9 de julho de 2014

Uma noite sem dormir provoca sintomas de esquizofrenia

insonia
Ficar 24 horas sem dormir pode causar sintomas semelhantes aos da esquizofrenia, mesmo em pessoas saudáveis. A descoberta, publicada no periódico The Journal of Neuroscience na semana passada, pode ajudar no desenvolvimento de drogas para o tratamento da psicose – quadro em que o paciente confunde realidade com alucinações e delírios.
A esquizofrenia é um transtorno psiquiátrico que afeta cerca de 1% da população. Os sintomas incluem perda de contato com a realidade, alucinações, pensamentos desordenados, índice reduzido de emoções e alterações nos desempenhos sociais.

Holandeses e argentinos buscam hoje vaga na final

holanda argentina
As seleções da Holanda e Argentina entram em campo hoje (9), às 17h (horário de Brasília), no Estádio Itaquerão em São Paulo, para decidir quem enfrentará a Alemanha na final da Copa do Mundo. Independentemente do vencedor, uma final será reeditada. Os alemães enfrentaram a Argentina nas finais de 1986 e 1990, com uma vitória para cada lado. Holandeses e alemães decidiram o título em 1974 e os germânicos levaram a taça.
Para conseguir a revanche, a Holanda aposta nas jogadas em velocidade com Robben. O camisa 11 holandês tem como principal arma a corrida em disparada pelo lado direito do campo para, em seguida, passar a bola ou chutar com a perna esquerda. As jogadas com Robben, Sneijder e Van Persie são uma grande ameaça à defesa argentina que, apesar de contestada, teve bom desempenho na última partida, contra a Bélgica. O primeiro título mundial passa antes pelos argentinos.
Eles contam com Messi, precisam dele. Sem Di Maria, machucado, o camisa 10 argentino é a esperança, quase solitária, dos nossos vizinhos de chegarem à final. Os torcedores também esperam boa atuação de Higuaín. O centroavante argentino conseguiu, finalmente, marcar um gol e ter boa atuação contra a Bélgica.

Coligação de Aécio pede multa a Dilma por suposta propaganda antecipada em Vitória

A coligação Muda Brasil, cujo candidato à Presidência da República é Aécio Neves, ajuizou representação no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) pedindo a aplicação de multa à candidata à reeleição Dilma Rousseff, alegando suposta propaganda antecipada durante entrega de casas no Espírito Santo.
De acordo com a coligação, em 2 de julho deste ano, a presidente Dilma teria participado de cerimônia em Vitória (ES) para entrega de unidades habitacionais do Programa Minha Casa Minha Vida e proferido discurso “com inegável conteúdo eleitoral”.

Derrota do Brasil foi o evento esportivo mais comentado na história da internet

derrota brasil
A derrota do Brasil no jogo contra a Alemanha ontem (8) foi o evento esportivo mais comentado nas redes sociais na história da internet, afirmou hoje (9) o chefe do Departamento Digital da Federação Internacional de Futebol (Fifa), Matt Stone, em coletiva de imprensa no Estádio do Maracanã, zona norte do Rio de Janeiro. “Foram 35 milhões de tweets. O evento mais comentado nessa plataforma havia sido o Super Bowl 38 [futebol americano], com de 24.9 milhões”, comentou ele ao ressaltar que os comentários sobre o SuperBowl e o Oscar ainda não somariam o total de tweets ontem sobre a disputa.
O jogo também foi o mais comentado no Facebook de todas as disputas da Copa, no qual mais de 66 milhões de usuários fizeram 200 milhões de comentários sobre a disputa entre Alemanha e Brasil. O evento também bateu recorde em tweets por minutos ao alcançar 508.166 mil comentários após o quinto gol da Alemanha contra o Brasil, quase 100 mil a mais que o recorde anterior. O representante da Fifa declarou também que esta é a Copa do Mundo mais interativa virtualmente. A conta da Fifa no Facebook foi acessada 447 milhões de vezes e a plataforma criada pela entidade para usuários assistirem jogos ao vivo e interagirem online atingiu 230 milhões de usuários ao final da fase de grupos. “O número equivale a uma multidão capaz de lotar 3.078 Maracanãs”, informou Stone.

Para Felipão, resultado não é de todo ruim: “Não íamos à semi desde 2002″

felipao semi
O vexame de 7 a 1 para a Alemanha e a eliminação na semifinal da Copa do Mundo dentro de casa não é de todo ruim. Essa é a opinião de Luiz Felipe Scolari, que preferiu dar destaque ao fato da seleção ter chegado a uma semifinal de Mundial pela primeira vez desde 2002, quando o próprio técnico foi pentacampeão.
Em 2006 e em 2010, a seleção brasileira foi eliminada nas quartas de final. Primeiro, para a França e, depois, para a Holanda. “Nós trabalhos com otimismo. Temos dados estatísticos que provam que depois dos jogos das Confederações tivemos nove vitórias e uma derrota, tínhamos uma equipe preparada, com sistema de jogo e tínhamos que desenvolver a confiança e isso foi desenvolvido pelos resultados. Não esperávamos o resultado de ontem (terça-feira), pelo resultado catastrófico. O normal era vitória nossa ou deles. São duas grandes equipes. Pelo resultado ser por um número de gols, ficará para a história”, começou ele em explicação nesta quarta-feira, em coletiva na Granja Comary.

