2 de julho de 2014

E se o Brasil não vencer a Copa do Mundo, hein?

A expectativa de que os protestos comandassem o espetáculo na Copa, em detrimento do futebol, dissipou-se. As manifestações, até agora, restringiram-se a atos esvaziados. E, agora, a Polícia Militar não está dando mole. Mas resta uma indagação: qual será a reação dos torcedores brasileiros no caso de o Brasil não vencer a Copa?
Por Ilimar Franco

Justiça libera trabalho externo para mais dois condenados no mensalão

A juíza Leila Cury, da Vara de Execuções Penais do Distrito Federal, liberou hoje (1º) o benefício de trabalho fora da prisão para os ex-deputados Valdemar Costa Neto e Bispo Rodrigues, condenados na Ação Penal 470, o processo do mensalão. A juíza cumpriu determinação do Supremo Tribunal Federal (STF) que, na semana passada, autorizou o benefício para os condenados em regime semiaberto.
Com a decisão, Costa Neto e Bispo Rodrigues voltam a trabalhar na parte administrativa de um restaurante, em Brasília, e de uma rádio, respectivamente, e serão transferidos do Presídio da Papuda, no Distrito Federal, para o Centro de Progressão Penitenciária (CPP), local destinado a presos que têm autorização para trabalhar durante o dia.
Nesta terça-feira, a juíza também liberou o trabalho externo para o ex-ministro da Casa Civil José Dirceu. Ele vai  trabalhar na biblioteca do escritório de advocacia do amigo José Gerardo Grossi, em Brasília.

Câmara terá apenas quatro dias de votação em dois meses

Com o argumento de que precisam se preparar para as eleições de outubro, deputados formalizaram ontem acordo que prevê apenas quatro dias de votação em agosto e setembro. Diante disso, a presença de deputados nas sessões deliberativas será exigida apenas nos dias 5 e 6 de agosto, e em 2 e 3 de setembro.
Os deputados não terão corte nos salários. Nos demais dias, serão abertas apenas sessões de debate, onde a presença dos congressistas não é exigida. Por causa das festas de São João e dos jogos da Copa do Mundo, o Congresso já está esvaziado.

Pela primeira vez, Copa tem todos líderes nas quartas de final

Apesar de a média de gols da Copa do Mundo ter caído após os oito confrontos das oitavas de final, emoção não faltou nas partidas que decidiram quais seleções continuam na briga pelo título – a proporção de gols por jogo caiu de 2,83 para 2,75, com 18 gols marcados na fase de mata-mata.
Pela primeira vez desde que as oitavas de final passaram a ser disputadas após uma fase inicial com grupos – a primeira edição em que isso ocorreu foi na Copa do México, em 1986 -, todos os líderes dos grupos avançaram às quartas de final. Brasil, Holanda, Colômbia, Costa Rica, França, Argentina, Alemanha e Bélgica confirmaram o favoritismo contra os segundos colocados e mantêm as chances de título.

Mais de 6.500 podem ficar inelegíveis por contas irregulares, diz TCU

O Tribunal de Contas da União (TCU) entregou nesta terça-feira (24) ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) uma lista com nomes de 6.603 administradores públicos que tiveram contas julgadas irregulares nos últimos oito anos e podem se tornar inelegíveis em 2014. A análise se refere a prestação de contas de ministros, governadores, prefeitos, secretários estaduais e municipais, diretores de autarquias e servidores públicos. O levantamento, que não considera se os gestores ou ex-gestores já pagaram multa ou ressarciram danos, servirá como subsídio para a Justiça eleitoral declarar ou não inelegibilidade de candidatos nas eleições deste ano, com base na Lei da Ficha Limpa. O TSE deverá analisar cada caso.
A lista é extraída de um cadastro elaborado e mantido pelo TCU com dados de pessoas jurídicas e físicas, vivas ou falecidas e detentoras ou não de cargo público que tiveram suas contas julgadas irregulares pelos ministros do tribunal, em qualquer época. O tribunal analisa a aplicação de recursos repassados pela União a estados e municípios. A lista está disponível para consulta no site do TCU e, segundo o órgão, vai ser atualizada periodicamente até o pleito. O documento não inclui casos submetidos à apreciação do poder Judiciário ou casos em que haja sentença judicial favorável aos gestores ou ex-gestores. Nomes podem ser excluídos da lista se houver medida liminar judicial.

