10 de setembro de 2014

Brasil pode começar vacinação contra meningite B em 2015

meningite-2O Brasil deve começar em 2015 a vacinação contra a meningite do tipo B, de acordo com expectativa da presidenta da Comissão de Revisão de Calendários da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), Isabella Ballalai. Ela explicou que a doença meningocócica é a causa mais comum de meningite bacteriana no Brasil, que “tradicionalmente é um campeão neste tipo de enfermidade na América Latina”, e os estados do Rio de Janeiro e de São Paulo são os que registram as maiores incidências. Dados do Ministério Saúde registram 1,54 episódio para cada grupo de 100 mil habitantes em 2013.
Segundo Isabella Ballalai, até 2010 o meningococo [bactéria causadora da doença] do tipo C era responsável por 80% de meningites no país. A partir daí, com a vacinação em crianças com menos de 2 anos, determinada pelo Ministério da Saúde, os casos diminuíram, embora o vírus ainda circulasse em maiores de 4 ou 5 anos de idade, nos adolescentes e nos adultos. A médica acrescentou que para a faixa com imunidade, o vilão passou a ser o meningococo do tipo B.

Ex-diretor da Petrobras recebeu R$ 36 milhões

paulo roberto costa
O ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa, acusado de comandar esquema de corrupção na estatal, recebeu R$ 36,9 milhões em contas de cinco bancos, abertas em seu nome. O genro de Costa, Humberto Sampaio, recebeu R$ 42 milhões. Segundo a Polícia Federal, ele é dono do Grupo Pragmática, alimentado com recursos de fornecedores da estatal. Já as duas filhas do ex-diretor, Arianna e Shanni Azevedo, obtiveram, respectivamente, R$ 5,7 milhões e R$ 4,4 milhões.
Os dados constam das quebras de sigilo remetidas à Comissão Parlamentar Mista de Inquérito (CPMI) da Petrobras, que investiga o caso. A oposição tenta marcar novo depoimento de Costa para dar detalhes do esquema, delatado por ele, que teria beneficiado políticos e partidos da base aliada. O ex-diretor colabora com a Polícia Federal e o Ministério Público Federal, em troca de redução de pena.

Mensalão: Delúbio pode sair da prisão e cumprir resto da pena em casa

delubio PT
O Globo revelou que o ex-tesoureiro do PT Delúbio Soares, condenado no processo do mensalão a seis anos e oito meses de prisão por corrupção ativa, pode ser libertado a qualquer momento. Segundo a Vara de Execuções Penais (VEP) do Distrito Federal, ele já cumpriu um sexto da pena e, por isso, pode pedir a progressão de regime.
Hoje, ele está preso no regime semiaberto, em que a pessoa pode sair para trabalhar durante o dia e voltar para a cadeia à noite, para dormir. Ele já tem o direito de ir para o regime aberto – e, dessa forma, cumprir o resto da pena em casa. Delúbio terá sua libertação antecipada porque, segundo a legislação brasileira, a cada três dias trabalhados, o preso pode diminuir um dia na pena total.

Petrobras alertou Dilma sobre ação de diretores

dilma petrobrasUma diretoria com liberdade de ação acima do desejável, em que a presidência da estatal não tinha controle total sobre algumas de suas decisões, o que gerava terreno fértil para irregularidades. Este relato, feito em 2012 pela direção da Petrobras à presidente Dilma no período de troca de diretorias da estatal, segundo assessores, foi relembrado nos últimos dias no Planalto depois do vazamento das primeiras informações do teor da delação premiada de Paulo Roberto Costa.
Ex-diretor de Abastecimento da estatal, Costa, preso na Operação Lava Jato da Polícia Federal, foi substituído em meados de 2012 dentro de um processo de reformulação da empresa encomendado por Dilma à nova presidente da empresa, Graça Foster. Segundo a Folha apurou, a diretoria de Abastecimento tinha um “grau de autonomia elevado” e, seu titular, respaldo de partidos aliados – PMDB e PP – para isto.

Cara de… de quê mesmo?