Gestão das OSSs está com dias contados em MT, garantem candidatos

Se o discurso adotado pelos candidatos ao governo do Estado for cumprido a partir de janeiro de 2015 quando o eleito em outubro assumir o comando do Estado, as Organizações Sociais de Saúde (OSSs) estão com os dias contados. Isso porque 4 dos 5 candidatos ao governo afirmam serem contrários à gestão das OSSs implantada, sob polêmica e queda de braço com os profissionais da área médica, sindicatos e militantes que defendem melhorias na saúde pública. No Estado, a primeira unidade entregue à uma OSS foi o Hospital Metropolitano de Várzea Grande, em agosto de 2011, época em que o hoje condenado no mensalão, Pedro Henry (PP), era secretário estadual de Saúde.
Cada um dos 4 candidatos ouvidos pelo Gazeta Digital afirma que caso seja eleito, vai extinguir o contrato com as OSSs e trazer de volta a gestão para a responsabilidade do Estado. Vale destacar que o Estado retomou a administração de 3 hospitais antes gerenciados pelo Instituto Pernambucano de Assitência Social (Ipas), primeira OSS a atuar em Mato Grosso. A medida foi adotada em virtude de várias irregularidades.
A saúde é uma das áreas consideradas mais críticas em Mato Grosso e, principalmente em Cuiabá. Dessa forma, todos os candidatos ao governo estão de olho nessa demanda e na insatisfação dos mato-grossenses. Uma enquete elaborada pelo jornal A Gazeta e reproduzida no portal Gazeta Digital no mês passado, durante 1 semana, perguntou aos leitores e internautas qual área os candidatos de Mato Grosso precisam priorizar suas propostas e teve o tema saúde escolhido por 60% dos votos. Os outros 2 temas foram educação que recebeu 17% dos votos e segurança que foi a escolhida por 24% dos leitores.

Lista com candidatos registrados na Justiça Eleitoral será divulgada amanhã

A apenas um dia da divulgação da lista de candidatos registrados pela Justiça Eleitoral a pedido dos partidos que definiram nomes para disputar as eleições de outubro, três estados continuam com números em branco no sistema do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), conhecido como Divulga 2014, no qual as informações sobre o pleito estão sendo concentradas. Goiás não tem o número de governadores que devem participar da corrida eleitoral. No caso de São Paulo e do Paraná, apenas alguns dos dados enviados pelos tribunais regionais eleitorais (TREs) foram alimentados.
Depois que o TSE divulgar esse primeiro edital, os candidatos que foram aprovados em convenções mas que os dos partidos não pediram registro precisam procurar o TSE até o dia 12. A lista completa deve ser divulgada na próxima segunda-feira (14) e a previsão de assessores da Justiça Eleitoral é que todas as informações estejam disponibilizadas no sistema até o dia 20 deste mês.

6 deputados da AL-MT ficam milionários em 4 anos; 1 eleva bens em 1648%

Dos 16 deputados estaduais que hoje atuam no Legislativo e vão à reeleição, 6 deles viram seus patrimônios aumentar da casa dos 6 dígitos para a dos 9, desde as últimas eleições gerais realizadas em 2010. Os novos milionários, de acordo com dados entregues ao Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nos atos de registros de candidaturas são Dilmar Dal Bosco (DEM), Emanuel Pinheiro (PR), Guilherme Maluf (PSDB), Hermínio Jota. Barreto (PR), Mauro Savi (PR) e Pedro Satélite (PSD).
Apesar de, ao contrário dos demais, já ser milionário em 2010, o deputado Zeca Viana (PDT) não só continua com o status como foi o que mais aumentou seu capital. O pedetista, nas últimas eleições, informou ao TRE possuir R$ 5 milhões em bens e, desta vez, o candidato à reeleição disse ter patrimônio de R$ 87,4 milhões, um aumento de 1648%.
Dentre os novos milionários, o que, percentualmente, mais teve crescimento na declaração foi Emanuel Pinheiro, que alegava ter bens na ordem de R$ 127 mil, enquanto neste ano afirma ter R$ 1,1 milhão, aumento de 766%. Mauro Savi (PR) declarou R$ 406 mil há quatro anos e, agora, R$ 2,2 milhões, o que significa um incremento de 441%.
Em 2010, Dilmar declarou à Justiça Eleitoral patrimônio de R$ 722 mil e, hoje, informou R$ 2,3 milhões, ou seja, um aumento de mais de 218%. As propriedades informadas por Jota Barreto ao TRE em 2010 eram da ordem de R$ 768 mil e, desta vez, são de R$ 1,3 milhão – 69,2% a mais. Já Pedro Satélite tinha bens que juntos resultavam em um montante de R$ 628 mil e, em 2014, a informação é de que eles chegam a R$ 1 milhão, quase 60% a mais. Por fim, tucano Guilherme Maluf tinha nas últimas eleições gerais R$ 970 mil e agora sustenta propriedades que somam R$ 1,2 milhão, isto é, 23,7% a mais.
Em contrapartida, o suplente de deputado estadual Neldo Weirich (PR), que hoje atua no Legislativo, declarou uma queda no valor de seus bens pessoais. Em 2010, havia dito que seu patrimônio era de R$ 17,9 milhões e, neste ano, informou R$ 2,9 milhões, ou seja, está 83,7% menos abastado.
Os parlamentares Walter Rabello (PSD) e Baiano Filho (PMDB) não possuem dados referentes a 2014, mas constam no edital do TRE com candidaturas registradas, o que pode significar que as informações prestadas por eles ainda não foram lançadas no sistema. Apesar de reafirmar sua candidatura à reeleição, José Domingos Fraga (PSD) ainda não fez o registro devido à falta de comprovante eleitoral. Ao Rdnews, no entanto, lembrou que possui um prazo de 48h, a partir da tarde de segunda (7) para fazê-lo, e que já está de posse da documentação necessária.
O tangaraense Wagner Ramos declarou na eleição anterior patrimônio de R$ 188 mil em 2014 declarou R$ 225 mil reais.
Os deputados, na maioria das vezes, têm atividades particulares e não se restringe a atuação no Legislativo. RD News