convites para ancorar por estar focada em outros projetos, como participar de debates e palestras e cuidar de duas empresas. “Desde que saí da TV, eu recebo convites para voltar. Mas eu não quero mais ter compromissos diários. Se forem diários, que sejam gravados. Bancada de jornalismo eu já não vou mais fazer”, afirmou a apresentadora.
Sobre o papel do jornalismo como formador de opinião, Ana Paula declarou:“Eu acho que existem notícias que merecem comentários e outras que têm comentários exagerados.” E frisou a importância da imagem do comentarista: “Você é visto pelos telespectadores como uma autoridade. Essa história de ‘jornalismo isento’ é uma falácia. A nossa opinião vai influenciar outras pessoas, por isso a gente tem que ter cuidado com o que diz.

Depois do tomate agora os ovos: sobem até 40%

Apesar de recuar desde meados de abril, os preços dos ovos acumulam altas na parcial deste ano, afirma o Cepea. Para o tipo extra, vermelho, colocado na Grande São Paulo, a média obtida na primeira quinzena de maio, de R$ 78,88/caixa com 30 dúzias, alta de 39,6% em comparação com dezembro/13, de R$ 56,50/caixa.
Segundo pesquisadores do Cepea, os patamares mais altos estão atrelados principalmente à menor oferta, resultado dos descartes ocorridos pelo calor intenso e problemas sanitários no início de 2014. O ovo vermelho retirado em Bastos (SP) acumulou valorização de 37,6% comparando-se a média dos 15 primeiros dias de maio com a de dezembro/13, passando de R$ 52,51/caixa para R$ 72,24/caixa.
Quanto ao ovo tipo extra, branco, os aumentos de preços no período oscilaram de 33% a 36%, dependendo da região consultada. Para os pesquisadores, foram estes preços maiores que reduziram a demanda a partir de meados de abril, o que acabou pressionando as cotações.
Segundo colaboradores do setor, depois dos feriados prolongados, o consumo tem voltado, aos poucos, à normalidade, elevando a necessidade de reposição dos estoques nas redes atacadistas e de supermercados. (Cepea)

Deputado propõe lei contra “nova ordem satânica”

Uma proposta apresentada nesta semana na Câmara por um deputado paulista pretende impedir a implantação de uma “satânica Nova Ordem Mundial”. Este é o argumento utilizado pelo Missionário José Olímpio (PP-SP), da Igreja Mundial do Poder de Deus, para justificar a necessidade de se proibir a implantação de chips em seres humanos no Brasil. Na justificativa de seu projeto, protocolado na Casa, o missionário compara a implantação de dispositivos eletrônicos e eletromagnéticos à “marca da besta” e diz que o Congresso tem de se antecipar ao “fim dos tempos” e impedir que esse tipo de tecnologia seja incorporado aos brasileiros.
“Tendo em conta que o fim dos tempos se aproxima, é preciso que o Parlamento brasileiro se antecipe aos futuros acontecimentos e resguarde, desde logo, a liberdade constitucional de locomoção dos cidadãos”, escreveu o religioso na argumentação da proposta. “Urge que se proíba a implantação em seres humanos de chips ou quaisquer outros dispositivos móveis que permitam o rastreamento dos cidadãos e facilitem que sejam as pessoas alvo fácil de perseguição e toda sorte de atentados”, acrescentou.

Serra afirma que será candidato ao Legislativo Federal

jose-serra
O Globo – Candidato à Presidência da República em 2002 e 2010, José Serra (PSDB-SP) afirmou neste domingo que concorrerá a uma vaga para a Câmara ou para o Senado nas eleições de outubro. Através do Twitter, o político desmentiu os rumores que diziam que ele seria pré-candidato a vice na chapa de Aécio Neves (PSDB-MG) ao Palácio do Planalto.
Na noite de sexta-feira, Serra e Aécio participaram juntos de um encontro com lideranças tucanas em Cotia (SP). Durante a reunião, o senador mineiro elogiou o colega de partido e disse que ele terá ‘espaço de destaque’ em sua campanha ao Planalto e em uma futura administração. A declaração teria suscitado, então, boatos sobre a dobradinha tucana para o pleito de 2014.

Estudo nega influência da copa em eleição

Deu no Cláudio Humberto:
claudio humberto novo
Pesquisa realizada pelo banco suíço UBS para avaliar macroeconomia e estratégia de investimento, mostra que não há relação direta entre o resultado em campo na Copa do Mundo e a avaliação de governantes no Brasil. Em 1994, quando o Brasil conquistou o tetra, a avaliação do governo era positiva, com o sucesso do Plano Real. Oito anos depois, em 2002, na conquista do penta, a avaliação do governo caiu 2 pontos.
DATA DE VALIDADE
O estudo conclui que a Copa poderia influir se ocorresse até duas semanas antes das eleições. A Copa deste ano acaba 79 dias antes.