13 de julho de 2014

CBF vai entrar com queixa-crime porque a Holanda descumpriu decisão judicial

derrota brasil
Apesar de ter vencido o Brasil ontem por 3 X 0, a Holanda poderá perder as medalhas do terceiro lugar da Copa do Mundo. Tudo porque não cumpriu o mandado de segurança concedido à CBF pelo Supremo, que a obrigava a ganhar só por dois gols de diferença.
Além de ter feito 3 gols, a Holanda descumpriu a ordem judicial de fazer gol contra, se por acaso fizesse mais gols além do combinado. Hoje a CBF entrará com queixa-crime por descumprimento de decisão do Supremo, e tentará reaver o terceiro lugar conquistado no gramado pela seleção da Holanda.

ENTENDA O CASO
O mandado previa que os jogadores holandeses não poderiam ganhar do Brasil com diferença acima de dois gols. E estabelecia que, se por um daqueles acidentes de jogo a diferença aumentasse, a Holanda deveria permitir que o Brasil fizesse algum gol. Não permitiram e como a especialidade do ataque brasileiro é não atacar, a Holanda deveria fazer um gol contra para o placar voltar ao normal.
Nada disso foi cumprido, e a CBF vai requerer judicialmente a terceira colocação. Tudo era para evitar um vexame similar ao ocorrido no jogo do dia 8 de julho, quando o Brasil foi varrido do mapa do futebol mundial pelos alemães e seus canhões, numa impiedosa goleada por 7 x 1.

Começa na terça prazo para eleitor que quiser pedir voto em trânsito

Eleitores que estejam fora do domicílio eleitoral no dia 5 de outubro mas mesmo assim queiram votar poderão solicitar a partir desta terça-feira (15) e até 21 de agosto, em qualquer cartório eleitoral do país, habilitação para o voto em trânsito. A partir da eleição deste ano, é possível votar em trânsito nos municípios brasileiros com mais de 200 mil eleitores.
Os eleitores que estejam fora do domicílio eleitoral e não optarem pelo voto em trânsito têm de comparecer a uma seção eleitoral no dia da eleição para justificar a ausência.

Torcedor invade campo e tenta beijar jogador alemão

beijo copa
O astro do basquete americano, Lebron James, está no Maracanã para acompanhar a partida entre Argentina e Alemanha pela final da Copa do Mundo. E ele filmou um invasor do gramado. A Fifa não mostrou na transmissão, mas Lebron, em um vídeo no Instagram, mostrou o momento. Confira acima. “Hahaha! Todo mundo está fazendo isso. O homem foi hilário. # # WorldCupFinal Brasil”, escreveu Lebron na rede social.
O invasor tentou agarrar jogadores da Alemanha, mas logo foi contido pelos stewards. Ele chegou a tentar dar um beijo em Howedes. Lebron acertou recentemente o seu retorno ao Cleveland Cavaliers e disputará a nova temporada da NBA pela equipe com a qual ele tem grande identificação.

Alemanha é tetra no Maracanã ao furar retranca Argentina na prorrogação

alemanha
A Alemanha é tetracampeã. De vilã da semifinal para heroína dos brasileiros na decisão. O time de Joachim Löw bateu a Argentina no Maracanã por 1 a 0, na prorrogação, e levantou seu quarto título na história: e o tetra deixa muitos no Brasil felizes. Menos do que os milhões de alemães, é claro, mas o coração do torcedor brasileiro sempre lembrará da segunda Copa que o país sediou também pela alegria da seleção alemã – que chegou dançando com índios, passou o tempo com as brincadeiras de Podolski sobre o Brasil, e deixa o país com a taça do mundo. Quem disse que preparação boa é aquela em que o time fica fechado, sem contato com o mundo? Os encontros alemães com o povo brasileiro, tirando um pequeno detalhe formado por sete gols em uma semifinal de Copa, provam o contrário.
Götze se tornou o herói do país que conquistou o Brasil. A torcida e a Copa. O sonho completo. A campeã do mundo mostrou uma variação de jogo inacreditável para apenas sete jogos de Copa. Começou com a velocidade contra Portugal e uma goleada marcante. Mostrou que podia ser parada por Gana. Soube jogar no abafa contra os EUA. Contou com a sorte e com a grandiosidade de Neuer contra a Argélia. Foi metódica contra a França. Humilhou o Brasil. E foi sádica contra a Argentina. Quando foi apertada, achou um gol em uma retranca na prorrogação. Dramática. Mas com merecimento. É tetra.

Neuer é eleito melhor goleiro e Messi o melhor jogador da Copa

melhor copa
Goleiro campeão do mundo, o alemão Manuel Neuer, que em muitos jogos saiu da área para defender, e tocar a bola para seus companheiros, recebeu o Troféu Luva de Ouro, por ter sido eleito o melhor goleiro da Copa. O argentino Messi, de cabeça baixa, recebeu o Troféu Bola de Ouro, como o melhor jogador do mundial. Eleito várias vezes o melhor jogador do mundo, o troféu de hoje não animou o craque argentino.
Foi a quinta vez consecutiva que o melhor jogador da Copa não é da seleção campeã. Messi marcou quatro gols durante o campeonato, mas não teve uma boa atuação contra a Alemanha. Além de Neuer e Messi, jogadores que não estavam presentes na partida de hoje receberam prêmios. O colombiano James Rodrigues, a Chuteira de Ouro, por ser o artilheiro da Copa, com seis gols, e o francês Pogba, eleito o melhor entre os jogadores mais jovens. A seleção da Colômbia recebeu o Prêmio Fair Play, apesar do incidente que tirou Neymar da Copa.

Dilma: Copa só não foi perfeita pela derrota da seleção

dilma copa 2014
Ao passar simbolicamente a sede da Copa do Mundo ao presidente da Rússia, Vladimir Putin, a presidenta Dilma Rousseff disse que o Mundial no Brasil só não foi perfeito por causa do insucesso da seleção brasileira. “Nós, brasileiros, guardaremos a emoção e satisfação de ter realizado um evento muito bem-sucedido, uma Copa que só não foi perfeita porque o hexacampeonato não veio”, disse a presidenta.
A partir de agora, com o encerramento da Copa no Brasil, frisou Dilma, os olhos estarão voltados para a Rússia “um país especial, de uma cultura rica, e que terá a honra de sediar o maior dos espetáculos do futebol”. A presidenta convidou os estrangeiros a voltarem ao Brasil em 2016. “Nós, brasileiras e brasileiros de todos os cantos deste imenso e adorado país, convidamos todos a voltarem para as Olimpíadas e Paraolimpíadas 2016, que sediaremos com a mesma competência e hospitalidade dedicadas à Copa do Mundo Fifa Brasil 2014”.