Selecionados na segunda chamada do Sisu têm até hoje para fazer matrícula

Hoje (2) é o último dia de matrícula para os selecionados na segunda chamada do Sistema de Seleção Unificada (Sisu). A lista dos estudantes está disponível no site do Sisu. O prazo para participar da lista de espera vai até o dia 7. Para evitar contratempos, o candidato selecionado deverá verificar, na instituição de ensino em que foi aprovado, o local, horário e os procedimentos necessários. Caso não cumpra o prazo, perde a vaga.
Aqueles que não foram selecionados em nenhuma das chamadas poderão acessar o boletim pessoal no site do sistema e clicar no botão que confirma o interesse em participar da lista de espera. Também podem integrar a lista os candidatos que foram selecionados na segunda opção de curso, mesmo os que já fizeram a matrícula. Os candidatos em lista de espera serão convocados pelas instituições a partir do dia 14. A lista é apenas para a primeira opção feita na hora da inscrição.
Nesta edição, foram ofertadas 51.412 vagas em 1.447 cursos de 67 instituições de educação superior federais e estaduais. Segundo o Ministério da Educação (MEC), 1.214.259 candidatos se inscreveram. O Sisu é o sistema informatizado do MEC no qual instituições públicas de ensino superior oferecem vagas para candidatos participantes do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A seleção é feita duas vezes por ano.

Anatel abre concurso com salários de até R$ 11,4 mil

A Anatel anunciou a abertura de um concurso para preencher 100 vagas de emprego na agência. Os salários vão de R$ 5,4 mil a R$ 11,4 mil.
Há 32 vagas de nível médio e outras 68 de nível superior. As primeiras exigem apenas certificado de conclusão do ensino médio ou de curso técnico equivalente à posição que deseja ocupar.

Propaganda eleitoral de rádio e TV começa no dia 19 de agosto

A campanha eleitoral pode ganhar as ruas a partir do próximo domingo, 06 de julho, mas a propaganda eleitoral de rádio e TV ficou para 19 de junho. Portanto, 45 dias antes do pleito de outubro.

Brasil bate recorde em homicídios

A cada dia, 154 pessoas morreram, em média, vítimas de homicídio no Brasil, em 2012. Ao todo, foram 56.337 pessoas que perderam a vida assassinadas, 7% a mais do que em 2011. Os dados são do Mapa da Violência 2014, que mostra um crescimento de 13,4% de registros desse tipo de morte em comparação com o número obtido em 2002. O percentual é um pouco maior que o de crescimento da população total do país: 11,1%. As principais vítimas são jovens do sexo masculino e negros. Ao todo, foram vítimas desse tipo de morte 30.072 jovens, com idade entre 15 e 29 anos. O número representa 53,4% do total de homicídios do país. Também, desse total, 91,6% eram homens.
Os dados de 2012, último ano da série projetada pelo mapa, mostram ainda que, a partir dos 13 anos de idade, o percentual começa a crescer. Passa de quatro homicídios a cada 100 mil habitantes para 75, quando se chega aos 21 anos de idade. Os homicídios também vitimam majoritariamente negros, isso é, pretos e pardos. Foram 41.127 negros mortos, em 2012, e 14.928 brancos. Considerando toda a década (2002 – 2012), houve “crescente seletividade social”, nos termos do relatório. Enquanto o número de assassinatos de brancos diminuiu, passando de 19.846, em 2002, para 14.928, em 2012, as vítimas negras aumentaram de 29.656 para 41.127, no mesmo período.