Olho nos jovens, PT cria os ‘isoporzinhos com Dilma’

20140910123551_cv_isoporzinho-300x273_gdeNa tentativa de resgatar as históricas campanhas de rua e de quebra se aproximar do público jovem, apoiadores da presidente Dilma Rousseff começaram a organizar “isoporzinhos com Dilma”. Além do tradicional isopor de cerveja, os apoiadores levam bandeiras, faixas e adesivos para fazer campanha nos espaços de lazer das cidades.O primeiro foi realizado em Brasília, no feriado de 7 setembro, e deve se repetir todos os domingos até as eleições. A informação é de Mel Bleil Gallo, no blog Poder Oline.
No dia 14, será a vez de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. A estratégia também ajuda a compensar a dificuldade da campanha em distribuir material gráfico pelos estados. Os chamados “isoporzinhos” – encontros marcados em espaços públicos, para beber com os amigos –  viraram febre entre em cidades que sediaram a Copa do Mundo, para protestar contra os altos preços nos meses que antecederam o mundial.

Petrobras:o bicho é maior, mais feio e mais assustador

20140909091250_cv_BICHOhunter-550x324_gdeCircula no Congresso que a “delação premiada” do ex-diretor da Petrobras Paulo Roberto Costa é mais cabeluda do que se imagina. Não se tratariam apenas de depoimentos gravados em vídeo, como se imaginava, mas de acusações fundamentadas em provas materiais — extratos bancários, contratos, ligações telefônicas etc. —, que comprometeriam todos os suspeitos de receberem propina.

Dilma: “Sabe de nada, inocente”…!

20140902114347_cv_INACIOdilmalula1_gdeTal criador, tal criatura.
Lula negou mais de três vezes que soubesse do esquema de compra de votos de deputados federais para aprovar no Congresso projetos de interesse do governo. Batizou-se o escândalo de mensalão.
Dilma já negou pelo menos uma vez que soubesse do desvio recursos da Petrobras para financiar campanhas de políticos da base de apoio ao governo. O escândalo recém-descoberto ainda não tem nome.
O mensalão quase derrubou Lula, que sobreviveu a ele com a ajuda até de parte da oposição. O PSDB, por exemplo.
É cedo para apostar que o escândalo da Petrobras abalará Dilma. Ninguém nega sua honestidade pessoal. Nada apareceu contra ela até aqui. O difícil é acreditar que ela desconhecesse por completo o que estava em curso sob seu nariz.
Enquanto se roubou na Petrobras, Dilma foi ministra das Minas e Energia – ou seja: respondeu pelo ministério ao qual a Petrobras estava subordinada. Foi presidente do Conselho de Administração da Petrobras. E é presidente da República.
É tal a paixão dela pela Petrobras que é inconcebível que tenha sido feita de boba. De resto, onde fica a gestora que Lula apresentou ao país em 2010 como melhor gestora do que ele?
Por mais boa vontade que se possa ter com Dilma, que se deva ter com uma pessoa que transpira seriedade, sinto muito, mas na melhor das hipóteses ela foi negligente. Inocente, portanto, não é.
Do blogue do Noblat

Depois de citado no mensalão da Petrobras, ministro tira férias

edison lobaoCitado em depoimento do ex-diretor de Abastecimento da Petrobras Paulo Roberto Costa à Polícia Federal (PF), o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão, está em férias desde terça-feira e permanecerá fora do trabalho até sexta. Em seu lugar, atuará como ministro interino o secretário-executivo da pasta, Márcio Zimmermann. Lobão passou o fim de semana no Maranhão e voltou ontem à noite a Brasília. Nesta quarta ele está na capital federal, mas seu destino até o fim desta semana não foi informado.
Segundo o Estadão, não é a primeira vez que Lobão entra em férias neste ano. O ministro também saiu de férias entre os dias 28 de julho e 1.º de agosto. Ele foi mencionado por Costa como um dos beneficiários do esquema de desvios de recursos e lavagem de dinheiro investigado pela PF na operação Lava-Jato. E ainda não se pronunciou sobre o assunto. A presidente Dilma Rousseff já disse que Lobão negou participação no caso. “Ele deu explicações para mim e por escrito. Ele nega veementemente tais fatos”.